Cientistas criam queijo com bactérias de axilas e pés

Acesse:http://www.mundodastribos.com/cientistas-criam-queijo-com-bacterias-de-axilas-e-pes.html

Queijo feito com bactérias de corpo humano né é próprio para consumo.

Alguns queijos tem cheirinho de chulé, certo? Mas só parecem vindos dos odores dos pés, sendo que tem uma matéria-prima bem diferente. Porém, uma novidade nessa área gastronômica está bem relacionada com o chulé dos pés.

QUEIJO USA BACTÉRIAS DOS PÉS E AXILAS

Tudo bem que o queijo tem como principal ingrediente o leite, mas se não fosse uma ação bacteriana ele não seria o queijo que nós conhecemos. São muitos os tipos de bactérias usadas para fazer queijo, sendo que algumas são vindas das axilas, pés e umbigo. Você arriscaria experimentar esse queijo exótico?

666570 Cientistas criam queijo com bactérias de axilas e pés 01 Cientistas criam queijo com bactérias de axilas e pés

Segundo o The Independent, as cientistas Christina Agapakis e Sissel Tolaas, uma norte-americana e outra nascida na Noruega, resolveram unir forças e inteligência para desenvolverum projeto chamado SelfMade, que trata-se de uma coleção de 11 queijos, que foram produzidos a partir de bactérias que vivem no corpo humano. Os queijos foram reunidos em uma exposição sobre a biologia sintética, em Dublin, na Irlanda.

Um desses queijos especiais foi produzido a partir dos micro-organismos encontrados no umbigo do escritor Michael Pollan. Outras amostras usadas na produção dos queijos foram retiradas do nariz, pés e até mesmo de lágrimas.

666570 Cientistas criam queijo com bactérias de axilas e pés 02 Cientistas criam queijo com bactérias de axilas e pés

Curiosidades na internet

Daniel Azulay ressurge em curso de desenho online para crianças

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/folhinha/2013/10/1356606-daniel-azulay-ressurge-em-curso-de-desenho-online-para-criancas.shtml

Famoso na década de 1980, o desenhista Daniel Azulay, 66, voltou com suas aulas para crianças. Mas, em vez de estampar seu rosto na TV, ele agora ensina seus traços na internet.

Ele é um dos idealizadores do Diboo, curso online de desenho voltado para o público infantil.

“A ideia é que o curso ajude crianças que, assim como eu, não têm formação acadêmica, mas querem aperfeiçoar o desenho. Quem sabe até fazer disso uma profissão”, diz Azulay.

Na sua opinião, porém, a internet deve ser usada com moderação. “Com a internet, as crianças nunca tiveram tantas alternativas que ajudam a desenvolver a inteligência. Mas, sem supervisão, elas podem ficar o dia inteiro sem fazer nada de útil.”.

Alguns dos personagens de Daniel Azulay

 Ver em tamanho maior »

AnteriorPróxima
Pepê Schettino/Divulgação

i

Daniel Azulay foi o criador da “Turma Lambe-Lambe” e apresentador de um programa de TV dos anos 80 que ensinava crianças a desenhar e pintar

O desenhista carioca criou a Turma do Lambe-Lambe e nas décadas de 1970 e 1980 apresentou, ao lado de seus personagens, um programa de TV que ensinava técnicas de ilustração e dava dicas de como construir brinquedos com o lixo doméstico.

Azulay conta que sua paixão pelo desenho começou cedo: “Minha mãe dizia que eu ficava lambuzando a chupeta e passando pelas paredes”. Aos 13 anos, ele aprendeu o básico em um curso de desenho por correspondência e nunca mais parou.

As aulas do curso online são divididas em 20 fases, incluindo temas como fundo do mar, corpo humano, caricaturas e dinossauros. As opções de assinatura vão de R$ 29,99 a R$ 39,99 por mês.

No ano que vem, a Turma do Lambe-Lambe completa 40 anos e, entre os planos de Azulay, estão a produção de um documentário, um livro e um musical sobre os personagens.

Assista um trecho de uma aula do Diboo:

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

 

 

Desenvolvido um composto que torna qualquer parte do corpo transparente

Acesse:http://noticias.seuhistory.com/desenvolvido-um-composto-que-torna-qualquer-parte-do-corpo-transparente

No Japão, um grupo de cientistas especializados em neurologia conseguiu desenvolver um tratamento inovador, capaz de dar invisibilidade a qualquer célula do corpo humano. Caso intensivo, o tratamento poderia dar transparência a um órgão inteiro ou, até mesmo, uma parte do corpo.

