Em 5 anos, podemos ter vacinas que combatam múltiplos coronavírus

Mais de 20 grupos de pesquisa estão tentando desenvolver vacinas “amplamente protetoras” para atuar contra a família de vírus do SARS-CoV-2, vírus responsável pela pandemia do coronavírus. A vacina contra múltiplos coronavírus pode estar disponível dentro de 5 anos, de acordo com especialista ao site de notícias Insider.

Vacinas contra a covid-19: quais são, eficácia, efeitos e calendário Já existe uma organização por trás dos grupos de pesquisa: em março, a Coalizão para Inovações em Preparação para Epidemias (CEPI, na sigla em inglês) anunciou até 200 milhões de dólares para vacinas “amplamente protetoras” contra a família do SARS-CoV-2. A CEPI foi cofundada pela Fundação Bill e Melinda Gates em 2017, a instituição filantrópica Wellcome Trust e diversos países.

O objetivo por trás da organização é financiar pesquisas de imunizantes que atuam contra doenças emergentes no mundo. A organização já investiu 33 milhões de dólares em vacinas biotecnológicas dos Estados Unidos e 170 milhões de dólares em pesquisa sobre vacina contra múltiplas variantes da covid-19, desenvolvido na Coréia do Sul….

Em 5 anos, podemos ter vacinas que combatam múltiplos coronavírus