Elétrico, BMW i3 já circula no Brasil

Acesse:http://msn.icarros.com.br/noticias/geral/eletrico,-bmw-i3-ja-circula-no-brasil/16104.html

Confirmado para estrear no mercado brasileiro em setembro, elétrico BMW i3 já circula nas ruas de São Paulo (SP)

O preço ainda não foi confirmado, mas a BMW já deu início aos testes de homologação do compacto elétrico i3, que já está circulando pelas ruas de São Paulo (SP). A avaliação começou ontem (26) e terá duração de sete dias nessa preliminar.  O modelo tem estreia prevista para setembro.

O compacto pesa 1.195 kg graças ao emprego de materiais como alumínio (estrutura) e plástico reforçado por fibra de carbono (carroceria) e ao motor elétrico de apenas 50 kg. Mesmo sendo pequeno e dotado de propulsão alternativa, o i3 tem predicados dos irmãos maiores da BMW, como a distribuição de peso 50% na frente e 50% atrás e tração traseira. O motor gera 170 cv de potência e 25,5 kgfm de torque, suficientes para que o modelo acelere de 0 a 100 km/h em 7,2 segundos, tudo isso sem gastar gasolina.

Curiosidades na internet

BMW i3: o carro elétrico que gera energia própria.

Acesse:http://noticias.seuhistory.com/bmw-i3-o-carro-eletrico-que-gera-energia-propria

A BMW projetou um moderno modelo i3: elétrico e hibrido a ser lançado no mercado europeu no começo do outono.
A proposta segue uma crescente tendência de fabricar carros híbridos, ou seja, com motor elétrico porem com auxílio de outro movido a gasolina. Este segundo motor aumenta a potência ou produzir energia para que o veículo se auto abasteça
Diferente de muitos outros modelos elétricos, cujos fabricantes simplesmente adaptaram um automóvel convencional, substituindo o motor a gasolina por um elétrico, o i3 foi totalmente redesenhado, desde a primeira linha, para funcionar com eletricidade e bateria.

Entretanto, a adição de um segundo motor a gasolina para gerar energia deixa claro que o mercado ainda não está produzindo carros totalmente elétricos capazes de satisfazer as necessidades da demanda.
Por um lado, a tecnologia das baterias ainda não demonstrou suficiente potência para garantir uma autonomia desejável a um custo reduzido. Por outro, a rede de abastecimento de carga elétrica ainda está engatinhando em comparação à vasta e sofisticada rede de postos de gasolina.
Estes são alguns dos principais fatores que exigem a instalação do segundo motor, o que garante aos motoristas uma determinada tranquilidade na hora de percorrer estradas, sem o temor de ficar a pé a qualquer momento, por falta de energia.

Curiosidades na internet

Bicicleta voadora é testada na República Tcheca

Acesse:http://www.techmestre.com/bicicleta-voadora-e-testada-na-republica-tcheca.html

Modelo pesa quase 100 kg e usa propulsores horizontais para garantir o vôo. Funcionários de um consórcio de três empresas tchecas começaram a testar um protótipo de uma bicicleta diferente. O equipamento se diferencia das bikes convencionais por ser capaz de voar. Batizada de Flying Bike, ela foi testada nesta quarta-feira (12) em Praga, usando um controle remoto e um manequim. O equipamento conta com seis propulsores horizontais e um motor elétrico. Apesar da capacidade de voar, a bike não é tão leve, já que pesa 95 kg. Ela usa a tecnologia da empresa francesa Dessault Systemes para realizar o feito.

Bicicleta voadora é testada na República Tcheca
Curiosidades na internet

Veículo que mistura carro e bicicleta deve chegar ao mercado em breve

Acesse:http://www.techmestre.com/veiculo-que-mistura-carro-e-bicicleta-deve-chegar-ao-mercado-em-breve.html

Novidade é movida por energia solar e pedais como em bicicletas tradicionais.

A Organic Transit desenvolveu um modelo que pode ser comparado a uma mistura de bicicleta com automóvel. O veículo é bastante fino, e é movido por pedais como em uma bicicleta e pela energia solar.
.
Batizado como ELF, o modelo capta energia da luz solar e a converte em energia elétrica através de painéis fotovoltaicos. Em subidas, o condutor pode ajudar o veículo através dos pedais, facilitando o trabalho do motor elétrico.
.
A novidade tem caráter ecológico, e consegue atingir a velocidade de 30 Km/h, dentro das normas das bicicletas elétricas dos Estados Unidos. No caso do condutor pedalar, a velocidade pode aumentar. A Organic Transit obteve sucesso no financiamento dentro do Kickstarter e agora já prepara a novidade para o mercado.
.
consegue atingir a velocidade de 30 Km/h, dentro das normas das bicicletas elétricas dos Estados Unidos. No caso do condutor pedalar, a velocidade pode aumentar. A Organic Transit obteve sucesso no financiamento dentro do Kickstarter e agora já prepara a novidade para o mercado.
 .

Curiosidades na internet

Prius: o famoso veículo híbrido da Toyota chega ao Brasil

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/veiculos/Prius-o-famoso-veiculo-hibrido-da-Toyota-chegou-ao-Brasil/

Prius

Nesta quinta-feira (17) a Toyota anunciou a chegada do seu carro híbrido ao Brasil. Segundo a montadora, as vendas do Prius começaram ontem nas 139 concessionárias da marca japonesa no país. O preço? R$ 120.830. O carro já havia visitado o Brasil ano passado, quando apareceu no Salão do Automóvel em São Paulo.

