Governo amplia acesso à mamografia pelo SUS em SP

Acesse:http://noticias.r7.com/saude/governo-amplia-acesso-a-mamografia-pelo-sus-em-sp-26122013

Cinco carretas vão percorrer o Estado para fazer 60 mil exames por ano

Governo vai ampliar o acesso e incentivar as mulheres a realizarem exames de mamografia pelo SUSGetty Images

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo vai ampliar o acesso e incentivar as mulheres a realizarem exames de mamografia pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em todo o Estado. O objetivo é estimular o diagnóstico precoce da doença.

Com o novo programa estadual “Mulheres de Peito”, a pasta quer incentivar as mulheres paulistas com idades entre 50 e 69 anos a realizarem exames preventivos de mamografia a cada dois anos na rede pública. A iniciativa tem como objetivo promover um rastreamento contínuo e organizado da doença, visando à detecção precoce de tumores malignos inclusive em fases em que a mulher não apresenta nenhum sintoma.

Apresentadora descobre câncer de mama ao vivo na TV

De imediato, em uma primeira etapa, quatro carretas-móveis e um caminhão adaptado irão percorrer o Estado a partir de 2014, incluindo locais distantes onde o exame não é oferecido, para a realização gratuita do procedimento. Cerca de 60 mil mamografias a mais por ano serão realizadas apenas por meio das unidades móveis. O investimento do governo do Estado será de R$ 14 milhões.

Câncer de mama: após ser abandonada por namorado, ex-modelo supera doença e dá a volta por cima

Para as mulheres entre 50 e 69 anos de idade, não haverá necessidade de pedido médico de mamografia para a realização do exame nas unidades móveis. Pacientes fora dessa faixa etária também poderão realizar os exames, mas desde que tenham em mãos um pedido médico, que pode ter sido emitido tanto pela rede pública quanto particular.

As carretas terão 15 metros de comprimento, 4,10 metros de altura e, quando abertas, 4,90 metros de largura. Além de mamógrafo, cada veículo será equipado com aparelho de ultrassom, conversor de imagens analógicas em digitais, impressoras, antena de satélite, computadores, mobiliários e sanitários.

As unidades móveis de mamografia contarão com uma equipe multidisciplinar composta por técnicos em radiologia, auxiliares de enfermagem, funcionários administrativos e um médico ultrassonografista.

No interior das carretas, as mulheres poderão fazer exames de mamografia de segunda a sexta-feira, das 9h às 20h, e aos sábados das 9hàs 13h. As imagens captadas pelos mamógrafos serão encaminhadas para o Serviço Estadual de Diagnóstico por Imagem (Sedi), serviço da Secretaria que emite laudos à distância, na capital paulista. O resultado sairá em até 48 horas após a realização do procedimento.

Caso seja detectada alguma alteração no exame, as pacientes serão contatadas pela Secretaria para a realização de biópsia guiada por ultrassom ou outros exames complementares.

Havendo sinais de câncer maligno, a paciente será encaminhada a um serviço de referência do SUS para fazer o tratamento.

Curiosidades na internet

Universidade desenvolve sensor que permite controlar a casa com gestos

Acesse:http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2013/06/universidade-desenvolve-sensor-que-permite-controlar-casa-com-gestos.html

A possibilidade de controlar aspectos da casa sem precisar levantar do sofá está muito próxima. Pesquisadores da Universidade de Washington estão trabalhando em um sensor que que permite controlar a TV ou acender as luzes à distância, usando apenas os gestos.

Pesquisadores de universidade desenvolvem o WiSee, um sensor que permite controlar a casa inteira por meio de gestos. (Foto: Reprodução / Ubergizmo)Pesquisadores de universidade desenvolvem o WiSee, um sensor que permite controlar a casa inteira por meio de gestos. (Foto: Reprodução/YouTube)

Chamado de WiSee por seus criadores, o projeto tem uma idéia bem similar ao conceito aplicado no Kinect. Entretanto, a tecnologia não requer proximidade como os sensores que já estão disponíveis no mercado. Um receptor do dispositivo se baseia em sinais Wi-Fi para controlar aparelhos como TVs, computadores, termostatos etc.

