Google mostra aeroporto de Congonhas no Street View

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/39019/39019

Aerorporto de Congonhas

Grandes centros de transporte público podem ser lugares confusos para algumas pessoas. Por isso o Google resolveu mapear o interior de 75 locais — sendo 16 aeroportos e 59 estações de trem — ao redor do mundo e disponibilizá-los no Street View para visualização online. (Confira aqui)

O aeroporto de Congonhas, em São Paulo, é o único da América Latina escolhido para a primeira fase do projeto (veja imagem acima). A maioria dos centros está localizada nos Estados Unidos e Europa, com grande concentração na Itália, França e Reino Unido.

Além disso, o Google passa a mostrar também o interior de 16 museus espalhados pelo mundo.

Reprodução

Curiosidades na internet

Exposição reúne 250 gatos de 21 raças diferentes em SP

Acesse:http://www.caesegatos.com.br/exposicao-reune-250-gatos-de-21-racas-diferentes-em-sp/

 Dias 23 e 24 acontece a última exposição de gatos de 2013 realizada pelo Clube Brasileiro do Gato – CBG e PremieR pet em São Paulo. O evento tem entrada gratuita e reunirá 250 exemplares de 21 diferentes raças, apresentados por mais de 90 criadores de todo o Brasil e da Argentina.

Será uma excelente oportunidade para gateiros e curiosos apreciarem a diversidade de felinos e observarem de perto tipos exóticos, como as três raças sem pelo (Sphynx, Peter Bald e Dom Sphynx) reunidas num único local, o que é raro. Outra presença que deve cativar os visitantes é de um exemplar de Devon Rex, raça que inspirou o cineasta americano Steven Spilberg a criar o famoso E.T.

Estarão na exposição ainda diversos exemplares de raças grandes, que vêm ganhando a preferência do público, tais como Maine Coon (conhecido como gato gigante), Norueguês da Floresta (com pelagem abundante e espessa), Ragdoll (que significa boneco de pano e tem pelagem que lembra a de um coelho) e Sagrado da Birmânia (de pelagem exuberante e patas brancas).

Felinos da raça Maine Coon credito André Hanni

A verdadeira e rara raça Angorá Turco (um dos mais belos gatos de pelo longo), o American Curl (com suas graciosas orelhas curvadas), além de gatos que participaram do Campeonato Mundial na Dinamarca em outubro também poderão ser vistos de perto. Assim como o British Shorthair (o gato da Alice no País das Maravilhas), Burmês (pelagem curta e olhos dourados e redondos), Bengal (de aparência tigrada), além do tradicional e belo Persa e o popular SRD (vira-lata), entre outros.

De acordo com o presidente do Clube Brasileiro do Gato – CBG, Gerson Alves, a última exposição (em agosto) contou com 3,5 mil visitantes e evidenciou o interesse crescente pelos gatos como animais de companhia. “Recebemos um público eclético, incluindo diversas faixas etárias, muitas famílias com crianças, inclusive idosos. Além de conhecerem raças diferentes, as pessoas gostam de ter contato com criadores, que são uma ótima fonte de informações para quem tem ou deseja ter um gato em casa”, diz.

Premiação
Enquanto os visitantes aprendem mais sobre os bichanos e se encantam com tantos exemplares, os criadores irão se agitar com uma competição bastante exigente. Afinal, as exposições do CBG incluem um campeonato com juízes internacionais e reúne parte dos melhores criadores do país com um time de gatos campeões.

A exposição terá cinco juízes vindos da França, Argentina e Finlândia, que farão suas avaliações em uma série de diferentes categorias, considerando raça e faixa etária. No final, serão eleitos os melhores exemplares e um best over all de cada dia. Os campeões acumulam pontos para suas posições no ranking nacional.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

LG revela a menor tela LCD FullHD do mundo

Acesse:http://www.baboo.com.br/hardware/lg-revela-a-menor-tela-lcd-fullhd-do-mundo/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=lg-revela-a-menor-tela-lcd-fullhd-do-mundo

LG revela a menor tela LCD FullHD do mundo

A LG Display revelou nesta quarta-feira (10) a menor tela LCD FullHD do mundo para smartphones. O display conta com 5,2 polegadas e tem apenas 2,2 mm de espessura, que pode permitir no futuro próximo a produção de smartphones ainda mais finos, compactos e leves.

