Estudo: Homens podem ser os principais transmissores do coronavírus — VEJA

Uma nova pesquisa, realizada pelo Centro de Estudos do Genoma Humano e Células-Tronco, do Instituto de Biologia da USP, sugere que homens podem ser os maiores transmissores do coronavírus. Ainda sem revisão por pares, o estudo foi publicado na plataforma medRxiv.

De acordo com o trabalho, realizado entre julho de 2020 e julho de 2021 e com foco em casais brasileiros não vacinados, homens foram os primeiros ou únicos infectados na maior parte dos casos, até mesmo quando a outra metade do casal também foi infectada. No geral, 946 homens foram infectados, contra 660 mulheres.

Uma pesquisa anterior, publicada em agosto na revista Diagnostics, revelou que homens apresentam em média uma carga viral dez vezes maior que as mulheres na saliva, especialmente até os 48 anos. Já que as gotículas de saliva são uma forma importante de transmissão do vírus, faria sentido que o sexo masculino fosse o principal transmissor do coronavírus.

Além disso, é importante notar que, segundo estudos, homens têm chances maiores de apresentarem quadros graves de Covid-19 e de morrer em razão da doença…

Estudo: Homens podem ser os principais transmissores do coronavírus — VEJA