Supertelescópio no Chile captura imagem de ‘fábrica de poeira’ de supernova

Acesse:http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/01/140107_telescopio_chile_poeira_supernova_an.shtml

Uma enorme quantidade de poeira (vermelho) foi detectada no centro da supernova

Imagens impressionantes de uma recente supernova transbordando com poeira fresca foram capturadas por um telescópio no deserto do Atacama, no Chile.

É a primeira vez que astrônomos testemunharam a origem dos grãos que formaram as galáxias no chamado universo primordial, a primeira fase de formação do universo após o Big Bang.

As fotos foram capturadas pelo telescópio Alma (Atacama Large Millimeter/submillimeter Array), e foram reveladas na 223ª reunião da American Astronomical Society.

As imagens da supernova, uma explosão estelar, serão divulgadas na publicação científica Astrophysical Journal Letters.

Desvanecimento de gigantes

O universo está cheio de pequenas partículas sólidas – desde as faixas escuras que vemos na Via Láctea às belas nuvens nas fotos icônicas do telescópio espacial Hubble, lançado em 1990.

A poeira cai nos planetas e ajuda na formação de estrelas. Mas apesar de sua onipresença, não há evidências concretas de sua origem.

No universo de hoje, boa parte dessa poeira se forma em torno de estrelas que estão morrendo (AGB). Mas essas gigantes não estavam por perto no início do universo.

“É o mesmo problema que temos na minha casa – há uma grande quantidade de poeira e não sabemos de onde vem. O espaço é um lugar bastante confuso”, brincou Remy Indebetouw, astrônomo do National Radio Astronomy Observatory.

“Então usamos um dos telescópios mais avançados tecnologicamente, o Alma, e tentamos descobrir como a poeira era formada no universo primordial.”

“Há algum tempo acredita-se que as supernovas são as criadoras das poeiras nas galáxias. Mas pegar uma no ato está longe de ser coisa fácil.”

“E mesmo quando conseguimos observar uma supernova envolvida por uma nuvem de poeira, há a velha questão da galinha e do ovo: como sabemos que a nuvem não estava lá antes?”

Incômodo’

Para resolver a questão, um grupo de astrônomos do Grã-Bretanha e dos Estados Unidos usou o Alma para observar os restos brilhantes da 1987A, a supernova mais próxima observada recentemente, a 168 mil anos-luz da Terra.

Eles observaram que, enquanto o gás esfriava após a explosão, moléculas sólidas se formavam no centro a partir de átomos de oxigênio, carbono, e silício.

Observações anteriores do 1987A com o telescópio de infravermelhoHerschel só haviam detectado uma pequena quantidade de poeira quente.

Mas, graças ao poder do telescópio Alma, apenas 20 minutos foram necessários para capturar a evidência diante das câmeras.

“Nós encontramos uma notável massa de pó concentrada na parte central do material ejetado (nuvem de partículas)”, disse Indebetouw.

“E tudo importa – a área vermelha que você vê no centro da imagem – estava lá no núcleo da estrela antes dela explodir. Isso é emocionante.

“As pessoas pensam em poeira como um incômodo, algo que fica no seu caminho. Mas na verdade é algo muito importante.”

Enquanto supernovas sinalizam a destruição de estrelas, elas também são a fonte de novos materiais e de energia, diz Jacco van Loon, da Universidade de Keele, coautor do estudo.

“Nossa vida seria muito diferente sem os elementos químicos que foram sintetizados em supernovas ao longo da história”, disse ele.

“Os grãos são incrivelmente difíceis de produzir no vasto vazio do espaço. E se supernovas realmente produzem muitos deles, isto tem consequências muito importantes e positivas para a eventual formação do Sol e da Terra.”

Curiosidades na internet

APÓS 50 ANOS, A HISTÓRICA KOMBI DEIXA DE SER FABRICADA

Acesse:http://noticias.seuhistory.com/apos-50-anos-emblematica-kombi-deixa-de-ser-fabricada

Após 50 anos, emblemática Kombi deixa de ser fabricada

Depois de mais de 50 anos de produção ininterrupta e mais de um milhão e meio de unidades vendidas, a Volkswagen vai parar de fabricar a sua clássica Kombi, que se tornou uma “marca” registrada da empresa pelo mundo.

O anúncio partiu do Brasil, o único país que ainda fabricava a Kombi e que exportava o carro para o resto do mundo. Desde os anos 70, o carro era importado, principalmente, por países como Argentina, Chile, Peru, México, Nigéria, Venezuela, Argélia e Uruguai.

Acompanhe hoje à noite o programa Top Gear, no HISTORY, a partir de 23h.

De acordo com informações da montadora, o modelo começou a ser fabricado na Alemanha em 1950 e é o carro mais “longevo” da história do mundo do automobilismo. A partir de 1957, a Kombi começou a ser vendida na América Latina, onde obteve grande popularidade ao ponto de, em alguns lugares, seu nome significar, genericamente, microônibus para transporte em países como a Argentina. Contudo, suas vendas diminuíram nos últimos anos.

O nome Kombi vem da abreviação da palavra alemã Kombinationsfahrzeug que significa veículo adaptado tanto para carga quanto para passeio. Como despedida do célebre carro, a Volkswagen anunciou uma edição limitada de 600 unidades da Kombi, que serão numeradas e incluirão uma placa alusiva.

http://noticias.seuhistory.com/apos-50-anos-emblematica-kombi-deixa-de-ser-fabricada

Curiosidades na internet

Curiosidade do dia: Conheça a estrela considerada eternamente jovem

Acesse:http://www.jornalciencia.com/universo/diversos/2778-curiosidade-do-dia-conheca-a-estrela-considerada-eternamente-jovem

 O Messier 4 é um aglomerado globular a cerca de 7.200 anos-luz da Terra.

 Com uma idade bastante avançada (12,2 bilhões de anos), este aglomerado globular é aquilo que as galáxias um dia acabam se tornando, de acordo com os astrônomos. Isso acontece quando o gás e a poeira que servem para criar estrelas acabam se esgotando, o que faz de todas as estrelas naquela galáxia provavelmente bastante velhas.
Como as estrelas deste aglomerado são bem velhas, então esta estrela em particular foi um verdadeiro achado. Parece que a estrela encontrou um jeito de repor o material, o que basicamente serviria como um “elixir da juventude” para ela. Os astrônomos ainda não sabem, contudo, como que o astro conseguiu repor seus estoques de lítio.  Durante uma observação desta galáxia em setembro de 2012, uma equipe do Chile encontrou uma estrela rica em lítio. Não é um elemento incomum para uma estrela, mas geralmente ele se esgota nos primeiros bilhões de anos da estrela.

Curiosidades na internet

Startup do Chile cria sistema de impressão 3D para imaginação

Acesse:http://pme.estadao.com.br/noticias/noticias,startup-do-chile-cria-sistema-de-impressao-3d-para-imaginacao,3163,0.htm

Thinker Thing utiliza tecnologia para ler as ondas cerebrais das pessoas

Reprodução Site
Reprodução Site
Sistema capta as ondas cerebrais das pessoas

Uma startup chilena resolveu investir na impressão 3D e inovou com uma tecnologia para criar uma manifestação física da imaginação das pessoas. O sistema Thinker Thing utiliza um headset para fazer a leitura das ondas cerebrais e conecta com uma impressora 3D para a materialização da imaginação.

De acordo com o site Springwise, especializado em rastrear boas ideias de negócios ao redor do mundo, o protótipo do sistema utiliza um headset denominado Emotiv Epoc para ler as ondas cerebrais da pessoa e detectar as emoções e expressões faciais.

Durante o processo, o usuário visualiza elementos de design em uma tela e as reações são capturadas pelo headset. O usuário ainda pode adicionar ou descartar elementos até chegar o mais próximo do objeto que ele tinha em mente. Em seguida, as informações são enviadas para uma impressora.

