São Paulo tem etanol e gasolina mais baratos do País

Acesse:http://noticias.r7.com/economia/noticias/sao-paulo-tem-etanol-e-gasolina-mais-baratos-do-pais-20121204.html

Pesquisa da Ticket Car identifica preços de combustíveis praticados em outubro

O motorista de São Paulo foi o que pagou mais barato para abastecer o carro com gasolina ou com etanol. Segundo o Ticket Car, em outubro, o preço médio do etanol ficou em R$ 1,792 o litro e a gasolina em R$ 2,678 o litro no Estado.

A pesquisa também mostrou que só era vantajoso abastecer com etanol em São Paulo, Mato Grosso e Goiás. A gasolina é o combustível mais econômico nos outros 23 Estados e no Distrito Federal, com média de R$ 2,87 o litro.

O Acre é o Estado que possui a gasolina mais cara do País. Lá o combustível custava, em outubro, R$ 3,287 o litro. E Roraima tem o etanol mais caro do Brasil (R$ 2,588 o litro).

O Ticket Car fez o levantamento em mais de 14 mil postos credenciados à sua rede, os preços médios dos combustíveis nos 26 Estados brasileiros, além do Distrito Federal.

Grande SP

A pesquisa do Ticket Car de outubro mostrou que o etanol ficou 0,64% mais barato para o motorista da capital paulista, encontrado, em média, a R$ 1,76 o litro. A gasolina também sofreu ajuste, e o valor médio está cotado a R$ 2,64 o litro, 0,06% mais barato que no mês anterior.

Nos 14 municípios da Grande SP, os motoristas de Taboão da Serra são os que pagam os menores preços pelo etanol e pela gasolina, em média R$ 1,69 o litro e R$ 2,50 o litro, respectivamente.

Já os motoristas de Barueri desembolsam em média R$ 1,90 pelo litro do etanol e, em média, R$ 2,76 pelo litro da gasolina.

Segundo o coordenador de produto do Ticket Car, Eduardo Lopes, para quem tem veículo flex, a dica é fazer uma conta simples na hora de abastecer.

— Divida o preço do etanol pelo da gasolina. Resultados inferiores ou até 70% dão vantagem para o combustível vegetal, mais que isso o derivado do petróleo é a melhor opção. Vale a pena lembrar que mesmo nos casos de vantagem econômica para a gasolina, o etanol é sempre ecologicamente mais indicado

Continue lendo… Clique aqui…

Curiosidades na internet

Tarifa de ligação telefônica deve cair em 2013, com redução de taxa pela Anatel

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/telecom/Tarifa-de-ligacao-deve-cair-em-2013-devido-a-reducao-de-taxa-pela-Anatel/

ANATEL

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) aprovou nesta quinta-feira (1) um novo regulamento para o setor nacional de telefonia: as taxas cobradas pelas operadoras em ligações para outras empresas de telefonia móvel devem cair consideravelmente. A notícia saiu na Folha de S. Paulo.

O documento prevê que a taxa (que encontra-se atualmente em R$ 0,42) cairá para R$ 0,33 em 2013, R$ 0,25 em 2014 e R$ 0,16 em 2015. No ano seguinte, as empresas deverão seguir um novo modelo de custos, o qual ainda não foi regulamentado pela Anatel. Apenas para servir como parâmetro de comparação: nos Estados Unidos, esta taxa é inferior a R$ 0,10, e na Europa é de aproximadamente R$ 0,07.

Por enquanto é cedo para se determinar o impacto que tal medida causará na conta dos consumidores. De acordo com o conselheiro Marcelo Bechara, relator do processo, a medida oferece previsibilidade ao setor, fato positivo tanto para empresas quanto para consumidores. “Para que não haja uma queda brusca, nós propusemos uma escada [para os preços] até 2015”.

O conselheiro optou por acabar com o chamado ‘efeito clube’, que ocorre quando o preço de ligação para telefones de uma mesma operadora é bem menor do que para as outras. Ele prevê uma equiparação destes valores em todas as companhias telefônicas e acredita que, com a redução das taxas em escala gradativa, os preços já sejam reduzidos naturalmente pelas empresas.

Foi definido, ainda, que as operadoras pequenas que não possuem cobertura nacional deverão pagar uma menor taxa de roaming. Tal medida irá beneficiar empresas como a CTBC (que opera em Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul e interior de São Paulo) e Sercomtel (do Paraná). A Nextel, que possui licença para cobertura nacional mas não dispõe de rede em todas as regiões brasileiras, também será beneficiada. Os valores ainda não foram especificados.

Outra definição do novo regulamento obriga as empresas a compartilharem torres, dutos, valas e cabos. A fibra óptica não foi incluída nas regras de compartilhamento. Os valores cobrados por cada empresa ainda deverão ser apresentados à Anatel.

Curiosidades na internet

Anatel divulga lista de municípios que terão ligações gratuitas em orelhões

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/mercado/1148206-anatel-divulga-lista-de-municipios-que-terao-ligacoes-gratuitas-em-orelhoes.shtml

A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) divulgou nesta terça-feira (4) a lista atualizada dos municípios em que a empresa Oi está proibida de cobrar pelas ligações feitas a partir de orelhões.

A medida foi tomada há pouco mais de uma semana e beneficia os usuários que usarem o aparelho público para realizar chamadas locais para telefones fixos. A determinação vale até 30 de outubro para 1.278 municípios. Em 742 municípios dos 21 Estados afetados pela medida, o prazo será maior: até 31 de dezembro deste ano.

Veja a lista completa no site da Anatel

No total, 2.020 municípios foram incluídos na determinação da agência em 21 Estados. Ficaram de fora São Paulo, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Mato Grosso e Tocantins.

A Anatel estima que cerca de 29% da população pode ser beneficiada pela proibição da cobrança.

Marcelo Sayão –
Telefones públicos da Oi no Rio; empresa está proibida de cobrar ligações locais a partir de orelhões de 2.020 municípios
Telefones públicos no Rio; Oi está proibida de cobrar ligações locais a partir de orelhões de 2.020 municípios

A Oi já havia divulgado uma lista com as cidades com orelhões que fazem ligação gratuita.

De acordo com a agência, a medida foi criada a partir de uma fiscalização feita nos telefones públicos, de todas as concessionárias, em setembro do ano passado.

A agência constatou que 30% dos equipamentos públicos da Oi não funcionavam devidamente. Além disso, em algumas regiões em que a empresa opera não há quantidade suficiente de orelhões instalados –são necessários quatro para cada mil habitantes, em cada município.

Curiosidades na  internet