Acer lança novos tablets Iconia

Acesse:http://www.mundodastribos.com/acer-lanca-novos-tablets-iconia.html

A linha de tablets Iconia, da fabricante sediada em Taiwan, ganhou dois novos integrantes, que estarão disponíveis em diversos mercados ainda no primeiro semestre de 2014.

Acer, uma das maiores fabricantes de computadores do mundo, começou o ano de 2014 cheia de novidades, lançando produtos para vários segmentos, como o “computador tudo em um” equipado com Android e um novo Chromebook(notebook equipado com o sistema operacional Chrome OS, do Google).

670181 acer lanca novos tablets iconia 600x600 Acer lança novos tablets Iconia

Porém, os dispositivos mais aguardados, lançados pela empresa sediada em Taiwan, são os dois novos tablets produzidos por ela, também baseados no Android, que trazem um design elegante e vários recursos.

Os novos tablets da Acer estarão disponíveis em vários países, possivelmente ainda no mês de janeiro, após a apresentação oficial, que está prevista para acontecer na Consumer Eletronics Show 2014 (CES), na cidade de Las Vegas (EUA).

ICONIA A1-830

670181 acer lanca novos tablets iconia 1 600x600 Acer lança novos tablets Iconia

O modelo top de linha é o Acer Iconia A1-830, que possui corpo em alumínio e tela de 7.9 polegadas, com a tecnologia IPS e resolução de 1024 x 768 pixels. Ele é equipado com o processador Intel Atom de 1.6 GHz, tem memória RAM de 1 GB e capacidade interna de armazenamento de 16 GB, com possibilidade de expansão usando cartão microSD.

O sistema operacional é o Android 4.2 Jelly Bean, e o gadget traz câmera traseira com capacidade de gravar vídeos em Full HD (1080p) e câmera dianteira com qualidade HD (720p), ideal para a realização de videoconferências, utilizando aplicativos como o Skype.

Além da conectividade Wi-Fi, ele traz ainda porta micro USB e Bluetooth 3.0, que permitem a conexão com outros dispositivos. Já a bateria tem autonomia de até 7,5 horas, conforme os dados da Acer. Outro detalhe interessante é que ele pode vir com um teclado opcional.

preço do Iconia A1-830 parte de US$ 179,99, o equivalente a R$ 426,00, pela cotação do dia 7 de janeiro de 2014. As vendas iniciarão pelos Estados Unidos e, em breve, ele chegará a outros mercados.

continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Lenovo apresenta tablets de oito e dez polegadas com Windows

Acesse:http://www.baboo.com.br/mobile/lenovo-apresenta-tablets-de-oito-e-dez-polegadas-com-windows/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=lenovo-apresenta-tablets-de-oito-e-dez-polegadas-com-windows

Lenovo apresenta tablets de oito e dez polegadas com Windows

A Lenovo apresentou brevemente, durante conferencia da Microsoft na Computex 2013, que acontece na cidade de Taipei, em Taiwan, os tablets Miix 8 e Miix 10. Com oito e dez polegadas, respectivamente, os aparelhos têm o Windows como sistema operacional.

Lenovo apresenta tablets com Windows

As poucas informações divulgadas sobre eles foram referentes ao modelo maior, o Miix 10. Exibido pela Lenovo como “fino, leve e confortável”, ele possui tela IPS com resolução de 1366 x 768 pixels e virá com uma capa que pode ser utilizada como teclado.

Com processador Intel Atom Z2760 Clover Trail, ele tem uma câmera de 1.3 megapixels. O gadget ainda virá com suporte a conexão 3G e bateria que promete dez horas de duração. A expectativa da empresa é que o aparelho comece a ser vendido no próximo mês, com preço de US$ 600.

Lenovo apresenta tablets de oito e dez polegadas com Windows

Sobre o modelo de oito polegadas, os rumores indicam que ele só será lançado após a atualização do Windows 8 para a versão 8.1, o que vai ocorrer no segundo semestre. Por ter tela de oito polegadas, ele deve vir com o Office 2013 Home & Student gratuitamente, seguindo o que foi dito pelo executivo da Microsoft Tami Reller.

Curiosidades na internet

COMPUTEX: ASUS apresenta monitor 4K de 31,5 polegadas

Acesse:http://www.canaltech.com.br/noticia/tvs/ASUS-apresenta-monitor-4K-de-315-polegadas/

ASUS

A ASUS apresentou durante a Computex seu novo monitor 4K de 31,5 polegadas, que deve chegar ao mercado norte-americano no final deste mês. O preço? US$ 3.799 (algo em torno de R$ 7.600, sem os impostos). A Computex é a maior feira de eletrônicos da Ásia, e está acontecendo esta semana na cidade de Taipei, em Taiwan.

O ASUS PQ321, como foi chamado, combina 3840 x 2160 de resolução com um painel fosco e antirreflexo de 140 ppi para trazer imagens realmente impressionantes, conforme ressalta o Engadget. A ASUS também está preparando uma versão de 39 polegadas com praticamente todas especificações (exceto a densidade de pixels) iguais.

Porém, o pessoal do The Verge atenta para um detalhe interessante em relação ao novo produto: ele apresentaria problemas para ser utilizado como um monitor, pois as placas gráficas mais comuns não apresentam capacidade para lidar com a resolução oferecida por ele.

Claro, presumimos que o público-alvo do novo display possua desktops potentes, mas mesmo assim, vale a conexão com um MacBook Pro com Retina Display, por exemplo. Apesar da presença de uma GeForce GT 650M dentro do aparelho de 16 polegadas, o melhor que se poderia fazer seria ampliar o conteúdo do laptop para a resolução 4K (uma limitação do OS X). No entanto, ao utilizar aplicações mais exigentes, como o Lightroom do Adobe, seria possível notar a baixa taxa de atualização devido às barreiras de hardware para desempenho total do monitor.

ASUS 4K 31,5Monitor ASUS 4K 31,5″ (Foto: Engadget)

Curiosidades na internet

Reportagem de capa TEMPO pergunta “Quanto tempo vai levar a Apple a China lucrar tão generosamente em suas margens?

Acesse:http://9to5mac.com/2012/06/21/time-cover-story-asks-how-long-will-china-allow-apple-to-profit-so-handsomely-on-its-shores/

Como você pode ver na imagem acima, a revista TIME história de capa que chega às bancas amanhã, tanto para os EUA e edições internacional é intitulado, “Made in China: Por que o futuro da Apple depende o maior mercado do mundo”. Embora observando o aumento das vendas do iPhone na China, Taiwan e Hong Kong contribuído grandemente para lucro da Apple recorde de 39.200 milhões dólares e (7900 milhões dólares para a Grande China) informou em abril, as perguntas TIME Hannah Beech, “Quanto tempo mais é que um governo cada vez mais nacionalista permitir estrangeira empresas como a Apple para lucrar tão generosamente nas suas costas? “A história completa intitulado” O Culto da Apple na China “é disponível para assinantes TEMPO aqui . Um trecho está abaixo:

A grande maioria dos chineses não estão em pé de guerra sobre condições de trabalho nas fábricas de fornecedores da Apple. Um cluster de suicídios por parte dos trabalhadores da Foxconn um par de anos atrás provocou uma cobertura muito mais no Ocidente do que na China …. No entanto, Foxconn mantém assinar novos trabalhadores, apesar de muitas outras empresas se queixam de escassez de trabalho, como jovens chineses cada vez mais evitar o trabalho de fábrica. (Apple mantém programas educacionais para os trabalhadores em fábricas de fornecedores.) … Mesmo depois de todas as críticas da Foxconn, os suicídios, os acidentes industriais, a punição horas de jovens chineses ainda querem fazer um trabalho de dispositivos da Apple …

Relação … da Apple com a República Popular incorpora algumas das mais brilhantes oportunidades da economia global, mas também seus dilemas mais espinhosos. Um gigante de tecnologia norte-americana deve decidir o quanto de adaptar as suas práticas em uma terra distante. Se a Apple representam o melhor do Ocidente no Reino Médio, ou deve estar em conformidade com a maneira menos saudável China Inc. opera? Do lado da China, quanto tempo mais é que um governo cada vez mais nacionalista permite que empresas estrangeiras como a Apple para lucrar tão generosamente em suas margens? Apanhado no meio de 1,3 bilhão de chineses cuja labuta nas fábricas e gosto por produtos de luxo vai ditar o futuro do mercado mundial.

Obs.: Caso haja erros de português e de concordância são devido a este texto ter sido traduzido “automaticamente” pelo serviço de tradução on-line gratuito que traduz instantaneamente textos e páginas da web.

Curiosidades na internet