O software reconhece nove tipos diferentes de gestos e seus desenvolvedores afirmam que ele é capaz de distingui-los com cerca de 94% de precisão, mesmo em um local repleto de pessoas. Mas, apesar dos avanços, o projeto não está finalizado. O próximo passo, de acordo com os pesquisadores, é fazer com que o roteador consiga controlar vários dispositivos simultaneamente.

Ainda não se sabe quando ou se o WiSee chegará ao mercado. Mas seus criadores inscreveram o projeto para ser apresentado durante a 19ª Conferência Internacional de Redes e Computação Móvel, que ocorre em setembro.

Veja como o sistema funciona no vídeo abaixo:

Curiosidades na internet

Lei Carolina Dieckmann entra em vigor nesta terça-feira (2)

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/seguranca/Lei-Carolina-Dieckmann-entra-em-vigor-nesta-terca-feira/

Carolina Dieckmann

Amanhã (2), a Lei Carolina Dieckmann entrará em vigor para penalizar crimes cometidos na internet. A nova lei criminaliza a invasão de computadores, roubo de senhas e conteúdo de e-mails, bem como a derrubada proposital de sites.

A lei foi batizada em homenagem ao caso Carolina Dieckmann, que teve grande repercussão nacional quando fotos íntimas da atriz foram roubadas de seu computador, distribuídas na web e usadas para realizar chantagem. A novidade alterou o artigo 154 do Código Penal Brasileiro, que tratava apenas de violações de segredos corporativos, e agora quem for enquadrado na Lei 12.737/12 pode pegar pena de três meses a dois anos de prisão.

Leia também: Lei Carolina Dieckmann e o sistema penal brasileiro

As três principais alterações na legislação penal causadas pela nova lei são:

  1. Descrição de crimes como a ‘invasão de dispositivo informático’;
  2. ‘Interrupção ou perturbação’ de serviço informático;
  3. Adulteração de cartões de crédito e débito como falsificação de documento.

Agora é preciso ver como será a aplicação prática da lei, já que ainda existem algumas polêmicas relacionadas ao assunto, principalmente no que diz respeito à obtenção de dados. Os juristas ainda se dividem entre aqueles que  acreditam que apenas espiar dados não deve ser considerado um crime, e aqueles que acreditam que o simples acesso a esse tipo de informação já deve ser protegido pela Lei.

Curiosidades na internet

Medida obriga que baterias de notebooks nacionais sejam fabricadas aqui

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/mercado/Baterias-de-notebooks-produzidos-no-Brasil-tambem-devem-ser-fabricadas-no-pais/#ixzz2MZz1lf1V

Notebook com bandeira do brasil

Uma alteração no Processo Produtivo Básico de computadores foi anunciada nesta terça-feira (26) no Diário Oficial da União (DOU). Agora, o governo exige que baterias para computadores portáteis montados aqui passem a ser fabricadas no Brasil. A porcentagem de baterias nacionais na produção será aumentada gradualmente.

O Processo Produtivo Básico (PPB) é o conjunto de regras que definem quando o Governo pode deixar de recolher os impostos sobre determinados produtos. Desde o início do ano, novas portarias têm sido publicadas no DOU visando ampliar o percentual de componentes eletrônicos de fabricação nacional em produtos como servidores, desktops e tablets. Agora foi a vez de estipular metas para notebooks, netbooks e Ultrabooks.

Em suma, as mudanças nas regras concedem benefícios fiscais a empresas que produzem notebooks no país. As placas-mãe, que já estavam inclusas no PPB, receberam um reajuste em seus percentuais de nacionalização. Antes o Programa previa 50% de placas-mãe fabricadas no Brasil, agora os índices aumentaram para 60% em 2013 e 80% em 2014.

