MINI Challenge Cup 2012 terá oito datas em rodada tripla

Acesse:http://stockcar.globo.com/index.php/2011/12/08/mini-challenge-cup-2012-tera-oito-datas-em-rodada-tripla/

Enviado por J A C A N I E L L O

Os pilotos poderão correr em trios; apenas um treino de classificação irá definir o grid das três provas do fim de semana da Copa Caixa Stock Car; Interlagos abre o ano

MINI Challenge Cup 2012 terá oito datas em rodada tripla
MINI Challenge Cup 2012 está confirmada em sistema de rodada tripla (Duda Bairros/Vicar)

SÃO PAULO – A temporada 2012 do automobilismo já começou. E o MINI Challenge Cup tem definido o formato de disputa da competição que reúne os carros mais charmosos dos autódromos. A Vicar Promoções Desportivas, que integrará o MINI Challenge pelo terceiro ano consecutivo ao evento Stock Car, optou por novidades, como uma rodada tripla no fim de semana. Além disso, os pilotos poderão formar times de três no campeonato.

O MINI Challenge é uma das categorias mais equilibradas do automobilismo, com pegas eletrizantes a cada rodada, que no ano que vem será tripla. Serão três treinos livres de 30 minutos cada, e apenas uma tomada de tempos que irá definir o grid das três corridas do fim de semana. No treino de classificação (20 minutos), a novidade é que as três melhores voltas de cada piloto valerão para a formação, sendo a melhor para a ordem da primeira bateria, e assim por diante.

A duração das provas permanece, com 25 minutos mais uma volta. Uma será no sábado, enquanto as duas últimas no domingo da prova da Copa Caixa Stock Car.

No comando da preparação dos modelos MINI Cooper S John Cooper Works em sua versão MINI Challenge mais uma vez estará a JL Racing, do diretor Zequinha Giaffone, com sua equipe de excelentes profissionais.

Nas duas temporadas, o grande equilíbrio entre os carros ficou nítido, com títulos bem disputados e corridas emocionantes. Os próprios pilotos são os primeiros a comentar a igualdade entre os Mini equipado com motores de 211 HP.

Na temporada 2012, o custo para disputar o campeonato será de R$ 220.000,00 (mais o custo dos pneus).

Confira o calendário da próximo ano:

1ª etapa, 25 de março – Autódromo José Carlos Pace, São Paulo (SP)
2ª etapa, 15 de abril – Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), em Pinhais (PR)
3ª etapa, 20 de maio – Autódromo Internacional Velopark, Nova Santa Rita (RS)
4ª etapa, 1º de julho – Autódromo Internacional Ayrton Senna, Londrina (PR)
5ª etapa, 15 de julho – Autódromo Internacional Nelson Piquet, Rio de Janeiro (RJ)
6ª etapa, 5 de agosto – Autódromo José Carlos Pace, São Paulo (SP)
7ª etapa, 21 de outubro – Autódromo Internacional de Curitiba-Pinhais (PR)
8ª etapa, 11 de novembro – Autódromo Internacional Nelson Piquet, Brasília (DF)

Curiosidades na internet

Justiça libera incentivo de R$ 420 milhões da prefeitura ao Itaquerão

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/esporte/1020509-justica-libera-incentivo-de-r-420-mi-da-prefeitura-ao-itaquerao.shtml

Julgamento nesta segunda-feira negou as quatro ações que tramitavam contra a concessão dos R$ 420 milhões em incentivos fiscais da prefeitura para o estádio do Corinthians, em Itaquera. Em sua decisão, a juíza Maria Fernanda de Toledo Rodovalho disse que o fato de o clube beneficiado ser da zona leste foi o que incomodou verdadeiramente os autores –entre eles o vereador Aurélio Miguel (PR), ex-judoca e conselheiro do São Paulo.

A informação está na coluna Painel FC, assinada por Eduardo Ohata e Bernardo Itri, publicada nesta terça-feira. A íntegra da coluna está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha.

“O benefício se destina a, mais do que favorecer um clube, impedir que o Brasil venha a arcar com multas e sanções (aplicadas por organizações internacionais) em decorrência de atraso nas obras”, acrescentou a juíza numa das decisões.

Almeida Rocha-10.dez.11/Folhapress
Obras do estádio do Corinthians em dezembro
Obras do estádio do Corinthians em dezembro
Divulgação
Imagem do projeto de como o Itaquerão deverá ficar depois do Mundial
Imagem do projeto de como o Itaquerão deverá ficar depois do Mundial

Curiosidades na internet

 

Copa deve mudar férias escolares em 2014

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/saber/1020466-copa-deve-mudar-ferias-escolares-em-2014.shtml

O início do ano letivo de 2014 e as férias escolares do meio do ano deverão ser antecipadas para que alunos de colégios públicos e privados estejam liberados durante a Copa do Mundo, que começa em 12 de junho, informa reportagem de Filipe Coutinho, publicada na Folhadesta terça-feira (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

A proposta será apresentada hoje à comissão especial criada na Câmara para discutir a Lei Geral da Copa.

Pelo texto, o semestre escolar deve começar em 20 de janeiro e acabar até 10 de junho– as aulas retornariam em 21 de julho.

A mudança do ano letivo faz parte da série de medidas alternativas que o governo deve pôr em prática para evitar um colapso no transporte público e ainda será discutida no Ministério da Educação e nos Estados.

Editoria de Arte/Folhapress

Curiosidades na internet

Pintura metálica dá lugar ao adesivo fosco

Acesse:http://carros.ig.com.br/servicos/pintura+metalica+da+lugar+ao+adesivo+fosco/3918.html

Enviado por J A C A N I E L L O

Acessível, envelopamento de veículos cresce no Brasil. Saiba como é feita a aplicação e quais são seus prós e contras

Kia Soul

Foto: Jair Oliveira
.

Antes raros, os carros “envelopados”, que exibem uma espécie de pintura fosca, já estão virando uma visão comum nas ruas brasileiras. Relativamente barata, a técnica consiste em aplicar um adesivo na carroceria do veículo ou em parte dela.

Surgido nos Estados Unidos, o envelopamento – ou plotagem, como preferem os profissionais do meio – tinha o intuito de proteger a pintura original da lataria, mas acabou caindo nas graças dos amantes de personalização por oferecer um visual mais arrojado e descolado além de permitir mudanças de visual com mais facilidade do que a pintura tradicional. Em pouco tempo, a técnica se expandiu para outros mercados como o europeu e há aproximadamente dois anos chegou ao Brasil.

iG Carros foi conferir como funciona o serviço e quais suas vantagens. Segundo Paulo Surya, dono da empresa Preto Fosco, uma das mais conhecidas do setor, “houve uma crescente demanda por parte dos consumidores, que procuram o serviço mais por questão de design”. No começo eram envelopadas poucas unidades e o veículo mais comum era a picape L200, da Mitsubishi. Hoje são “encapados” em média 90 carros por mês nas quatro lojas da rede, sendo que os carros da marca Hyundai, sobretudo o hatch i30 e o novo Veloster, são os que mais aderem à moda.

Veja mais: álbum de fotos do passo a passo do envelopamento de um carro

Há pouco tempo começaram a surgir clientes que optaram por outras cores como o branco e também adesivos que imitam texturas como a fibra de carbono. Nesse caso, muitos donos preferem adesivar apenas o capô e o teto do veículo, por exemplo.

“No exterior, a tendência é envelopar o carro contrastando dois tons de adesivos, por exemplo, preto na parte superior e branco na inferior”, diz Marcelo Sousa, da empresa Plásticos Alko, primeira fornecedora brasileira de películas para plotagem. “Algumas montadoras no Brasil, inclusive, já nos procuraram pensando em disponibilizar esse acabamento em versões especiais de seus carros”, completa.

Demonstração in loco

O processo de aplicação é simples. Antes de tudo o carro tem que ser lavado com água e sabão neutro, depois a área que receberá o aplique precisa ser medida e o próximo passo é parecido com um encapamento de um caderno: coloca-se a película polimérica por cima do carro e um profissional usa uma espátula apropriada para aplicá-la aos poucos.

Após “esticar” o adesivo, usa-se um secador para fixá-lo na lataria. Uma aplicação completa pode levar de dois e quatro dias para ficar pronta e o valor pode variar entre R$ 800 a R$ 5 mil, dependendo do tipo de veículo.

Além disso, pudemos comprovar que a película realmente consegue evitar danos à pintura. Durante a demonstração da Preto Fosco, uma parte da estrutura do estande da empresa na feira X-Treme caiu sobre o capô do Pajero que estava sendo adesivado. A peça arranhou o adesivo, mas a lataria do veículo ficou intacta.

Foto: Jair Oliveira

Hyundai Elantra

Mitsubishi Pajero após ser envelopada novamente devido um pequeno acidente ocorrido no estande da empresa Preto Fosco

Veja mais: álbum de fotos do passo a passo do envelopamento de um carro

Um dos temores comuns de quem pensa em aderir ao envelopamento é o risco de estragar a pintura após retirar o adesivo – que tem vida útil de dois anos. “Se a pintura for original de fábrica não há com que se preocupar”, garante Surya.

Já no caso do envelopamento parcial do carro, a história é outra. “Como a parte descoberta ficará exposta ao sol é normal que a pintura fique com um tom diferente”, explica Sousa.

Outra coisa importante é referente à qualidade dos adesivos. Segundo o diretor comercial da Alko, há no mercado algumas marcas de má qualidade que causam problemas na hora de remover a película ou que podem danificar a pintura. “Preferimos a marca Mactac, importada da Bélgica”, diz Vinícius Martins, funcionário da loja Status Envelopamento. A Preto Fosco também usa a Mactac e também o material produzido pela gigante 3M.

Nunca é demais lembrar que a aplicação de película deve obedecer a cor original do carro, caso contrário você poderá ser multado em R$ 127,69 além de perder cinco pontos na carteira de habilitação. Para quem pretende usar outra cor será necessário dar entrada no Detran de sua cidade para alterar o documento, desde que a aplicação cubra mais de 50% da carroceria.

Brasileiro de 17 anos supera Slater e vence Circuito Mundial

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/esporte/989572-brasileiro-de-17-anos-supera-slater-e-vence-circuito-mundial.shtml

O surfista brasileiro Gabriel Medina, 17, conquistou nesta quarta-feira o título da etapa francesa de Hossegor do Circuito Mundial. Na final, ele somou 17.00 pontos, contra 16.10 do australiano Julian Wilson.

Antes de bater o australiano na final, Medina passou na semifinal pelo norte-americano Taylor Knox. O brasileiro somou 19.57, contra 7.00.

No caminho para faturar o título, Gabriel Medina teve que superar também o norte-americano Kelly Slater, dez vezes campeão mundial, nas quartas de final. No duelo, ele obteve 16.66 pontos -quase o dobro de Slater, dez vezes campeão mundial, que teve 8.60 pontos.

Kelly Cestari/Efe
Gabriel Medina comemora vitória durante a etapa do Circuito Mundial
Gabriel Medina comemora vitória durante a etapa do Circuito Mundial
Kirstin Scholtz/Efe
O surfista brasileiro Gabriel Medina em ação em Hossegor, na França
O surfista brasileiro Gabriel Medina em ação em Hossegor, na França