10 coisas que você talvez não saiba que seu Android faz

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/41278/41278

Smartphones em geral são muito simples de ser usados, mas alguns recursos interessantes normalmente acabam soterrados entre tantas funções mais óbvias. Depois de listar ferramentas bacanas do iOS, a seleção abaixo, criada pelo Buzzfeed e adaptada pelo Olhar Digital, mostra algumas ferramentas legais e curiosas escondidas no Android. Confira: 

Compartilhar coisas apenas ao encostar os telefones
Um recurso bacana que raramente é lembrado pelos usuários do sistema do Google é o Android Beam. A ferramenta permite a transferência de arquivos, contatos, músicas, vídeos, fotos e aplicativos apenas encostando um aparelho no outro.

Para isso, é necessário ter dois aparelhos com a tecnologia NFC e o recurso deve estar ativado em ambos. Para ativar, é necessário acessar as Configurações e pressionar Mais…; em seguida, é só liberar o recurso Android Beam.

Bloqueio de tela com reconhecimento facial
Não é preciso usar uma senha toda vez que você liga o aparelho, basta colocar seu rosto em frente à câmera. Para isso, acesse Configurações > Segurança > Bloqueio de tela e selecione Desbloqueio facial. Em seguida, posicione seu rosto na área indicada para configuração.

O Google avisa que este método não é o mais seguro, porque pessoas parecidas com você podem desbloquear o aparelho. Para evitar que um engraçadinho use apenas uma foto sua para liberar o aparelho, basta ativar a Verificação de presença viva, que exige que a pessoa pisque para ser reconhecida. Você também pode acessar Melhorar a correspondência do rosto, para que o celular o reconheça-o com e sem óculos, com e sem barba e em diferentes condições de luz.

Curiosidades na internet

Samsung lança serviço de streaming de músicas para linha Galaxy

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/40707/40707

(Foto: Divulgação)
A Samsung agora tem seu próprio “iTunes Radio”, chamado Milk. O produto, anunciado nesta sexta-feira, 7, dá acesso a um acervo musical gratuito, sem qualquer anúncio publicitário e ainda dispensa logins.

O Milk só funciona em alguns modelos da família Galaxy: S4, S3, Note 3, Note 2, Mega e S4 Mini. Em abril, quando o S5 chegar ao mercado, já terá acesso ao serviço também.

De acordo com a Samsung, no Milk há mais de 200 estações dentro de 9 gêneros. Graças a uma parceria firmada com a Slacker, o serviço conta com 13 milhões de músicas.

Os usuários podem navegar por estilo, nome do artista, álbum ou música e criar suas próprias estações.

A novidade só está disponível na Google Play para usuários em alguns países, e a Samsung não informou quando e se o aplicativo funcionará no Brasil.

Curiosidades na internet

Luva musical ajuda pacientes com lesões na medula a retomarem a sensibilidade

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/ciencia/Luva-musical-ajuda-pacientes-com-lesoes-na-medula-a-retomarem-a-sensibilidade/

Mobile Music Touch Luva

Uma luva sem fio foi desenvolvida no Georgia Tech – Centro de Música e Tecnologia, nos EUA – para ensinar os usuários a tocar piano e, além disso, melhorar a sensibilidade e mobilidade das mãos de pessoas que sofreram danos na medula espinhal, segundo pesquisadores.

O estudante de graduação Kevin Huang, a professora Ellen Yi-Luen Do e o professor Thad Starner fazem parte do projeto “Piano Touch”, que utiliza uma luva equipada com pequenos sensores de vibração para ajudar os usuários a aprender a tocar músicas em um teclado.

O dispositivo chamado “Mobile Music Touch” trabalha ao lado de um computador e um teclado. Graças a ele, pacientes que sofreram traumas na medula há mais de um ano já apresentam bom desenvolvimento. Segundo a líder do projeto, Tanya Markow, os resultados foram além de suas expectativas, já que alguns pacientes conseguiram, inclusive, sentir a textura de suas roupas pela primeira vez após o trauma.

MMT Teclado

Quando uma música está programada em um computador, smartphone ou MP3 Player, o usuário aprende a tocá-la atráves de pistas táteis (que vibram na região dos dedos que devem pressionar as teclas) e visuais (que acendem as notas corretas nas teclas). Com o tempo, os usuários começam a memorizar as músicas e expandem seus repertórios.

Neste estudo, alguns participantes foram instruídos a praticar com a luva por 30 minutos, três vezes por semana, e também utilizar o aparelho por duas horas diárias, durante cinco dias na semana, para sentirem suas vibrações. Outros participantes praticaram as músicas e fizeram suas tarefas do dia-a-dia sem usar a luva.

Os pesquisadores avaliaram os participantes com vários testes de sensibilidade, e também segurando objetos, para mensurar o progresso. O resultado foi satisfatório: aqueles que usaram a luva ao piano apresentaram melhoras estatisticamente significantes.

Tanya Markow diz que as melhorias poderiam ser o resultado de uma atividade renovada no córtex sensorial da mão, que leva ao disparo do estímulo ao córtex motor cerebral. Tudo isso era uma reação de gatilho causada pelas vibrações na luva. Ainda não está claro se utilizar a luva fora do piano melhora os resultados. Para isso, mais pesquisas necessitam ser feitas e Markow pretende utilizar ressonância magnética para incluir resultados funcionais na próxima etapa.

Curiosidades na intermet

Rapaz implanta fones de ouvido na orelha

Acesse:http://www.techmestre.com/rapaz-implanta-fones-de-ouvido-na-orelha.html

Ideia é evitar utilizar aparelhos externos para escutar músicas.

Um rapaz chamado Rich Lee resolveu criar uma solução um tanto quanto inusitada para escutar música sem incomodar as pessoas. Ele realizou uma cirurgia para implantar pequenos imãs em uma parte da cartilagem da orelha, local onde comumente pessoas inserem piercings.
.
Os imãs conseguem se comunicar com um equipamento que utiliza uma bobina para enviar o som para o ouvido do rapaz. O aparelho fica escondido, pendurado no pescoço de Lee, e assim ninguém percebe quando ele escuta suas músicas. Já pensou se essa moda pega?
.
Rapaz implanta fones de ouvido na orelha

Curiosidades na internet

Como gerenciar suas músicas no PS3 e criar listas de reprodução

Acesse:http://www.techtudo.com.br/dicas-e-tutoriais/noticia/2013/04/como-gerenciar-suas-musicas-no-ps3-e-criar-listas-de-reproducao.html

Muito mais que um vídeo game da atual geração, o PlayStation 3 é uma central de multimídia, com inúmeras ferramentas para se gerenciar fotografias, filmes e músicas. Além do suporte que alguns jogos oferecem para arquivos em geral, o usuário pode utilizar o aparelho como um avançado player de áudio, ouvindo suas canções favoritas de maneira direta e até podendo criar listas de reprodução aleatórias.

O PlayStation 3 oferece recursos avançados em seu player de áudio. (Foto: Reprodução)O PlayStation 3 oferece recursos avançados em seu player de áudio. (Foto: Reprodução / Techtudo)

Formatos de arquivo

Existem diversas maneiras de se passar arquivos para o console da Sony, porém os formatos de mídia que podem ser reproduzidos são limitados. A empresa oferece suporte total para aquivos de áudio em formato MP3, MPEG-1/2 Audio Layer3, MP3 Surround, MP4(MPEG-4 AAC), WAVE(PCM linear) e WMA. O aparelho também reproduz Áudio Memory Stick(ATRAC), porém para ativar a leitura, o usuário deve ir até Configurações e clicar em Habilitar o tipo desejado.

Músicas através do Pen Drive

Os interessados podem passar arquivos do Pen Drive diretamente para o console. Para obter êxito no processo, é necessário criar uma pasta na raiz do dispositivo chamada “PS3” e inserir dentro dela outra pasta intitulada “MUSIC”.

Os arquivos de áudio devem ser inseridos no diretório. Também é possível acessar o conteúdo pressionando triângulo e solicitando a exibição de tudo que está inserido na memória móvel.

Os interessados podem inserir músicas pelo Pen Drive ou CD. (Foto: Reprodução)Os interessados podem inserir músicas pelo Pen Drive ou CD. (Foto: Reprodução)

Músicas através de mídia física

Caso o usuário não tenha nenhum Pen Drive, também é possível copiar arquivos de mídia física. Lembre-se sempre que alguns CDs possuem bloqueio por direitos autorais, o que impede a cópia da música. Após inserir o disco, os usuários devem pressionar o botão “triângulo” na faixa, e em seguida clicar em Copiar.

Criando listas de reprodução

Os usuários também podem criar listas de reprodução com conteúdos de álbuns distintos. Para isso, basta acessar o menu “Música” e clicar em “Listas de Reprodução”. Vá até “Criar Nova Lista de Reprodução” e em seguida dê o nome desejado à pasta. Siga até o arquivo e pressione o botão “triângulo” para poder editar a relação de canções. Escolha as músicas e encaminhe para o menu disponibilizado no lado direito para concluir os passos.

É possível adicionar conteúdo à lista de maneira intuitiva e rápida. (Foto: Reprodução) (Foto: É possível adicionar conteúdo à lista de maneira intuitiva e rápida. (Foto: Reprodução))É possível adicionar conteúdo à lista de maneira intuitiva e rápida. (Foto: Reprodução)
Curiosidades na internet

Veja dicas para não estourar seu plano 3G

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/1239458-veja-dicas-para-nao-estourar-seu-plano-3g.shtml

Para não estourar seu plano de dados do smartphone ou do tablet, evite, no 3G, ver vídeos e ouvir músicas em serviços on-line, como o YouTube e o Rdio, e use redes wi-fi sempre que possível.

Adotar um navegador de web econômico, como o Opera Mini, também ajuda.

Disponível para Android e iOS, o browser gratuito conta com uma tecnologia de compressão que, segundo a empresa, pode reduzir o gasto com dados em até 90%.

Curiosidades na internet

O Android, a partir da versão 4.0, permite monitorar os dados consumidos por cada aplicativo instalado. Quando o limite do seu pacote de dados (500 Mbytes, por exemplo) é atingido, a ferramenta desativa a conexão 3G até o fim do ciclo mensal.

Para acessar o recurso, vá a Configurações e selecione Utilização de dados.

Uma solução ainda mais completa é o Onavo Count, disponível para Android e iOS.

Como o Android dá permissões mais amplas aos aplicativos de terceiros do que o iOS, a versão para o sistema do Google é mais completa: além de monitorar a quantidade de dados usados por cada aplicativo diária, semanal e mensalmente, mostra alertas depois que um app é instalado, informando se ele é “fominha” demais ou não.

É possível ainda, no Onavo para Android, restringir ao wi-fi aplicativos que consomem muitos dados.

Outras opções para Android são o 3G Watchdog e o My Data Manager.

Curiosidades na internet

iPhone salva vida de soldado em combate no Afeganistão

Acesse:http://www.techmestre.com/iphone-salva-vida-de-soldado-em-combate-no-afeganistao.html

Um iPhone salvou a vida do soldado norte-americano Joel Stubleski. O acidente aconteceu durante um tiroteio no Afeganistão.
.
Segundo o rapaz, um tiro na direção de sua coxa foi feito durante um ataque no país do Oriente Médio, em 14 de maio do ano passado. Os médicos que o socorreram disseram que o iPhone, que estava no bolso da calça do soldado, salvou a vida do rapaz, desviando a trajetória da bala e evitando que ela acertasse a artéria femoral.
.
Mas o que de fato desviou a bala teria sido um case que Stubleski havia colocado no iPhone, evitando que o vidro do aparelho estourasse.
.
O soldado informou que usava o smartphone para filmar e ouvir músicas. “Os médicos vinham pra mim e diziam que era a coisa mais legal que já tinham visto”, relatou Stubleski.
.
.
Os companheiros de batalha também brincaram com o ocorrido, dizendo que iam começar a usar iPads em suas fardas para entrarem com segurança nos combates.
.
Curiosidades na internet
 

Filme sobre Tim Maia sairá em 2014, após atraso na produção

Acesse:http://www.circuitomt.com.br/editorias/cinema/20128-filme-sobre-tim-maia-saira-em-2014-apos-atraso-na-producao.html

IlustrativaTema de especiais na TV, livros, relançamentos de discos e um musical de sucesso recente –visto por mais de 250 mil pessoas–, Tim Maia (1942-1998) deve chegar também ao cinema.

 A cinebiografia do cantor, que completaria 70 anos ontem, tem previsão de ser lançada no verão de 2014.

Dirigido por Mauro Lima (“Meu Nome Não É Johnny”, 2008) e com produção da RT Features, o longa “Tim Maia” teve as filmagens reagendadas para abril do ano que vem.

Segundo o ator Robson Nunes, que interpretará o cantor da adolescência até o período em que ele volta dos Estados Unidos, onde viveu no começo dos anos 1960, o atraso do longa se deve a problemas de patrocínio.

“Fizemos a preparação entre novembro e dezembro do ano passado, eu e Babu Santana, que viverá o Tim já famoso. Vamos ter de retomar o processo”, diz.

À Folha o produtor Rodrigo Abreu Teixeira afirma que o filme passou por um “ajuste no orçamento”.

“Estamos trabalhando com um valor mais realista para o projeto ir para frente. O mercado brasileiro é caro e não consegue viabilizar as produções. Não concordo com os preços praticados aqui.”

“Tim Maia” teve aprovado na Ancine (Agência Nacional do Cinema) inicialmente a captação de R$ 12,8 milhões. O produtor não revela o novo custo do filme.

“Todos os números relacionados ao cantor, em qualquer mídia, foram um estouro. Tenho certeza de que o filme irá bem também”, afirma.

Baseado no livro “Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia” (Objetiva, 2007), de Nelson Motta, o longa tem roteiro de Mauro Lima e de Antonia Pellegrino (“Bruna Surfistinha”, de 2011).

A história passará por cinco décadas da vida de Sebastião Rodrigues Maia. Há filmagens previstas no Rio e em Nova York.

Para Nelson Motta, a importância do cantor na música brasileira “é do tamanho do peso dele [risos]”. “Objetivamente, estão aí o livro, o teatro, o filme, os discos. Suas músicas sendo regravadas, uma referência obrigatória para as novas gerações”.

Chama o síndico!

Curiosidades na internet

Xperia U receberá Android 4.0 em dezembro, garante Sony

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2012/10/xperia-u-recebera-android-40-em-dezembro-garante-sony.html

Sony confirmou que o Xperia U receberá o Android 4.0 Ice Cream Sandwich até dezembro. Com isso, o smartphone se une aos irmãos Xperia P e S, que já estão tendo seus sistemas operacionais atualizados. De acordo com a fabricante, todos os usuários receberão um aviso quando o update estiver disponível.
Smartphone de entrada deverá receber o Android 4.0 em dezembro (Foto: Reprodução)Sony Xperia U vai receber o Android
4.0 em dezembro (Foto: Reprodução)

Entre as novas funcionalidades do Android 4.0 dentro da linha Xperia estão o aprimoramento da interface, que fica mais bem acabada e fluida, e um melhor desempenho na reprodução de vídeos, com direito a um banco de dados com informações sobre os filmes. Além disso, oupdate traz o player Walkman, que oferece uma experiência mais completa na reprodução de músicas.

