Por que pessoas morrem mesmo com as duas doses da vacina contra a Covid-19?

O município de Ijuí já registrou ao menos seis óbitos de pacientes imunizados com as duas doses da vacina contra a Covid-19, o que retomou o questionamento da população quanto à eficácia da vacinação. Em entrevista à Rádio Progresso, o médico e chefe do serviço de Infectologia do Hospital São Lucas da PUCRS (HSL), Fabiano Ramos, explicou que as vacinas, independentemente de seu nível de eficácia, não são um “escudo mágico” que protege quem as toma de ser infectado pelo coronavírus ou, pior, transmitir o vírus a outras pessoas. No caso das mortes de imunizados, acrescentou o médico, também é preciso levar em consideração as características desses indivíduos…

Matéria extraída de NewsBreak