Sete alimentos que combatem a ansiedade

Acesse:http://msn.minhavida.com.br/alimentacao/galerias/13020-sete-alimentos-que-combatem-a-ansiedade

Ricos em vitaminas e aminoácidos, eles melhoram a tranquilidade e a disposição

Está cada vez mais difícil manter a calma? Todo mundo vive dizendo que você é uma pessoa ansiosa? A ansiedade provoca uma bagunça nas emoções e de quebra ainda reflete na saúde. Quando em excesso, ela desencadeia a sensação de mal-estar e te impede de viver a vida com mais leveza, sem tanta angústia em relação ao que ainda está por vir. Os ataques de gula também são creditados a ela. Existem tratamentos e terapias para controlar a ansiedade, mas sabia que a alimentação também pode ajudar a domar este furacão interno? Alguns alimentos contêm aminoácidos e vitaminas essenciais, que atuam diretamente diminuindo o estresse, combatendo a ansiedade e aumentando os níveis de serotonina, responsável pelo bem-estar e pelo relaxamento. A seguir, conheça os sete alimentos campeões para aquietar a mente.

frutas cítricas - foto Getty Imagesleite, ovos e queijos - foto Getty Imagescarboidratos - foto Getty Imagesbanana - foto Getty Imagescarnes e peixes - foto Getty Imageschocolate - foto Getty Imagesespinafre - foto Getty Images

frutas cítricas - foto Getty Images

Frutas cítricas: Estudos comprovaram que a vitamina C, presente nas frutas cítricas, diminui a secreção de cortisol, hormônio liberado pela glândula adrenal em resposta ao estresse e à ansiedade e responsável por transmitir a notícia de estresse para todas as partes do corpo. Seu consumo promove o bom funcionamento do sistema nervoso e aumenta a sensação de bem-estar. “Vitaminas e minerais, como a vitamina C, por exemplo, são perdidas nos quadros de estresse e ansiedade, além de queda de açúcar no sangue (hipoglicemia). Por isso, existe a necessidade de suprir essas carências”, ressalta a nutricionista Rosana Farah, membro da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade.

leite, ovos e queijos - foto Getty ImagesLeite, ovos e derivados magros: Eles são uma ótima fonte de um tipo de aminoácido, o triptofano, que alivia os sintomas de ansiedade. De acordo com a nutricionista Rosana Farah, uma vez no cérebro, o triptofano aumenta a produção de serotonina, o hormônio da felicidade, que é um neurotransmissor capaz de relaxar e dar sensação de bem-estar. A especialista recomenda o consumo de 2 a 3 porções por dia deste grupo de alimentos.

carboidratos - foto Getty Images

Carboidratos: Os carboidratos, provenientes dos cereais na sua forma simples e integrais, e das frutas mais adocicadas, também podem combater a indesejada ansiedade. “Eles elevam o nível de açúcar no sangue, dando energia, bem-estar e disposição”, explica Rosana Farah. Pães, arroz, aveia, feijão, massas, batata, mel, jabuticaba, uvas, maçãs fazem parte deste grupo alimentar. A quantidade recomendada é de 6 a 9 porções diárias.

banana - foto Getty ImagesBanana: Um estudo feito por pesquisadores do Instituto de Pesquisas de Alimentos e Nutrição das Filipinas comprovou que esta fruta ajuda no combate da depressão e alivia os sintomas da ansiedade. Graças ao alto teor de triptofano qua a fruta carrega, ajudando na produção de serotonina.

carnes e peixes - foto Getty ImagesCarnes e peixes: Eles são a melhor fonte natural de triptofano, aminoácido que em conjunto com a vitamina B3 e o magnésio produzem serotonina, um neurotransmissor importante no processo do sono, do humor e que regula os níveis de ansiedade. Além disso, as carnes e peixes contêm outro aminoácido chamado taurina. Esta substância aumenta a disponibilidade de um neurotransmissor chamado GABA, que o organismo usa para controlar fisiologicamente a ansiedade. “A recomendação diária em relação às carnes é de 1 a 2 porções, dê sempre preferência às carnes brancas e magras”, recomenda a nutricionista Rosana Farah.

chocolate - foto Getty Images

Chocolate: O chocolate é rico em flavonoides, um tipo de antioxidante que favorece a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar e que melhora o humor, reduzindo a sensação de ansiedade. explica a especialista em nutrição clínica e gastronomia, Rosana Farah. O recomendado são 30 gramas de chocolate por dia. E de preferência ao chocolate amargo, bem menos calórico e mais rico em flavonoides.

espinafre - foto Getty Images

Espinafre: O espinafre contém folato (ácido fólico), que é uma potente vitamina antidepressiva natural. Segundo a nutricionista Rosana Farah, ele combate a ansiedade, pois quando está em baixas concentrações no organismo também diminui os níveis cerebrais de serotonina. Além disso, segundo um estudo da Universidade da Califórnia, o cérebro consome muita energia para funcionar e isso resulta na sobra de resíduos químicos oxidantes. É neste momento que alimentos, como o espinafre, começam a trabalhar para eliminar as substâncias em excesso, “desenferrujando” o cérebro.

Curiosidades na internet

As frutas que ajudam a perder peso

Acesse:http://claudia.abril.com.br/materia/as-frutas-que-ajudam-a-perder-peso-3090

Pesquisas recentes indicam que algumas frutas têm ação direta na diminuição de medidas: elas evitam o acúmulo de gordura do abdome, combatem a ansiedade e a compulsão por massas e doces e estimulam o bom funcionamento do metabolismo.

as-frutas-que-ajudam-a-perder-peso-carlos-cubi

(Fotos: Carlos Cubi)

Figo

Rico em magnésio, diminui a vontade de comer chocolate. A fruta é diurética e, graças às suas sementes, atua como laxante suave. Com baixo índice glicêmico, libera aos poucos no organismo seu açúcar natural, evitando os picos de fome. Melhor ainda se for consumida em uma salada de folhas verde-escuras com uma proteína magra.

QUANTIDADE IDEAL Uma unidade por dia.

Limão

O segredo do sucesso está na casca e na parte branca, que reveste os gomos. Ali se encontra a pectina, tipo de fibra solúvel que se transforma em gel no estômago e arrasta a gordura para fora do organismo. “Além disso, a pectina ajuda a saciar, facilita a digestão e regula os níveis de açúcar no sangue, evitando os ataques de fome”, afirma a endocrinologista e nutróloga Valéria Goulart, de São Paulo. A fruta é diurética, aliviando o inchaço e a celulite. Rica em vitamina C, ainda fortalece a imunidade e previne anemias.s

QUANTIDADE IDEAL Tome uma vez ao dia suco de um limão feito na centrífuga ou no liquidificador.

Camu-camu

Dados da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) revelam que o camu-camu tem quase o dobro de vitamina C que a acerola e 60 vezes mais do que a laranja. O nutriente tem tripla função para quem quer controlar a balança: ajuda a eliminar toxinas, a reduzir a gordura localizada e a estimular a circulação sanguínea, amenizando o aspecto da celulite.

QUANTIDADE IDEAL “A fruta in natura é bem ácida. Uma boa saída é consumila em forma de cápsula de, 1 grama, uma vez ao dia, em jejum”, orienta a médican Valéria Goulart.

Maçã

Estudo realizado na Universidade Nippon Sport Science, no Japão, verificou que o consumo diário da fruta, durante três semanas consecutivas, reduziu em 20% a taxa de gordura corporal em cobaias. Os motivos ainda não foram esclarecidos, mas os cientistas apostam na pectina – ela de novo! –, já que uma maçã média fornece entre 3 e 5 gramas da fibra. O alimento apresenta alto teor de potássio, que elimina o sódio excedente e ajuda a reduzir a retenção hídrica. Ela também é um ótimo bantioxidante.

QUANTIDADE IDEAL Uma unidade com casca por dia (bem lavada, por favor!).

Banana

Você tem três bons motivos para incluir a fruta na dieta. Primeiro, porque ela é rica em triptofano, aminoácido bastante usado na medicina ortomolecular para combater a ansiedade e a compulsão por massas e doces. O segundo motivo tem a ver com a presença da vitamina B6, que atua no metabolismo das proteínas e dos lipídios e ajuda a reduzir a absorção da gordura ingerida na refeição. E terceiro, porque a banana contém 2 gramas de fibras solúveis, quantidade suficiente para manter o apetite sob controle por algumas horas. É um excelente calmante intestinal.

QUANTIDADE IDEAL Duas unidades por dia.

Abacate

A fruta reduz a ação do cortisol, hormônio liberado em situações de stress ou jejum prolongado que favorece o acúmulo de gordura na barriga. “A substância diminui a ação do hormônio da saciedade e você sente mais vontade de comer doce”, explica a nutricionista Cynthia An to naccio. Mais benefícios? O abacate tem alto teor de fibra, regula o metabolismo, fornece energia para malhar. Destaque para a gordura monoinsaturada, que aumenta o colesterol bom e protege o coração.

QUANTIDADE IDEAL Meia unidade pequena duas vezes por semana.

Romã

As sementes oferecem três vezes mais antioxidantes do que o chá verde e o vinho tinto. Com isso, combate as inflamações no organismo, consideradas uma das causas para o desenvolvimento da obesidade. Tal ação foi comprovada em estudo feito pelo departamento de medicina da Case Western Reserve University, em Cleveland, nos Estados Unidos, que mostrou que ingerir 175 mililitros de suco de romã por dia diminui significativamente a atividade de uma proteína inflamatória.

QUANTIDADE IDEAL Meia xícara de suco de romã por dia. Bata a fruta com água no liquidificador

Curiosidades na internet

Você sabe a diferença entre gordura boa e ruim?

Acesse:http://www.bbc.co.uk/portuguese/noticias/2013/11/131031_gordura_ruim_boa_an.shtml

O consumo de gordura saturada é um assunto recorrente, e na Grã-Bretanha produtores e vendedores de alimentos se comprometeram em reduzir os níveis deste tipo de gordura em seus produtos.

Porém, além da gordura saturada, outros tipos de gordura estão presentes, naturalmente ou artificialmente, nos alimentos, como as insaturadas e as gorduras trans

Nem toda gordura é ruim, uma pequena porção na dieta pode ajudar o organismo a absorver determinados nutrientes.

E gordura pode ser também uma fonte de energia, proporcionando ácidos graxos essenciais e algumas vitaminas, como as vitaminas A e D.

Então, qual é a diferença entre a gordura boa e a ruim? E quais devemos consumir em maior ou menor quantidade?

A BBC listou algumas informações importantes sobre os diferentes tipo de gorduras encontradas em nossa dieta.

Gordura saturada

De acordo com o NHS Choices, o site do serviço nacional de saúde da Grã-Bretanha que dá conselhos de como ter uma vida saudável, diminuir o consumo de comidas que são ricas em gordura saturada é importante como parte de uma boa dieta.

Chocolates estão entre os produtos ricos em gordura saturada

Tais alimentos incluem manteiga, banha de porco, chocolate, bolos, massas folhadas, e produtos feitos com carne, como salsichas e tortas salgadas.

A maioria das pessoas consome gordura saturada em grande quantidade: cerca de 20% mais que o máximo recomendado, segundo estudos feitos pela British Dietetic Association.

A recomendação atual do Departamento de Saúde da Grã-Bretanha diz que em média os homens não devem comer mais que 30g de gordura saturada por dia, enquanto as mulheres não devem comer mais que 20g.

Uma dieta rica em gordura saturada pode aumentar os níveis de lipoproteína de baixa densidade, ou “colesterol ruim”, no sangue ao longo do tempo, aumentando o risco de doenças cardiovasculares.

Mas esse risco foi recentemente contestado.

Em um artigo no British Medical Journal, o cardiologista Aseem Malhotra diz que gordura saturada tem sido “demonizada por décadas”, e evidências científicas não comprovaram sua relação com doenças cardíacas.

Ele diz que a indústria alimentícia compensou a diminuição dos níveis de gordura saturada com o aumento da quantidade de açúcar.

Gordura insaturada

Uma dieta composta por gorduras insaturadas pode ajudar a diminuir os níveis do colesterol ruim no sangue e aumentar os níveis de lipoproteína de alta densidade, também conhecido como bom colesterol.

Salmão é um peixe rico em ômega-3, que pode ajudar a diminuir os níveis de colesterol ruim

Gorduras saturadas podem ser substituídas em uma dieta balanceada com gorduras mais saudáveis, como as monoinsaturadas e as poli-insaturadas, que são encontradas em muitos alimentos, que incluem:

  • peixes como salmão, sardinha e cavalinha
  • sementes e nozes
  • óleos de girassol e oliva
  • frutas, legumes e verduras, incluindo o abacate.

Estes peixes têm uma boa quantidade de gordura poli-insaturada ômega-3, e são a fonte mais rica desse tipo específico de gordura.

O ômega-3 ajuda a diminuir os níveis de diacilglicerol no sangue, a prevenir a coagulação do sangue, e a manter um ritmo cardíaco regular.

A British Heart Foundation, diz que devemos comer duas porções de peixe por semana, e uma delas deve ser rica em ômega-3.

A fundação também recomenda o consumo de uma pequena quantidade de gordura monoinsaturada, encontrado no óleo de oliva, no abacate e nas nozes, para ajudar a manter os níveis de colesterol saudáveis.

Gorduras trans

O terceiro tipo de gordura também encontrada na dieta é a trans.

Gorduras trans naturais são encontradas no leite

Gorduras trans naturais são encontradas em níveis baixos em alguns alimentos, como carne e produtos derivados do leite.

As gorduras trans artificiais são feitas a partir de um processo de hidrogenação do óleo, e são conhecidas como gordura hidrogenada.

Esse tipo de gordura pode ser usado para fazer frituras.

Gorduras trans artificiais também podem ser encontradas em comidas processadas, como biscoitos e bolos, e são as vezes usadas para prolongar a vida dos produtos nos prateleiras.

Uma dieta rica em gorduras trans pode também levar a altos níveis de colesterol ruim no sangue.

Porém, o NHS Choice diz que reduzir a quantidade de gordura saturada é mais importante do que reduzir a quantidade de gordura trans.

Curiosidades na internet

Trigo é o vilão dos alimentos! Elimine cerveja, pães e massas da dieta e perca 30 kg em seis meses

Acesse:http://entretenimento.r7.com/receitas-e-dietas/fotos/trigo-e-o-vilao-dos-alimentos-elimine-cerveja-paes-e-massas-da-dieta-e-perca-30-kg-em-seis-meses-17092013#!/foto/1

'O trigo deveria ser eliminado da dieta de todas as pessoas no mundo', defende Davis.— O trigo de hoje em dia não é o mesmo trigo que nossos pais e avós costumavam comer. Ele é um produto modificado, criado a partir de pesquisas genéticas feitas nos anos 70.Segundo o médico, entre todas as modificações feitas no trigo, existe uma que chega a ser assustadora, e é relacionada à proteína gliadina. Ele explica que esta proteína atinge diretamente o cérebro humano e aumenta a necessidade do consumo de carboidratos não saudáveis.— Não é que, com isso, o trigo nos deixe 'chapados' ou nos alivie a dor. Ele, na verdade, passa a estimular cada vez mais o apetite pelos carboidratos das comidas pouco saudáveis, como batatas fritas, biscoitos e bolos Além disso, várias das outras modificações feitas no trigo de hoje em dia — que ingerimos ao comer produtos como os biscoitos, por exemplo — são responsáveis por muitos problemas de saúde. — Eu arriscaria dizer que nosso sistema de saúde atual foi criado por nós para tratar das consequências do consumo de trigo. Ele pode ser considerado culpado pela grande proporção de problemas de saúde crônicos como hipertensão, diabetes, colesterol alto, depressão, ansiedade, refluxo, síndrome do intestino irritável e muitas, muitas outras Davis concorda que o aumento do número de obesos na sociedade pode ser atribuído a diversos fatores, tais como a proliferação dos refrigerantes, uma maior utilização dos xaropes ricos em frutose e sacarose, e estilos de vida sedentários. Mas, para ele, o trigo moderno também tem um grande papel neste processo.— A magnitude da responsabilidade do trigo é melhor ilustrada pelos casos de pessoas que o eliminaram de sua dieta. Elas sentem que seu apetite diminui, o desejo por doces é drasticamente reduzido, o peso cai, as medidas da cintura encolhem. É importante que as pessoas vejam que o começo da epidemia de obesidade no mundo coincide com a liberação para consumo do trigo geneticamente modificado  O médico conta que pessoas que adotaram a dieta do trigo e eliminaram de seus cardápios itens como os pães relatam experiências surpreendentes como a cura da diabetes e da doença de Crohns, da depressão e da ansiedade, melhora da enxaqueca e da asma, e, especialmente, a perda de até 50 quilos em um ano.— O trigo moderno é produto de repetidas hibridizações, cruzamentos e mutações usando raios gama, raios x e produtos químicos tóxicos. Por exemplo, o gene Glia-alpha 9, que raramente era encontrado no trigo antigamente, agora é mais presente. Isso explica porque existem mais casos de intolerância ao glúten, hoje em dia </p>
<p>O cardiologista sugere que as<br />
pessoas eliminem tudo o que contém trigo de suas dietas — o quiche da foto, por<br />
exemplo. No lugar, ele oferece alimentos como carne, frango e peixe, vegetais,<br />
grãos, sementes, cogumelos e óleos saudáveis, como o azeite de oliva extra<br />
virgem</p>
<p> No entanto, ele alerta para um cuidado essencial, que é o de observar os alimentos processados, que podem conter trigo em suas composições. Os nuggets de frango, por exemplo, usam farinha de trigo para serem empanados.— É fácil evitar as fontes óbvias de trigo, tais como pães, macarrão e bolos, mas é preciso tomar cuidado ao se expor às comidas processadas. O trigo está em quase todos os industrializados porque os grandes fabricantes já se deram conta de que o trigo moderno contém um estimulante de apetite. Se eles colocam o trigo em tudo, eles vendem mais produtos. Entenda este princípio, e você terá todo o poder sobre sua saúde, apetite e peso 

Você é um grande fã de pães, bolos e massas, e, baseado em recomendações médicas e no senso comum, recentemente substituiu os refinados por integrais na sua dieta, porque eles são melhores para a saúde? Então, saiba que você está fazendo tudo errado.É isso que garante William Davis, médico cardiologista autor do livro Barriga de Trigo, sucesso entre leitores no mundo todo, que passou 80 semanas no topo da lista de mais vendidos do jornal The New York Times.O americano promete, entre outras coisas, que, ao adotar uma dieta sem trigo, ou seja, sem cerveja, pães, bolos, massas etc, é possível não só perder até 30 quilos em seis meses, mas também eliminar doenças graves e curar a depressãoTexto e apuração: Andréa Martinelli e Marcella Franco, do R7

Você é um grande fã de pães, bolos e massas, e, baseado em recomendações médicas e no senso comum, recentemente substituiu os refinados por integrais na sua dieta, porque eles são melhores para a saúde? Então, saiba que você está fazendo tudo errado.

É isso que garante William Davis, médico cardiologista autor do livro Barriga de Trigo, sucesso entre leitores no mundo todo, que passou 80 semanas no topo da lista de mais vendidos do jornal The New York Times.

O americano promete, entre outras coisas, que, ao adotar uma dieta sem trigo, ou seja, sem cerveja, pães, bolos, massas etc, é possível não só perder até 30 quilos em seis meses, mas também eliminar doenças graves e curar a depressão

Texto e apuração: Andréa Martinelli e Marcella Franco, do R7

Curiosidades na internet

 

Antigo design do Hotmail será substituído pelo Outlook.com

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/microsoft/Antigo-design-do-Hotmail-sera-substituida-pelo-Outlookcom/

outlook

Desde julho de 2012, uma prévia do Outlook.com estava no ar, mas hoje (19) a Microsoft anunciou que o serviço de e-mail não está mais em fase beta, e que o site já acumulou mais de 60 milhões de usuários ativos – mais de um terço deles convertidos do Gmail.

Para atrair ainda mais usuários, a Microsoft está planejando lançar uma campanha publicitária para atingir grandes massas, segundo o Engadget. A ideia é transmiti-la na TV e no rádio, criar anúncios online, e até mesmo afixar cartazes no metrô.

Muitas pessoas têm elogiado a interface mais limpa que o Outlook.com oferece aos usuários, além de outros recursos. Devido à boa aceitação do serviço, a Microsoft também disse que planeja migrar os usuários do Hotmail para a nova interface do Outlook em meados de julho de 2013.

A empresa explica que a atualização é “perfeita e imediata para as pessoas que usam o Hotmail”. Tudo o que pertencer à sua conta de e-mail @hotmail.com (senha, mensagens, pastas, contatos, regras, respostas de férias, etc.) vai continuar lá, sem interrupção do serviço – assim como vai acontecer com o MSN.

Quando a conta do usuário for atualizada, ele vai obter todas as novidades da experiência da nova interface do Outlook.com redesenhada. A empresa também deixa claro que nunca vai forçar os usuários a trocar seus endereços de e-mail para @outlook.com se eles não quiserem; a grande diferença fica apenas por conta do novo design. Confira uma das propagandas do Outlook.com:

Curiosidades na internet