Razer anuncia Nabu, sua primeira pulseira inteligente

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/39697/39697


A Razer ficou conhecida pela produção de hardware e periféricos para games, mas durante a CES entrou em uma nova área. A empresa anunciou a Nabu SmartBand, sua primeira pulseira inteligente e também seu primeiro produto a ser destinado a um público que não é necessariamente ligado a jogos eletrônicos.

“Smartwatches são muito grandes e pesados, e outras pulseiras inteligentes são facilmente esquecidas quando a novidade inicial passa. Nós resolvemos isso”, afirmou o CEO da Razer Min-Liang Tan.

O dispositivo é capaz de monitorar seus exercícios, sono e localização, graças aos sensores como aceletrômetro, alitímetro e motor de vibração cilíndrica.. Ele também pode mostrar mensagens e alertas de e-mail, além de suporte a controles por gestos. Por exemplo, é possível chacoalhar o punho para dispensar uma notificação. Outro recurso curioso é a possibilidade de trocar dados com outro usuário da Nabu apenas com um aperto de mãos.

A pulseira, compatível com Android e iOS, possui duas pequenas telas OLED. A primeira é mais discreta, com 32×32 pixels, e deve ficar na parte de cima do braço para exibição de ícones de notificações. Já a segunda, um pouco maior (128×32), fica na parte de baixo do braço, e detalha as notificações de forma privada.

A Razer promete que a bateria do dispositivo seria capaz de aguentar sete dias de uso sem novas recargas. O aparelho também seria capaz de resistir ao suor e à chuva.

Por enquanto, não há preço final, mas a previsão de lançamento é para março deste ano. Desenvolvedores poderão comprar uma versão especial por US$ 50, mas, para o consumidor final, este custo deve ser um pouco maior.

A empresa espera trazer alguns grandes parceiros para a nova plataforma, permitindo que os dados coletados pela pulseira sejam usados por grandes apps de fitness, além de obter notificações de Twitter e Facebook.

Curiosidades na internet

Xbox One ‘tunado’ vira poderoso notebook gamer, mais fino e melhor

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/12/xbox-one-tunado-vira-poderoso-notebook-gamer-mais-fino-e-melhor.html

O famoso criador de casemods (computadores modificados), James Terry, conhecido na rede como DarkUncle, resolveu utilizar a estrutura e o hardware do Xbox One para transformá-lo em um poderoso notebook. Com o procedimento de conversão o console ficou mais fino e recebeu novas modificações como uma nova saída de áudio dedicada e um monitor de 22 polegadas acoplado.

Confira o Review do Xbox One; une funções inovadoras e alto desempenho

Gamer cria notebook poderoso com Xbox One (Foto: Reprodução/Slashgear)

Gamer cria notebook poderoso com Xbox One (Foto: Reprodução/Slashgear)

A modificação no Xbox One realizada pelo gamer, James Terry, transformou o console da Microsoft em poderoso notebook. Deixando a estrutura mais fina, Terry acoplou um monitor de 22 polegadas e remodelou totalmente o design do Xbox One para garantir a aparência de um notebook convencional.

Apesar das alterações visuais, a modificação preservou todas as conexões da traseira do console. Foi inserida apenas mais uma porta de saída de áudio que poderá ser utilizada para fones de ouvido. Para manter as características e, principalmente, a marca Xbox, o logotipo luminoso foi movido para parte superior da estrutura do notebook (confira o vídeo completo da façanha de Terry).

Os controles também são os mesmos. Segundo Terry, não houve nenhuma mudança de software e foram mantidos os comandos originais. No entanto, a adaptação necessita ficar ligada o tempo todo na energia pois não foi inserida uma bateria recarregável ao projeto.

No passado, James Terry já havia realizado o mesmo procedimento utilizando em Xbox 360 slim

Curiosidades na internet

MSI lança laptop para gamers com resolução 3K

Acesse:http://www.baboo.com.br/hardware/msi-laptop-para-gamers-3k/

MSI anunciou nesta semana o lançamento do seu primeiro laptop para gamers com resolução 3K (2880 x 1620), o MSI GT60 2OD-261US.

Este portátil estará disponível ainda em dezembro nos Estados Unidos com Windows 8/8.1 por US$ 2.200.

Detalhes do novo laptop para gamers da MSI

O MSI GT60 2OD-261US possui tela com 15.6 polegadas, vem equipado com processador Intel Core i7-4700MQ (Haswell), 16GB de memória RAM DDR3L, placa de vídeo NVIDIA GeForce GTX 780M e SSD com 128GB + disco rígido com 1 TB de capacidade para armazenamento.

MSI lança laptop para gamers com resolução 3KMSI_GT60_2OD-261US_02O aparelho traz leitor de discos Blu-ray, placa de rede Killer E2200 (Gigabit Ethernet), suporte para Wi-Fi 802.11 a/b/g/n, leitor de cartões de memória, teclado SteelSeries e alto-falantes Dynaudio Premium. O novo laptop para gamers da MSI também traz três portas USB 3.0 e duas portas USB 2.0.

Além do laptop, a empresa também anunciou o lançamento da sua estação de trabalho móvel com resolução 3K, o MSI GT60 2OKWS-278US. Esta estação de trabalho já está disponível nos Estados Unidos com Windows 7 Professional por US$ 2.800.

O MSI GT60 2OKWS-278US é otimizado para uso com soluções como a Adobe Creative Suite 6 e com os softwares da AutoDesk e SolidWorks.

MSI_GT60_2OKWS-278US_01
As especificações de hardware são similares às do MSI GT60 2OD-261US. A principal diferença está na placa de vídeo, que é uma NVIDIA Quadro K3100M, na quantidade de portas USB 2.0 (apenas uma neste modelo) e no drive ótico (que é um gravador de discos Blu-ray e não apenas um leitor).

As especificações detalhadas podem ser vistas abaixo:

MSI-3K-Specs

Curiosidades na internet

‘Google da China’ quer entrar no mercado de smart TVs

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/pro/noticia/37098/37098

(Foto: Reprodução)

Equivalente chinês ao Google, o Baidu não quer ser apenas uma empresa de buscas, mas também de hardware, e começará entrando num segmento que anda em crise na Ásia.

Segundo reportagem da Bloomberg, a companhia pretende apoiar o mercado de televisores inteligentes lançando uma set-top box ou um chip que seria usado em TVs inteligentes.

Duas fontes próximas ao Baidu confirmaram a informação à agência, segundo a qual a empresa chinesa tem conversado com a fabricante local Huan Technology para viabilizar a ideia.

Caso leve o plano adiante, a companhia teria, então, um belo suporte, porque a Huan é uma joint venture entre Sichuan Changhong Electric e TCL Multimedia Technology Holdings – a terceira maior fabricante de telas planas televisivas no mundo.

Curiosidades na internet

LG traz o SlidePad, mistura de tablet e notebook, para o Brasil

Acesse:http://www.techtudo.com.br/lancamentos/noticia/2013/06/lg-traz-o-slidepad-para-o-brasil-por-r-2499.html

O SlidePad, híbrido de tablet e notebook da LG, chegou ao Brasil nesta terça-feira (18). O aparelho conta com tela touchscreen de 11,6 polegadas, teclado físico e vem equipado com oWindows 8. Com uma bateria de até 12 horas, o SlidePad chega às lojas por R$ 2.499.
SlidePad chega ao Brasil por R$ 2.499 e traz Windows 8 (Foto: André Fogaça/TechTudo)SlidePad chega ao Brasil por R$ 2.499 e traz Windows 8 (Foto: André Fogaça/TechTudo)

 

O dispositivo traz um teclado físico deslizante acoplado na parte traseira, que pode ser usado para digitação sem ter que recorrer o touchscreen. O SlidePad traz também um processador dual-core Intel Atom Z2760 de 1.8 GHz, 2 GB de memória RAM e memória interna de 64 GB, com leitor de cartões microSD. O híbrido da LG traz ainda portas HDMI e USB 2.0, conectividades Bluetooth 4.0 e Wi-Fi, além de câmera de 2 megapixels.

SlidePad foi apresentado no Brasil nesta terça-feira (18) (Foto: André Fogaça/TechTudo)SlidePad foi apresentado no Brasil nesta terça-feira (18) (Foto: André Fogaça/TechTudo)

De acordo com a LG, a bateria do aparelho permite o uso de até 12 horas seguidas em modo avião, ou seja, sem nenhuma conexão ativa durante o uso. “O tempo de uso varia de acordo com cada usuário e não temos como calcular a duração da bateria em outros padrões [fora do modo avião e com apps abertos]“, comentou Dolf Wiemer, gerente de marketing de IT da LG para o Brasil.

SlidePad exibe cabo flat e tem luz vazando na traseira (Foto: André Fogaça/TechTudo)SlidePad exibe cabo flat e tem luz vazando na traseira (Foto: André Fogaça/TechTudo)

Em testes realizados durante a coletiva de imprensa, notamos que o cabo flat que liga o monitor ao restante do computador é exibido, sem proteção. O alcance desta parte não é fácil para os dedos, mas revela uma falta de proteção para um componente importante – se for rompido, os dados não serão entregues ao display.

Outra falha, pequena, é um pequeno vazamento de luz que existe neste mesmo local. O Windows 8 roda com grande rapidez, mesmo com o hardware modesto do aparelho. O SlidePad tem pedo de 1,05 Kg e já está disponível no mercado, com valor sugerido de R$ 2.499.

Curiosidades na internet

Vírus de celular é igual a vírus de computador? Entenda as diferenças

Acesse:http://www.techtudo.com.br/artigos/noticia/2013/05/virus-de-celular-e-igual-virus-de-computador-entenda-diferencas.html

Vírus e outros tipos de malwares já são problemas conhecidos por quem utiliza os computadores. Porém, as ameaças, antes restritas aos desktops e notebooks, têm agora um novo alvo: o seu smartphone. Em número crescente, esses aplicativos atrapalham o desempenho dos gadgets e tentam roubar dados pessoais dos usuários. Mas será que os vírus de celular agem igual aos de computadores? O TechTudo foi atrás da resposta.

Smartphones estão cada vez mais expostos à vírus (Foto: Elson de Souza/TechTudo)Smartphones estão cada vez mais expostos à vírus (Foto: Elson de Souza/TechTudo)

Diferenças entre infecções de computadores e de smartphones

Nos computadores, os programas são executados em diferentes níveis de seguranças dentro de camadas de atividades. Os mais importantes rodam em ambientes mais seguros e menos acessíveis do sistema operacional, já os menos essenciais ficam em um local mais exposto e sujeito à alterações.

É justamente na camada mais vulnerável que grande parte dos malwares começam a ser executados, podendo enviar cópias e estender suas ações a outros aplicativos, também situados neste grau de segurança. Já os programas mais agressivos conseguem burlar os níveis de segurança do sistema e se enraizar nas camadas importantes podendo comprometer o desempenho do computador e colocar em risco todo o seu funcionamento.

Enquanto isso, o processo de infecção é bastante diferente nos smartphones. Os sistemas Android e iOS possuem arquitetura com somente duas camadas: uma mais restrita, com as principais execuções e os apps nativos do sistema, e outra onde estão as informações, arquivos e programas baixados pelo usuário.

Quando um malware infecta um smartphone, suas ações irão se restringir ao nível mais exposto, limitando-se aos dados dos usuários e, raramente, tendo acesso às funções vitais do sistema. Porém, aparelhos desbloqueados via jailbreak ou root aumentam o risco de que malwares, mesmo inofensivos, comprometam as funções essenciais do sistema.

O malware atinge e-mails e pode comprometer contas de usuários (Foto: Marlon Câmara/TechTudo)Infecções ocorrem através da troca de dados
(Foto: Marlon Câmara/TechTudo)

Como acontecem as infecções?

Atualmente, para contaminar seu smartphone com estas “pragas digitais” basta estar conectado a internet ou receber arquivos maliciosos por transmissões via bluetooth, SMS e MMS. Qualquer método que receba dados de outro aparelho é uma porta de entrada para estes programas danosos. A maneira mais segura para se utilizar o celular ainda é no “Modo Offline”.

Grande parte dos malwares para celulares encontram-se nas próprias lojas oficiais de aplicativos, como a Google Play. No entanto, um relatório recente mostrou que essas ameaças começaram a circular via spams. Alguns desses programas, uma vez baixados, roubam seus dados e alteram configurações do sistema, com a possibilidade de enviar cópias de si mesmo ou de outros malwares por diferentes meios de transmissão de dados.

As consequências de um smartphone infectado

Um dos primeiros sintomas da presença de um malware, tanto em smartphones quanto computadores, é o comprometimento do desempenho do sistema. Devido às operações desses aplicativos nocivos, o processamento de dados do sistema passa a ter um maior gasto de memória, o que acaba por deixar o sistema mais lento, propenso a erros e congelamentos.

Outro indício de “contágio” é o aumento significativo da transmissão de dados pela rede, além do envio de SMS, MMS, e-mails e outras mensagens pela internet sem o conhecimento dos usuários.

Essas duas características são comportamentos padrões de malwares. Como foram desenvolvidos para roubar e transmitir dados, sejam eles imagens, contatos, relatórios de navegação na web e até informações bancárias, esses softwares acabam comprometendo o funcionamento de seu smartphone.

Malware mais nocivos, no entanto, podem atrapalhar a performance do seu celular, interromper ou impedir ligações, podendo ainda contaminar outros aparelhos. Esses apps maliciosos são capazes também de transmitir mensagens, executar aplicativos, destruir o sistema operacional, aumentar o consumo da bateria de seu aparelho e até danificar o hardware.

O Android, uma das plataformas mais utilizadas no mundo, é também uma das mais vulneráveis a malwares (Foto: Reprodução/ TechTudo)O Android é uma das plataformas mais vulneráveis
a malwares (Foto: TechTudo)

Como se prevenir?

A primeira coisa a ser feita para manter o celular a salvo de aplicativos nocivos é estar atento aos dados enviados e recebidos pelo aparelho. Procure se assegurar sempre se os downloads tem uma procedência segura, observando comentários sobre comportamentos suspeitos e reclamações.

Os malwares também pode estar camuflado em vídeos, músicas, aplicativos e fotos enviadas por e-mails, SMS, MMS e em transmissões via Bluetooth. Portanto, confirme o conteúdo com a pessoa que lhe enviou o arquivo, antes de abri-lo.

Além desses cuidados, é bom ter em seu smartphone um bom antivírus para garantir que seu sistema está seguro e evitar futuras infecções. Nas lojas de aplicativos online, há uma boa quantidade de diferentes antivírus gratuitos, que poderão ser muito uteis na proteção de seu aparelho.

Fique atento aos sites que visita, pois, caso seu celular não tenha um antivírus ou firewall, você estará mais sujeito a infecções por pequenos malwares que poderão abri portas para softwares mais perigosos. Lembre-se de agendar varreduras periódicas com os antivírus instalados em seu aparelho. Isso pode evitar o aparecimento de pequenos erros e impedir instalações que possam camuflar infecções mais sérias.

Como os smartphones são dispositivos desenvolvidos para transmitir e receber informações de forma intensa, estes aparelhos se tornaram ambientes muito mais vulneráveis a vírus e malwares do que os computadores. Por isso, mantenha-se informado a respeito de novos tipos de infecções e sobre o funcionamento de seu smartphone. Caso seu celular esteja apresentando algum comportamento suspeito, instale ou troque seu antivírus e, se o problema continuar, leve-o a assistência técnica.

Curiosidades na internet

Project Shield, poderoso portátil da Nvidia, tem data para chegar às lojas

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/05/nvidia-shield-poderoso-portatil-chega-em-junho-por-r-700.html

Nvidia Shield, o videogame portátil criado pela famosa montadora de placas de vídeo, chega ao mercado no final de junho, por US$ 350 (cerca de R$ 700). O aparelho inicia sua fase de pré-venda em 20 de maio na loja online da companhia e também em lojistas selecionados nos EUA e Canadá. Em ocasião passada, a Nvidia já confirmou que pretende lançar o videogame no Brasil, mas ainda não há data.

Nvidia Shield é um poderoso portátil que roda games de PC (Foto: Reprodução)Nvidia Shield é um poderoso portátil que roda games de PC (Foto: Reprodução)

O preço de lançamento do portátil é maior que aparelhos da concorrência, como Nintendo 3DS e PlayStation Vita, que custam entre US$ 200 e US$ 250 (entre R$ 400 e R$ 500, respectivamente). De acordo com a Nvidia, o preço um pouco superior é justificável pela capacidade do aparelho de rodar até mesmo jogos de computador, e não apenas versões portáteis.

Em outra ocasião, quando ainda era chamado de Project Shield, o videogame foi demonstrado com o jogo Borderlands 2, rodando a partir de um aplicativo Steam, da Valve. A performance exibida foi bem similar a um PC top de linha.

Borderlands 2 é demonstrado no Nvidia Shield (Foto: Reprodução)Borderlands 2 é demonstrado no Nvidia Shield (Foto: Reprodução)

Além dos jogos de computador, o Shield vai contar também com games específicos desenvolvidos para seu hardware. Entre os confirmados estão Broken Age, Costume Quest, Flyhunter: Origins, Skiing Fred e Chuck’s Challenge. O pacote inicial, que virá junto com o aparelho de fábrica, terá ainda Sonic the Hedgehog 4: Episode 2 e Expendable: Rearmed.

Vale lembrar que o Nvidia Shield possui um processador Tegra-4, sistema Android 4.2.1, tela retina com 5 polegadas e capaz de reproduzir resolução de até 720p. O aparelho possui ainda 16GB de armazenamento interno, que pode ser expandido com um cartão SD.

Curiosidades na internet

Adobe revela caneta e régua com recursos especiais para tablets

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/05/adobe-revela-caneta-e-regua-com-recursos-especiais-para-tablets.html

A Adobe apresentou duas novidades que devem agradar quem usa tablets para trabalhar. Trata-se da Mighty Pen (Caneta Poderosa) e da Napoleon Ruler (Régua Napoleão), que ainda são protótipos, mas prometem facilitar as tarefas de desenhar e criar linhas nos aparelhos. Os produtos foram mostrados durante a MAX Conference, realizada na última segunda-feira (6) na cidade de Los Angeles, nos Estados Unidos.