Em relação às baterias para computadores portáteis, a meta a ser incorporada na fabricação nacional é de 10%, 20% e 30% dos equipamentos, em 2013, 2014 e 2015 respectivamente.

Curiosidades na internet

Novo 3DMark terá benchmark para Windows, iOS e Android

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2012/12/novo-3dmark-tera-benchmark-para-windows-ios-e-android.html

A Futuremark, empresa responsável pelo 3DMark, divulgou, nesta segunda-feira (3), algumas informações sobre a próxima edição do aplicativo de benchmark. A principal delas fica por conta de o produto ser multiplataforma, ou seja, terá versões para Windows, iOS e Android.

Novo 3DMark vai ser multi-plataforma (Foto: Divulgação)Novo 3DMark vai ser multi-plataforma (Foto: Divulgação)

“Um benchmark para todos os dispositivos”. Este é o slogan do novo 3DMark, que poderá medir o desempenho de smartphones, tablets e computadores da mesma maneira. Com três novas funcionalidades, FireStrike, Cloud Gate e Ice Storm, o software oferece não só os testes como também comparativos entre os aparelhos.

O FireStrike, por exemplo, é um módulo de DirectX 11 que avalia detalhes como renderização em tempo real, iluminação dinâmica, simulação de efeito fumaça e sombreamento para avaliar o desempenho de aparelhos Windows que tenham especificações consideradas acima da média e voltados para os gamers.

O Cloud Gate, por sua vez, avalia gráficos e outros aspectos de hardware de aparelhos cujo sistema seja o Windows, mas que tenham sido desenvolvidos para o usuário comum, menos exigente. Enquanto isso, o Ice Storm pode ser utilizado tanto nos sistemas móveis e também no Windows, permitindo a comparação entre eles.

Ainda não há uma data exata do lançamento do novo 3DMark. No site oficial do produto, há somente a indicação de que ele vai chegar “em breve”. A ideia dos desenvolvedores parece ser oferecer aos usuários todas as ferramentas para testarem ao máximo seus aparelhos, especialmente na questão gráfica, para saber quando tempo eles ainda vão aguentar no competitivo mercado atual.

A Futuremark ainda não divulgou a data de lançamento do novo 3DMark.

Curiosidades na internet

Claro lança serviço de armazenamento gratuito na nuvem

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/computacao-na-nuvem/Claro-lanca-servico-de-armazenamento-gratuito-na-nuvem-para-clientes/

Claro

A Claro anunciou nesta quinta-feira (1) o lançamento de um novo serviço de armazenamento na nuvem gratuito para os seus clientes, o Ideias Sync. Com o novo recurso, os usuários poderão sincronizar seus arquivos e armazená-los na nuvem como fotos, vídeos, documentos e planilhas.

Os clientes da operadora terão acesso gratuitamente a 5GB de armazenamento no serviço, podendo conquistar mais 1GB se indicarem novos amigos para participar da sua rede e do Ideias Sync. Além disso, os usuários poderão ampliar seu espaço na nuvem assinando pacotes que variam de R$ 9,90 ao mês para 10GB e de R$ 29,90 por 100GB.

Claro Ideias Sync logo

O serviço poderá ser acessado tanto pelo smartphone como desktop

A empresa afirma que, com o serviço, os usuários poderão compartilhar, editar e acessar seus arquivos a partir dos seus dispositivos móveis ou computadores e notebooks conectados à internet. Ou seja, um arquivo atualizado via celular poderá ser aberto normalmente no computador.

Os interessados em realizar a assinatura do Ideias Sync poderão acessar o serviço através de seu site oficial, via desktop ou smartphone e tablet.

