Último post do ano: “Dom Casmurro”, de Machado de Assis

Falando em Literatura...

(…) Talvez abuso um pouco das reminiscências osculares; mas a saudade é isto mesmo; é o passar e repassar das memórias antigas. Ora, de todas as daquele tempo creio que a mais doce é esta, a mais nova, a mais compreensiva, a que inteiramente me revelou a mim mesmo. (Dom Casmurro lembrando do seu primeiro beijo com Capitu)

Eu não sei se pode ser chamada de “resenha” esses textos que escrevo sobre os livros que leio. Vou anotando o que penso e os textos acabam ficando fragmentados e sem muita coesão, mas é assim que gosto de fazer….escrevo o que vai surgindo durante a leitura. Vamos lá…se você gosta de literatura brasileira, uma obra imprescindível na sua lista de leituras é “Dom Casmurro” (1899), editado pelos irmãos Garnier, dois franceses radicados no Rio de Janeiro. Machado de Assis não pode faltar na biblioteca de todo bom leitor.

machado-de-assis

Machado de Assis

Ver o post original 1.659 mais palavras

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.