Adobe apresentou a caneta Mighty Pen e a régua Napoleon Ruler, seus novos produtos para tablets (Foto: Reprodução/YouTube)Adobe apresentou a caneta Mighty Pen e a régua Napoleon Ruler, seus novos produtos para tablets (Foto: Reprodução/YouTube)

A “caneta poderosa” tem como principal funcionalidade um botão que dá acesso aos recursos do dispositivo. Além disso, ela consegue escrever e desenhar na tela touchscreen do tablet, no lugar do dedo do usuário. Já a régua funciona para criar arcos e linhas paralelas no dispositivo, o que pode ser útil para designers e arquitetos, por exemplo. A Adobe publicou um vídeo no YouTube para explicar um pouco mais do funcionamento de ambos.

Além desses produtos voltados para tablets, a companhia apresentou também uma grande quantidade de experimentos de hardware. Um deles é o Project Context, uma diferente maneira de criar layouts de revistas com um software.

Apesar das novidades mostradas pela Adobe, ainda não há quaisquer informações sobre a possível produção em massa destes aparelhos e nem se eles vão chegar ao mercado um dia. Entretanto, está claro que a companhia agora pretende investir também na área de hardware e não somente em seus tradicionais softwares.

Curiosidades na internet

Com tela sensível ao toque, ultrabook da Qbex tem bom custo-benefício

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/1251111-com-tela-sensivel-ao-toque-ultrabook-da-qbex-tem-bom-custo-beneficio.shtml

“É um MacBook Air?” foi a frase que mais ouvi enquanto testava o Qbex Touch UX640, um ultrabook que tem entre seus principais atrativos um design muito semelhante ao do laptop da Apple -incluindo corpo de alumínio, espessura menor nas bordas e dobradiça preta.

Mas uma olhada mais atenta revela as diferenças, como o logotipo da marca brasileira no lugar da maçã, as dimensões maiores e um acabamento menos refinado. Mas a qualidade da construção é boa -o corpo demonstra ser firme e resistente.

O teclado e o touchpad não oferecem muita precisão. As teclas carecem de firmeza e prejudicam uma digitação mais rápida, e o touchpad frequentemente falha no reconhecimento de gestos, um problema habitual em laptops com Windows.

A tela sensível ao toque costuma responder bem aos comandos com os dedos, o que facilita muito o uso da nova interface do Windows 8. A qualidade da imagem, porém, não é das melhores. O nível de contraste é mediano, o ângulo de visão é limitado, e a resolução (1.366 pixels x 768 pixels) é baixa para um painel de 14″, o que compromete a nitidez.

O UX640 tem um sistema de armazenamento híbrido com HDD (drive de disco rígido) e SSD (drive de estado sólido). Até por isso, ele é mais grosso e pesado do que o Air e ultrabooks mais sofisticados, que são equipados apenas com SSD -tecnologia mais rápida e mais leve do que o disco rígido tradicional.

Editoria de Arte/Folhapress

De qualquer maneira, o uso de SSD permite ao UX640 oferecer um desempenho razoável, principalmente na inicialização do sistema, bem veloz. Como qualquer ultrabook, porém, ele não é recomendável para tarefas que demandam hardware poderoso, como criação e edição de conteúdo multimídia e execução de games com gráficos 3D.

O UX640 tem preços a partir de R$ 1.799, mas as configurações mais básicas, com processador Core i3, podem ser frustrantes: lentidão para abrir alguns programas e pequenos travamentos ao rolar uma página ou ao navegar pela interface nova do Windows 8 são comuns. Esse chip é recomendado apenas para usos mais leves, com poucos aplicativos ou sites abertos ao mesmo tempo. Se possível, opte por uma das configurações com processador Core i5, que podem ser encontradas por R$ 2.000.

Segundo a Qbex, a bateria tem autonomia de seis horas. Nos testes, a duração mais comum ficou em quatro horas.

As limitações do UX640 são, de algum modo, até esperadas para um equipamento em sua faixa de preço. No geral, ele oferece um bom custo-benefício para quem não quer pagar muito por um ultrabook com tela sensível ao toque.

Curiosidades na internet

Console de videogame do tamanho de um pen drive arrecada US$ 145 mil no Kickstarter

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/1209995-console-de-videogame-do-tamanho-de-um-pen-drive-arrecada-us-145-mil-no-kickstarter.shtml

Parece um pen drive, mas é um videogame.
Equipado com sistema Android, o Game Stick é o console mais portátil do mundo, segundo a descrição do projeto no Kickstarter, serviço de financiamento colaborativo. A iniciativa já arrecadou US$ 145 mil –a meta, de US$ 100 mil, foi alcançada em apenas um dia.

Divulgação
GameStick, console portátil que roda Android
GameStick, console portátil que roda Android

Jasper Smith, executivo-chefe da PlayJam, empresa responsável pela ideia, quer melhorar a experiência de jogar na TV e diz que consoles tradicionais são caixas imensas, cheias de fios, com controles grandes necessidade de muito espaço, além de terem portabilidade limitada.

O Game Stick é um videogame que cabe no bolso e pode ser plugado em qualquer TV que tenha uma entrada HDMI. O espaço interno é de 8 Gbytes.

O console é compatível com as centenas de milhares de jogos da Google Play, a loja de aplicativos para Android, embora a companhia tenha feito uma pré-seleção de 200 games que melhor se adequam à jogatina com controle e TV..

Além disso, outros 250 desenvolvedores estão trabalhando em jogos especialmente para o mini-console, como Disney, Madfinger e Hutch.

Para reservar um Game Stick com um controle, a contribuição mínima é de US$ 69.

OUYA

Divulgação
Ouya, videogame baseado em Android
Ouya, videogame baseado em Android

O Game Stick é concorrente direto do Ouya, outro videogame baseado em Android que também foi financiado via Kickstarter.

O Ouya é um pouquinho maior (mais ou menos do tamanho de uma maçã) e conseguiu arrecadar US$ 8,6 milhões na plataforma de financiamento.