LG mostra a menor tela LCD FullHD

Segundo a empresa, as linhas usadas na tela foram diminuídas, o que oferece um maior brilho para as imagens. Além disso, ela é sensível ao toque e conta com circuitos flexíveis.

“Introduzimos o mais fino completo painel LCD HD do mundo que hoje representa um avanço emocionante para o segmento de smartphones high-end, e isso é possível devido a nossa experiência de classe mundial em tecnologias de toque”, disse Byeong -Koo Kim, vice-presidente do Grupo de Desenvolvimento móvel LG Display em um comunicado. “A LG Display vai continuar o seu compromisso de desenvolver produtos que maximizam o valor para o consumidor, bem como a abertura de novas portas para a indústria de PC móvel e tablet.”

A LG é conhecida por ser pioneira em tecnologias para telas de smartphones e tablets. No último mês, a empresa chegou a anunciar o início da produção em massa de suas telas “inquebráveis e flexíveis” para smartphones. A tecnologia usada nesses aparelhos parece inclusive mais fina e compacta do que outras telas comuns.

Apesar disso, a Nokia, Samsung e Apple trabalham em tecnologias de telas flexíveis. E a Nokia trabalha, em especial, com smartphones que usa o grafeno, o mais resistente, leve e fino material do mundo.

O grupo LG (Lucky Goldstar) surgiu em 1947 na Coreia do Sul, quando era uma empresa especializada em química, energia, maquinaria, metais, finanças e serviços. Ao longo dos anos, a empresa ampliou seus negócios e se transformou em uma gigante da tecnologia, com 27 centros de Pesquisa & Desenvolvimento em todo o mundo, incluindo Coreia, EUA, China, Rússia, Alemanha, França, Japão, Índia e Brasil. A empresa conta ainda com centros de Design Corporativos em Seul, Milão, Pequim, Tóquio e New Jersey, além de divisões como a LG Electronics e a LG Display, direcionadas para produção específica de eletrônicos ou telas.

Curiosidades na internet

 

Estudantes criam carro para família movido a energia solar

Acesse:http://www.techmestre.com/estudantes-criam-carro-para-familia-movido-a-energia-solar.html

Batizado de Stella, automóvel acomoda quatro pessoas e viaja a 600 km/h.

Estudantes da Universidade de Tecnologia de Eindhoven, na Holanda, criaram o primeiro carro de “família” movido a energia solar. Batizado de Stella, o automóvel futurista acomoda até quatro pessoas e pode viajar a 600 Km/h através de energias captadas a partir do sol.
“O design do carro do futuro tem que satisfazer as necessidades dos consumidores modernos; o carro deve ser capaz de transportar a família da Holanda para a França em um dia, e para isto ele precisa ser adequado para o deslocamento diário para o trabalho, conseguindo tudo isso com conforto,” relata um integrante da equipe.
 .
O carro combina materiais leves, como carbono e alumínio, com design inovador e aerodinâmica que o possibilita ser veloz. Ele conta com painéis no teto para capturar a energia solar.
Estudantes criam carro para família movido a energia solar

Curiosidades na internet

Conheça os cliques de Alexandre Buisse, feitos durante voos de parapente

Acesse:http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2013/06/conheca-os-cliques-de-alexandre-buisse-feitos-durante-voos-de-parapente.html

O fotográfo profissional Alexandre Buisse é especialista em montanhas, mas seu último trabalho une a captura de lindas imagens de outro de seus passatempos: o parapente. As fotos foram feitas em paisagens na França e Itália.
Fotógrafo Alexandre Buisse é especialista em montanhas, mas também faz fotos aéreas (foto: Divulgação)Fotógrafo Alexandre Buisse é especialista em montanhas, mas também faz fotos aéreas (Foto: Alexandre Buisse)

Como Buise mora em um local alto, ele estima que pratica o esporte cerca de duas vezes por semana. Para as fotos, ele usa uma Nikon D4 ou D800, equipadas com lentes 16-35mm f/4 VR.

O fotógrafo explica que tem que soltar os controles do parapente quando precisa fazer uma foto e isso faz com que o equipamento voe em velocidade máxima. Mas, às vezes, ele prefere segurar ambos com a mão esquerda para fotografar com a direita.

