HTC mostra o novo One, um dos melhores smartphones do mundo

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/41013/41013

HTC One M8

A taiwanesa HTC é pouco conhecida no Brasil porque não exporta seus produtos para cá desde 2012, mas os smartphones produzidos por ela costumam ter ótima qualidade. Nesta terça, a fabricante revelou nos Estados Unidos seu novo top de linha, o One M8, considerado um dos melhores do mundo.

O aparelho tem tela fullHD de 5 polegadas – maior que a do antecessor – (1080p) e roda o processador Snapdragon 801 com clock de 2,5 GHz. Entre os diferenciais do modelo estão acabamento em metal, que confere elegância, e o um elogiado design. A bateria, de 2.600 mAH, ficou 40% melhor, segundo a HTC.

Equipado com a versão mais recente do Android KitKat 4.4.2, o One M8 tem armazenamento de até 32GB, expansíveis para 128GB com cartão microSD, e 2GB de RAM. Além disso, apresenta o interessante recurso de câmeras duplas traseiras, que permitem tirar fotos em 3D e captar ângulos diferentes para compor a melhor imagem.

Mais de 230 operadoras mundo afora vão vender o celular a partir de hoje, entre as quais nenhuma é brasileira. Nos EUA, o HTC One (M8) é vendido por US$ 650 na versão desbloqueada.

Reprodução

Curiosidades na internet

MINI lança no Brasil a linha John Cooper Works renovada

Acesse:http://www.omecanico.com.br/news.php?recid=11616

A MINI está lançando no Brasil a nova linha de modelos esportivos John Cooper Works, composta pelos modelos Hatch, Roadster, Coupé e Cabrio. Todos possuem o mesmo conjunto, com powertrain mais eficiente, porém, entregando os mesmos números de desempenho.

 

 

Segundo a marca, motor de quatro cilindros e 1,6 litros que equipa toda a linha se baseia no motor do MINI Cooper S e também utiliza twin-scroll turbo, injeção direta de gasolina e controle variável de válvula, com base no Sistema VALVETRONIC da BMW, fabricante à qual a MINI pertence. Conforme dados de fábrica, o conjunto gera potência máxima de 211 cv a 6.000 rpm, enquanto o torque máximo de 260 Nm está disponível entre 1.850 e 5.600 rpm. Com a função overboost, o torque máximo sobe para 280 Nm por um curto período de tempo entre 2.000 e 5.200 rpm.

Entre as características citadas pela fábrica com relação à versão anterior, o bloco do motor e o coxim dos mancais são feitos de alumínio, os pistões foram reforçados, o cabeçote especial é de alta resistência e virabrequins são de baixo peso. Já as válvulas de escape são feitas de uma composição de sódio para ajudar o resfriamento do motor e o eixo de comando de admissão possui ajuste ilimitado de fases. O sistema de escape sob medida pode ser identificado do exterior por suas ponteiras de escape duplas em aço inoxidável polido.

A transmissão é composta por câmbio automático de seis velocidades com a função Steptronic de mudanças sequenciais usando a alavanca de câmbio ou as borboletas no volante. Os modelos da linha ainda possuem direção elétrica com o Sport Button, que entrega ao motorista um ajuste às respostas da direção, que fica mais direta e rígida, além de também interagir com o curso do pedal do acelerador e ajustar o funcionamento da caixa de transmissão, reduzindo o tempo de troca das marchas em 0,5s.

Comparando ainda com a linha “normal” da MINI, a John Cooper Works também traz freios com pinças esportivas e discos maiores, sistema DSC (Controle Dinâmico de Estabilidade), incluindo o DTC (Controle Dinâmico de Tração) e o EDLC (Controle Eletrônico de Bloqueio do Diferencial) para o eixo de tração, além de rodas de liga leve de 17 polegadas Cross Spoke Challenge e pneus runflat.

 Curiosidades na internet