Chevrolet quer bombar carro elétrico no Brasil

A Chevrolet passa por sua maior fase de transformação no Brasil e a mudança de fato já começou. O anúncio há duas semanas de que a empresa triplicaria sua rede de concessionárias capaz de vender e atender carros elétricos – com um salto de pouco mais de 20 (número de 2018) para 79 unidades neste mês de junho – é a maior prova de que essa metamorfose já teve início.

A GM já disse globalmente que só venderá veículos com zero emissão a partir de 2035 e quer “limpar” toda sua gama de produtos no mundo até 2040 – isso significa que nenhum carro, independente de categoria, terá motores a combustão. E isso inclui o mercado brasileiro. Isso mesmo: em menos de 20 anos, todos os produtos da empresa norte-americana por aqui serão 100% elétricos.

Matéria extraída de WebMotors