Vista aérea de Pinzolo, Trentino. (foto: Divulgação)Vista aérea de Pinzolo, Trentino (foto: Alexandre Buisse)

Para criar as imagens, ele prefere usar uma abertura pequena, como f/8 e f/11, além de velocidade entre 1/500 ou 1/1000. Buise tira várias fotos com o modo de captura múltipla, já que elas tendem a sair fora de foco ou com enquadramento ruim.

Outras fotos de parapente estão disponíveis no site de Buisse

Curiosidades na internet.

França vai suspender venda do anticoncepcional Diane 35; Brasil avalia uso da pílula | Agência Brasil

Acesse:http://noticias.br.msn.com/fran%C3%A7a-vai-suspender-venda-do-anticoncepcional-diane-35-brasil-avalia-uso-da-p%C3%ADlula-ag%C3%AAncia-brasil

Carolina Gonçalves*

Repórter da Agência Brasil

Brasília – Em 90 dias, a pílula anticoncepcional Diane 35 e todos os genéricos do medicamento vão deixar de ser vendidos no mercado francês. A medida anunciada hoje (30) pelo diretor-geral da agência francesa de segurança dos medicamentos, Dominique Maraninchi, inclui todos os lotes da pílula, que serão retirados das prateleiras das farmácias.

Apesar do anúncio em resposta às denúncias internacionais sobre possíveis problemas de saúde provocados pelo uso da pílula, Maraninchi recomendou que pacientes que fazem uso do remédio não interrompam o tratamento antes de procurar um médico para pedir orientação. Estima-se que, atualmente, 315 mil mulheres tomem Diane 35 na França.

A ministra da Saúde da França, Marisol Touraine, tentou tranquilizar as mulheres que usam o Diane e afirmou que a pílula é o método anticoncepcional mais utilizado pelas francesas. Marisol Touraine pediu que as pessoas não entrem em pânico com as denúncias veiculadas nos últimos dias.

Em todo o mundo, foram relatados 125 casos de trombose venosa e quatro mortes de mulheres usuárias da pílula nos últimos 25 anos. As mulheres que apresentaram graves problemas de saúde com a pílula Diane 35, com idades entre 18 e 42 anos, sofreram acidentes vasculares variados, como embolia pulmonar ou derrame.

Na França, a pílula fabricada pelo laboratório alemão Bayer começou a ser vendida como um tratamento antiacne, mas, desde em 1987, é amplamente receitada como contraceptivo.

No último domingo (27), o Ministério Público francês abriu um inquérito preliminar para avaliar 14 casos relacionados ao uso da Diane 35.

O medicamento também é comercializado no Brasil e está sendo avaliado pelas autoridades de saúde. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que está acompanhando o caso para avaliar que medidas devem ser tomadas.

Segundo informações da agência brasileira, até o momento, não foram notificados relatos de profissionais de saúde sobre problemas envolvendo o uso do Diane 35. No Brasil, a bula do medicamento já traz alertas referentes ao risco de trombose arterial ou venoso devido ao uso do produto.

*Com informações da Rádio França Internacional // Edição: Lílian Beraldo

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil

Agência Brasil – Todos os direitos reservados.

Curiosidades na internet

Com aval de Rivellino, novo Fusca parte de R$ 76,6 mil

Acesse:http://classificados.folha.uol.com.br/veiculos/1181131-com-aval-de-rivellino-novo-fusca-parte-de-r-766-mil.shtml

A Volkswagen confirmou o preço do novo Fusca. A segunda geração do compacto retrô inspirado no clássico modelo da marca, antes chamado de Beetle, chega às concessionárias neste mês partindo de R$ 76,6 mil (câmbio manual). Com transmissão automatizada de seis marchas (DSG) e dupla embreagem, o preço sobe para R$ 80.990. O carro tem motor 2.0 TSI com injeção direta de gasolina de 200 cv.

Segundo a VW, o novo “besouro” pode chegar aos 100 km/h em 7,3s. A Folha testou o novo modelo, na Alemanha.

O novo Fusca tem plataforma global visual mais esportivo. As unidades destinadas ao Brasil continuam vindo da fábrica de Puebla (México).

Nessa nova fase do modelo, a montadora deixou livre a escolha do nome, de acordo com cada mercado. Na França, por exemplo, o veículo é chamado de “Coccinelle” (joaninha), nome já utilizado no passado. Na Itália, o modelo resgatou o apelido Maggiolino.