O segredo deste avanço reside em experiências feitas em laboratório, com soluções especifícas que modificam o índice refratário de diferentes partes que compõe a anatomia humana. A conclusão dos cientistas foi de que a frutose é a solução ideal para o tratamento, pois em uma temperatura de 37 graus centígrados ela produz um índice de refração adequado e sem riscos para a estrutura dos órgãos manipulados.

Os resultados foram surpreendentes, depois de testes feitos em ratos: cérebros inteiros e alguns outros órgãos ficaram completamente transparentes depois de embebidos por três dias na solução, sem que as estruturas celulares sofressem nenhuma alteração.

Apesar de negativistas ressaltarem a possibilidade de mau uso desta técnica para funções militares, o estudo foi desenvolvido para o campo da medicina. Mais especificamente para facilitar testes e diagnósticos em pacientes sem os riscos físicos ou evitar o alto custo financeiro dos aparelhos de ressonância utilizados atualmente.

Curiosidades na internet

Estúdio de animação dos EUA recria células do corpo humano em 3D

Acesse:http://www.bbc.co.uk/portuguese/videos_e_fotos/2013/06/130606_galeria_animacao_corpo_humano_fn.shtml

O estúdio de animação, XVIVO, de Connecticut, nos Estados Unidos, transformou os mecanismos do corpo humano em uma animação 3D cujo objetivo é ajudar estudantes e cientistas a encontrar novas formas de compreender o corpo humano.

O projeto inclui representações da medula óssea e do ouvido interno, entre outros.

“Cientistas geralmente têm histórias complexas para contar e nós os ajudamos a simplificar (isso) com a animação e as imagens”, afirmou Michael Astrachan, presidente e fundador da XVIVO.

A animação usa reproduções de imagens de microscópios eletrônicos e ilustrações médicas e fotos para recriar fotos de partes do corpo no nível molecular.

Apesar de o projeto ter usado dados reais, o equipamento usado para produzir as imagens microscópicas não registra cores, então os ilustradores acrescentaram suas próprias tonalidades e matizes.

“Existem vários objetivos para nossas animações médicas”, afirmou Astrachan.

“Várias de nossas mídias científicas são usadas para educar médicos sobre novos alvos moleculares e terapias e parte de nossa arte médica é criada apenas para inspirar as pessoas a aprender mais sobre as maravilhas da biologia.”

Curiosidades na internet

Pepsi Special: refrigerante que bloqueia gordura é lançado no Japão

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/saude/Pepsi-Special-Refrigerante-que-bloqueia-o-aumento-de-gordura-e-lancado-no-Japao/Pepsi Logo

Todos nós sabemos que beber refrigerantes em excesso pode aumentar nossos riscos de contrair doenças crônicas como é o caso do diabetes e da hipertensão, além de aumentar consideravelmente nossa massa corporal. Mas, que tal ter uma opção de refrigerante que impede o aumento de gordura no seu corpo?

A Pepsi acaba de lançar no Japão o primeiro refrigerante com capacidade de diminuir a concentração de gordura no corpo humano e, consequentemente, diminuir o peso do consumidor, a Pepsi Special.

O diferencial da bebida está na presença da dextrina em sua composição, uma fibra solúvel em água que proporciona a sensação de saciedade e reduz a absorção de gordura. Segundo um estudo publicado pela revista Appetite em 2011, o uso de dextrina por pacientes com sobrepeso proporcionou uma saciedade maior e diminuiu a quantidade de energia absorvida com a refeição seguinte.

Pepsi SpecialReprodução: CNET

As propagandas distribuídas pelo país asiático sobre o novo produto garantem que ele mantém o sabor da Pepsi, já conhecido por milhares de consumidores, escondendo as características da fibra presentes no refrigerante. A Pepsi Special também recebeu o certificado da Associação Japonesa de Saúde e Nutrição com a classificação de “Alimento para uso especificamente medicinal”.

Os interessados em testar o refrigerante ‘que promete milagres’ terão que desembolsar US$ 2 por garrafa (cerca de R$ 4). Ainda não se sabe quando a Pepsi Special estará disponível para os consumidores de outros países.

Curiosidades na internet