Outro ponto que mereceu atenção da Sony foi a galeria de imagens. Com o novo Android, o usuário terá a seu serviço um novo visual das listas de fotos, e ferramentas de edição de fotos embutidas no aplicativo. O álbum permitirá ainda a visualização das imagens em um globo, fazendo uso das tags de geolocalização para incluir as fotos nos locais onde foram tiradas.

A atualização ainda traz, por fim, melhoras no monitoramento do consumo de dados, novos modos de desbloqueio de tela, widgets redimensionáveis e botão de atalho aos aplicativos mais recentes.

Curiosidades na internet

86% dos usuários de banda larga do Brasil se preocupam com a segurança nas redes sociais

Acesse:http://www.d24am.com/noticias/brasil/86-dos-usuarios-de-banda-larga-do-brasil-se-preocupam-com-a-seguranca-nas-redes-sociais/65905

Outra questão abordada na pesquisa foi em relação às soluções para armazenamento, compartilhamento e backup dos dados

São Paulo – A explosão do uso das redes sociais está mudando o comportamento do internauta com relação à segurança das informações que ele mesmo publica na internet. É o que mostra um levantamento global realizado pela F-Secure (www.f-secure.com) com 6,4 mil usuários de banda larga em 14 países, incluindo o Brasil.

Enviar e receber arquivos (documentos, fotos, vídeos, músicas) por meio das redes sociais é uma das formas mais comuns de compartilhar conteúdos, isso para 50% dos entrevistados no mundo. Nos mercados emergentes esse percentual é ainda maior. No Brasil, 61% dos internautas consideram importante trocar arquivos por meio dessa plataforma e na Índia já são 76%.

No entanto, a preocupação com a segurança está cada vez mais presente, já que 86% dos entrevistados no Brasil afirmaram se preocupar com a privacidade quando publicam informações pessoais nas redes sociais. Mais de 80% disseram ter receio sobre as pessoas que podem ter acesso a fotos e vídeos nessas plataformas. A maior preocupação se dá entre pessoas na faixa etária de 45 a 60 anos.

Apesar de 75% dos internautas brasileiros considerarem o conteúdo mais importante do que o dispositivo em si (hardware), mantê-los protegidos ainda não é uma tarefa bem-sucedida para 74% dos brasileiros, os quais afirmaram já ter perdido conteúdos importantes, como fotos, vídeos, documentos e e-mails.

Outra questão abordada na pesquisa foi em relação às soluções para armazenamento, compartilhamento e backup dos dados. O meio mais utilizado para compartilhar arquivos ainda é o e-mail (81%), seguido das redes sociais (68%). Já para manter uma cópia dos arquivos, o HD externo (59%) ainda é a forma mais comum. No caso do Brasil, 20% dos usuários já utilizam uma solução de backup ou armazenamento online, contra 14% da média mundial. No que diz respeito à sincronização de conteúdos entre os dispositivos, a maioria dos entrevistados respondeu que utiliza uma conexão USB entre os equipamentos.

Mundialmente, 61% das pessoas confiam mais em seu provedor de banda larga do que em empresas globais como o Dropbox e o Google para armazenar e proteger seus conteúdos pessoais.

“Esse amplo estudo identificou pontos interessantes sobre o comportamento do usuário na internet. Uma das principais conclusões é que, felizmente, as pessoas estão mais conscientes em relação ao risco inerente de ter conteúdos pessoais trafegando na internet. Por isso a proteção contra vírus, malwares e outras ameaças cibernéticas continua sendo crucial. A novidade é que agora os internautas estão procurando formas mais seguras e eficazes para armazenar e sincronizar seus arquivos entre os vários dispositivos que possuem e também para compartilhar o conteúdo online, em qualquer lugar e a qualquer hora”, explica Ascold Szymanskyj, vice-presidente de operações de vendas e operações da F-Secure para a América Latina.

Curiosidades na internet