Facebook anuncia novo feed mais visual

Acesse:http://blogs.estadao.com.br/radar-tecnologico/2013/03/07/facebook-anuncia-novo-feed-mais-visual/

Anna Carolina Papp e Mariana Congo

Mark Zuckerberg: mais de 50% do feed de notícias hoje são fotos e conteúdos visuais (Foto: Reuters/Robert Galbraith)

O Facebook anunciou nesta quinta-feira, 7, um novo visual para o seu feed de notícias, que valoriza as fotos e o conteúdo visual publicado na rede social, além de oferecer diferentes abas de filtros. O objetivo, segundo a empresa, é permitir aos usuários mais controle sobre o que se deseja ver. Com as mudanças, o Facebook unifica sua aparência no celular, no tablet e na web.

O evento aconteceu na sede da empresa em Menlo Park, na Califórnia (Estados Unidos).

Mark Zuckerberg, fundador da rede social, falou sobre a importância da ferramenta para empresa, e explicou que, ao longo dos anos, o conteúdo compartilhado foi se tornando cada vez mais visual. “Mais de 50% do feed de notícias hoje são fotos e conteúdos visuais”, disse.

Com as novidades anunciadas hoje, as fotos compartilhadas na rede social ganharam tamanho maior. Além disso, uma notícia compartilhada, por exemplo, também ganha mais destaque no tamanho, além de vir acompanhada da marca da empresa que produziu o conteúdo.

Antes e depois: à direita, a nova aparência para fotos

As fotos do perfil do usuário e de páginas de empresas também foram aumentadas. Além disso, quando uma solicitação de amizade aceita aparecer no feed, será mostrada não apenas a foto do perfil, mas também a imagem de capa do usuário ou serviço.

Filtros

Outra novidade é a possibilidade de visualizar feeds diferentes por meio de diferentes abas, cada uma com um filtro. Em uma barra na parte superior direita, o usuário poderá escolher qual tipo de conteúdo quer ver.

“Todos os amigos”, por exemplo, mostra todo o conteúdo que os amigos estão compartilhando. A aba “Fotos” mostra um feed de notícias apenas com fotos de os amigos e páginas que o usuário curtiu. Já “Música” traz atualizações com publicações sobre músicas e bandas curtidas pelo usuário. Na aba “Seguindo”, será possível acompanhar as publicações mais recentes sobre as páginas e pessoas que o usuário segue.

Há ainda outras opções de filtro, como games, lugares e ordem cronológica, uma vez que atualmente o Facebook disponibiliza as publicações que considera mais importantes para o usuário com base no comportamento no site, não necessariamente na ordem cronológica.

Zuckerberg comparou a nova plataforma a um jornal, com suas diferentes seções e editorias para contemplar diferentes interesses de público. Para a empresa, as abas do novo feed de notícias permitam que o usuário tenha uma experiência similar, vendo as atualizações da categoria que deseja. “Estamos tentando dar a todos o melhor jornal pessoal do mundo”, disse ele durante o evento, que durou cerca de 30 minutos.

Lista de espera

O novo feed de notícias estará disponível para os usuários ao longo das próximas semanas, nas versões para web, smartphones e tablets (primeiro para iPhone e iPad e, depois, para Android). Quem visitar o site www.facebook.com/newsfeed pode entrar em uma lista de espera para testar o serviço primeiro.

O vídeo (em inglês) mostra detalhes sobre o projeto:

Curiosidades na internet

Facebook apresenta ferramenta de busca “gráfica” compartilhada

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/facebook-apresenta-ferramenta-de-busca-grafica-compartilhada-20130115.html

MENLO PARK, EUA, 15 Jan (Reuters) – O presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, apresentou nesta terça-feira um recurso que, segundo ele, vai ajudar seus mais de um bilhão de usuários a fazer buscas na rede social e seus fluxos de conteúdo, no primeiro grande evento de lançamento de produto da companhia desde sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) em maio.

Em declarações a jornalistas na sede da empresa em Menlo Park, Califórnia, Zuckerberg descreveu o que ele chamou de “busca gráfica”, que permite que usuários busquem fotografias, pessoas, lugares e outros conteúdos que foram compartilhados com eles.

A ferramenta não é uma maneira de buscar conteúdo na internet, acrescentou Zuckerberg.

(Reportagem de Alexei Oreskovic)

Curiosidades na internet

Rede social chinesa pretende processar o Facebook por ‘roubo da Timeline

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2012/08/rede-social-chinesa-pretende-processar-o-facebook-por-roubo-da-timeline.html

O Facebook está sendo acusado de “roubar a Timeline” da rede social chinesa L99.com. A empresa estuda abrir processo contra a empresa de Mark Zuckerberg . A companhia afirma ter lançado a linha do tempo em 2008 – três anos antes da maior rede social do mundo, que inaugurou o formato em 2011 -, o que faria com que a companhia americana estivesse infringindo os direitos de propriedade intelectual, segundo relatório da Marbridge, consultoria especializada em telecomunicações e TI com foco no mercado chinês.

Página inicial da rede social L99.com (Foto: Reprodução)Página inicial da rede social L99.com

De acordo com o CEO do site, Xiong Wanli, existem vídeos da participação de ninguém menos que o próprio Zuckerberg em uma palestra dada em Stanford, na qual o chinês revelou o conceito de Timeline. Apesar disso, o diretor-executivo da L99.com ainda não mostrou algum vídeo ou esclareceu exatamente o conteúdo das gravações.

Para o jornal China Youth Online (Cyol), ele também disse ter sido contatado por vários escritórios jurídicos norte-americanos, que o teriam questionado sobre a intenção de tomar o Facebook, e que está considerando uma das propostas devido ao alto poder de multa, caso a empresa de Menlo Park seja considerada culpada. Xu Xinming, um famoso advogado chinês, declarou ao veículo que a decisão não seria difícil, mas o problema estaria em estipular o valor financeiro a ser pago pela suposta violação.

A China – onde o Facebook é bloqueado desde 2010 – vem se tornando recorrente processos semelhantes. A Apple, por exemplo, já pagou U$ 60 milhões devido a uma disputa da marca iPad e, atualmente, tem três outros casos pendentes com empresas sediadas no país oriental

Curiosidades na internet