Honda desenvolve primeira capa para smartphones com airbag

Acesse:http://www.codigofonte.net/dicas/noticias/2505_honda-desenvolve-primeira-capa-para-smartphones-com-airbag

Clique para ver a imagem em seu tamanho realA fabricante japonesa de carros Honda desenvolveu uma nova capa para smartphones que poderia ser o sonho de consumo de muitos desastrados mundo afora. A companhia japonesa criou a primeira capa para smartphones com airbag. Isso mesmo, a mesma tecnologia presente nos carros.
.
Chamada de Case N, a capa infla ao “sentir” que o smartphone está caindo e através do sistema absorve o impacto da queda e protege o smartphone. O contra da capa é que ela não possui um design muito legal e não é nada compacta também. Além disso, não vá se empolgar, tudo isso não passa de uma brincadeira da Honda, ou seja, a capa não será lançada.
.
Você pode conferir o vídeo demonstrativo da capinha da Honda clicando aqui.
.
Curiosidades na internet

Honda apresenta scooter que promete 50 km/l e aposta na cor rosa

Acesse:http://g1.globo.com/carros/motos/noticia/2013/09/honda-apresenta-scooter-que-promete-50-kml-e-aposta-na-cor-rosa.html

SH Mode 125 é lançado na Itália e traz sistema ‘start-stop’.
Novo integrante da família SH custa 2.650 euros.

Honda SH Mode 125 (Foto: Divulgação)Honda SH Mode 125 (Foto: Divulgação)

A Honda revelou nesta terça-feira (3), na Itália, o inédito SH Mode 125, mais novo integrante da família SH, linha de scooters mais vendida no mercado italiano. Como novidade, o modelo estreia o sistema ‘start-stop’ entre os SHs, sistema já presente no PCX. De acordo com a empresa o SH Mode 125 pode fazer média de consumo de 50 km/l e custa 2.650 euros.

Além das opções de cores preto ou branco, a marca aposta na coloração rosa para atrair o público feminino e quem mais gostar da cor.

O SH Mode 125 possui motor monocilíndrico de 11,4 cavalos de potência e o câmbio é do tipo CVT. Seu sistema de freios é do tipo combinado, que reparte a frenagem entre os eixos.

Honda SH Mode 125 (Foto: Divulgação)Honda SH Mode 125 (Foto: Divulgação)
Honda SH Mode 125 (Foto: Divulgação)Honda SH Mode 125 (Foto: Divulgação)
Curiosidades na internet

Activa-I: Honda lança scooter que consegue rodar 60 km com 1 litro de combustível

Acesse:http://www.techmestre.com/activa-i-honda-lanca-scooter-que-consegue-rodar-60-km-com-1-litro-de-combustivel.html

Modelo chega ao mercado indiano e é projetado para homens e mulheres.

A Honda anunciou em evento na Índia o seu novo scooter. Batizado como Activa-I, o modelo tem a capacidade de rodas 60 Km com 1 litro de combustível. Com um motor de 110 cilindradas e 8 cavalos de potência, o veículo se configura simples mas muito usual.
.
A Activa-I tem 1,76 m de comprimento e 0,7 m de largura, com rodas de 10 polegadas. Ela é projetada para homens e mulheres, e traz um porta objeto abaixo do console central e do baú sob o assento, que é capaz de levar 18 litros em objetos.
Activa-I: Honda lança scooter que consegue rodar 60 km com 1 litro de combustível
Curiosidades na internet

Motos Ducati 2013 – Lançamentos, preços

Acesse:http://www.mundodastribos.com/motos-ducati-2013-%e2%80%93-lancamentos-precos.html

A Ducati teve uma mudança de comando no Brasil muito importante, tudo para ajudar no seu desenvolvimento.

 

Para a Ducati, o mercado mais importante que possui é os Estados Unidos da América, e foi justamente nesse local que a companhia italiana lançou a nova Ducati 1199 Panigale R 2013, no Texas, em março desse ano. O lançamento do modelo contou com a presença dos pilotos da Ducati no Mundial de MotoGP Ben Spies (Pramac Racing Team) e , Nicky Hayden (Ducati Team). Os dois pilotos não participaram do teste privado em Austin com a Ducati Desmosedici GP13, que teve na ocasião a Honda e a Yamaha. O preço desse modelo ainda não foi anunciado.

Leia mais sobre: Motos Honda 2013 lançamentos, preços

615589 Motos Ducati 2013 – Lançamentos preços 01 Motos Ducati 2013 – Lançamentos, preços

Ducati Diavel custará a partir de R$ 58.900

Ao contrário do que a marca representa nos Estados Unidos, a Ducati no Brasil chegou faz pouco tempo. Montada em regime de CKD (Completely Knock-Down – peças são enviadas separadamente para que sejam montadas no destino final) na fábrica da Dafra em Manaus (Amazonas), a Ducati Diavel custa cerca de R$ 58.900, enquanto que a versão Carbon poderá ser arrematada por R$ 69.900. A pré-venda da motocicleta foi efetivada pela Perfect Motors, de São Paulo, loja responsável pela assistência técnica da fabricante italiana no Brasil.

615589 Motos Ducati 2013 – Lançamentos preços 04 Motos Ducati 2013 – Lançamentos, preços

O seu motor é um Testastretta 11° de 1.198,4 cc, refrigerado a líquido, contendo dois cilindros em L a 90° e quatro válvulas por cilindro. A Ducati Diavel pode chegar a 162 cavalos de potência a 9.500 rpm e além de gerar um torque máximo de 13 kgf.m a 8.000 rpm. O modelo é recente e promete ganhar espaço no mercado nacional.

Saiba mais sobre: Motos Honda 2013, Lançamentos

615589 Motos Ducati 2013 – Lançamentos preços 02 Motos Ducati 2013 – Lançamentos, preços

Mais notícias sobre a Ducati

A Ducati anunciou no dia 18 de abril que Gabriele Del Torchio está deixando o comando da companhia. Depois de seis anos no cargo de CEO, o italiano foi substituído por Claudio Domenicali, que atua na companhia desde 1991. Segundo informações divulgadas pela empresa italiana, Del Torchio deixou a Ducati em busca de novos desafios profissionais. De acordo com o jornal italiano La Repubblica, ele foi nomeado para dirigir a companhia aérea Alitalia, o que motivou sua saída da Ducati.

Curiosidades na internet

Reatech: novidades tecnológicas inundam maior feira de acessibilidade do Brasil

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/eventos/Reatech-Veja-novidades-tecnologicas-da-maior-feira-de-acessibilidade-do-Brasil/

reatech

Começou nesta quinta-feira a 12ª edição da Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade (Reatech), a maior do setor no país. Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Brasil possui atualmente cerca de 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência ou mobilidade reduzida.

Com foco nas principais inovações tecnológicas do setor, o evento também traz novos produtos, serviços, palestras, seminários, desfiles e shows.  Participam empresas dos setores automobilístico, financeiro, indústria, turismo, lazer, animais treinados, equipamentos especiais e até agências de emprego, que reúnem mais de sete mil vagas voltadas às pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

A primeira impressão ao se entrar na feira é a de chegar a um evento como o conhecido Salão do Automóvel, em São Paulo, com grandes stands de montadoras como Fiat, Ford, Honda e Nissan mostrando seus modelos adaptáveis de veículos. No setor de adaptação veicular para pessoas com mobilidade reduzida, como cadeirantes, a Cavenaghi apresentou novidades como o Chair Topper, uma espécie de braço e maleiro robótico que pode ser colocado sobre o teto de qualquer carro de passeio e é capaz de pegar e guardar uma cadeira de rodas dobrada sozinho e de forma automática.

Chair Topper é capaz de pegar e dobrar uma cadeira de rodas sozinho O Turnout + Carony transforma o carona em uma verdadeira cadeira de rodas Observer é uma cadeira 4x4 que se locomove em terrenos "off-road" Adaptador LG2004 permite que cadeiras de rodas subam até escadas Lyric: aparelho de audição fica invisível dentro do ouvido da pessoa Linha Cronos se conecta a qualquer aparelho eletrônico via Bluetooth Braille Brailliant BI: teclados sobem e descem de acordo com o conteúdo Braille Brailliant BI: teclados sobem e descem de acordo com o conteúdo
Chair Topper é capaz de pegar e dobrar uma cadeira de rodas sozinho O Turnout + Carony transforma o carona em uma verdadeira cadeira de rodas Observer é uma cadeira 4x4 que se locomove em terrenos "off-road" Adaptador LG2004 permite que cadeiras de rodas subam até escadas Lyric: aparelho de audição fica invisível dentro do ouvido da pessoa Linha Cronos se conecta a qualquer aparelho eletrônico via Bluetooth Braille Brailliant BI: teclados sobem e descem de acordo com o conteúdo Braille Brailliant BI: teclados sobem e descem de acordo com o conteúdo

Chair Topper é capaz de pegar e dobrar uma cadeira de rodas sozinho slideshow lupa

“Além de liberar espaço no carro, ele garante autonomia, porque muitas vezes o cadeirante consegue se transferir sozinho de sua cadeira para o carro sem ajuda, mas para guardar a cadeira no carro, muitos passam por um problema”, explica Carlos Cavenaghi, desenvolvedor da solução. Segundo ele, o sistema aumenta a altura do carro em 60 centímetros, mas não influencia na largura. Outra novidade é o Turnout + Carony, uma espécie de banco de carro adaptado, que funciona como um banco de passageiros comum que pode ser transformado em uma cadeira de rodas sobre uma base móvel com pneus e motor com autonomia própria.

Inovações no setor e cadeiras de rodas para todos os tipos de necessidades é o que não falta na feira. Para pessoas que desejam se locomover em terrenos “off-road”, como areia e terra, a importadora Performance apresentou o Observer Unlimited, uma verdadeira cadeira de rodas 4×4, com quatro pneus, motor com autonomia de 35 km e capacidade de andar sobre qualquer tipo de terreno. Desenvolvido na Rússia, o equipamento pode ser ainda conectado via Bluetooth a smartphones para comandar a direção pelo aparelho.

A empresa também expôs o adaptador LG 2004, que permite que qualquer cadeira de rodas comum seja montada com travas de segurança sobre ele e, utilizando duas lagartas semelhantes às de tanques de guerra, suba lances de escada sem problemas. “Os dentes da esteira prendem no degrau e, com o atrito da borracha, sobem e descem tranquilamente e com toda segurança”, afirma o representante Giovanni Segantin.

Outro setor que não ficou sem novidades foi o de aparelhos auditivos para pessoas com perda de audição. Apelidado de “lentes de contato para o ouvido”, o Lyric, do centro auditivo Phonak, é um novo dispositivo trazido da Suíça que fica completamente inserido dentro do canal auditivo da pessoa, a quatro milímetros do tímpano, completamente invisível para quem olha a orelha do usuário. O aparelho também é o primeiro do país com uso prolongado, possui vida útil de quatro meses e pode ser utilizado 24 horas por dia, sem a necessidade de retirar, por exemplo, no banho. “A vantagem dele ficar tão próximo do tímpano é que ele aproveita toda a anatomia da orelha. Então todas as características acústicas que normalmente os aparelhos auditivos externos convencionais perdem, ele não perde”, explica a fonoaudióloga Ana Luiza Cavalieri.

Ao comprar o serviço, que é vendido em pacotes anuais, o usuário ganha direito de até sete trocas do Lyric. As únicas restrições de uso são ao pular de pára-quedas ou realizar mergulhos de profundidade, já que a mudança brusca de pressão pode deslocar o aparelho no ouvido. Pacientes com diabetes ou que passaram por tratamentos radioterápicos também têm restrição.

Se a preferência é por conectividade, a empresa brasileira Oto-Sonic apresentou a linha Chronos de aparelhos auditivos, capazes de se conectarem em qualquer dispositivo via Bluetooth, como celulares, televisores (através de um conector especial), MP3, GPS, notebooks e até tablets, entregando o som diretamente no ouvido do usuários. “Você faz o pareamento. Quando escuta seu telefone tocar, por exemplo, basta apertar um botão no dispositivo para começar a falar, sem ter que pegar o telefone, saber onde ele está na bolsa. Você ouve, claramente, a voz dentro do seu ouvido”, afirma Elisabetta Radini, fonoaudióloga e coordenadora do departamento de audição da Oto-Sonic.

Todas as funções podem ser controladas através de um pequeno controle remoto, que pode ficar pendurado no pescoço do usuário, e traz opções para aumentar e diminuir o volume, por exemplo. Cada aparelho Chronos permite o pareamento com até oito dispositivos diferentes, e funciona a uma distância de até dez metros do emissor do som.