O modelo é o carro híbrido mais vendido do mundo, algo em torno 3,5 milhões de unidades, e faz muito sucesso nos Estados Unidos, Europa e Japão. O Prius é um veículo “amigo da natureza” que funciona com dois motores, um elétrico e outro a combustão, mas ele não precisa ser carregado na tomada. A energia gerada pela desaceleração e acionamento do freio do veículo, em vez de ser dissipada em forma de calor, é aproveitada para alimentar o motor elétrico.

O motor a combustão 1.8 é movido a gasolina e possui 98 cv. Somado ao motor elétrico de 80cv, proporciona ao automóvel uma potência combinada de 138 cv. Segundo a Toyota, o carro pode realizar 25 km por litro de gasolina, o que o torna um carro extremamente eficiente.

Mas também existe a opção de zerar esse número, já que ele pode funcionar apenas com o propulsor elétrico, alimentado por baterias de íon lítio. Mas essa última opção fica para passeios mais tranquilos, já que, nesse caso, ele atinge apenas a velocidade de 50 km/h.

Curiosidades na internet

Motor elétrico ajuda ciclista a encarar subidas e chegar ao trabalho sem suar

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/1254522-bicileta-com-motor-eletrico-ajuda-a-encarar-subidas-sem-suar.shtml

O suor é um dos fatores que pode fazer desistir da ideia quem pensa em pedalar até o trabalho, especialmente em dias quentes ou quando o percurso envolve trechos ladeira acima. Para contornar isso, é possível instalar um motor elétrico na magrela.

Arquivo pessoal
Bicicleta elétrica do administrador de banco de dados Cleber Augusto Rafael, 35: agora ele quer instalar uma bateria melhor e tração também na roda traseira
Bicicleta elétrica do administrador de banco de dados Cleber Augusto Rafael, 35: agora ele quer instalar uma bateria melhor e tração também na roda traseira

É o caso do administrador de banco de dados Cleber Augusto Rafael, 35, que diz que gastou cerca de R$ 1.600 para transformar sua bicicleta (que valia R$ 1.000) em uma versão equipada com suspensão dianteira e motor elétrico, o qual custou quase a totalidade do valor investido.

Hoje, ele economiza cerca de R$ 230 por mês com o carro na garagem. “Estimo o custo [de rodagem da bike elétrica] em R$ 0,02 por km.”

“Queria voltar a pedalar e não podia chegar suado ao escritório, onde trabalho com roupa social”, conta, explicando que a bicicleta estava “estacionada” havia um bom tempo. “A cidade onde moro [Maringá (PR)] é plana, mas o trajeto que faço tem subidas.”

Ele diz que pretende instalar uma bateria de maior capacidade, de íons de lítio, e tração também na roda traseira. “Agora estou apaixonado pela bike e não quero parar de incrementá-la.”

Seu percurso é de seis quilômetros e, por ser curto, pode ser totalmente feito sem pedalar. O motor que instalou é relativamente forte, com potência de 1.000 W (carga máxima de 150 kg).

Cleber diz que a conversão dura cerca de três horas. Uma desvantagem é o peso, maior.

Além da Wind Bikes, loja por meio da qual Cleber comprou seu kit de conversão, outros estabelecimentos que vendem semelhantes são Bicimoto e Brazil Electric.

As mais notáveis marcas de bicicletas elétricas já prontas no Brasil são Blitz, Dafra,Evolubike, General Wings, Movegreen e, mais recentemente, Multilaser.

VULNERÁVEL

Para Willian Cruz, editor do site “Vá de Bike”, versões elétricas podem ser perigosas. “É fácil abusar da velocidade quando o motor está ligado”, diz.

Além disso, seu usuário fica em situação de vulnerabilidade jurídica, diz Crus. “O uso de bikes elétricas não é regulamentado. Se um policial te parar e quiser apreender sua bicicleta porque ela não está licenciada, ele simplesmente pode.”

“Mas considero a bicicleta de pedalada eletro-assistida uma boa alternativa para quem tem uma limitação física, como excesso de peso, e quer pedalar.”

 

Curiosidades na internet

 

 

Helicóptero japonês com apenas um assento pode ser pilotado remotamente

Acesse:http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2012/11/helicoptero-japones-com-apenas-um-assento-pode-ser-pilotado-remotamente.html

A empresa japonesa Hirobo criou um helicóptero elétrico e silencioso que tem espaço para apenas um tripulante. Chamado apenas de HX-1, o veículo foi projetado para ser pilotado remotamente ou por um piloto e atingir a velocidade máxima de 100Km/h, embora o motor elétrico dele tenha autonomia de apenas meia hora.

HX-1, da Hirobo, pode ser controlado remotamente  (Foto: Reprodução)HX-1, da Hirobo, pode ser controlado
remotamente (Foto: Reprodução/Newlaunches)

O helicóptero foi criado para ser usado principalmente em situações de emergências e desastres. O  fato de ele ser silencioso pode ajudar bastante em situações em que é necessário uma boa comunicação, como em um resgate, por exemplo.

O projeto está orçado em US$ 125 milhões (aproximadamente R$ 261 milhões), mas como ainda está em desenvolvimento, a comercialização do produto poderá demorar. A empresa promete um protótipo para 2013, mas só prevê a comercialização do helicóptero para o ano de 2021, pois ela ainda está se ajustando a regulamentos e certificações exigidos para esse tipo de veículo.

Segundo a empresa, quando estiver pronto o helicóptero será comercializado em duas versões: a não tripulada (sem assento) custará cerca de US$ 125 mil (cerca de R$ 261 mil) e a tripulada sairá por US$ 375 mil (aproximadamente R$ 781 mil).

Curiosidades na internet