Norte-americanos capturam jacaré de 336 quilos e batem recorde

Acesse:http://www.techmestre.com/norte-americanos-capturam-jacare-de-336-quilos-e-batem-recorde.html

Animal capturado no Rio Mississippi pesou 7 quilos a mais que antiga marca.

Quatro americanos conseguiram capturar um aligátor gigantesco. O jacaré americano foi pesado e atingiu a marca de 336 quilos, número recorde que ultrapassou em 7 quilos a marca anterior.
 .
Jimmy Greer, Dalco Turner, Jennifer Ratcliff e John Ratcliff  encontraram o animal no Rio Mississippi, na altura de Port Gibson. Eles tiraram uma fotografia e a publicaram na internet.
Norte-americanos capturam jacaré de 336 quilos e batem recorde
Fonte: Daily Mail
Curiosidades na internet

Maior torre de Lego do mundo possui 500 mil peças

Acesse:http://www.megacurioso.com.br/lego/37717-maior-torre-de-lego-do-mundo-possui-500-mil-pecas.htm

Estudantes norte-americanos construíram torre com mais de 30 metros, usando milhares de peças de Lego.

Maior torre de Lego do mundo possui 500 mil peças

A criação de estruturas com Lego não tem limites. Como se não bastassem as inúmeras notícias sobre o brinquedo publicadas pelo Mega Curioso e pelo Tecmundo, o mundo possui, agora, um novo feito para se intrigar: foi construída a maior torre de Lego do mundo, com 33,5 metros de altura e mais de 500 mil peças.

Foram meses de trabalho minucioso para que a estrutura ficasse pronta. O último bloco foi colocado na noite de ontem (19), com a presença de representantes do Livro Guinness dos Recordes. Com isso, os estudantes de Delaware, Estados Unidos, ultrapassaram com folga o recorde anterior, de 32,3 metros, atingido na cidade de Praga, na República Tcheca.

Vale a pena notar que para a quebra do recorde foi necessário, inclusive, a presença de caminhões com plataformas especiais e que pudessem erguer os estudantes até o topo da torre. Além disso, é provável que parte do campus

tenha ficado isaolado até a conclusão do trabalho. Pelo visto, brincar com Lego já foi bem mais fácil.

curiosidades na internet

Praticar exercícios regulares pode aumentar 6 anos de vida

Acesse:http://saude.terra.com.br/bem-estar/praticar-exercicios-regulares-pode-aumentar-6-anos-de-vida,09f31c7ab5f9b310VgnVCM4000009bcceb0aRCRD.html#tarticle

Pessoas que praticam pelo menos duas horas e meia de exercícios por semana vivem, em média, seis anos a mais Foto: Getty Images

Pessoas que praticam pelo menos duas horas e meia de exercícios por semana vivem, em média, seis anos a mais
Foto: Getty Images

Que praticar exercícios faz bem á saúde todo mundo sabe. Mas um estudo da Queen’s University, em Ontário, no Canadá, mostra que ser fisicamente ativo é sinal de uma vida mais longa, segundo informações do site Huffington Post. De acordo com o estudo canadense publicado no American Journal of preventive Medicine, pessoas que praticam pelo menos duas horas e meia de exercícios por semana vivem, em média, seis anos a mais.

Além disso, as mulheres negras são as que mais se beneficiam das atividades regulares. “Fomos capazes de mostrar que, se as mulheres negras fazem uma hora de atividade, como corrida ou natação, é possível aumentar suas vidas por 11 horas”, disse o autor do estudo Ian Janssen em um comunicado.

Janssen analisou o estado de saúde dos norte-americanos entre os anos 1990 a 2006, incluindo as taxas de morte e pesquisas sobre atividade física. Embora não seja tão relevante quanto para mulheres negras, o estudo mostrou que homens caucasianos que eram ativos aos 20 anos ganhavam dois anos a mais de vida em comparação com os inativos. Enquanto isso, mulheres caucasianas ativas na mesma idade poderiam viver três anos a mais do que as demais.

Ainda assim, o relatório não mostra se essas pessoas tiveram que permanecer ativas durante o resto de suas vidas para obter esses anos extras.

De acordo com a nutricionista Rovenia M. Brock, a prática de exercícios é importante, mas é responsável apenas a 20% do aumento da longevidade e qualidade de vida. Os outros 80% correspondem a boa alimentação.

