Vem aí uma vacina contra a diabetes

Acesse:http://www.istoe.com.br/reportagens/311058_VEM+AI+UMA+VACINA+CONTRA+A+DIABETES

Cientistas anunciam a eficácia, em humanos, de um imunizante para o controle do tipo 1 da doença. Além disso, a ciência apresenta novos remédios e até a criação de pâncreas artificial

Monique Oliveira, de Chicago (EUA)

Pesquisadores da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos, anunciaram na última semana um passo importante em direção à primeira vacina contra a diabetes. Os cientistas criaram um imunizante que se mostrou eficaz para controlar, em humanos, o tipo 1 da doença, que ocorre porque o sistema imunológico do próprio corpo passa a atacar as células beta, situadas no pâncreas, que fabricam a insulina. O hormônio permite a entrada, nas células, da glicose circulante na corrente sanguínea. Com menos insulina, há um acúmulo de açúcar no sangue, o que caracteriza a diabetes. O outro tipo, o 2, é resultado de alterações promovidas principalmente pela obesidade.

chamada.jpg

A vacina impediu o ataque de um tipo de célula CD8 – integrantes do sistema imunológico – às células beta (leia mais no quadro). “Estamos muito excitados com o resultado. Sugere que o sonho de interromper o ataque do sistema imunológico a células específicas pode ser realizado”, afirmou Lawrence Steinman, um dos líderes da pesquisa realizada com 80 pacientes. Os cientistas planejam expandir os experimentos para investigar a eficácia do remédio em mais indivíduos.

Interromper a destruição comandada pelo corpo é um dos objetivos perseguidos por cientistas em todo o mundo. Recentemente, a Diabetes UK, entidade inglesa de combate à doença, anunciou um ambicioso projeto de pesquisa em busca de uma vacina com esse propósito. Por essa razão, o feito dos americanos foi saudado. “Pela primeira vez temos evidência da eficácia de uma vacina em humanos. É um passo significativo em direção a um mundo sem diabete tipo 1”, afirmou Karen Addington, especialista inglesa.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Toshiba apresenta aparelho que detecta doenças com análise de hálito

Acesse:http://www.em.com.br/app/noticia/tecnologia/2014/03/18/interna_tecnologia,509085/toshiba-apresenta-aparelho-que-detecta-doencas-com-analise-de-halito.shtml

AFP – Agence France-Presse

Expectativa da empresa é de que o aparelho seja comercializado em 2015 (AFP PHOTO / Yoshikazu TSUNO )
Expectativa da empresa é de que o aparelho seja comercializado em 2015

 

TÓQUIO – O grupo japonês Toshiba apresentou nesta terça-feira uma máquina que analisa o hálito com o objetivo de permitir que os profissionais de saúde detectem algumas doenças, apenas 30 segundos depois de o paciente soprar no aparelho.

Este protótipo, do tamanho de um forno de micro-ondas, conta com um dispositivo eletrônico de análise que permite quantificar a presença de acetaldeído, metano ou acetona, característica de certas patologias (diabetes, problemas estomacais, etc).

“O hálito exalado na máquina se irradia com laser infravermelho e assim são detectados rastros de gases”, explicou a Toshiba.

A empresa tem a intenção de prosseguir com as pesquisas com universidades e outros estabelecimentos e ampliar o espectro de gases detectados.

Curiosidades na internet

Google anuncia projeto de lentes de contato que monitoram diabetes

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/google/Google-anuncia-projeto-de-lentes-de-contato-que-monitoram-diabetes/

Google Lentes de contato

Enviar por Email

mbra de quando o Google anunciou, em setembro do ano passado, o lançamento da Calico? A empresa pretende atuar no segmento de saúde e terá como objetivo criar tecnologias para tratar questões do envelhecimento e prolongar a vida dos seres humanos. A questão é que, desde aquela época, não houve nenhum produto ou acessório relacionado a essa divisão. Pelo menos até agora: a companhia revelou que está desenvolvendo lentes de contato que vão ajudar pessoas com diabetes a controlar os níveis de açúcar.