Curiosidades na internet

Vírus que simula o jogo ‘Bad Piggies’ infecta mais de 80 mil navegadores Chrome

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/seguranca/Virus-que-simula-o-jogo-Bad-Piggies-infecta-mais-de-80-mil-navegadores-Chrome/

Vírus que simula o jogo 'Bad Piggies'

A empresa de segurança Barracuda Labs afirmou que um vírus disfarçado como uma extensão para navegadores do novo jogo Bad Piggies, da franquia Angry Birds, infectou mais de 80 mil navegadores Chrome. O título não está disponível para navegadores, apenas para aparelhos móveis equipados com iOS e Android.

O código malicioso, uma vez instalado, redireciona o usuário a páginas com propagandas indesejadas e, por isso, é conhecido como ‘adware’. As extensões, que ainda estão disponíveis na Chrome Web Store, foram produzidas pela empresa fantasma ‘playlook.info’ e estão disponíveis pelos seguintes nomes: Angry Birds Bad Piggies; Angry Birds Space; Angry Birds Huge; Angry Birds forest; Angry Birds Rio e Angry Birds Heikki.

A busca na loja do navegador apresenta diversas extensões dos jogos como o Angry Birds Rio e Angry Birds Space produzidos pela Rovio, até com os mesmos títulos, porém, eles ainda não estão disponíveis para jogar pelo navegador do Google.

E a Barracuda Labs afirmou ainda que na última terça-feira (2) o número de computadores infectados pelo vírus mascarado de jogo era de 82,6 mil. O Bad Piggies foi lançado pela Rovio no dia 27 de setembro.

Curiosidades na internet

Comercial da Vodafone – Postura correta

Acesse:http://www.youtube.com/watch?v=al-jLuD-vNU&feature=relmfu

Comercial da Vodafone Espanhola ensinando como usar a postura correta ao computador.

Curiosidades na internet

Nuvem é complexo lidar com isso

Acesse:http://gigaom.com/cloud/cloud-is-complex-deal-with-it/


Se você está olhando para a computação em nuvem para simplificar o seu ambiente de TI, eu tenho medo. Tenho más notícias para você.

Sim, você pode encontrar-se ter que se preocupar menos com infra-estrutura, menos sobre como funcionam os sistemas de armazenamento de rede ou o que usar para se conectar um pool de recursos virtualizados, ou mesmo quais as configurações de middleware são ideais para suas aplicações. No entanto, para cada problema eliminado, escolhendo nuvem, você vai encontrá-lo só cria mais problemas que permanecem responsáveis por-e pode até criar alguns problemas novos que você nunca teve de enfrentar antes.

Que é como deveria ser. Deixe-me explicar.

Quando descrevo a computação em nuvem como um modelo de operações centrada em aplicativos, uma das primeiras perguntas que devem vir à mente é “operações de quê, exatamente?” Só porque a nuvem está focada na aplicação, de modo algum implica que a aplicação é tudo o que estiver sendo operado. Na verdade, assim como em qualquer tecnologia de computação desde os primeiros computadores eletrônicos, o aplicativo não pode existir sem miríade de coisas apoiá-lo.

E o mundo não consiste de um pedido único, mas, de fato, milhões de aplicações. A maioria destes estão interligados de alguma forma, ea matriz de código, dados, infra-estrutura, pessoas, políticas, requisitos e assim por diante que compõe modernas de TI é basicamente um sistema interligado muito complexo. Computação em nuvem é apenas uma forma (muito eficaz) de lidar com essa complexidade.

Nuvem como um sistema complexo

O que é interessante é que ele acaba a ciência tem um corpo inteiro de trabalho em torno de sistemas complexos. Um sistema complexo, de acordo com a Wikipedia, é “um  sistema composto de partes interligadas que apresentam como um todo uma ou mais propriedades (comportamento entre as propriedades possível) não é óbvio a partir das propriedades das partes individuais. “

Isso é certamente verdade do moderno ambiente de TI interligados. Basta olhar para sistemas automáticos de trading e do famoso “crash flash” para um exemplo de sistemas projetados para retornos do mercado reagiu aumentando uns aos outros de uma maneira que temporariamente caiu nesse mercado muito. Outros exemplos abundam, e tenho certeza que o seu próprio ambiente de TI, muitas vezes se comporta de forma que nenhuma aplicação única ou outro elemento foi projetado para fazer explicitamente.