Uli Sonntag/Divulgação

A VW também divulgou hoje o primeiro filme publicitário da campanha (veja vídeo abaixo), que utiliza uma entrevista do jogador Rivellino para fazer referências ao Fusca 2012.

Um segundo comercial que mostra Chacrinha dando um recado a pessoas do futuro será lançado na quinta-feira (8/11).

Curiosidades na internet

Japonês é competidor mais idoso nos Jogos Olímpicos de Londres

Acesse:http://www.dw.de/dw/article/0,,16105368,00.html?maca=bra-uol-all-1387-xml-uol

Japonês é competidor mais idoso nos Jogos Olímpicos de Londres

Com 71 anos de idade, o cavaleiro de adestramento japonês Hiroshi Hoketsu classificou-se para os Jogos Olímpicos em Londres. O participante mais velho das Olimpíadas treina há anos na Alemanha.

Também conhecido como “bale do hipismo”, o adestramento é uma das três modalidades equestres olímpicas. Com a égua Whisper, de 15 anos de idade, o cavaleiro de adestramento japonês Hiroshi Hoketsu classificou-se em março último para competir nos Jogos Olímpicos em Londres. Ele é o participante mais velho da competição, da mesma forma que há quatro anos em Pequim.

Hoketsu vive na Alemanha desde 2003 e garantiu sua vaga através de uma vitória no Campeonato Internacional de Adestramento na França. Mas até pouco tempo, o sonho olímpico do “homem velho”, como ele é chamado no Japão, poderia ter se transformado em pesadelo.

Um amigo veterinário ajudou

Em novembro de 2011, Hoketsu estava desconsolado: sua égua Whisper mancava. Uma operação era iminente. Mas então um amigo veterinário pediu ao cavaleiro para trazer Whisper para Amsterdã. O tratamento funcionou. Após meses parado, Hoketsu pôde participar novamente com sucesso de um torneio. Mas o prazo para a qualificação olímpica era extremamente curto.

Hoketsu precisou de diversas participações em torneios em Portugal, Espanha e França, durante cinco semanas consecutivas. “A carga de trabalho já é normalmente muito difícil para um cavalo saudável. Nós realmente não sabíamos se Whisper iria conseguir”, explicou o japonês. “Mas finalmente decidimos que iríamos tentar de qualquer maneira.”

Hiroshi Hoketsu e égua WhisperHiroshi Hoketsu e égua Whisper

“É quase um milagre”

O plano funcionou. No início de março, Hoketsu garantiu sua vaga em Londres. Ele ainda balança incredulamente a cabeça quando pensa na surpreendente classificação. “Foi quase um milagre.” Um idoso nos Jogos Olímpicos? Mas não se notam os 71 anos de idade de Hoketsu: os olhos são vivos, o cabelo escuro com poucos fios brancos e quase não se vê um grama de gordura no corpo.

“Felizmente, meu peso não mudou desde o fim dos meus estudos. Isso me ajudou muito a continuar ativo no hipismo”, assim tentou explicar cautelosamente o cavaleiro japonês por que ainda participa de competições. “Eu não cuido, realmente, de manter o peso. Eu continuo comendo o que sempre gostei.” Segundo Hoketsu, ele simplesmente veio ao mundo com uma boa constituição física.

No entanto, seu treinador holandês Ton de Ridder discorda: o japonês seria ambicioso e perfeccionista. “O Sr. Hoketsu vive de forma muito saudável, com muita consciência calórica, ele pratica bastante exercício, faz caminhadas e cooper. Ele faz muito pelo sucesso”, disse o treinador.

Hoketsu é meticuloso. Ele próprio planeja, até o último detalhe, a organização e o itinerário de seus torneios. Caso contrário, provavelmente, seus sucessos não se realizariam.

Hoketsu não pensa em se afastar da equitação após Jogos Olímpicos de LondresHoketsu não pensa em se afastar da equitação após Jogos Olímpicos de Londres

Pela quarta vez nos Jogos Olímpicos

Em 1964, em Tóquio, Hoketsu participou pela primeira vez dos Jogos Olímpicos, ainda como cavaleiro de salto. Mais tarde, quando sua visão piorou e ele começou a ter problemas em estimar as distâncias para o próximo obstáculo, ele mudou para o adestramento. Nessa modalidade, ele se classificou para competir em Seul, em 1988, e em Pequim, em 2008.

