Missão seleciona mais de mil candidatos para morar em Marte

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/missao-seleciona-mais-de-mil-candidatos-para-morar-em-marte-02012014

Serão enviadas 24 pessoas para “colonizar” o planeta vermelho

Candidatos serão submetidos a testes rigorososReprodução/Daily Mail

Uma missão que pretende levar humanos a Marte e que atraiu 200 mil inscrições selecionou mais de mil pessoas que serão testadas para se chegar a uma lista final de 24 candidatos a morar naquele planeta.

O projeto Mars One foi lançado em 2011 por dois holandeses com o objetivo de estabelecer uma vida humana permanente no planeta em 2025. Eles esperam que o projeto seja financiado por investidores e pelos direitos de transmissão de documentários sobre os testes, o treinamento e a seleção final. O projeto promete uma colônia no planeta vermelho até 2023.

Descoberta de vida em Marte está cada vez mais próxima, afirma especialista

Os 1.058 candidatos que estão nesta primeira rodada são do mundo inteiro. De longe, o maior número de concorrentes – 297 – é de norte-americanos, seguidos de 75 canadenses e 62 indianos.

Eles precisam se submeter a testes rigorosos, incluindo simulações da vida em Marte e lidar com o isolamento, disse um dos fundadores da missão, Bas Lansdorp.

— O desafio com os 200 mil inscritos é separar aqueles que sentimos estar física e mentalmente preparados para serem embaixadores humanos em Marte daqueles que obviamente estão levando a missão muito menos a sério

Curiosidades na internet

Índia coloca em órbita primeiro satélite próprio de ‘GPS’

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/07/1304841-india-coloca-em-orbita-primeiro-satelite-proprio-de-gps.shtml

A Índia lançou o primeiro satélite de um sistema de navegação próprio semelhante ao GPS (Sistema de Posicionamento Global) dos Estados Unidos, que entrará em funcionamento em 2015, informou nesta terça-feira (2) a agência espacial indiana.

O foguete decolou ontem à noite às 23h41 locais (15h11 de Brasília) em Sriharikota, uma base situada em uma região litorânea do sul do país, disse a ISRO (Organização Indiana de Pesquisa Espacial) em comunicado em seu site.

“A Índia entrou em uma nova era das aplicações espaciais”, afirmou o presidente da ISRO, K. Radhakrishnan, à agência local “Ians”.

Trata-se do primeiro de sete satélites que formarão o IRNSS (Sistema de Navegação por Satélite Regional da Índia), e que o país lançará a cada seis meses até 2015.

“Assim que o sistema estiver em funcionamento, a Índia não vai mais depender de outros países”, assegurou Radhakrishnan após o lançamento do satélite, que tem uma vida útil de 10 anos e ficará em orbita a uma distância de cerca de 36 mil quilômetros da Terra.

O IRNSS desempenhará funções civis e militares, e seu custo aproximado é de US$ 230 milhões.

Curiosidades na internet

Com isso, a Índia entra para o seleto grupo de países que dispõem de um sistema de navegação por satélite, como Estados Unidos (GPS) e Rússia (GLONASS), enquanto a China e a União Europeia estão desenvolvendo também seus próprios sistemas.

A Índia, que já realizou mais de 100 missões espaciais até o momento, lançou em 2008 sua primeira sonda lunar, prepara uma missão espacial para Marte este ano e tem planos de lançar em 2016 sua primeira missão espacial tripulada.

Curiosidades na internet