Uma das “inovações” mais inusitadas do Ouya é que se trata de uma plataforma aberta aos hackers. Isso mesmo: quem modificar o hardware não vai perder a garantia e, como há entradas USB e Bluetooth, será possível até mesmo criar periféricos.

Ele já está disponível para pré-venda por US$ 99 (com um controle) e as primeiras unidades devem chegar ao mercado também em abril deste ano.

Curiosidades na internet

Tendências tecnológicas para 2013

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/mercado/Tendencias-tecnologicas-para-2013/

Big data

Com 2013 se aproximando, as empresas especializadas no segmento estão a todo vapor divulgando tendências e previsões para o mundo da tecnologia para o próximo ano. Dentre todas que vimos até agora, o Big Data se destaca na grande maioria delas.

O vice-presidente e CTO da Hitachi Data System, Hu Yoshida, também divulgou os desafios e oportunidades que prevê para os negócios em 2013. Entre os destaques estão os custos relacionados ao universo de TI, bem como a organização dos dados gerados pelas empresas.

Segundo Yoshida, os profissionais do segmento de tecnologia da informação precisam estar preparados para atender uma demanda do mercado, que diz respeito a desafios com orçamento e tempo limitados. Confira as principais tendências tecnológicas descritas pelo vice-presidente da Hitachi Data System.

1. Custos operacionais X Custos de hardware

Os custos operacionais (OPEX) têm apresentado um crescimento elevado nos últimos anos, enquanto o custo do hardware (CAPEX) se manteve relativamente estável. O custo total relacionado ao armazenamento de dados apresentou um aumento médio de 7% nos últimos 10 anos, e acredita-se que em 2013 deve crescer ainda mais. Segundo Yoshida, o CAPEX terá tendência de alta em 2013 e se tornará uma grande parcela do custo total de propriedade por causa do aumento da funcionalidade no hardware e da demanda por capacidade de armazenamento.

2. Novos modelos de consumo

A tendência é que as empresas não façam mais estoque de equipamentos de hardware, elas devem adquirir apenas aquilo que precisarem no momento em que precisarem. Para isso, as empresas necessitarão aproveitar tecnologias e recursos como o provisionamento dinâmico do armazenamento, a virtualização e a migração de dados sem interrupções. Os fornecedores de armazenamento poderão também oferecer serviços gerenciados para as organizações, auxiliando-as a converterem CAPEX em OPEX.

3. Gerenciar a explosão da replicação dos dados

O repositório de banco de dados para armazenar objetos, metadados, definição de classes e propriedades, conhecido como object store, vão ajudar a resolver os problemas gerados pela replicação de dados. Essa replicação se dá principalmente devido a realização de backups e ao crescimento acelerado de dados. Os objects stores auxiliarão a resolver a questão reduzindo a necessidade de executar backup e replicar dados não modificados.

4. Controladoras com memória flash

Até hoje, o uso de drives de estado sólido (SSD) flash de alto desempenho nas empresas foi lento devido ao alto preço e durabilidade limitada em comparação com os drives de disco rígido. Em 2013, as controladoras flash com processadores avançados desenvolvidos especificamente para sistemas de armazenamento corporativos, aumentando a durabilidade, o desempenho e a capacidade da memória flash, serão introduzidos no mercado.

5. Novos requisitos para sistemas de armazenamento corporativo de nível básico

O uso crescente de hipervisores como VMware e de aplicações como os VDI transformaram os requisitos para sistemas de armazenamento de médio porte. O desnível entre arquiteturas corporativas e midrange está se reduzindo à medida que o mercado começa a exigir sistemas de armazenamento corporativo de nível básico. Esses sistemas trazem escalabilidade vertical com maiores cargas de trabalho ao adicionar mais processadores, portas e cache, e ainda oferecem uma referência de preço para o mercado midrange.

6. Sistemas de arquivos baseados em objetos

Os sistemas de arquivos convencionais não vão dar conta da quantidade de dados não estruturados que está sendo gerado a cada dia. Eles precisarão ser substituídos por arquivos baseados em objetos, que os tornam maiores e mais escaláveis. Gerenciar dados e metadados de sistemas de arquivo baseados em objetos possibilita restauros rápidos, permite alto desempenho no acesso aos arquivos e oferece a criação automatizada de camadas de arquivo.

Saiba mais: Big data: seus dados perderam a estrutura, e agora?

7. Plataformas de conteúdo para arquivos e compartilhamento de dados em alta

A necessidade dos usuários de correlacionar diversas informações provenientes de diferentes aplicações vai chamar a atenção para a necessidade do uso de plataformas de conteúdo para arquivos e compartilhamento de dados no próximo ano. Apesar da virtualização do armazenamento de dados possibilitar que aplicativos compartilhem recursos de armazenamento, as informações de cada aplicação ficam presas em locais separados.

8. Controladoras de armazenamento devem se adaptar às novas cargas de trabalho

As controladoras de armazenamento estarão equipadas com processadores avançados e ASICs com assistência a hardware. Os jogos de componentes devem lidar com cargas de trabalho cada vez mais complexas e processamentos mais intensos, lembrando que o mercado vai exigir custo menor para processos mais complexos.

Curiosidades na internet

Empresa lança computador à prova d’água que suporta o peso de uma picape

Acesse:http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2012/12/empresa-lanca-computador-prova-dagua-que-suporta-o-peso-de-uma-picape.html

A fabricante de computadores Stealth desenvolveu um desktop capaz de suportar diversas condições extremas. O WPC-525F consegue resistir ao atropelamento por uma picape e tem a capacidade de operar coberto por água.

Reforçado e a prova da água, o WPC-525F sobrevive a um atropelamento (Foto: Divulgação)Reforçado e à prova da água, o WPC-525F sobrevive a um atropelamento (Foto: Divulgação)

O modelo aguenta quase duas toneladas porque o pequeno gabinete totalmente feito de alumínio foi desenvolvido de maneira reforçada. Ele também consegue sobreviver à ação da água graças ao seu perfeito isolamento em relação ao exterior. A Stealth não criou tomadas de ar para refrigerar o processador, por exemplo. Em vez de coolers, a empresa resolveu fazer do encapsulamento de todo o hardware um grande dissipador de calor.