Curiosidades na internet

Rede social chinesa pretende processar o Facebook por ‘roubo da Timeline

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2012/08/rede-social-chinesa-pretende-processar-o-facebook-por-roubo-da-timeline.html

O Facebook está sendo acusado de “roubar a Timeline” da rede social chinesa L99.com. A empresa estuda abrir processo contra a empresa de Mark Zuckerberg . A companhia afirma ter lançado a linha do tempo em 2008 – três anos antes da maior rede social do mundo, que inaugurou o formato em 2011 -, o que faria com que a companhia americana estivesse infringindo os direitos de propriedade intelectual, segundo relatório da Marbridge, consultoria especializada em telecomunicações e TI com foco no mercado chinês.

Página inicial da rede social L99.com (Foto: Reprodução)Página inicial da rede social L99.com

De acordo com o CEO do site, Xiong Wanli, existem vídeos da participação de ninguém menos que o próprio Zuckerberg em uma palestra dada em Stanford, na qual o chinês revelou o conceito de Timeline. Apesar disso, o diretor-executivo da L99.com ainda não mostrou algum vídeo ou esclareceu exatamente o conteúdo das gravações.

Para o jornal China Youth Online (Cyol), ele também disse ter sido contatado por vários escritórios jurídicos norte-americanos, que o teriam questionado sobre a intenção de tomar o Facebook, e que está considerando uma das propostas devido ao alto poder de multa, caso a empresa de Menlo Park seja considerada culpada. Xu Xinming, um famoso advogado chinês, declarou ao veículo que a decisão não seria difícil, mas o problema estaria em estipular o valor financeiro a ser pago pela suposta violação.

A China – onde o Facebook é bloqueado desde 2010 – vem se tornando recorrente processos semelhantes. A Apple, por exemplo, já pagou U$ 60 milhões devido a uma disputa da marca iPad e, atualmente, tem três outros casos pendentes com empresas sediadas no país oriental

Curiosidades na internet

Troque seu smartphone velho por dinheiro

Acesse:http://blogs.pop.com.br/tecnologia/troque-seu-smartphone-velho-por-dinheiro/

Que tal colaborar com o meio ambiente e, de quebra, ganhar um dinheirinho com isso? Afinal de contas, tem pessoas que só pensam mais a frente se ganharem algo em troca. E pensando isso que a EcoATM foi criada.

A EcoATM “transforma” seu smartphone antigo em uma nova fonte de renda. Ela “compra” seu smartphone velho ou quebrado de você, para que ele não se perca em caixas no fundo de armários que você só vai lembrar que existem anos depois.

Possuindo a aparência de um caixa eletrônico comum, a EcoATM reduz toda aquela burocracia de reciclagem de eletrônicos em simples passos. Basta você escanear seu aparelho na máquina e ela automaticamente dirá para você quanto é que seu dispositivo vale e se você deseja trocá-lo por dinheiro vivo.

A máquina tem como foco locais de grande movimentação como mercados e shoppings, incentivando a reciclagem de eletrônicos e também oferecendo a você um dinheiro em troca.

Para garantir o perfeito funcionamento, a EcoATM escaneia seu equipamento através de 4 câmeras acopladas ao centro do leitor, podendo ver totalmente o estado do seu aparelho. Os sensores tem a capacidade de avaliar a parte externa do aparelho como riscos, danos, vidros quebrados e outros defeitos como também fazer uma análise do software do aparelho e do estado de sua bateria através do cabo de sincronização da EcoATM.

Para receber o pagamento pelo aparelho, o usuário deverá apresentar sua carteira de motorista para evitar fraudes, assim como seu polegar que age como assinatura no comprovante. E se ainda você não estiver precisando do dinheiro do smartphone velho, a máquina pode fazer a doação automática para a instituição que você quiser.

Agora é esperar essas máquinas chegarem ao Brasil, pois é uma exclusividade dos norte americanos, pelo menos por enquanto.