O projeto das lentes de contato para diabéticos já havia sido divulgado pela Bloomberg na semana passada, quando o site relatou que funcionários do Google se reuniram com a FDA. Segundo a empresa norte-americana, o diabetes afeta uma em cada 19 pessoas em todo o mundo, e os níveis de glicose mudam com frequência devido a vários fatores – por isso a dificuldade em medir tais níveis e, assim, desenvolver uma tecnologia mais prática ao dia a dia.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Conheça cinco alimentos que ‘escondem’ açúcar

Acesse:http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2014/02/140210_cinco_alimentos_acucar_lgb.shtml

Pão | Crédito: APPão é um dos alimentos ricos em açúcar, grande parte do qual natural, resultado do processo de fermentação

É consenso entre médicos e pacientes que a ingestão excessiva de açúcar é extremamente prejudicial para a saúde.

Porém, o que pouca gente sabe é que alimentos que aparentemente são vendidos como “saudáveis”, na verdade, contêm altas doses da matéria-prima.

Segundo uma pesquisa realizada por cientistas americanos e publicada em 2012, o consumo mundial do açúcar triplicou nos últimos 50 anos e está ligado a inúmeras doenças, como obesidade, diabetes e câncer.

Uma nova campanha da ONG Action on Sugar elaborou uma lista em que figuram alguns alimentos que “escondem” grandes quantidades de açúcar.

O objetivo, além de conscientizar o público, é pressionar os fabricantes a reduzir a quantidade do subproduto da cana.

Conheça, a seguir, cinco desses alimentos.

1 – Alimentos com 0% de gordura

Alimentos com 0% de gordura não possuem, necessariamente, 0% de açúcar. Este é o caso dos iogurtes.

Nesses alimentos, o açúcar normalmente é adicionado para dar sabor e cremosidade ao produto quando a gordura é removida.

Um iogurte de 150 gramas com 0% de gordura pode ter, por exemplo, até 20 gramas de açúcar – o equivalente a cinco colheres de chá, alerta a Action on Sugar.

Esse valor equivale à metade da quantidade diária de açúcar recomendada para mulheres, que é de 50 gramas. Nos homens, a taxa diária é um pouco superior, de 70 gramas.

“O problema é que as pessoas que compram comida com 0% de gordura querem consumir um alimento com um gosto semelhante ao de 100% de gordura”, afirma a nutricionista Sarah Schenker.

“Para adequar seus produtos ao paladar dos clientes, os fabricantes adicionam açúcar quando a gordura é retirada. Se as pessoas querem alimentos mais saudáveis, precisam aceitar que eles tenham uma aparência e um gosto um pouco diferente”, acrescenta Schenker.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

TOP 5 coisas que você precisa saber sobre a saúde do seu coração

Acesse:http://www.jornalciencia.com/saude/corpo/3485-top-5-coisas-que-voce-precisa-saber-sobre-a-saude-do-seu-coracao

 

Dois em cada três norte-americanos não sabem o que é um índice de massa corporal (IMC) saudável. E essa afirmação se estende em boa parte da população mundial.

Uma nova pesquisa afirma que, além do resultado do IMC, alguns outros números podem dizer às pessoas se elas estão em risco numa variedade de problemas de saúde.

Pesquisadores da Universidade Estadual de Ohio entrevistaram mais de 2.000 adultos de todo os Estados Unidos e perguntaram-lhes sobre o IMC. Por exemplo, se uma pessoa apresenta um IMC de 24, ela está abaixo do peso, obesa ou em seu peso normal?  Apenas 38% dos entrevistados responderam corretamente, que um IMC de 24 é considerado peso normal. 62% das pessoas responderam equivocadamente ou disseram não ter certeza sobre a afirmação.

O IMC é um número calculado a partir do peso e da altura de uma pessoa, e fornece um indicador confiável de gordura corporal e o risco de problemas cardíacos para a maioria da população. No entanto, o IMC não constitui um quadro completo de saúde. Por exemplo, os atletas com uma grande quantidade de massa muscular podem ter um IMC que os coloca na categoria de pessoas abaixo do peso, ainda que eles estejam geralmente muito saudáveis.

Assim, os pesquisadores salientam que, além do IMC, as pessoas devem saber outros quatro números para obter uma boa imagem de sua saúde: a sua pressão arterial, níveis de colesterol, níveis de açúcar no sangue e o comprimento da circunferência de sua cintura. “Realmente, existem cinco números que todos devem saber quando se trata da saúde do coração“, disse Martha Gulati, diretora de cardiologia preventiva e saúde cardiovascular das mulheres no Centro Médico Wexner da Universidade de Ohio. “Depois que se aprendem os números, eles não só podem te dizer o quão saudável você é hoje, mas pode ajudar o médico a prever problemas cardíacos no futuro”.

Foto: Reprodução / Afcmed

 

Aqui estão os cinco números que cada pessoa deve saber:

O seu IMC

Esse índice compara a altura de uma pessoa ao seu peso. É calculado dividindo-se o peso de uma pessoa (medido em quilogramas) pelo quadrado da sua altura (medida em metros). Um IMC inferior a 18,5 indica que o indivíduo está abaixo do peso. Entre 18,6 e 24,9, é considerado normal. Já um IMC de 25 a 29,9, demonstra sobrepeso na pessoa, e 30 ou mais é considerado obesidade.

Saber onde você se encontra dentro desse espectro é realmente importante, porque às vezes as pessoas vão ser muito receptivas ao seu peso, pensando: ‘Bem, esse número parece razoável. Porém, é razoável para a sua altura?’”, afirma Gulati.

Sua circunferência da cintura

Seu tamanho da cintura é importante porque é um indicador de gordura na barriga. Pessoas com muita quantidade de gordura nesta região estão em maior risco de doença cardíaca e diabetes tipo 2. A circunferência da cintura no nível do umbigo é outra medida útil para se estimar o risco de doença cardíaca. Para as mulheres, a circunferência da cintura deve medir menos de 35 polegadas (89 centímetros), e para os homens, ela deve ser inferior a 40 polegadas (102 cm).

Colesterol

Colesterol alto pode levar a doenças cardíacas e derrames. Os níveis de LDL (“colesterol ruim”) devem ser inferiores a 100 miligramas por decilitro (mg/dL). Em uma pessoa saudável, o número “total” de colesterol é abaixo de 200 mg/dL.

Açúcar no sangue

Os níveis elevados de glicose no sangue podem causar diabetes, o que aumenta o risco de doenças cardiovasculares e pode conduzir a outros problemas, tais como problemas renais, de visão e danos nos nervos. O número de açúcar no sangue saudável é abaixo de 100 depois de não comer por oito horas (nível de açúcar no sangue em jejum).

Pressão arterial

Dois números são usados para medir a pressão arterial: a pressão sistólica (quando o coração bate) e a pressão diastólica (quando o coração relaxa entre os batimentos). A pressão arterial normal está abaixo de 120/80 milímetros de mercúrio (mmHg).

Cerca de um terço dos americanos têm pressão alta, também chamada de hipertensão. Mudanças simples no estilo de vida, como a redução de sódio na dieta, parar de fumar, e certas medicações podem ajudar também a regular esse nível.

Curiosidades na internet

Diabetes: má alimentação e estilo de vida são vilões da doença

Acesse: http://noticias.r7.com/saude/diabetes-ma-alimentacao-e-estilo-de-vida-sao-viloes-da-doencanbspnbsp-12112013

No Brasil, serão quase 20 milhões de brasileiros diabéticos até 2030

Fabiana Grillo e Vanessa Sulina, do R7

Número de portadores de diabetes deverá subir dos 13,4 milhões atuais para 19,6 milhões em 2030Thinkstock

 

Ano após ano, o número de pessoas diagnosticadas com diabetes só aumenta. A previsão da ciência e dos especialistas é bastante pessimista. Hoje, em todo o mundo, 382 milhões são portadores da doença, segundo dado deste ano da IDF (Federação Internacional do Diabetes). Em 2035, a estimativa é que este número salte para 592 milhões. Em 2000, havia 177 milhões de diabéticos no planeta.

