Feriado de 9 de julho foi antecipado em SP? Confira o que funciona na próxima sexta-feira

Data ficou de fora da lista de feriados antecipados no início do ano pelo governo do estado de São Paulo para conter o avanço do coronavírus


SÃO PAULO – De fora da lista de feriados antecipados no início do ano pela prefeitura de São Paulo, o feriado estadual de 9 de julho (próxima sexta-feira), que celebra o dia da Revolução Constitucionalista de 1932, está mantido no estado.

Assim, o funcionamento do transporte público, de bancos, do comércio, dos correios e de supermercados pode sofrer alterações.


De acordo com a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), não haverá atendimento nas agências bancárias na data. Como de costume, as áreas de autoatendimento ficarão disponíveis para os clientes, bem como os canais digitais e remotos de atendimento, como internet e mobile banking.

As contas de consumo (água, energia, telefone etc.) e carnês com vencimento em 9 de julho poderão ser pagos, sem acréscimo, no próximo dia útil, na segunda-feira (12). Normalmente, os tributos já vêm com datas ajustadas ao calendário de feriados nacionais, estaduais e municipais.

Já os boletos bancários de clientes cadastrados como sacados eletrônicos poderão ser pagos via Débito Direto Autorizado (DDA).

No mercado financeiro, não haverá pregão na Bolsa de valores, B3. Desta forma, não haverá negociação nos mercados de renda variável, renda fixa privada, ETF de renda fixa e de derivativos listados, bem como no mercado de empréstimo de ativos.

O mesmo vale para o Tesouro Direto, plataforma de compra e venda de títulos públicos para a pessoa física, que também estará fechado para negociação.


É importante lembrar que este é o último ano em que a B3 irá considerar feriados municipais e estaduais em seu calendário. A partir de 2022, a Bolsa seguirá apenas o calendário nacional, passando, portanto, a desconsiderar os feriados municipais e estaduais em seu funcionamento.

No ano passado, para conter a pandemia, o feriado de 9 de julho foi antecipado para maio.

Antecipação em março
Em março, a prefeitura paulistana anunciou a antecipação de cinco feriados com o objetivo de tentar aumentar os índices de isolamento social e conter o avanço de casos, internações e mortes por Covid-19 na capital.

Foram antecipados para a semana de 26 de março a 4 de abril os feriados de Corpus Christi (2021), Consciência Negra (2021), aniversário de São Paulo (25 de janeiro de 2022), Corpus Christi (2022) e Consciência Negra (2022).

Na ocasião, contudo, a B3 optou por manter para este ano o calendário apresentado no fim de 2020.

Fase de Transição ainda em vigor
Ainda que o feriado da próxima semana seja mantido, os protocolos de segurança e prevenção à transmissão do coronavírus permanecem, como o uso de máscaras e álcool em gel, o limite de clientes por estabelecimento e o horário de funcionamento restrito.

Na última semana, diante dos números ainda elevados de casos, internações e mortes por Covid-19, o governo do estado de São Paulo prorrogou a Fase de Transição do Plano São Paulo para todo o estado até o dia 15 de julho. Inicialmente, o período de restrições a atividades sociais se encerraria em 30 de junho.

Com a prorrogação, as regras atuais permanecem as mesmas. Estabelecimentos comerciais, galerias e shoppings podem funcionar das 6h às 21h. O mesmo expediente é seguido por serviços como restaurantes, salões de beleza, barbearias, academias, clubes e espaços culturais como cinemas, teatros e museus. Para evitar aglomerações, a capacidade máxima de ocupação nos estabelecimentos liberados continua limitada em 40%.

Matéria extraída de Infomoney