Visitantes poderão experimentar 4G durante a Campus Party 2013

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/visitantes-poderao-experimentar-4g-durante-a-campus-party-2013-20121211.html?question=0

A organização do evento ainda aguarda autorização da Anatel para teste

campusDivulgação/Campus Party

Além da internet rápida de 30 Gbps, campuseiros poderão testar 4G

Duas novidades devem animar os geeks que estão pensando em participar da sexta edição da Campus Party: a possibilidade de testar a velocidade do 4G e aparecer no mercado de trabalho usando a rede social do evento. Durante coletiva para a imprensa nesta segunda-feira (10), o presidente da Telefônica, Antonio Carlos Valente, explica que há uma possibilidade de disponibilizar a tecnologia para os ampuseiros, porém é necessária uma autorização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações).

— Se conseguirmos a autorização vamos fazer una ativação controlada. Mas, para isso, precisamos de uma licença experimental restrita ao ambiente da experiência da Vivo.

Apesar desta oportunidade, quem tem tablets e ultrabooks sem saída de rede pode ficar na mão em relação ao uso da internet no evento. Isto em razão do evento não oferecer conexão Wi-Fi. Paco Ragageles, presidente da Futura Networks e cofundador da Campus Party, deixa claro que a limitação é técnica: “[usar Wi-Fi] é impossível no ambiente aberto. O melhor é o cabo. Wi-Fi não dá para uma experiência boa.”

Ragageles ainda explicou que a rede social, chamada de “Campuse.ro”, deve servir como fórum para o “esquenta” dos campuseiros e também como celeiro de talentos para as empresas ligadas no evento.

— [Queremos] transformar o que acontece durante uma semana em todo o tempo online. As empresas vão encontrar formas de entrar em contato com os geeks.

Infraestrutura e segurança

Outros pontos abordados durante o encontro com jornalistas foi a segurança dos visitantes e a possibilidade de apagões ou acidentes em função das fortes chuvas que costumam ocorrer durante o verão – época em quem o evento é realizado. Ragageles preferiu tratar o assunto com humor:

— Esperamos que não chova (risos).

Já os cuidados com segurança foram levados em tom mais sério por Mario Teza, diretor geral da Futura Networks. Segundo Teza, a organização da Campus Party tomou uma série de medidas para evitar os furtos de equipamentos.

— Nós aprendemos como funciona o contexto do Anhembi. Ele nos permite uma qualidade e uma interação muito boa com o público. Nós vamos melhorar a segurança. Já sabemos como as coisas acontecem, serão menores [os incidentes de furtos].

Curiosidades na internet

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.