No Brasil, a situação é a mesma. O número de portadores de diabetes deverá subir dos 13,4 milhões atuais para 19,6 milhões em 2030. O crescimento deve ser de 58% em apenas 20 anos, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde). O País é o quarto em número de diabéticos no mundo, só perde para China, Índia e Estados Unidos. Não pense que você não poderá fazer parte desse grupo. Além da hereditariedade, o estilo de vida e a má alimentação são os dois grandes vilões para se desenvolver o diabetes, de acordo com os especialistas ouvidos pelo R7.

Doença crônica da modernidade, a obesidade é um dos principais fatores para o desencadeamento do diabetes tipo 2, conforme explica o endocrinologista Balduíno Tschiedel, presidente da SBD (Sociedade Brasileira de Diabetes).

— A obesidade está aumentando por causa do estilo de vida. As pessoas cada vez menos precisam fazer esforço físico para exercer as atividades do dia a dia, isso por conta dos avanços tecnológicos. Elas exercem menos atividade física e as porções de alimentos estão aumentando. Há mais gordura, mais açucares para o alimento ficar cada vez mais chamativo.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Dicas para deixar de comer fritura

Acesse:http://www.mundodastribos.com/dicas-para-deixar-de-comer-fritura.html

A fritura prejudica o coração e contribui com o ganho de peso. Confira dicas para abandonar de vez os alimentos fritos.

Batatinha, mandioca, carne, ovo e muitos outros alimentos adquirem um sabor especial quando submetidos à fritura. No entanto, este modo de preparo oferece sérios riscos ao organismo.

660641 Dicas para deixar de comer fritura Dicas para deixar de comer fritura

EFEITOS NEGATIVOS DA FRITURA

A fritura se destaca como uma das grandes ameaças para a saúde. Ela é responsável por transformar a gordura insaturada em saturada e com isso pode desencadear uma série de doenças.

O hábito de consumir alimentos fritos aumenta as chances de doenças cardiovasculares  e também contribui com a formação de uma substância cancerígena, denominada acroléina.  A fritura também é responsável por acúmulo excessivo de gordura corporal, o que desencadeia obesidade, colesterol elevado, gastrite e diabetes.

Os alimentos fritos fazem mal porque apresentam características inflamatórias. Quando consumidos com frequência, eles elevam a sensação de cansaço e deixam o corpo com menos energia.

FRITURA: COMO DEIXAR DE COMER?

Mesmo com a fritura representando tantos perigos para a saúde, algumas pessoas sentem dificuldades para renunciar aos alimentos fritos.

Confira a seguir dicas para deixar de comer fritura:

660641 Dicas para deixar de comer fritura 2 Dicas para deixar de comer fritura

Invista em outras formas de preparar os alimentos
Ao invés de fritar os alimentos, é recomendado aderir outras formas de preparo. Cozidos, refogados, grelhados e assados são as melhores opções para o cardápio.

Muitas pessoas não sabem assar ou grelhar os alimentos e sempre consideram a fritura como a alternativa mais saborosa. Contudo, basta aprender as técnicas de culinária para garantir uma refeição suculenta, com a menor quantidade possível de gordura.

Faça uma dieta
A fritura é a principal inimiga de uma alimentação saudável e com baixo valor calórico. Se a pessoa fizer uma dieta para emagrecer, ela também acaba sendo obrigada a deixar as comidas fritas de lado.

660641 Dicas para deixar de comer fritura 1 Dicas para deixar de comer fritura

Torne a fritura menos nociva
Se a pessoa não consegue banir completamente as frituras da alimentação, é preciso conhecer técnicas para tornar os alimentos fritos menos nocivos à saúde.

A fritura é menos prejudicial quando não chega a ponto de fumaça. No entanto, é importante tomar cuidado com o óleo em temperatura muito baixa, pois ele pode encharcar o alimento. Outra forma de deixar a fritura menos prejudicial é apostando em óleos mais saudáveis, como canola, soja, milho e girassol.

Sempre depois de realizar uma fritura, é importante remover o excesso de gordura cm um papel absorvente.

Curiosidades na internet