Segundo o cavaleiro de 71 anos, os Jogos se modificaram com o tempo. Antes era a própria participação que vinha em primeiro plano, hoje o que importa é obter uma boa colocação. “Muitas pessoas, inclusive o Comitê Olímpico Japonês, investem muito dinheiro nas modalidades esportivas onde têm chances de medalhas.”

Cavalo bom, melhor desempenho

Apesar de tudo, os Jogos Olímpicos não perderam o fascínio para Hiroshi Hoketsu. Por esse motivo, o japonês se mudou para o haras do renomado treinador holandês de adestramento Ton de Ridder, próximo a Aachen, na fronteira entre Alemanha e Holanda. Hoketsu havia acabado de se aposentar e queria desenvolver suas habilidades no adestramento – com sucesso.

“O meu rendimento está agora melhor do que nunca. Depende, naturalmente, também do cavalo, pois um bom cavalo traz melhores resultados, mas também sinto que continuo a me desenvolver na equitação.”

Treinador holandês Ton de Ridder diz que cavaleiro japonês é ambiciosoTreinador holandês Ton de Ridder diz que cavaleiro japonês é ambicioso

Treinador após Londres?

Em Londres, Hoketsu irá competir só individualmente. Uma equipe japonesa, como nos Jogos Olímpicos de Pequim em 2008, não vai existir. A razão foi o desastre nuclear de Fukushima, no ano passado, disse o treinador Ton de Ridder. “Os investidores e patrocinadores ficaram de fora. Eles têm outras preocupações no momento.”

Apesar da idade avançada, Hoketsu não pretende pendurar de vez as botas de montaria, após os Jogos Olímpicos de Londres. “Talvez eu possa ajudar a Associação Japonesa de Adestramento como treinador”, disse Hoketsu. Após o salto e adestramento, esta seria sua terceira etapa na carreira na equitação.

O esporte rejuvenesce e Hiroshi Hoketsu é a prova viva disso, mas ele não é o competidor olímpico mais velho de todos os tempos. O recorde de idade ainda pertence ao atirador sueco Oscar Swahn, que aos 72 anos e dez meses ganhou uma medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Antuérpia, em 1920.

Curiosidades na internet

Google TV está chegando à Europa em setembro

Acesse:http://gigaom.com/video/google-tv-european-launch/


Sony começará a vender o Google TV baseados em produtos na Europa em setembro, de acordo com um relatório por Les Echos .

O site relata comentários da Sony France diretor de marketing Stephane Labrousse que o fabricante do CE vai vender dois dispositivos: um set-top box que será colocado à venda por € 200 (US $ 266) e uma caixa com um leitor Blu-ray integrado, que será vendido por € 300 ($ 399). Labrousse confirmou o lançamento na França, e Les Echos está relatando que ele poderia lançar na Espanha, Alemanha e Reino Unido, ao mesmo tempo também.

Também digno de nota é que as novas caixas da Sony aparentemente vai ter um botão Play Google em seus controles remotos, dando acesso direto ao aplicativo do Google e armazenamento de conteúdo. A caixa virá também com as ofertas próprias da Sony conteúdo, incluindo Music Unlimited.

Google TV até agora só estava disponível em os EUA, mas a Sony disse na CES que faria seus dispositivos disponível internacionalmente em 2012 também. Isto é, no entanto, a primeira vez que a empresa forneceu um cronograma claro para os seus planos para entrar no mercado europeu, bem como um preço – que é alto, deve-se acrescentar.

Problema do Google em que os EUA foram o primeiro lote de aparelhos de TV do Google era muito caro para os consumidores.

A segunda geração de aparelhos de TV do Google, devido a ir à venda este ano, de fabricantes como Sony, Samsung, LG e Vizio, é baseada em chips ARM em vez de Intel , que se destina a trazer para baixo o preço consideravelmente. No entanto, à luz do preço europeu, tem de se perguntar se o interruptor plataforma CPU terão realmente que muito do impacto.

Obs.: Caso haja erros de português e de concordância são devido a este texto ter sido traduzido “automaticamente” pelo serviço de tradução on-line gratuito que traduz instantaneamente textos e páginas da web.