Para pessoas com deficiência visual, e usuários de computadores e smartphones com softwares de voz, o Instituto Laramara lançou os novos assistentes para leitura em braile Braille Brailliant BI, que funcionam como teclados com sinais em braile que sobem e descem de acordo com o conteúdo escrito na tela do computador ou celular. Os teclados estão disponíveis em três versões, de 80, 40 e 32 centímetros, sendo que as duas últimas também possuem um teclado para digitação em braile e podem se conectar a celulares com Android e iOS via Bluetooth. “Eles são indicados para empresas bancárias que tenham funcionários como programadores cegos, para usuários surdo-cegos ou até para quem viaja muito e queira escrever algo em braile”, explica o técnico em tecnologia assistiva da Laratec, Leonardo Gleison.

Localizado na Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo, a Reatech conta com 300 expositores do setor público e privado em uma área de 35 mil km². A expectativa é que mais de 50 mil visitantes circulem pelo local até o próximo domingo (21), quando o evento se encerra. A entrada é gratuita. Mais informações podem ser obtidas no site oficial do evento.

Curiosidades na internet

Honda anuncia sistema para impedir colisões traseiras

Acesse:http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2013/04/honda-anuncia-sistema-para-impedir-colisoes-traseiras.html

A Honda desenvolveu uma nova tecnologia que vai ajudar a prevenir acidentes no tráfego pesado das grandes cidades. O City-Brake Active System está pronto para chegar aos carros da companhia e opera apenas em velocidades inferiores a 28 km/h. Seu principal objetivo é evitar colisões de trânsito em cidades, quando é normal que o motorista, distraído, acerta a traseira do veículo da frente.

Tecnologia pode evitar que as comuns colisões traseiras aborreçam a vida dos motoristas (Foto: Divulgação/Honda.com)Tecnologia pode evitar que as comuns colisões traseiras aborreçam a vida dos motoristas (Foto: Divulgação/Honda)

O sistema funciona identificando riscos iminentes de batidas através de sensores, que monitoram a distância entre os carros, além de dados em tempo real sobre seu comportamento dinâmico, como velocidade, rotação do motor, aceleração e índice de frenagem. A tecnologia da Honda tem recursos para prevenir que, em uma fila de pedágio ou num estacionamento, por exemplo, um aumento de velocidade súbito cause um acidente.

A ferramenta funciona na faixa que vai da imobilidade aos 9 km/h. Quando o sistema observa que o motorista pisou muito fundo no acelerador, e há um carro a menos de 4 m à frente, são emitidos avisos visuais e sonoros. Como último recurso, o sistema consegue diminuir a potência do motor entregue às rodas motrizes para reduzir a aceleração e impedir a colisão.

Curiosidades na internet

Com fila de espera de 24 mil carros, fábrica do Hyundai HB20 entra em greve

Acesse:http://noticias.r7.com/carros/noticias/fabrica-do-hyundai-hb20-entra-em-greve-em-piracicaba-sp-20121113.html

Unidade foi inaugurada oficialmente há menos de uma semana em Piracicaba

HB20Divulgação

Compacto fabricado no Brasil tem fila de espera de até quatro meses para algumas versões

Veja mais fotos do HB20

Cinco dias após ter sido aberta oficialmente, a fábrica da Hyundai em Piracicaba (SP) enfrenta sua primeira greve. Os trabalhadores da unidade, responsável pela produção do compacto HB20, decidiram pela paralização em assembleia realizada na manhã desta terça-feira (13). As informações são da Força Sindical e do Sindicato dos Metalúrgicos de Piracicaba.
.
O motivo da greve se deve pela recusa da montadora na proposta de reajuste salarial para os funcionários. A Hyundai Motors Brasil(HMB) ofereceu um aumento de 24,47%, que subiria o piso dos atuais R$ 1.287 para R$ 1.600, mas o Sindicato pediu um valor mínimo de R$ 1.800.
.
As exigências do sindicato são antigas, começaram no fim de agosto, quando a HMB iniciou a produção das unidades pré-série do HB20. Na época, os trabalhadores já pleiteavam a equiparação do piso salarial com o de outras montadoras asiáticas, como Honda e Toyota(cuja base é de R$ 1.600).
.
.A proposta rejeitada também incluía um aumento de 8,1% nos salários de todos os funcionários, que ganhariam outro acréscimo de 5% seis meses depois, mais 5% após completarem dois anos de empresa. O pacote de benefícios recusado pelo sindicato também continha um vale especial de Natal no valor de de R$ 1.000, além de um vale-cesta básica de R$ 204 mensais.
.
Curiosidades na internet