O que a ciência nos ensina sobre sistemas complexos é que eles são feitos de muitos agentes individuais, cada qual efeito e são afetados pelos agentes em torno deles. Os loops de feedback de eventos criados por agentes que afetam uns aos outros, direta e indiretamente, combinado com os mecanismos que escolher comportamentos para, em resposta a esses eventos, se combinam para criar o comportamento do sistema que é tão imprevisível.

Nuvem como um sistema adaptativo

A coisa é, no entanto, uma certa classe de sistemas complexos, sistemas adaptativos complexos, têm a característica adicional de que eles podem mudar seu comportamento em resposta ao sucesso ou fracasso de comportamentos anteriores quando um determinado evento ocorre ou quando uma determinada série de eventos ocorre. Esta capacidade de “aprender” e se adaptar ao ambiente em torno do sistema cria resultados surpreendentes, incluindo muitos dos mais ricos, os sistemas duradoura e poderosa em nosso universo.

Pense biologia. Pensam que a econômia. Acho que os ecossistemas.

TI é adaptativo, em que a funcionalidade ganhar sobrevive e prospera, enquanto perder a funcionalidade morre e desaparece. Assim, aqueles que investem na construção de tecnologias de TI estão constantemente buscando formas para a sua tecnologia para sobreviver em um ambiente em mudança, muitas vezes hostil.

Se uma aplicação ou função ou até mesmo apenas uma linha de código não agregam valor ao meio ambiente ou, pior ainda, negativamente atrapalha o valor do meio ambiente será removido ou alterado, de uma forma ou de outra. Aqueles que dependem de TI estão constantemente buscando formas de otimizar aplicativos, dados e tecnologias para tirar o máximo proveito de seus ambientes de sistemas.

O resultado é a inovação constante, e uma constante adaptação às nossas necessidades como as empresas e indivíduos. Nem sempre é bonita, como dizem, mas até agora tem sido bastante eficaz. (Devo observar que este mesmo se aplica a pouca freqüência modificado “legado” aplicações, não há uma decisão em curso para não modificar essa aplicação, e assim continua a sobreviver.)

O desenvolvedor de DNA

Eu quero deixar você com um último pensamento, no entanto. Uma das coisas sobre os sistemas adaptativos complexos são os traços de aprendizagem ou adaptação dos agentes no sistema. No mundo da evolução, o principal agente de aprendizagem ou mudança do DNA. No mundo de TI, o agente da aprendizagem ou mudança é o engenheiro ou desenvolvedor de software.

Se algo der errado com um aplicativo, os desenvolvedores estão no gancho para corrigi-lo, alterá-lo ou matá-lo. Se hardware existente não conseguir criar novas oportunidades para inovar, engenheiros encontrar novas abordagens para introduzir no ecossistema para agitar as coisas.

No entanto, os desenvolvedores e engenheiros só pode fazer essas mudanças um, ou alguns, os componentes de cada vez. Ninguém pode configurar o “sistema” para trabalhar de forma esperada. Tudo que você pode fazer é monitorar constantemente o sucesso ea eficácia das tecnologias de implantar na nuvem, e constantemente ajustá-los para torná-los tão útil quanto eles podem estar naquele ambiente.

Cabe às pessoas para tornar as tecnologias que sobrevivem em nuvem como um sistema complexo componente de cada vez. Que é, bem, como você lida com isso.

Imagem cedida por usuário do Flickr gruntzooki
Curiosidades na internet

%d bloggers like this: