Daniel Azulay ressurge em curso de desenho online para crianças

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/folhinha/2013/10/1356606-daniel-azulay-ressurge-em-curso-de-desenho-online-para-criancas.shtml

Famoso na década de 1980, o desenhista Daniel Azulay, 66, voltou com suas aulas para crianças. Mas, em vez de estampar seu rosto na TV, ele agora ensina seus traços na internet.

Ele é um dos idealizadores do Diboo, curso online de desenho voltado para o público infantil.

“A ideia é que o curso ajude crianças que, assim como eu, não têm formação acadêmica, mas querem aperfeiçoar o desenho. Quem sabe até fazer disso uma profissão”, diz Azulay.

Na sua opinião, porém, a internet deve ser usada com moderação. “Com a internet, as crianças nunca tiveram tantas alternativas que ajudam a desenvolver a inteligência. Mas, sem supervisão, elas podem ficar o dia inteiro sem fazer nada de útil.”.

Alguns dos personagens de Daniel Azulay

 Ver em tamanho maior »

AnteriorPróxima
Pepê Schettino/Divulgação

i

Daniel Azulay foi o criador da “Turma Lambe-Lambe” e apresentador de um programa de TV dos anos 80 que ensinava crianças a desenhar e pintar

O desenhista carioca criou a Turma do Lambe-Lambe e nas décadas de 1970 e 1980 apresentou, ao lado de seus personagens, um programa de TV que ensinava técnicas de ilustração e dava dicas de como construir brinquedos com o lixo doméstico.

Azulay conta que sua paixão pelo desenho começou cedo: “Minha mãe dizia que eu ficava lambuzando a chupeta e passando pelas paredes”. Aos 13 anos, ele aprendeu o básico em um curso de desenho por correspondência e nunca mais parou.

As aulas do curso online são divididas em 20 fases, incluindo temas como fundo do mar, corpo humano, caricaturas e dinossauros. As opções de assinatura vão de R$ 29,99 a R$ 39,99 por mês.

No ano que vem, a Turma do Lambe-Lambe completa 40 anos e, entre os planos de Azulay, estão a produção de um documentário, um livro e um musical sobre os personagens.

Assista um trecho de uma aula do Diboo:

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

 

 

Livro de 2 cm² é descoberto nos Estados Unidos. O que há nele?

Acesse:http://www.megacurioso.com.br/literatura/37601-livro-de-2-cm-e-descoberto-nos-estados-unidos-o-que-ha-nele-.htm

Obra foi lançada em 1965 e possui textos que não podem ser identificados por olhos humanos.

Livro de 2 cm² é descoberto nos Estados Unidos. O que há nele?

Imagine qual seria a sua curiosidade ao se deparar com um livro de apenas 2 cm² e 1 mm de espessura. Certamente, você ficaria com muita vontade de descobrir o que está sendo dito nele — e não precisa se sentir culpado, pois a sensação seria a mesma para a grande maioria das pessoas. Mas como fazer para ler algo assim? Apenas com os olhos humanos seria impossível.

Na Universidade de Iowa (Estados Unidos), um livro com as dimensões que foram mencionadas anteriormente foi encontrado em uma biblioteca que reúne mais de 4.000 obras em miniatura. A bibliotecária responsável pelo encontro afirma que ele estava na caixa de “microminiaturas”, sendo ainda menor do que os outros itens que estariam na mesma coleção.

Só era possível identificar a capa, que mostra uma cruz dourada em meio a uma superfície vermelha. Com isso, havia grandes chances de o pequeno livro ser uma versão reduzida de uma bíblia, mas a bibliotecária Colleen Theisen queria ir além. Como informa o The Atlantic, Theisen recebeu a ajuda de Giselle Simón para colocar a obra em um microscópio da Biblioteca de Iowa, conseguindo identificar qual era a editora do livro.

Fonte da imagem: Reprodução/The Atlantic

Com isso, conseguiram chegar ao nome da Toppan Printing. Rastreando e cruzando informações, conseguiram descobrir que o livro foi lançado na Feira Mundial de Nova York de 1965. Mas ele não era uma obra independente, pois fazia parte de um conjunto com uma versão maior do mesmo texto: o primeiro capítulo do Gênesis (livro da Bíblia) Anglicana. escrito pelo Rei James para a igreja Anglicana.

