SP lança RG digital

Acesse: http://olhardigital.uol.com.br/noticia/40175/40175

RG digitalizado

(Foto: Divulgação)
O governo do Estado de São Paulo anunciou hoje o modelo de identificação pessoal digitalizada, que promete ser mais econômico e seguro que o tradicional e armazenará eletronicamente informações como nome, data de nascimento e fotografia.

“É um grande passo no sentido de facilitar a vida do cidadão, que vai ganhar tempo. De outro lado, reduz custos”, afirmou o governador Geraldo Alckmin ao anunciar a novidade que se antecipa a um projeto federal que criará um banco nacional de impressões digitais. O antigo modelo de RG continua valendo.

O novo sistema de digitalização da foto e das impressões digitais está sendo implantado na Central do IIRGD (Instituto de Identificação Ricardo Gumbleton), em 10 postos do interior e em parte do Poupatempo Luz, na capital. Até março, outras regiões receberão mais 200 kits de coleta digitalizada.

Todos os RGs já são emitidos no novo formato, com papel especial, película protetora e borda diferenciada. Além disto, o número do RG aparece em vermelho e negrito, para facilitar a visualização. A foto e a impressão digital também estão mais nítidas.

A expectativa é que até o fim de 2014 o novo sistema esteja implantado em todos os postos do Estado.

Coleta de digitais

O novo RG conta com um sistema de coleta de impressões digitais. Todas os dados biométricos serão guardados digitalmente. “O criminoso, quando vai cometer um crime, apoia em algum lugar, algum vestígio de impressão digital ele deixa. E com esse banco de dados, você vai poder esclarecer o crime”, disse Alckmin.

O banco ainda será alimentado por cadastro do Detran. Em dois anos, a estimativa é de que as impressões digitais de 20 milhões de pessoas estejam cadastradas.

Como tirar 

Para tirar a carteira de identidade, o cidadão precisa se dirigir aos postos do Poupatempo, à sede e aos demais postos do IIRGD. A primeira via é gratuita, como no formato tradicional. É necessário levar Certidão de Nascimento ou Casamento, além de foto 3×4 recente, no caso dos postos que ainda não têm o sistema eletrônico.

Curiosidades na internet

Simulador torna mais cara 1ª carteira de motorista

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2014/01/1392660-simulador-torna-mais-cara-1-carteira-de-motorista.shtml

A obrigação de que candidatos à primeira habilitação façam aulas de direção em simuladores tornará ao menos R$ 200 mais caro tirar a carteira de motorista.

A norma que impõe uso de simuladores entrou em vigor anteontem em todo o país.

Depoimento: Autoconfiança prega peça em motorista experiente

Serão cinco aulas obrigatórias de meia hora cada, conforme resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito). Cada uma custará em média R$ 40, segundo o Sindicato das Auto e Moto-Escolas do Estado de São Paulo.

A considerar que a primeira habilitação em São Paulo custava, antes da obrigatoriedade do simulador, R$ 1.200 (segundo o sindicato), isso representará aumento de 16% no custo para o condutor.

O preço varia nos Estados. Em Santa Catarina, cinco aulas sairão por R$ 284. Lá o valor é tabelado pelo Estado.

As autoescolas repassarão a despesa para o condutor -sindicatos da categoria em todo o país protestaram em Brasília em dezembro para barrar a medida, sem sucesso.

Entre as queixas estão o fato de não haver comprovação da eficácia da medida e que o simulador é caro -o uso deveria ser facultativo, dizem.

Um equipamento custa até R$ 40 mil. A maioria das autoescolas optou pelo comodato, espécie de aluguel por mensalidades entre R$ 750 e R$ 2.000, a depender do número de aulas no simulador.

O Detran paulista diz que o compartilhamento é permitido. Quatro empresas estão aptas a fornecer os aparelhos.

Editoria de Arte/Folhapress

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet