Moradores de rua morrem em madrugada mais fria dos últimos 5 anos na cidade de SP, diz movimento

Termômetros marcaram 6º C nesta quarta. Segundo o Movimento Estadual dos Moradores em Situação de Rua, foram 7 mortes desde terça (29), sendo 4 na madrugada desta quarta (30). Prefeitura disse que não tem como atestar as mortes.

O Movimento Estadual dos Moradores em Situação de Rua afirma que sete moradores de rua morreram na cidade de São Paulo entre esta terça e quarta-feira (30). Segundo o movimento, quatro dessas mortes ocorreram na madrugada de quarta, a mais fria dos últimos cinco anos. Os termômetros chegaram a 6º C na capital paulista.

Ainda de acordo com o movimento, três dos moradores estavam na Praça da Sé, um na Baixada do Glicério, um próximo ao Metrô Tiradentes, na região central da cidade, e dois na Barra Funda, na Zona Oeste.

Matéria extraída de G1