Curiosidades na internet

Metade dos consumidores norte-americanos contam com telefones para saberem o melhor preço e mais detalhes do produto

Acesse:http://gigaom.com/2012/01/30/half-of-u-s-shoppers-rely-on-phones-for-in-store-research/

A Pew Internet e American Life Project lançar luz sobre um dos maiores desafios para os varejistas: mais da metade dos adultos norte-americanos proprietários de telefone celular usado seu telefone celular durante o feriado recente a entrar em loja de ajuda para suas compras. A figura destaca a ascensão do que o meu colegaOm chamado de “comprador esperto”  que exerce o seu telefone para garantir que eles obtenham o melhor preço e mais informações quando for comprar na loja.

Em  um novo estudo  de 1.000 adultos realizados no início deste mês, a Pew constatou que 38 por cento dos usuários de celular chamado de amigo, enquanto na loja para comprar conselhos enquanto 24 por cento dos usuários de celular usado seu telefone para obter comentários de produtos on-line. E 25 por cento dos usuários de telefones celulares adultos olhou para cima os preços on-line para produtos na loja na tentativa de encontrar o melhor negócio em linha e em outras lojas. Ao todo, 52 por cento de todos os proprietários de células adultas se baseou em seu telefone para um destes fins e 33 por cento especificamente voltado para o seu telefone para informações on-line durante as compras dentro de uma loja.

Os números são consistentes com uma pesquisa Deloitte fez antes da temporada de férias , que constatou que 27 por cento dos usuários de smartphones dos EUA disseram que planejam usar o seu smartphone enquanto na loja para compras de Natal.

Pew, disse que os consumidores móveis 18-49 são muito mais propensos a usar seus telefones para análises de produtos on-line do que os usuários mais velhos de telefone celular. E os usuários urbanos e suburbanos são duas vezes mais propensos a procurar opiniões on-line a partir de seu telefone do que os proprietários de telefones celulares rurais.Consumidores não-brancas e mais educados eram mais propensos a usar seu telefone para dentro da loja de investigação.

Das pessoas que realizaram pesquisa de preços online, Pew descobriu que 35 por cento ainda comprou o produto na loja, enquanto 19 por cento comprado online. Outro de 8 por cento foi a outra loja para comprar e 37 por cento decidiram não comprar nada.

Este último dado mostra o desafio para os varejistas, que perderam cerca de 5 por cento de operações que começou com pesquisa de preços online, mesmo que tenham o cliente na loja. Isso é algo que os varejistas têm sido cada vez mais sensível em relação, especialmente com promoções como oferta da Amazon férias paraderrubar $ 5 a partir de determinados produtos se os usuários verificados os preços através da Amazon. Mas os dados também mostram como os varejistas podem lutar para trás. Eles, obviamente, precisa estar ciente de preços online, e eles podem procurar maneiras de preços mais baixos ou acompanhar os preços on-line na loja para se manterem competitivas. Eles também podem olhar para publicidade on-line e através de preço de compra-apps como ShopSavvy, assim os usuários podem se encaminhado para loja online que varejista, em vez de seus concorrentes. Ou eles podem apanhar os clientes dos concorrentes que compram preço através de aplicativos.

ShopSavvy e RedLaser também começou a opções instituto scan-and-buy, assim os usuários podem digitalizar um produto do corredor e comprá-los desde varejistas on-line, tendo as suas compras para casa para eles. Isso pode ser outro desafio para uma loja local, mas também oferece uma maneira para que os varejistas ainda concorrer para que a transação se preço competitivo. Aislebuyer e PayPal têm falado de tipos semelhantes de opções para que os varejistas oferecem a compra de um corredor. Ter esse tipo de opção pode em breve ser uma necessidade para os varejistas.

O desafio ainda é considerável para os varejistas de todos os tamanhos. Tendo o consumidor entra com computadores conectados em seu bolso significa que muitos deles pode encontrar um negócio potencialmente melhor on-line ou em outra loja. Mas os varejistas devem estar pensando em como satisfazer seus padrões de compra dos clientes inconstantes. Salvando alguns dólares pode ser suficiente para abandonar uma loja local, mas se isso varejista pode oferecer mais comodidade, melhor atendimento na loja ou a capacidade de regatear sobre alguns produtos, o consumidor ainda pode querer comprar imediatamente. É definitivamente vai ser mais difícil para os varejistas físicos nesta era novo shopping móvel avançada, mas ainda há maneiras de competir como compradores obter muito mais inteligentes.

Curiosidades na internet