Além de não ter cooler, o WPC-525F também dispensa o disco rígido convencional. Ao apostar em SSDs, a companhia diminui o número de partes móveis no sistema e garantiu, assim, maior resistência, uma vez que, ao contrário dos discos comuns, os SSDs suportam sem problemas impactos e choques físicos.

Computador tem várias opções de configuração, todas com preços altos (Foto: Divulgação)Computador tem várias opções de configuração, todas com preços altos (Foto: Divulgação)

Há várias configurações disponíveis para o computador ultra-resistente. A mais básica delas conta com processador dual-core Intel Atom, 4 GB de RAM, SSD de 120 GB, além de conectores USB e VGA. Há, até mesmo, dois slots PCIe. O consumidor também leva para casa um conjunto de cabos específicos para conectar periféricos, que mantêm o equipamento à prova de água. No entanto, toda a durabilidade da máquina custa caro: a formatação mais econômica sai por nada menos que US$ 1525, aproximadamente R$ 3170.

 

Curiosidades na internet

Dell lança Ultrabook com sistema Linux

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/ultrabooks/Dell-lanca-Ultrabook-com-suporte-para-Linux/

Dell XPS 13 Developer Edition

A Dell lançou na última semana seu primeiro Ultrabook com suporte para o sistema operacional open-source Linux, o Dell XPS 13 Developer Edition. O aparelho faz parte de um projeto piloto da empresa, o Projeto Sputnik, que pretendia lançar um laptop genuíno e focado para desenvolvedores com Linux.

O XPS 13 Developer Edition traz algumas modificações em comparação ao seu projeto original como um processador Intel i5 ou i7 Ivy Bridge e 8GB de memória RAM – o projeto Sputnik planejava a criação de um modelo com CPUs Sandy Bridge e 4GB de memória RAM. O Ultrabook também conta com um display de 13 polegadas com resolução de 1366×768 pixels e com um SATA III SSD com 256GB de armazenamento.

O laptop é equipado com o Ubuntu LTS 12.04 entre outros recursos extras. A Dell também trabalhou em parceria  com a Canonical e outras fabricantes para garantir que o sistema estava bem escrito e integrado com as opções de hardware.

Segundo o Ars Technica, o Projeto Sputnik trabalhou duas ferramentas de código aberto que vêm pré-instaladas no dispositivo, com o objetivo de automatizar a criação de ambientes de desenvolvimento e tornar o processo mais simples: a Profile Tool e o Cloud Launcher. A Profile Tool é uma aplicação que facilita a instalação de ferramentas pré-configuradas de desenvolvimento, chamadas de ‘perfis’. Ela também é capaz de baixar ferramentas de várias fontes da nuvem para a estação de trabalho do desenvolvedor.

Dell XPS 13 Developer EditionReprodução: Ars Technica

Com a aplicação, os usuários do novo Ultrabook da Dell também poderão criar suas próprias ferramentas  ou perfis e compartilhá-las com outros desenvolvedores através da Profile Tools. Já o Cloud Launcher permite que os usuários enviem de forma rápida e fácil seus projetos a provedores na nuvem, e ele é apoiado no serviço na nuvem do Ubuntu, o Juju.

Os usuários do XPS 13 Developer Edition poderão criar seus ambientes e projetos, clicar em um ícone e, em poucos segundos, ter seu projeto duplicado e enviado para um provedor na nuvem. Ambas ferramentas foram lançadas recentemente no GitHub.

O Dell XPS 13 Developer Edition está disponível nos Estados Unidos e Canadá por US$ 1.549 (R$ 3.308) e deverá ser lançado em outros países a partir do primeiro semestre de 2013.

Curiosidades na internet

Google e a Samsung o novo Chromebook por US$ 249

Acesse:http://www.oficinadanet.com.br/post/9156-google-e-a-samsung-o-novo-chromebook-por-us-24900

O Google e a Samsung anunciaram ontem um novo modelo do Chromebook, o netbook que roda sistema operacional Chrome OS. O aparelho traz um processador dual-core A15 da ARM, 2GB de RAM, Wi-Fi, Bluetooth e 16GB de armazenamento em flash e 100GB de espaço disponível

Google e a Samsung o novo Chromebook por US$ 249

O aparelho traz um processador dual-core A15 da ARM, 2GB de RAM, Wi-Fi, Bluetooth e 16GB de armazenamento em flash e 100GB de espaço disponível gratuitamente no Google Drive, serviço de armazenamento em nuvem do Google.

O novo Chromebook tem tela de 11,6 polegadas, somente dois centímetros de espessura e pesa pouco mais de um quilo. Ou seja, é ideal para quem precisa carregar o computador para qualquer lugar e não aguenta mais conviver com laptops grandes e pesados. Além de prático, ele conta com visual minimalista e hardware interessante. A bateria dura 6,5 horas de uso.

E preço divulgado foi de US$ 249,00 dólares, aproximadamente R$ 500,00 reais (sem os impostos).

“Mesmo com seu layout compacto, ele tem ótima performance – inicia em menos de 10 segundos e pode ser ativado instantaneamente depois de bloqueado”, diz a nota do Google em seu blog oficial. O design do produto, um dos pontos fortes, inclui um acabamento prateado, além de teclado completo em formato “ilha”, que oferece mais espaço para a digitação.

Chrome OS

O sistema operacional do Google baseado no navegador Chrome foi lançado pelo Google em maio de 2012. A proposta do sistema é que o usuário execute todas as tarefas no ambiente web, ou seja, crie e armazene arquivos em aplicativos que não estão instalados no computador, mas que são processador a partir de um servidor que pode ser acessar por meio da web (nuvem). Todos os arquivos do usuário, como textos, fotos e vídeos, podem ser armazenados no Google Drive, serviço de backup em nuvem da empresa, ou em serviços similares, como o SkyDrive, da Microsoft.

Curiosidades na internet

Panasonic apresenta série AX de ultrabooks híbridos com Windows 8

Acesse:http://www.techtudo.com.br/lancamentos/noticia/2012/10/panasonic-apresenta-serie-ax-de-ultrabooks-hibridos-com-windows-8.html

A Panasonic apresentou sua nova série de híbridos com Windows 8. Apostando nas conveniências do tablet e nos recursos de um ultrabook, a série AX usa telas de 11.6 polegadas e resolução de 1366 x 768 pixels com sensibilidade ao toque. Desenvolvidos para o Windows 8, os AX devem começar a disputar a preferência do consumidor no fim deste mês, acompanhando o lançamento do sistema operacional da Microsoft.

