Duas opções para ver TV no smartphone

Acesse:http://exame.abril.com.br/tecnologia/noticias/duas-opcoes-para-ver-tv-no-smartphone?page=1

Comparamos 2 aparelhos com recursos distintos, mas com TV Digital

Motorola Atrix TVMotorola Atrix TV: Em janeiro de 2011 a Motorola apresentou ao mundo o Atrix 

São Paulo – Matar o tempo no caminho de casa para o trabalho, ou mesmo relaxar por 20 minutos vendo seu programa favorito felizmente é possível graças a pequenos gadgets. Infelizmente, carregar uma TV Digital portátil, além de um smartphone, mp3 player e todas as outras bugigangas necessárias para nosso dia a dia nem sempre é cômodo.

Para tornar as coisas mais simples, as fabricantes decidiram ampliar a oferta de smartphones com TV Digital. Decidimos comparar dois aparelhos com essa característica em comum: o Atrix TV, da Motorola, e o Samsung Galaxy Y TV.

Com faixas de preço e configurações bem diferentes, os dois modelos servem ao mesmo propósito, mas com abordagens bem diferentes. A aposta da Motorola consiste em entregar um aparelho mais completo, com maior poder de processamento, câmera de maior qualidade e um corpo metálico bem construído. No Atrix TV a sintonia de sinal digital parece um mero acessório e não seu principal recurso. Com o Galaxy Y TV a situação é oposta. Com uma configuração básica, o aparelho confia em seu app de TV Digital para atrair os consumidores. Custando 499 reais, ele é uma opção econômica para quem precisa de algo simples, mas não quer abandonar a TV. O aparelho da Motorola, custando 891 reais, contempla os usuários já mais exigentes.

Nota 7,7 – Atrix TV

Em janeiro de 2011 a Motorola apresentou ao mundo o Atrix, um smartphone revolucionário que teria a força necessária para substituir um netbook. Equipado com processador dual core, o Atrix chamava atenção por seu acessório webtop, um netbook com encaixe para o smartphone, que servia como central de processamento e comandava todo o show.

O conceito parece não ter decolado, já que a Motorola abandonou sua interface webtop em aparelhos mais modernos, como Razr e Razr Maxx. Agora, mais de um ano depois, a empresa decide revisitar o nome e lançar no Brasil o Atrix TV, um aparelho intermediário que tem como principal destaque a sintonia de TV digital no padrão 1-seg.

Com tela de 4 polegadas e resolução de 854 por 480 pixels, o Atrix TV fica acima da média na exibição de imagens. Como seu foco é a sintonia de TV digital, uma tela de qualidade é um recurso obrigatório. Assim como outros aparelhos que trabalham com o padrão 1-seg, a resolução não é das melhores. Mas não há grandes problemas quando a exibição acontece na pequena tela. Para não perder o sinal, o aparelho conta com uma antena retrátil.

Pequeno e extremamente leve, o Galaxy Y TV tem uma missão bem definida: satisfazer as necessidades básicas de um usuário de smartphones e não permitir que ele perca o jogo do seu time favorito, a novela ou os jogos olímpicos. Com TV Digital no padrão 1-seg, esse aparelho espreme a transmissão em sua dela de 3,14 polegadas e resolução de 240 por 320 pixels.

O Y TV, assim como qualquer aparelho de entrada, tem limitações que podem frustrar alguns usuários. A principal delas, inclusive, prejudica o consumo de seu principal recurso: a TV. A tela com baixa resolução também tem pouco brilho, ângulo de visão limitado e está muito distante dos AMOLEDs que equipam os aparelhos topo de linha da própria Samsung.

A compensação surge com o excelente aplicativo de TV Digital. O aparelho exibe a guia de programação de uma forma eficiente, pode tirar fotos de um programa e até gravar o que está passando. Há também um timer, para desligar o aparelho em um intervalo de tempo determinado (assim como nas TVs). A sintonia de canais é rápida e os botões respondem de uma forma mais dinâmica. A lentidão do app de TV Digital nos incomodou em outros aparelhos, como no Atrix TV.

Curiosidades na internet