Acer lança novos tablets Iconia

Acesse:http://www.mundodastribos.com/acer-lanca-novos-tablets-iconia.html

A linha de tablets Iconia, da fabricante sediada em Taiwan, ganhou dois novos integrantes, que estarão disponíveis em diversos mercados ainda no primeiro semestre de 2014.

Acer, uma das maiores fabricantes de computadores do mundo, começou o ano de 2014 cheia de novidades, lançando produtos para vários segmentos, como o “computador tudo em um” equipado com Android e um novo Chromebook(notebook equipado com o sistema operacional Chrome OS, do Google).

670181 acer lanca novos tablets iconia 600x600 Acer lança novos tablets Iconia

Porém, os dispositivos mais aguardados, lançados pela empresa sediada em Taiwan, são os dois novos tablets produzidos por ela, também baseados no Android, que trazem um design elegante e vários recursos.

Os novos tablets da Acer estarão disponíveis em vários países, possivelmente ainda no mês de janeiro, após a apresentação oficial, que está prevista para acontecer na Consumer Eletronics Show 2014 (CES), na cidade de Las Vegas (EUA).

ICONIA A1-830

670181 acer lanca novos tablets iconia 1 600x600 Acer lança novos tablets Iconia

O modelo top de linha é o Acer Iconia A1-830, que possui corpo em alumínio e tela de 7.9 polegadas, com a tecnologia IPS e resolução de 1024 x 768 pixels. Ele é equipado com o processador Intel Atom de 1.6 GHz, tem memória RAM de 1 GB e capacidade interna de armazenamento de 16 GB, com possibilidade de expansão usando cartão microSD.

O sistema operacional é o Android 4.2 Jelly Bean, e o gadget traz câmera traseira com capacidade de gravar vídeos em Full HD (1080p) e câmera dianteira com qualidade HD (720p), ideal para a realização de videoconferências, utilizando aplicativos como o Skype.

Além da conectividade Wi-Fi, ele traz ainda porta micro USB e Bluetooth 3.0, que permitem a conexão com outros dispositivos. Já a bateria tem autonomia de até 7,5 horas, conforme os dados da Acer. Outro detalhe interessante é que ele pode vir com um teclado opcional.

preço do Iconia A1-830 parte de US$ 179,99, o equivalente a R$ 426,00, pela cotação do dia 7 de janeiro de 2014. As vendas iniciarão pelos Estados Unidos e, em breve, ele chegará a outros mercados.

continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Novos notebooks do Google

Acesse:http://www.mundodastribos.com/novos-notebooks-do-google.html

Em breve, três novos Chromebooks estarão disponíveis, trazendo desempenho bem superior ao dos antigos modelos, além de bateria com maior autonomia.
.
lançada em 2011, a linha de notebooks do Google está próxima de passar por uma grande atualização ainda em 2013, conforme as informações preliminares divulgadas pela gigante de buscas durante evento para desenvolvedores que ocorreu recentemente nos Estados Unidos.
654710 novos notebooks do google 600x600 Novos notebooks do GoogleO primeiro Chromebook, nome oficial do laptop desenvolvido pelo Google, teve como parceiros na sua fabricação a Samsung e a Acer, chegando como uma alternativa de baixo custo para os usuários, trazendo como diferencial o sistema operacional Google Chrome OS.

Para essa atualização, a empresa norte-americana ganhou novos parceiros, que são a HP, a Asus e a Toshiba, continuando ainda a parceria com a Acer. E para oferecer um desempenho superior aos modelos antigos, os novos Chromebooks virão equipados com os processadores Intel Haswell, lançados recentemente.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Novas tecnologias de gesto e voz dão cara de ficção científica aos computadores

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/08/1331277-novas-tecnologias-de-gesto-e-voz-dao-cara-de-ficcao-cientifica-aos-computadores.shtml

Respostas à questão de qual será o futuro dos computadores costumam ser dadas com exemplos da ficção.

Filmes como “Minority Report” popularizaram a ideia de visual futurista e máquinas inteligentes que entendem voz e gestos. Mas será isso o que aposentará o mouse e o teclado?

Parte da indústria de tecnologia aposta que sim, mas especialistas são moderados nas previsões sobre como os PCs que conhecemos atualmente mudarão.

A ideia de uma revolução no modo como interagimos com tais objetos tem parecido mais próxima com o lançamento de produtos acessíveis que encarnam funções pensadas nos filmes.

Um exemplo famoso é o Leap Motion, aparelhinho que permite controlar computadores por gestos, mas outros gadgets e tecnologias novos formam uma lista extensa.

Um aparelho desenvolvido pela Universidade de Minnesota, por exemplo, consegue controlar drones por meio de sensores ligados ao cérebro do usuário. A Prime Sense, inventora do Kinect, trabalha em uma miniatura do dispositivo para celulares.

Recentemente, a Intel criou um fundo de US$ 100 milhões para premiar iniciativas no campo que intitula de “computação perceptual”.

A ideia é que computadores estarão presentes em todos os objetos, interagirão com os seres humanos por meio de “interfaces naturais”, como gestos e voz, e serão pró-ativos, ou seja, adivinharão a vontade do usuário.

Scott Berkun, escritor e autor de livros sobre inovação, diz acreditar que, ao contrário das previsões cinematográficas, o futuro das interfaces será “entediante”.

“As principais formas como interagimos com o computador ainda são as mesmas: nós usamos os dedos para digitar letras e números. [Novas invenções] não vão mudar isso, enquanto nossa principal atividade [no computador] for ler e escrever” disse por e-mail à Folha.

Tal Dagan, vice-presidente de marketing da Prime Sense, também vê com reticência a ideia de novas interfaces se tornarem dominantes.

“Eu acho que gestos, por exemplo, têm potencial para a televisão, que tem uma interface ruim. Mas notebooks e computadores já funcionam bem, não há uma demanda forte por mudanças”.

  Editoria de Arte/Folhapress  

 

Curiosidades na internet

Intel se rende aos dispositivos móveis

Acesse::http://corporate.canaltech.com.br/noticia/intel/Intel-se-rende-ao-poder-do-mercado-de-dispositivos-moveis/

Intel

Parece que a Intel finalmente resolveu se render e reconhecer o poder dos dispositivos móveis. A empresa, cujos processadores estão embarcados em mais de 80% dos computadores pessoais em todo o mundo, admitiu que o declínio do mercado de PCs tradicionais não deve parar, e a mudança dos consumidores para tablets e outros dispositivos móveis é o que impulsiona essa queda.

Stacy Smith, o diretor financeiro da Intel, disse durante uma entrevista à Bloomberg que se pensarmos a respeito do uso de PCs há dois ou três anos, veremos o quanto ele diminuiu. Atualmente, a fabricante californiana também projeta chips para tablets, smartphones e Intel se rende aos dispositivos m que se transformam em tablets – e são esses processadores que estão dando a chance de a Intel compensar a queda na venda de PCs.

Alguns executivos da Intel já haviam declarado que não acreditavam na soberania móvel, e que os tablets seriam dispositivos auxiliares dos PCs – e não seus substitutos. Os mesmos executivos agora admitem que o crescimento da empresa depende dos chips de baixo consumo de energia para dispositivos portáteis.

Fato é que a queda nos números provenientes do mercado de PCs não para. Os embarques mundiais de computadores caíram 10,9% no segundo trimestre, para 76 milhões de unidades no período – o que representa a quinta queda trimestral consecutiva.

A maior divisão da Intel ainda é o grupo que fabrica chips para PCs – e apresentou uma queda de 7,5% nas vendas em relação ao segundo trimestre do ano anterior. A empresa não foi capaz de compensar essa queda, já que apresentou um aumento de apenas 1% nas vendas de chips para servidores.

Smith disse ainda que, por enquanto, a participação da Intel no mercado de chips para smartphones é “próximo de zero”, e que a participação no mercado de tablets ainda é “muito baixa”. Mas a ideia é mudar esse cenário com a produção de chips que não drenem a bateria dos dispositivos rapidamente.

Curiosidades na internet

Nanobateria de fibra de madeira pode ser recarregada por até 400 vezes

Acesse:http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2013/06/nanobateria-de-fibra-de-madeira-pode-ser-recarregada-por-ate-400-vezes.html

Cientistas da Universidade de Maryland, nos Estados Unidos, desenvolveram uma bateria ecológica, usando fibra de madeira recoberta de estanho. Para torná-la “verde”, os pesquisadores substituíram o lítio, altamente poluente, por sódio.

Pelo fato do sódio não manter a energia de forma tão eficiente quanto o lítio, essas baterias não devem chegar a aparelhos portáteis, como celulares e notebooks. Ela seria mais útil para o armazenamento de grandes quantidades de energia, como solar em uma usina.

bateria_fibra_madeiraBateria usa fibras de madeira e sódio (Foto: Reprodução/Ubergizmo)

“A inspiração por trás dessa ideia veio das árvores”, disse Liangbing Hu, professor assistente de ciência dos materiais da Universidade. “As fibras de madeira armazenam água rica em minerais, o que as torna ideais para o armazenamento de eletrólitos líquidos, fazendo com que sejam não apenas a base, mas também uma parte ativa da bateria”, explicou.

As baterias comuns são construídas de forma bastante dura, e muitas vezes não suportam as dilatações e contrações causadas pelos movimentos dos elétrons durante as recargas e descargas, respectivamente, podendo se romper. Como as fibras de madeira são bastante flexíveis, as baterias de sódio-íon puderam ser carregadas até 400 vezes, uma das maiores durações entre as nanobaterias.

Curiosidades na internet