Novos híbridos da Panasonic serão lançados no fim do mês, acompanhados do Windows 8 (Foto: Reprodução)Novos híbridos da Panasonic serão lançados no fim do mês, acompanhados do Windows 8 (Foto: Reprodução)

No hardware, a Panasonic optou pelos processadores da Intel: serão três versões, com Core i5 (1.7 GHz ou 1.8 GHz) e outra, mais poderosa, com Core i7 de 1.9 GHz. Independente do processador escolhido, os AX serão montados em pacotes com 4 GB de memória RAM e um SSD de 128 GB.

A versão mais potente com Core i7 terá um diferencial no que se refere às opções de conectividade. O modelo contará com uma porta especial para a ligação em projetores, algo que pode agradar aos consumidores com um perfil corporativo. De resto, os AX carregam porta HDMI, duas saídas USB 3.0, ethernet, leitor de cartão, entrada para microfone e saída para som.

A Panasonic valorizou o apelo portátil e híbrido do tablet que também é um ultrabook e pesa apenas 1,14 kg. Entre as vantagens do modelo em relação a um tablet tradicional, por exemplo, estão o hardware mais poderoso, a possibilidade de remoção da bateria e o teclado físico embutido.

Curiosidades na internet

Wii U: Novas especificações de hardware mostram que console tem futuro

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/hardware/Wii-U-Novas-especificacoes-de-hardware-mostram-que-console-tem-futuro/

Mass Effect 3 Wii U

Que o Wii U está em evidência isso é fato, ainda mais quando falta um bom tempo para os consoles da nova geração darem as caras. Vez ou outra, informações sobre as especificações de hardware do console aparecem e vamos tentando prever pela imaginação se o troço vai ser bom mesmo ou não.

Até então, a Nintendo havia liberado informações de que o aparelho será equivalente aos consoles da atual geração, mas agora essa nota foi desmentida. É, pra variar chegamos num ponto que enquanto o aparelho não chegar mesmo no mercado, não tiraremos a prova. De qualquer forma, o site Eurogamer fez uma limpa na rede e vasculhou até onde não pôde para nos dar um parecer preciso sobre o que teremos nas mãos.

A empresa japonesa mesmo não abriu e nem abrirá o bico tão cedo, mas temos a possível configuração da nova plataforma. Trata-se de uma máquina com CPU criado pela IBM, três núcleos Power PC, 1GB de RAM (o dobro do que tem o PS3 e Xbox 360), GPU AMD série 7 com suporte DirectX 10 e Shader Model.

Vendo assim, por cima, parece um console e tanto, equiparado ao que temos hoje contradizendo as más linguas que insistem que o vídeogame da Nintendo vai continuar num patamar baixo perto das máquinas da Microsoft e Sony.

O processamento não é lá aquelas coisas, mas devemos ter aí gráficos muito melhores. No entanto, uma coisa precisa da outra e é aí que vamos ver. Apesar da memória ter um papel importante para o título rodar, nada  é certo sobre a competência do Wii U. Infelizmente.

Temos aí uma mensagem clara de que a desenvolvedora realmente está se esforçando para chegar bem no mercado hardcore gamer, mas e depois com a chegada do Xbox 720 ou PS4, como poderemos classificar todo esse desempenho?

A boa notícia é que os fãs de Wii poderão começar a explorar novos horizontes, e aproveitar outras experiências com games mais complexos. Sair da caixa um pouco faz bem, não é?

Torcemos mesmo para que a Nintendo consiga se resgatar da taxação negativa, e talvez sua reputação de “loja de brinquedos” finalmente esteja perto de acabar.

Curiosidades na internet

Mozilla apresenta smartphone equipado com Firefox OS em São Paulo

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/mozilla/Mozilla-apresenta-smartphone-equipado-com-Firefox-OS-em-Sao-Paulo/

Mozilla Firefox

A Mozilla Foundation apresentou nesta quarta-feira (22) o seu primeiro smartphone equipado com sistema operacional Firefox OS durante um evento da Qualcomm em São Paulo. A ideia da empresa é disponibilizar os recursos de um smartphone por um baixo preço de mercado.

A empresa não revelou muitos detalhes sobre o novo aparelho e, ao que tudo indica, ele deverá ser equipado com um processador Qualcomm Snapdragon, com display touchscreen de 3,5 polegadas e câmera digital.

O OS foi desenvolvido com base no Firefox e sua interface gráfica e aplicativos foram produzidos com tecnologia HTML5, JavaScript e CSS. O programa ainda está em estágio preliminar, mas os ícones das aplicações são disponibilizados na tela como os presentes nos aparelhos Android.

Além disso, os APIs (interfaces de programação) também permitem a criação de aplicativos mais sofisticados como, por exemplo, jogos com gráficos em 2D e 3D, desenvolvidos com as tecnologias Canvas ou WebGL.

Segundo a Mozilla, o Brasil será o primeiro país a receber os aparelhos equipados com o Firefox OS a partir do primeiro trimestre de 2013 na operadora Vivo. E a empresa ainda afirma que as primeiras produtoras de hardware a receberem o sistema são a Alcatel e ZTE.

firefox os smartphoneOs primeiros aparelhos com o novo OS chegarão ao mercado nacional pela Vivo

Curiosidades na internet

Brincadeira de conversa por latas ganhará versão tecnológica

A clássica brincadeira de comunicação, que utiliza latas interligadas por um fio, está em processo de criação para receber uma versão tecnológica. Idealizadas pela Monkey Wrench Design, as novas latas poderão ser conectadas a um computador, tablet ou smartphone, utilizando entradas USB ou plugs de fones convencionais.
canphone
Brincadeiras de comunicação por latas ganhará versão tecnológica 

O produto será disponível em diversos modelos diferentes. Estão previstas desde versões menores e com poucos recursos, até outras com luzes de notificação para chamadas não atendidas. Ainda há uma opção de lata banhada a ouro 24k.

