Nasa cria parte de motor de foguete com impressora 3D

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/produtos/digital_news/noticias/nasa-cria-parte-de-motor-de-foguete-com-impressora-3

Impressoras 3D

A impressão tridimensional avança a cada dia e a Nasa, que já tinha investido em uma impressora de pizzas, decidiu usar a tecnologia em máquinas mais pesadas. A agência espacial norte-americana informou ter concluído testes envolvendo um motor de foguete.

O motor injetor do foguete foi inteiro feito por meio de uma impressora 3D.

Os testes foram realizados em parceria com a Aerojet Rocketdyne, em Cleaveland. A Nasa realizou uma série de disparos de oxigênio líquido e de hidrogênio gasoso na montagem do foguete para demonstrar que é possível fabricar componentes altamente críticos usando essa nova tecnologia.

A Aerojet projetou e fabricou o injetor com um método que utiliza feixes de laser de alta potência para derreter e fundir pós metálicos finos em estruturas tridimensionais. Ou seja, imprimiram em 3D usando materiais pesados.

Michael Gazarik, da Nasa, disse em nota que a agência pode, no futuro, usar a tecnologia para imprimir peças em 3D em missões no espaço, o que economizaria tempo e tornaria a tarefa mais fácil de ser executada.

Levaria mais de um ano para se produzir o injetor testado em Cleaveland, por exemplo, sendo que a impressora o fez em apenas quatro meses.

Curiosidades na internet

Calvice Genética: Como Identificar

Acesse:http://www.mulherbeleza.com.br/cabelos/calvice-genetica-como-identificar/

A calvice genética é muito comum e não ataca somente homens, as mulheres também sofrem com essa problema que é transmitido geneticamente pelo pai ou pela mãe.

A calvice trás vestígios e você deve ficar atenta (o).

Quando o assunto é genética sem dúvidas certas imperfeições herdamos do nosso pai ou mãe. A calvice é muito comum em homens, mas segundo dermatologistas as mulheres também herdam esse problema estando cada vez mais comum no meio feminino.

Vilão dos homens a calvice começa devagar e quando demos contas estamos com cabelos ralos e o aparecimento do couro cabeludo. Mas é importante citar que  calvície genética pode pular gerações e que membros de uma mesma geração podem ter graus diferentes de calvície.

Como Identificar:

O DHT é o hormônio causador da calvície, uma vez que ele se liga ao DNA das células das raízes dos cabelos e faz com que elas trabalhem cada vez menos. Por conta disso, os folículos vão ficando atrofiados de forma gradativa, e os cabelos que estavam em seu interior caem mais do que o normal, sendo substituídos por cabelos mais finos, curtos e frágeis. Aparecendo então as entradas e coroas.

Fique atento nas escovas de cabelo, se estiver fios mais que o normal já pode ser um sintomas da calvice, no banho os ralos também demonstram a quantidade de cabelos perdidos, é muito comum notar números cabelos exagerados na cama e até roupas. Caso tenha  esses sintomas procure seu dermatologista.

Hoje temos alguns tratamentos que prometem inibir a calvice, com a ação da enzima 5-alfa redutase impede a formação da DHT e o processo de atrofia do folículo não se manifesta. Com isto podemos ter a interrupção do quadro e a melhora da calvície.

Curiosidades na internet

HP lança novos notebooks da família Pavilion Sleekbook na CES 2013

Acesse:http://www.techtudo.com.br/lancamentos/noticia/2013/01/hp-lanca-novos-notebooks-da-familia-pavilion-sleekbook-na-ces-2013.html

A HP lançou dois novos Pavilion durante a CES 2013. Integrantes da linha Sleekbook, os dois novos portáteis são finos e leves o suficientes para serem considerados ultrabooks. Só que não são. Ambas as unidades usam APUs da AMD, o que não permite o título ultrabook. A HP aposta em telas de 15,6 polegadas (1366 x 768 pixels), baterias removíveis e dispõem de teclados grandes o suficientes para acomodar os teclados numéricos completos.

Pavilion Sleekbook e o quase ultrabook da HP (Foto: Reprodução)Pavilion Sleekbook e o quase ultrabook da HP (Foto: Reprodução/Engadget)

Os dois modelos são, praticamente, o mesmo. A única diferença é que um deles usa tela touchscreen. O modelo com tela comum será comercializado com uma APU Trinity A6, 4 GB de RAM e 500 GB de espaço no disco rígido. O modelo com tela sensível ao toque terá hardware mais potente: APU A8, 6 GB de RAM e 750 GB de espaço em disco. A versão com tela touch tem espessura de 23 mm, ao passo que o irmão, com tela convencional, mede 21 de mm de espessura.

Os dois modelos contam com a tecnologia HP CoolSense, que em resumo, visa melhorar o rendimento do sistema de refrigeração da máquina em diversas condições de uso, de forma a garantir o conforto do usuário. Integrantes da linha de entrada da HP, será possível comprar os Pavilion Sleekbook com três opções de cores diferentes.

De acordo com o fabricante, ambos deverão estar no mercado até o fim de fevereiro. O Pavilion Sleekbook sem tela touch custará US$ 499, aproximadamente RS$ 1020. O Sleekbook Touchsmart terá preço de US$ 699, algo próximo a RS$ 1425, levando-se em conta a cotação do dólar em 8/1

Curiosidades na internet