O primeiro objeto criado a partir do pensamento foi um monstro laranja. O sistema está em constante evolução e recebeu apoio do programa de financiamento do governo chileno Startup Chile. Os planos da empresa incluem visitas nas escolas para as crianças experimentarem o sistema.

Curiosidades na internet

Apple confirma: iPhone 5 chega ao Brasil no dia 14 de dezembro

Acesse: http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/apple-confirma-iphone-5-chega-no-dia-14-de-dezembro-20121203.html?question=0

Brasileiros poderão comprar o smartphone da empresa antes do Natal

iphone 5Divulgação/Apple

Ele chegou antes do Natal: brasileiros poderão comprar o novo iPhone a partir do dia 14 de dezembro

Faltam poucos dias para o iPhone 5 desembarcar no Brasil. Nesta segunda-feira (3), a Apple divulgou que o smartphone chega ao mercado no dia 14 de dezembro. O celular foi lançado em setembro nos Estados Unidos e já é vendido em mais de 47 países.

O lançamento no País faz parte de uma segunda leva de entrega de aparelhos. Além do Brasil, o smartphone chegará “a tempo para o Natal” em outras nações.

O iPhone 5 deve manter o preço salgado no Brasil. Especializado no mercado de eletrônicos, o analista do Gartner Tuong Huy Nguyen prevê que o novo smartphone mais desejado do País deve custar entre R$ 1.900 (16 GB) até R$ 3.400 (64 GB) — valor semelhante ao do seu antecessor, o iPhone 4S.

Ao mesmo tempo que no Brasil, a Apple ainda vai lançar seu aparelho em outros países. A lista conta com Albânia, Antígua e Barbuda, Armênia, Arábia Saudita, África do Sul, Bahamas, Bolívia, Chile, China, Costa Rica, Chipre, Equador, Indonésia, Israel, Jamaica, Jordânia, Kuait, Macedônia, Malásia, Montenegro, Panamá, Paraguai, Filipinas, Qatar, Rússia, Taiwan, Turquia e Venezuela.

Uma terceira data de entrega está planejada para dia 21 de dezembro no resto do mundo.

O iPhone 5, nova edição do smartphone da Apple, chegou em setembro. Além do upgrade natural, o celular traz mudanças significativas. Para começar, é só dar uma olhada no visual: o iPhone 5 tem uma tela de 4 polegadas, pesa apenas 112 gramas e está mais fino (7,6 milímetros).

Curiosidades na internet

VW comemora 55 anos de Kombi no Brasil

Acesse:http://carros.ig.com.br/noticias/vw+comemora+55+anos+de+kombi+no+brasil/5198.html

Enviado por J A C A N I E L L O

Utilitário fabricado em São Bernardo do Campo (SP) também ultrapassou a marca de 1,5 milhão de unidades produzida

Foto: Divulgação Veja mais fotos

Introdução do motor 1.4 Total Flex acompanhou leves mudanças na frente

Quem diria… No próximo dia 2 de setembro, a Volkswagen comemora 55 anos de produção da Kombi no Brasil. De acordo com a marca, desde que foi lançada, em 1957, já foram montados mais de 1,5 milhão de unidades do modelo no País.

A Kombi nunca perdeu a liderança de sua categoria. No acumulado de janeiro a julho deste ano, por exemplo, registrou 14.905 unidades emplacadas (detendo 39,4% do segmento), o que representa crescimento de mais de 4% em relação ao mesmo período de 2011 – bom resultado no cenário da indústria de comerciais leves, que registrou queda de 1,4% no acumulado dos sete primeiros meses de 2012 contra o mesmo período de 2011. O furgão é o  quinto carro mais vendido da Volkswagen em 2012 e o oitavo entre os comerciais leves.

História

A Kombi foi idealizada pelo holandês Ben Pon na década de 1940, que pretendia incluir o confiável conjunto mecânico do Fusca em um veículo leve de carga. A produção do modelo começou na Alemanha em 1950. O destaque era a carroceria monobloco, a suspensão reforçada e o motor traseiro, refrigerado a ar, de 25 cv.

Primeira unidade da Kombi produzida no Brasil Uma versão mais moderna chegou em 1997 com o nome de Kombi Carat Volkswagen Kombi nacional em testes antes do lançamento Reestilização feita no furgão em 1976 Introdução do motor 1.4 Total Flex acompanhou leves mudanças na frente Versão picape com cabine dupla Versão de luxo da picape com cabine dupla

 Em 1957 foram fabricadas as primeiras unidades no Brasil. Com índice de nacionalização de 50%, a Kombi tinha motor de 1.200 cm³ de cilindrada. Menos de quatro anos mais tarde chegou ao mercado o modelo de seis portas, nas versões luxo e standard, com transmissão sincronizada e índice de nacionalização de 95%. A versão picape surgiu em 1967, já com motor de 1.500 cm³ e sistema elétrico de 12 volts.

A trajetória internacional da Kombi brasileira se iniciou com as exportações da Volkswagen do Brasil nos anos 1970 para mais de 100 países. Os principais mercados externos da Kombi foram Argélia, Argentina, Chile, Peru, México, Nigéria, Venezuela e Uruguai.

No Brasil, em 1975, a Kombi passou a ser equipada com o motor 1.6 e, três anos mais tarde, o modelo ganhou dupla carburação. O motor diesel 1.6, refrigerado a água, surgiu em 1981, mesmo ano do lançamento das versões furgão e picape com cabine dupla. No ano seguinte surgiu o modelo a etanol e, em 1983, a Kombi apresentou painel e volante novos, além da alavanca do freio de mão, que saiu do assoalho e passou para debaixo do painel.

Uma versão mais moderna chegou em 1997 com o nome de Kombi Carat, apresentando novas soluções, como teto mais alto, porta lateral corrediça e a ausência da parede divisória atrás do banco dianteiro. No final de 2005, a Kombi passou a ser equipada com o motor 1.4 Total Flex (arrefecido a água), até 34% mais potente e cerca de 30% mais econômico do que o antecessor refrigerado a ar.

Desde janeiro de 2006 até julho de 2012, o utilitário teve mais de 170 mil unidades produzidas. Com o novo motor, a Kombi desenvolve potência de 78 cv quando abastecido com gasolina e 80 cv, com etanol.

Atualmente, a linha de produção da Kombi emprega 792 colaboradores e funciona em dois turnos, tudo para entregar 90 exemplares por dia.  No entanto, o veículo tem futuro incerto a partir de 2014. Isso porque entrará em vigor a lei que torna obrigatória a instalação do duplo airbag dianteiro e dos freios ABS de fábrica. Será que ela terá uma substituta?

Curiosidades na internet

Incrível: bactéria deixa os dentes à prova de cáries

Descoberta é chamada de “Keep 32” e protege os dentes enquanto a pessoa come uma bala ou uma barra de chocolate.

Não é de hoje que a maioria das crianças pequenas tem muita preguiça para escovar os dentes. Mas a solução para este problema pode estar chegando — com grandes chances de mudar a maneira como a higiene bucal é feita.

Os pesquisadores José Cordoba (Estados Unidos) e Erich Astudillo (Chile) descobriram uma bactéria que pode matar todos os agentes causadores de cáries em até 60 segundos. O nome dado para este microrganismo é “Keep 32” — em uma alusão aos 32 dentes existentes na boca de um adulto.

Segundo a pesquisa, a bactéria pode ser usada em qualquer tipo de produto para higiene bucal, como pastas para os dentes e enxaguantes em geral. Contudo, o mais curioso é que mesmo misturada em balas e gomas de mascar, este “agente de limpeza” continua tendo efeito, protegendo os dentes por horas.

A intenção dos responsáveis pela descoberta é a de colocar o produto no mercado americano em até 18 meses, com possibilidades de ser usado até mesmo por empresas que vendem chocolates.

Curiosidades na internet