A era do “as a service” e os potenciais desse modelo de negócios

Por Hélio Rotenberg* O “as a service” está tomando conta do mundo. Cada vez mais se ouve esse termo e cada vez mais não se quer imobilizar em bens. A dinâmica das novas gerações leva a esse fenômeno da mesma forma que intensas transformações digitais e disrupções fortalecem um movimento de mercado: o de converter…

A era do “as a service” e os potenciais desse modelo de negócios