Curiosidades na internet

Livro ensina a viver em São Paulo sem carro

Acesse:http://ultimosegundo.ig.com.br/brasil/sp/2012-07-01/livro-ensina-a-viver-em-sao-paulo-sem-carro.html

Enviado por J A C A N I E L L O

“Como viver em São Paulo sem carro” traz histórias de 12 personagens da cena paulistana que agora andam pela cidade a pé, de bicicleta ou transporte público

Claudio Edinger

Ex-jogador Raí abandonou a direção em 2008

 “Eu sou mais feliz desde que parei de guiar. Sou mais leve, não tenho de me preocupar onde parar o carro, não penso em multas, na hora do congestionamento, falo no celular, ouço música.” Raí, ex-jogador de futebol, abandonou “a direção” em 2008 e só anda por São Paulo a pé, de bicicleta ou de táxi (dependendo do trajeto). Suas experiências e de outros 11 personagens – como Maria Adelaide Amaral, Tadeu Jungle e Rita Lobo – da cena paulistana são relatadas no livro “Como viver em São Paulo sem carro”, idealizado pelo empresário Alexandre Lafer Frankel e escrito pelo jornalista Leão Serva. As fotografias são de Claudio Edinger e as ilustrações, de Eva Uviedo.

O lançamento será no dia 5 de julho, às 20h, no restaurante Spot. Com 81 páginas, o livro apresenta trajetos favoritos e dicas de lazer, cultura, gastronomia e de caminhos para quem se aventurar no mundo “livre de veículos”. “Tem riscos ao andar de bicicleta. Tomo muitos cuidados, o tempo todo. É preciso planejar os caminhos”, sugere o ex-jogador.

Tadeu Jungle, cineasta e videoartista, gosta de fazer tudo a pé. Ele mora nos Jardins. “Morar em um bairro mais central implica ter menos espaço em casa. Assim, tenho uma cozinha menor, mas
não me importo: saio frequentemente para jantar fora, tenho ótimos restaurantes perto de casa.” Ele revela que não conseguiu abandonar totalmente o carro, mas reduziu “a necessidade”.

Divulgação

Roteiro a pé sugerido por Tadeu Jungle no bairro Jardins, onde mora

Criadora do site Panelinha e apresentadora do Cozinha Prática (GNT), Rita Lobo procurou conciliar casa, trabalho e escola dos filhos tudo no mesmo bairro. “Quando vou de uma região da
cidade para outra, ainda uso carro ou táxi. Mas procurei organizar as coisas para que toda minha estrutura básica de vida fique dentro do bairro que escolhi para morar, os Jardins.” A dica é que o pedestre tem de ter equipamentos apropriados, como uma sandália confortável.

Liberte-se do vício

Claudio Edinger

Alexandre Frankel decidiu não renovar sua carteira de habilitação

Alexandre Frankel diz que a ideia de lançar “Como viver em São Paulo sem carro” foi para “mostrar às pessoas uma outra possibilidade”. “Andar a pé e de transporte público é cool. O chique é poder chegar rápido e não ficar horas no trânsito. Carro é um atraso de vida. Não é pecado usá-lo, mas não se pode ser dependente dele. A pessoa prejudica sua vida sem perceber que pode sair fora desse vício”, diz.

A empresa de Frankel, a Vitacon, é uma incorporadora que desenvolve projetos fundamentados em novas opções de mobilidade urbana (como o aluguel de carros e bicicletas para os moradores), em terrenos próximos a estações do metrô, procurando aproximar as pessoas de seus locais de trabalho.

O empresário acredita que este é o caminho para uma cidade com menos trânsito, menos estresse e mais horas livres para outras atividades. “O que dita regra nos nossos projetos é a mobilidade. Onde há muitos prédios comerciais colocamos residenciais e vice-versa. A lei de zoneamento de São Paulo e de grandes cidades brasileiras é um horror. As pessoas gastam de 4 a 5 horas por dia para sair da periferia e ir para o centro trabalhar.”

O empresário abandonou o carro há alguns anos e decidiu não renovar a carteira de habilitação. Levou a sede de sua empresa para o bairro onde mora e faz tudo o que pode a pé. Os filhos e a mulher também. Ele defende o modelo da cidade compacta, concebida exatamente como o lugar da diversidade social e econômica, de bairros que misturam classes sociais e atividades, de forma que todos possam ficar a curtas distâncias do trabalho. “É possível fazer esta mudança. Viver perto com qualidade.”

O livro traz ainda dados inéditos levantados em uma pesquisa de opinião pública realizada pelo instituto Ipespe (Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas) sobre como os moradores se relacionam com a questão da mobilidade urbana. Segundo a pesquisa, 65% dos paulistanos estariam propensos a mudar suas residências para locais perto do trabalho, desde que mantido o mesmo padrão de vida, para fugir do trânsito. O estudo também mostra que para a mesma porcentagem da população (65%), o trânsito é considerado o pior problema da cidade, à frente da poluição. “Queremos que o livro gere movimento, que as pessoas se movimentem e mudem”, diz Frankel.

Curiosidades na internet

Dicas de segurança para o dispositivo iOS dos seus filhos

Acesse:http://canaltech.com.br/dica/ios/Dicas-de-seguranca-para-o-dispositivo-iOS-dos-seus-filhos/

Criança no ipad

As crianças estão aprendendo cada dia mais cedo como usar dispositivos eletrônicos, mas isso pode ser perigoso e até mesmo custar muito caro para os pais. Confira algumas dicas para proteger o dispositivo iOS das pequenas e ágeis mãozinhas dos seus filhos, e também os seus filhos dos riscos de uma internet por vezes perigosa.

Protegendo o cartão de crédito

Já vimos por aí alguns casos onde crianças estouraram o limite do cartão de crédito dos pais por meio de compras realizadas em lojas de aplicativos. Uma boa maneira de proteger seu cartão desses gastos indesejados é usar a configuração de conta no iTunes a seu favor. Vincular seu dispositivo a uma conta sem um método de pagamento definido pode ajudar. Confira como criar uma conta no iTunes sem um cartão de crédito vinculado a ela:

  1. Abra o iTunes no seu desktop e encontre um aplicativo gratuito qualquer na App Store.
  2. Clique no botão de compra e selecione “Criar ID Apple” na caixa de diálogo que será aberta.
  3. Digite as informações que forem solicitadas – endereço de e-mail, senha e perguntas de segurança. Lembre-se de escolher uma senha que seu filho não seja capaz de adivinhar.
  4. Na tela “Escolha uma forma de pagamento”, selecione a opção “Nenhum” e informe seu endereço.
  5. Depois, basta seguir o restante das instruções para configurar o seu ID Apple.

Criar ID Apple sem cartão de crédito

Código de acesso e Restrições

Muitas pessoas já utilizam esse recurso em seu dispositivo móvel, afinal é uma questão de segurança geral, e não apenas contra crianças. Para definir uma senha de acesso para o seu iPhone ou iPad, vá até Ajustes > Geral > Bloqueio por Código, e defina uma senha de quatro dígitos que será solicitada para a tela do aparelho ser desbloqueada.

Bloqueio por código iPhone e iPad

Outra boa opção para o controle parental  é restringir o acesso a determinados aplicativos do aparelho. Para isso basta ir até Ajustes > Geral > Restrições e selecionar “Ativar Restrições” e insira seu código. No topo da tela de restrições existe uma lista de aplicativos que podem ser restritos, entre eles a câmera, o Safari, iTunes etc. Basta selecionar aqueles que deseja “desligar” e assim eles não aparecem em sua tela inicial. Além disso, o recurso permite restringir acesso a determinados tipos de conteúdo (Filmes, Apps, Livros, Podcasts etc).

Remova suas contas

Antes de entregar um dispositivo iOS na mão dos seus filhos é interessante realizar uma limpeza em suas configurações. É interessante remover contas de e-mail que estejam configuradas no aparelho, bem como contas de redes sociais, iCloud etc.  Para realizar a remoção de contas de e-mail e redes sociais, basta ir até o menu “Ajustes” e selecione a conta que deseja remover. Role a barra até a opção “Apagar conta”.

Deletar conta do Twitter do iPhone

Aplicativos que envolvam compras também devem ser evitados, como o PayPal e eBay, por exemplo, mas vale lembrar que apps como o ‘Find My iPhone’ devem sempre permanecer ativos, pois eles permitem bloquear e localizar o dispositivo em caso de perda ou roubo.

Curiosidades na internet

Editora japonesa lança menor livro do mundo ilegível a olho nu

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/curiosidades/Editora-japonesa-lanca-menor-livro-do-mundo-ilegivel-a-olho-nu/

Menor livro do mundo

Uma editora japonesa decidiu quebrar o atual recorde do menor livro do mundo no Guiness Book – o recordista atual possui 0,99 milímetros de espessura – e lançou um título com 22 páginas e espessura de 0,75 milímetros, o que impede que a obra seja lida a olho nu. As informações são do jornal A Folha de S. Paulo.

“Os minúsculos caracteres e ilustrações de flores estão impressos perfeitamente e podem ser vistos com uma lupa”, afirmou o porta-voz da editora Toppan Printing sobre o livro intitulado ‘Flores da Estação’. O livro é tão pequeno que ele consegue ser menor do que o buraco de uma agulha comum.

Menor livro do mundo

Foto: Divulgação

Curiosidades na internet

10 atitudes que podem ajudar você a emagrecer

Acesse:http://todaela.uol.com.br/boa-forma/10-atitudes-que-podem-ajudar-voce-a-emagrecer

Confira as dicas de uma nutricionista para manter o foco e eliminar os quilinhos

Crédito: Thinkstock

Se você faz parte do grupo que, na virada do ano, prometeu que em 2013 vai eliminar os quilos que estão sobrando, é hora de começar a dieta para valer. Com o fim das sucessivas festas de Natal e Ano Novo, fica mais fácil optar por um programa saudável e mudar os hábitos.

Quem quer emagrecer, no entanto, precisa ir além da simples contagem de calorias. É preciso reavaliar atitudes, ter um novo pensamento e buscar novas ações para eliminar de vez aquelas gordurinhas que insistem em incomodar.

Para ajudar você a conquistar seus objetivos na dieta, a nutricionista Roberta Stella, que comanda o portal Dieta e Saúde, preparou uma lista com 10 atitudes que, além de deixarem a silhueta mais enxuta, também podem melhorar a sua qualidade de vida. Confira:

# Pense em longo prazo

Independente da quantidade de peso que você deseja emagrecer, o importante é pensar em uma eliminação gradual dos quilos. “Trabalhe com a perda de meio a um quilo por semana”, aconselha ela.

# Tenha atitudes positivas

Segundo Roberta, pensamento positivo atrai atitudes corretas e estimulantes. “Por isso, nada de desânimo ou de pensar que você não consegue. Tudo na vida exige postura firme e determinação”, afirma a nutricionista. E não há como negar que é preciso muita determinação para negar aquele docinho no meio do dia.

# Foco na meta de peso

Para emagrecer, é importante estar focada no objetivo de peso e não nos alimentos que você pode comer ou deve evitar. Assim, como explica Roberta, a boa escolha alimentar será consequência.

Crédito: Thinkstock

# Fuja do stress e ansiedade

Quem nunca atacou a geladeira depois de uma situação difícil? Para evitar que a ansiedade sabote a sua dieta, é preciso ampliar sua consciência. “Nenhum alimento, por mais doce que seja, será capaz de dar fim ao stress e à ansiedade. Quando você perceber que vai descontar nos alimentos todo o peso da rotina do dia, desvie a sua atenção daquele alimento que faz a luz vermelha da dieta piscar”, aconselha a nutricionista.

Assim, quando bater a vontade de se render a uma guloseima para suavizar uma frustração, prefira assistir a um bom filme, caminhar pelo bairro, ler um livro ou ouvir música, mantendo o pensamento longe da comida.

# Assuma a responsabilidade

Deixe de lado dietas muito restritivas ou da moda e assuma a responsabilidade de fazer uma reeducação alimentar efetiva. “Assuma que a mudança na alimentação deve ser para a vida e não para a próxima festa”, ressalta a especialista.

# Não se dê desculpas

Não é segredo que resistir ao bolo que está na geladeira ou ao chocolate na gaveta do trabalho é difícil. Por isso, antes que isso aconteça, acabe com as tentações. “Comece a oferecer esses alimentos para os seus amigos, livre-se dele. Evidentemente você poderá comer um bombom, mas não todos os dias”, afirma Roberta.

# Se cair, levante

Se você passou da conta no cardápio de um dia, não desista. Como explica a nutricionista, até pessoas magras também exageram na alimentação de vez em quando. A diferença está na atitude tomada após exagerar nas calorias: em vez de voltar aos velhos hábitos, compense no dia seguinte, comendo menos. Mas também não vale recorrer a dietas muito restritivas, à base de sucos, por exemplo.

# Prepare-se para experimentar

Roberta convida a olhar a dieta de um ponto de vista diferente: em vez de pensar no que você não poderá comer, concentre-se naquilo que você poderá. “Novos sabores, texturas e muitos novos alimentos que não fazem parte da sua rotina alimentar poderão ser provados. O seu paladar será estimulado, testado e você terá novos alimentos para variar suas refeições”, lembra ela.

# Informe-se

Quanto mais informações você tiver sobre alimentação saudável, mais saberá o que é correto ou não para o emagrecimento ou para a saúde, ressalta a nutricionista. Assim, evite promessas de um rápido emagrecimento, como de mais de um quilo por semana, pois sua saúde e autoestima estão em jogo.

# Siga em frente

“Mantenha sempre em mente as boas atitudes que não farão você desistir do seu objetivo final. Quanto mais certeza tiver de que está colhendo os resultados esperados, mais estimulada você ficará para manter uma boa qualidade de vida e de peso por um longo período”, completa Roberta.

Curiosidades na internet

Mulher volta a enxergar após implante de ‘telescópio’ no olho

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/bbc/1163697-mulher-volta-a-enxergar-apos-implante-de-telescopio-no-olho.shtml

Uma mulher de 89 anos com uma grave doença ocular deverá voltar a enxergar com definição graças ao implante de um micro-telescópio do tamanho de uma ervilha em seu olho esquerdo.

A operação, feita na Califórnia, nos Estados Unidos, é pioneira e pode se tornar um procedimento de rotina nos próximos anos.

Virginia Bane sofre de Degeneração Macular Relacionada à Idade (AMD, na sigla em inglês), uma das principais causas de cegueira. “Já consigo enxergar melhor. As cores são mais vibrantes, bonitas e naturais, e consigo ler letras grandes com meus óculos”, diz.

UC Davis
Virginia Bane sofre de Degeneração Macular Relacionada à Idade
Virginia Bane sofre de Degeneração Macular Relacionada à Idade

Pintora de aquarela, ela também espera retomar suas atividades após quase dez anos de problemas de visão. “Não conseguia ler durante os últimos sete anos, e estou animada para pintar novamente”, acrescenta.

A causa exata da degeneração macular ainda é desconhecida, mas o problema se agrava conforme o olhos envelhecem. A mácula é composta de milhões de células fotossensíveis responsáveis pela visão central clara, nítida e detalhada.

Aos 89 anos, Virginia Bane deve voltar a ler e pintar após cirurgia pioneira

Trata-se da parte mais sensível da retina, que está localizada na parte de trás do olho humano e que transforma a luz em impulsos elétricos que são enviados ao cérebro através dos nervos óticos. O cérebro lê os impulsos e os traduz em imagens.

No caso do olho atingido pela doença, pontos centrais não são vistos com clareza. “A degeneração macular danifica a retina e causa um ponto de cegueira no campo central de visão das pessoas. O implante telescópico restaura a visão ao projetar imagens sobre uma parte não danificada da retina, o que torna possível ver os rostos das pessoas e detalhes de objetos localizados diretamente diante delas”, diz Mark Mannis, professor titular de oftalmologia e ciências da visão do Centro de Olhos do hospital da universidade americana US Davis, em Sacramento, na Califórnia.

Virginia Bane é a primeira de uma lista de 50 pessoas que se voluntariaram nos Estados Unidos para receber o implante. “A visão de Virginia vai continuar melhorando com o tempo, conforme ela recondiciona seu cérebro para enxergar”, diz Mannis.

Já o médico Richard van Buskirk explica a diferença entre os dois olhos da paciente. “Ela basicamente usa o olho esquerdo com o implante telescópico para enxergar detalhes, tais como usar um teclado de micro-ondas ou ler um livro. Seu olho direito, sem tratamento, proporciona visão periférica, o que ajuda com a mobilidade, incluindo atividades como caminhar ou se localizar dentro de sua casa”, diz.

“Eventualmente, seu cérebro alternará de forma automática, usando a capacidade de cada olho conforme for necessário”, indica.

Curiosidades na internet

Smartphones maiores e tablets menores invadem mercado de eletrônicos

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/1150067-smartphones-maiores-e-tablets-menores-invadem-mercado-de-eletronicos.shtml

Quando Steve Jobs, fundador da Apple, mostrou o iPad ao mundo, em 2010, queria ocupar a lacuna que existia entre um pequeno smartphone e um grande laptop.

Dois anos depois, esse espaço não só foi preenchido como está cada vez mais disputado: no intervalo que vai do menor celular inteligente ao maior tablet, todas as unidades de 3 a 12 polegadas estão representadas. E, à medida que as dimensões dos tablets encolhem e as dos celulares crescem, a fronteira entre eles fica menos nítida.

A empresa que melhor simboliza essa tendência é a Samsung, cuja linha de dispositivos móveis vai desde o tocador multimídia Galaxy Player 3.6, com tela de 3,6 polegadas, até o tablet Galaxy Note 10.1 (10,1), passando pelo híbrido Galaxy Note 2 (5,5), apresentado no início deste mês, pelo Galaxy Player 5.8 (5,8), exibido no fim de agosto, e pelos tablets da linha Galaxy Tab com 7, 7,7 e 8,9 polegadas.

Reed Saxon/Associated Press
Jeff Bezos, presidente da Amazon, apresenta o Kindle Fire HD, que terá versões de 7 e de 8,9 polegadas
Jeff Bezos, presidente da Amazon, apresenta o Kindle Fire HD, que terá versões de 7 e de 8,9 polegadas

A Amazon, que só vendia um tablet de 7 polegadas, o Kindle Fire, lançou na semana passada uma versão maior do aparelho, com 8,9.

Já a Apple deve fazer o caminho inverso em outubro, quando apresentará uma versão menor do iPad, com 7,85 polegadas, ante as 9,7 atuais, de acordo com rumores que ganham força a cada dia.

Além disso, especula-se que a mesma Apple deva anunciar o aumento da tela do iPhone de 3,5 para 4 polegadas. Com esse salto, o aparelho se aproximaria um pouco dos smartphones gigantes da concorrência, como o Lumia 920, com 4,5 polegadas, que a Nokia apresentou na semana passada.

DILEMAS DIGITAIS

Um smartphone pequeno, com tela de cerca de 3 polegadas, é discreto e quase passa despercebido no bolso da calça. Mas suas dimensões limitam muito a quantidade de informação que pode ser exibida ao mesmo tempo.

Já os celulares com cerca de 5 polegadas mal cabem na palma da mão, mas são bons para navegar na web.

A escolha de um tablet também exige reflexão: os modelos de 10 polegadas são ótimos para assistir a vídeos, mas pesados demais para segurar com uma só mão ao ler um livro. Leves e compactos, tablets de 7 polegadas são ideais para leitura, mas nem tanto para outras tarefas.


Curiosidades na internet

Conheça a usuária mais velha do Facebook!

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/curiosidades/Conheca-a-usuaria-mais-velha-do-Facebook/

Florence Detlor

O Facebook deixou de ser um reduto apenas de pessoas jovens nos últimos tempos, com o crescimento do acesso de usuários com mais de 55 anos. E a sua usuária mais velha, Florence Detlor, 101 anos, se encontrou pessoalmente com Mark Zuckerberg nesta segunda-feira (27).

Além de ser a pessoa mais velha a usar o serviço, Florence também foi a primeira a visitar o quartel general do Facebook em Menlo Park, Califórnia – coincidentemente, o mesmo lugar onde a senhora mora. Florence foi acompanhada em sua visita à empresa pela COO Sheryl Sandberg e por Zuckerberg, que tem idade suficiente para ser seu tataraneto.

Sheryl postou uma foto com Florence em seu perfil na rede. “Estamos honrados em conhecer Florence Detlor, que com 101 anos de idade é a usuária mais velha registrada no Facebook. Obrigado por nos visitar, Florence”, afirmou a executiva.

De acordo com o Mashable, a foto ganhou mais de seis mil ‘curtir’ e muitos comentários interessantes de pessoas que possuem parentes com a mesma idade ou até mais velhos que Florence.

Florence entrou no Facebook em 2009, possui mais de seiscentos amigos na rede e em seu perfil, afirma que está sempre à procura de um bom livro para ler.

Florence Detlor e Mark ZuckerbergA imagem da senhora ao lado de Zuckerberg obteve mais de seis mil ‘curtir’ na rede social

Curiosidades na internet