Nasa descobre primeiro sistema de dois planetas que giram ao redor de dois sóis

Acesse:http://revistaepoca.globo.com/Ciencia-e-tecnologia/noticia/2012/08/nasa-descobre-primeiro-sistema-de-dois-planetas-que-giram-ao-redor-de-dois-sois.html

O sistema, batizado de “Kepler-47”, é composto por planetas maiores que a Terra

Sistema Kepler 47, com dois planetas girando ao redor de duas estrelas (Foto: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle )Sistema Kepler 47, com dois planetas girando ao redor de duas estrelas (Foto: NASA/JPL-Caltech/T. Pyle )

 

Cientistas da Universidade Estadual de San Diego, nos Estados Unidos, anunciaram nesta terça-feira (28) a descoberta do primeiro sistema circumbinário e multiplanetário, no qual mais de um planeta orbita ao redor de dois sóis. A observação faz parte da missão Kepler, da agência espacial americana (Nasa), que busca novos planetas.

A última descoberta “mostra que sistemas planetários podem se formar e sobreviver inclusive no caótico meio ao redor de uma estrela binária”, diz a equipe liderada pelo astrônomo Jerome Orosz.

As duas estrelas do novo sistema, batizado de “Kepler-47”, orbitam uma ao redor da outra a cada sete dias e meio. Uma delas é similar em tamanho ao Sol, enquanto a outra tem um volume três vezes menor e uma luz 175 vezes mais fraca.

Quanto aos dois planetas, o que orbita mais próxima das duas estrelas – algo que realiza a cada 49 dias – é três vezes maior em diâmetro que a Terra, o que o transforma no menor dos que se conhece orbitando em um sistema circumbinário (aquele cujos planetas giram ao redor de duas estrelas) .

O segundo planeta é ligeiramente maior que Urano e demora 303 dias para orbitar os dois sóis de “Kepler-47”. Por isso, considera-se que ele está localizado em uma “área habitável”, ou seja, que tem condições similares à Terra e portanto poderia ter água em sua superfície.

“Embora o (segundo) planeta seja provavelmente um ‘gigante de gás’ e, portanto, não adequado para a vida, seu descobrimento mostra que os planetas circumbinários podem existir, e existem, em zonas habitáveis”, assinalou a universidade.

Até agora haviam sido encontrados quatro sistemas de planetas girando ao redor de duas estrelas (os Kepler-16, 34, 35 e 38), mas este é o primeiro com mais de um planeta.

“Aprendemos que os planetas circumbinários podem ser como os de nosso Sistema Solar, mas com dois sóis”, comentou Joshua Carter, co-autor do estudo e analista do Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics.

Curiosidades na internet