Curiosidades na internet

O que é a 24 Horas de Le Mans

Acesse:http://www.superspeedway.com.br/lm/lm24h.asp

A famosa prova das 24 Horas de Le Mans é uma prova de endurance (isto é, uma prova de bastante resistência) para carros esporte e protótipos. Ela é uma prova extra-campeonato, e existe desde 1923, sendo disputada num misto de estradas públicas, fechadas durante a prova, perto da cidade de Le Mans (Sarthe) na França.

Comumente conhecida como um Grand Prix de Enduro, é organizada pelo Automobile Club de l’Ouest (ACO), e serve não apenas para testar quanto um carro pode ser rápido, mas também sua resistência para aguentar24 horas. A prova separa os carros em duas classes para cada tipo. Os carros mais rápidos são os Protótipos, e são divididos nas classes LMP1 e LMP2. Já os carros esporte gran-turismo são divididos nas classes LMGT1 e LMGT2.

A prova é realizada com todos os carros simultaneamente na pista, isto é: há apenas um grid de largada, todos os carros largam ao mesmo tempo, e a chegada se dá quando o primeiro carro cruzar a linha de chegada, após decorridos pelo menos 24 horas de prova.

Obs.: Caso haja erros de português e de concordância são devido a este texto ter sido traduzido “automaticamente” pelo serviço de tradução on-line gratuito que traduz instantaneamente textos e páginas da web.

Curiosidades na internet

França lança Google de estilo pretende digitalizar e vender Out-of-print Livros

Acesse:http://paidcontent.org/article/419-france-launches-google-style-plan-to-scan-and-sell-out-of-print-books/

Bandeira francesa

Um ano após o colapso do Google ( NSDQ: GOOG ) Liquidação Books em um tribunal de Nova York, o governo da França aprovou uma lei para digitalizar e vender meio milhão de “indisponível” obras do século 20.

O objetivo do projeto é preservar e comercializar livros franceses de antes de 2001 que já não estão à venda em versão impressa ou online. Bibliothèque nationale de France está compilando uma lista de livros que serão incluídos no projeto e, eventualmente, vendido on-line.

VEJA TAMBÉM: Google Books Lawsuit balança a frente

De acordo com Le Temps jornal suíço, o governo francês irá deter uma participação de 40 por cento em uma empresa nova realeza coleção enquanto editores irá controlar o resto.O projeto, que está a receber um subsídio inicial de 30 milhões de euros, garante que pelo menos 50 por cento dos royalties vão para os editores e autores.

Como a Liquidação de Livros do Google, o plano francês é “opt-out”, que significa que os autores serão incluídos a menos que apresentar, no prazo de seis meses.

“Este é um continente submarino que acabou de ressurgiu”, o ministro da Cultura Frédéric Mitterrand teria dito quando o acordo foi assinado. De acordo com Le Temps , os detalhes do acordo eram um segredo de longa data, até que um Actualitte local literária relatou-los no final de fevereiro .Tanto a França como no Senado e Assembleia Nacional ter aprovado o plano.

Escritor de ficção científica Ayerdha está liderando uma oposição de 900 escritores que assinaram uma petição e denunciou o esquema como um abuso dos seus direitos de propriedade intelectual.

França tem sido um retardatário na digitalização de livros e meios de comunicação, eo plano parece oferecer uma maneira de apanhar com países como os Estados Unidos, onde a digitalização é onipresente.

Esquema ambicioso França é notável, dado que o país era um adversário principal para a resolução de três vias falha em os EUA entre o Google, as editoras ea Authors Guild. Em Actualitte , os defensores alegam que o acordo francês é diferente, porque a Biblioteca Nacional está supervisionando-o e porque a nova coleção digital não irá mostrar “trechos” da obra digitalizada.

O regime francês também pode ter um elemento esnobe a ele. Como observa Le Temps, a Bibliothèque nationale é provável que inclua a única literatura tradicional de primeira para fãs de rippers corpete e como pode ter que esperar para ver os seus títulos favoritos online.

Não está claro se a França fará a varredura de todas as obras a partir do zero ou se ele vai incluir obras já digitalizadas pelo Google. Cheguei para o Google para comentar e atualizar quando eu ouvir de volta.

A nova lei é chamado de “La loi sur les livres indisponibles du siècle XXème”.

Curiosidades na internet