Alta tecnologia e alta costura: casaco muda de cor de acordo com humor de quem veste

Acesse:http://portal.naynneto.com.br/alta-tecnologia-e-alta-costura-casaco-muda-de-cor-de-acordo-com-humor-de-quem-veste/

1a0msgray9_80rl4nki5y_file
1a0msgray9_80rl4nki5y_file thumbnail1uex9no2gz_4rtqzbhhby_file thumbnail5xmsm52ljz_5utwa2tui6_file thumbnail89h37mnn4n_2pq744bplg_file thumbnail616lnf743p_2vbq9vonxu_file thumbnail7609bwduby_8j20969fla_file thumbnail

Um casaco de luzes que mostra como está seu humor pode parecer muito mais bonito do que útil à primeira vista. Mas o suéter criado pelo grupo de design norte-americano Sensoree é, literalmente, uma ideia brilhante.

Fruto de uma pesquisa de mestrado em design, a roupa foi pensada para ser uma ferramenta para minimizar as dificuldades de quem tem transtorno de processamento sensorial, uma condição que vai desde o transtorno do déficit de atenção com hiperatividade até o autismo.

Descubra a seguir como é feito o casaco que muda de cor de acordo com o humor de quem veste e para quais ocasiões ele pode ser um look tão descolado quanto curioso.

Um casaco de luzes que mostra como está seu humor pode parecer muito mais bonito do que útil à primeira vista. Mas o suéter criado pelo grupo de design norte-americano Sensoree é, literalmente, uma ideia brilhante.

Fruto de uma pesquisa de mestrado em design, a roupa foi pensada para ser uma ferramenta para minimizar as dificuldades de quem tem transtorno de processamento sensorial, uma condição que vai desde o transtorno do déficit de atenção com hiperatividade até o autismo.

Descubra a seguir como é feito o casaco que muda de cor de acordo com o humor de quem veste e para quais ocasiões ele pode ser um look tão descolado quanto curioso.

De acordo com a fundadora da Sensoree, Kristin Neidlinger, a ideia do casaco está muito além apenas criar uma bela peça de roupa. Fruto de uma pesquisa de mestrado em design, a roupa foi pensada para ser uma ferramenta para minimizar as dificuldades de quem tem transtorno de processamento sensorial.

Curiosidades na internet