As conversas poderão ser iniciadas com chamadas de áudio e vídeo, de acordo com os gadgets conectados às latas pelos usuários e segundo suas necessidades. Enquanto uma pessoa estiver falando, bastará a outra colocar a lata no ouvido e depois posicionar em frente à boca para responder.

O projeto está em fase de captação de fundos no Kickstarter. Portanto, não há ainda um preço estimado para as latas, tampouco certeza se chegarão ao mercado.

Curiosidades na internet

Como limpar o cooler e as ventoinhas do PC

Acesse:http://www.tecmundo.com.br/hardware/17859-como-limpar-o-cooler-e-as-ventoinhas-do-pc-video-.htm

Enviado por J A C A N I E L L O

Veja como é fácil melhorar o desempenho do computador com uma limpeza rápida nas ventoinhas.

Se o seu computador está um bocado lento ou com a temperatura muito elevada, pode ser que a falta de limpeza esteja atrapalhando o funcionamento do processador e dos demais componentes. Hoje, o Tecmundo vai mostrar como é fácil limpar os coolers e dissipadores do seu PC. Para nossa tarefa, você vai precisar de uma chave Philips e de um pincel.

Nota: caso você tenha uma pistola de jato de ar, pode ser interessante utilizá-la, visto que a poeira é removida quase que por completo.

Atenção! Antes de começar, lembramos que você deve descarregar a energia eletroestática do corpo, afinal, você vai mexer com componentes de hardware e todo cuidado é pouco.

Hora da limpeza!

  1. Começaremos com a ventoinha do processador;
  2. Cuidadosamente, destrave o dissipador;
  3. Agora, remova o cabo de energia que conecta o cooler na placa-mãe;
  4. Tire o dissipador e o cooler do gabinete;
  5. Com o pincel, remova toda a poeira que está acumulada na ventoinha;
  6. Se precisar, assopre para retirar a sujeira que fica inacessível ao pincel;
  7. Agora, antes de encaixar o dissipador, aproveite para remover a poeira acumulada na placa-mãe;
  8. ATENÇÃO: aproveite essa limpeza e siga o tutorial “Manutenção de PCs: aprenda a aplicar pasta térmica no processador” para realizar a manutenção completa;
  9. Depois de verificar se está tudo limpo, encaixe o dissipador na placa-mãe e ligue o cabo de energia.

Lembre-se: no caso da remoção dos dissipadores do processador pode ser necessário reaplicar a pasta térmica. Esta é a melhor forma de evitar falhas de contato ou bolhas de ar entre o metal e a CPU. Aproveitando a limpeza, vamos retirar a poeira acumulada na ventoinha traseira do gabinete;

  1. Remova o cabo de energia que conecta o cooler na placa-mãe;
  2. Usando a chave Philips, remova os parafusos que fixam a ventoinha no gabinete;
  3. Use o pincel para retirar a poeira;
  4. Novamente, vale assoprar para garantir que nenhuma sujeira permaneça na ventoinha;
  5. É hora de recolocar o cooler no PC. Verifique o sentido de giro da ventoinha, para garantir que ela vai remover o ar quente que fica circulando dentro do gabinete;
  6. Parafuse o cooler no gabinete. Aqui, pode ser preciso um pouco de força, pois os parafusos são grandes;
  7. Por fim, reconecte o cabo de energia para que a ventoinha possa funcionar.

Pronto. Foi fácil, não? Agora, você pode aproveitar para efetuar uma limpeza geral na máquina, retirando a poeira que fica depositada no interior do gabinete. Com o uso de um pano seco é possível remover a poeira que se acumula na placa-mãe e nos demais componentes.

Curiosidades na internet

IBM constrói chips de memória um átomo de cada vez

Acesse:http://gigaom.com/2012/01/12/ibms-builds-memory-chips-one-atom-at-a-time/


Chips de computador e memória geralmente tendem a ficar menores ao longo do tempo, mas em um artigo publicado quinta-feira emCiência IBM (s ibm) detalhes como é construir chips de memória que seria 100 vezes mais densa do que os discos rígidos de hoje, começando com os menores blocos de construção- -átomos. Chip de Big Blue protótipo é apenas 12 átomos de largura (clique aqui para uma visualização impressionante de quão pequeno é um átomo. Nenhum realmente, clique nele!), mas é uma outra maneira de pensar sobre maneiras de ir além dos limites de construir chips cada vez menores mantendo Moore lei sobre trilhos.

Andreas Heinrich, o líder do projeto para os esforços da IBM, explicou em uma entrevista que esta tecnologia pode nunca ser realizado, em parte porque requer um tipo inteiramente novo de fabricação de equipamentos a ser construído. No entanto, a IBM está aprendendo a manipular átomos para bits armazenar e identificou um novo tipo de magnetismo que poderia um dia ser usado. Ao contrário do tipo de magnetismo que mantém seus ímãs preso a seu refrigerador, a IBM está a olhar para o reverso dessas propriedades para fazer este tipo de alta densidade de memória.

É chamado antiferromagnetismo, e os benefícios de usá-lo não só a sua densidade, mas que os dados não seriam perdidos se encontrou um ímã. A IBM também está jogando com memória feita usando ímãs tradicionais, mas, infelizmente, em nível atômico ímãs próximos tendem a atrapalhar um ao outro o que torna difícil para usá-los juntos para armazenar dados. Aplicando antiferromagnetismo impede isso e permite aos pesquisadores construir estruturas menores. Heinrich observa que a 12 átomos de protótipo de chip de memória só foi possível em um ambiente com temperatura muito baixa, e fazer um protótipo de um ambiente estável em temperatura ambiente que seria necessário um dispositivo que é de 150 átomos de espessura.

Então, claramente, estes não estão prontos para o horário nobre em um data center hot tão cedo. Eu brinco, mas o valor real da pesquisa aqui é que existem pessoas lá fora, continuando a tentar avançar a computação não apenas para amanhã, mas por décadas para baixo da linha. Quando o telefone móvel do futuro pacotes de um terabyte de armazenamento pode ser Heinrich e IBM você deve agradecer. Para mais informações confira vídeo da IBM abaixo
Curiosidades na internet

%d bloggers like this: