6 casos de pessoas criadas por animais

Acesse:http://www.megacurioso.com.br/papo-de-bar/39688-6-casos-de-criancas-criadas-por-animais.htm

Saiba mais sobre os casos de crianças que cresceram em meio a cães, macacos, cabras e até gatos selvagens

Fonte da imagem: Reprodução/Deviantart-Fernl
6 casos de pessoas criadas por animais

Você já deve ter lido algo sobre a lenda mitológica de Rômulo e Remo. Os gêmeos, fruto da união de Reia e do deus Marte, foram aprisionados por inimigos do casal e jogados no Rio Tibre em uma cesta, que foi parar nas margens do local, onde uma loba os encontrou. O animal, então, cuidou das crianças por um tempo, amamentando-as até que elas foram encontradas pelo pastor Fáustulo.

O mito é muito famoso, mas você sabia que, na vida real, muitas crianças já foram parar na selva e acabaram sendo criadas por animais?

Um caso bem conhecido é da britânica Marina Chapman, que foi sequestrada quando morava na Colômbia com os seus pais e deixada na floresta à mercê da própria sorte. Ela passou a conviver com um grupo de macacos, que a ajudou a sobreviver. Confira abaixo a história de Marina e outras cinco crianças que passaram por essas experiências.

1 – Marina Chapman

Marina nos dias atuaisFonte da imagem: Reprodução/Fiboni

Depois de passar por maus bocados na vida, a britânica Marina Chapman sempre teve uma ótima história para contar a fim de fazer as suas duas filhas dormirem: ela falava sobre como foi crescer na selva. Mas nada disso é conto de fadas, pois a mulher realmente passou por essa situação.

Em 1954, quando tinha cinco anos de idade, Marina vivia na Colômbia com os seus pais e foi sequestrada. Os seus sequestradores receberam o resgate, mas, de forma covarde, deixaram a menina abandonada na floresta em vez de devolvê-la aos seus familiares. No meio da selva, a pequena garota foi acolhida por um grupo de macacos-prego e, como um instinto de sobrevivência, passou a copiá-los na forma de se alimentar e agir, além de inclusive imitar a linguagem deles.

Assim, ela conseguiu sobreviver e viver com os macacos por cinco anos, até que foi encontrada por caçadores. Mas essa ainda não era a salvação de Marina, pois ela foi vendida por eles para um bordel, de onde conseguiu escapar tempos depois para viver nas ruas. A história da menina que foi criada por macacos está no livro autobiográfico “The Girl With No Name” (A Menina Sem Nome, em tradução livre), que está disponível no Brasil, porém ainda sem versão traduzida para o português.

2 – Sasha T

Fonte da imagem: Reprodução/Daily Mail

Em junho de 2012, alguns assistentes sociais da Rússia descobriram uma criança de dois anos de idade que era mantida trancada em um quarto com cabras por sua mãe. O menino brincava e dormia com as cabras, porém a alimentação era extremamente precária e difícil. Afinal, o menino e os animais estavam dentro de um cômodo fechado, sujo e frio.

Por essa razão, quando a criança foi encontrada — com uma taxa de desnutrição extrema —, ela pesava um terço a menos do que um indivíduo normal de sua idade. Sasha não sabia nem ao menos balbuciar alguma palavra e agia como as cabras com as quais vivia.

No momento de seu resgate, a sua mãe havia desaparecido e os assistentes sociais o levaram imediatamente ao hospital para tratar o seu quadro alimentar. Os médicos têm tentado adaptar o menino para a vida com os humanos, porém estão tendo dificuldades.

Natalya Simonina, uma das especialistas que estava nesse processo, disse: “Ele se recusou a dormir no berço. Ele tentou ficar embaixo dele e dormir lá. Ele tem muito medo de adultos e tentou quebrar tudo o que via, como janelas e móveis. Ele não sabe falar ou segurar uma colher e não tinha ideia do que fazer com os brinquedos

Continue lendo ..clique aqui…

Curiosidades na internet

Zoológico chinês faz cachorro se passar por leão

Acesse:http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/08/130815_china_zoologico_leao_cachorro_lgb.shtml

Mastim tibetano. Crédito: Getty ImagesMastim tibetano tem pelagem semelhante a de leões

Um zoológico chinês foi acusado de ludibriar seus visitantes ao exibir um cachorro como se fosse uma espécie rara de leão africano.

A fraude foi descoberta pelos frequentadores quando o animal começou a latir.

Segundo a imprensa chinesa, o leão foi substituído por um cachorro da raça mastim tibetano, cuja pelagem densa se assemelha à dos leões.

Um funcionário do zoológico na província de Henan (centro-leste do país) afirmou que o cão – pertencente a um de seus colegas – foi colocado na jaula quando o leão foi encaminhado para um centro de reprodução.

Visitantes teriam ficado furiosos ao tomarem conhecimento da trapaça, informou a imprensa chinesa.

Rugido ou latido?

Segundo uma reportagem do jornal Beijing Youth Daily, a fraude veio à tona quando uma mãe acompanhada de seu filho visitou o zoológico, localizado em um parque na cidade de Luohe.

Ela estava tentando ensinar o menino os diferentes sons emitidos pelos animais.

Quando mãe e filho se aproximaram da jaula do “leão africano” ─ que possuía uma placa descrevendo suas características ─, ficaram chocados ao ouvir o latido.

Os tratadores foram então obrigados a revelar o segredo.

“O zoológico estava tentando nos trapacear. Queriam passar cachorros como leões”, afirmou a mulher em entrevista ao jornal.

Segundo o chefe do departamento de animais do parque, Liu Suya, o mastim tibetano colocado temporariamente no seu lugar por causa de “preocupações com a segurança”.

A fraude também teria envolvido outras espécies. Foi descoberto que havia uma raposa branca na jaula de um leopardo e um cachorro na jaula de um lobo.

Curiosidades na internet