SP avalia usar vacinas disponíveis para imunizar mais pessoas com 1ª dose


Até o momento, campanha segue o protocolo federal, que reserva 50% dos lotes para a segunda aplicação

SP avalia usar vacinas disponíveis para imunizar mais pessoas com 1ª dose