Empresa recolhe absorvente interno com aplicador Intimus

Acesse:http://noticias.r7.com/economia/empresa-recolhe-absorvente-interno-com-aplicador-intimus-18092013

Consumidoras serão ressarcidas por produtos fabricados entre janeiro de 2011 a março de 2011

Consumidoras do absorvente interno devem procurar a empresaReprodução/Kimberly-Clark

A empresa Kimberly-Clark anunciou, nesta quarta-feira (18), o recolhimento e reembolso do produto absorvente interno com aplicador Intimus e Intimus Evolution, nos tamanhos mini, médio e super (fabricados ente janeiro de 2011 a março de 2013).

No comunicado, a empresa informa que o aplicador do absorvente apresenta, em alguns casos, as pétalas da sua extremidade abertas, o que pode causar desconforto ou dor durante a aplicação do absorvente interno com o aplicador.

As consumidoras que tiverem os absorventes internos com o aplicador e verificarem que a extremidade do aplicador está com as pétalas abertas, devem suspender a sua utilização e ligar para o telefone 0800-7095599, das 8h às 18h, de segunda a sexta-feira, ou entrar em contato pelo website www.kimberlyclark.com.br.

O Procon-SP orienta as consumidoras sobre seus direitos e acompanha atentamente convocações desse tipo, como procedimento incorporado à sua dinâmica de trabalho. A empresa deverá apresentar os esclarecimentos que se fizerem necessários, conforme determina o Código de Defesa do Consumidor, inclusive com informações claras e precisas sobre os riscos para o consumidor.

O que diz a lei

O Código de Defesa do Consumidor, em seu artigo 10, estabelece que: “O fornecedor não poderá colocar no mercado de consumo produto ou serviço que sabe ou deveria saber apresentar alto grau de nocividade ou periculosidade à saúde ou segurança”.

Além disso, o fornecedor de produtos e serviços que, “posteriormente à sua introdução no mercado de consumo, tiver conhecimento da periculosidade que apresentem, deverá comunicar o fato imediatamente às autoridades competentes e aos consumidores, mediante anúncios publicitários”.

Os consumidores que já passaram por algum acidente causado pelo defeito apontado poderão solicitar, por meio do Judiciário, reparação por danos morais e patrimoniais, eventualmente sofridos.

Caso o consumidor encontre dificuldade em efetuar a devolução poderá procurar a Fundação Procon-SP nos canais de atendimento:

Orientações: 151 (Só para a capital).

Pessoalmente: de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h. Sábados, das 7h às 13h, nos postos dos Poupatempo, sujeito a agendamento e distribuição de senha. Telefone: 0800-772-3633.

Sé – Praça do Carmo, S/N, Centro.

Santo Amaro – Rua Amador Bueno, 176/258 – São Paulo – SP (próximo ao Largo Treze de Maio).

Itaquera – Av. do Contorno, S/N, Itaquera (ao lado do metrô).

Nos postos dos Centros de Integração da Cidadania (CIC) Norte, Leste, Oeste, São Luiz e Feitiço da Vila, de segunda a quinta-feira, das 9h às 15h. No CIC Imigrantes o atendimento é às quartas-feiras, das 9h às 15h.

Fax: (11) 3824-0717

Cartas: Caixa Postal 1151, CEP 01031-970, São Paulo-SP

Atendimento eletrônico: No caso problemas com compras feitas pela internet, a reclamação pode ser registrada diretamente no site do Procon-SP. O endereço eletrônico também está aberto para orientação sobre qualquer outro problema de consumo.

Na Grande São Paulo e interior, o consumidor pode procurar o órgão municipal.

Curiosidades na internet