iPhone 5s e 5c chegam ao Brasil com alto preço

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/iphone-5s-e-5c-chegam-ao-brasil-com-alto-preco-20131122.html

Mesmo aparelho que prometia ser mais barato pode custar quase R$ 2,600

5SDivulgação

iPhones chegaram ao Brasil em cores diferentes, de dourado a verde limão

Publicidade

Os smartphones “mais” aguardados chegaram ao Brasil, iPhone 5s e 5c, da Apple, começaram a ser vendidos à meia-noite de hoje (22). E neste horário algumas pessoas já aguardavam para adquirir o novo aparelho.

No Brasil, o luxuoso iPhone 5s com suas três cores (preto, dourado e prateado), com leitor biométrico, bateria útil de dez horas e duas vezes mais rápido por causa de seu chip A7 de 64 bits, foi o aparelho mais procurado entre os fãs da tecnologia Apple.

SteveJobs: conheça as curiosidades do criador do iPhone

O preço deixa a desejar, o valor divulgado do 5s nas lojas brasileiras foi de R$2.799 (TIM e Oi) e R$3.399 (Vivo, pré-pago). Já aparelhos com maior capacidade podem custar o dobro do valor.

Agora, o iPhone 5c que promete ser mais acessível para quem quer combinar qualidade e marca pode custar até R$2,599 no País. O modelo colorido tem cinco cores: verde, rosa, azul, branco e amarelo. Apesar de não vir com o chip A7, ele vem com o A6 que é o mesmo utilizado no iPhone 5.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Entenda o que pode mudar com uma possível venda da TIM

Acesse:http://corporate.canaltech.com.br/materia/tim/Entenda-o-que-pode-mudar-com-uma-possivel-venda-da-TIM/

tim

No começo da semana, o grupo Telefónica fechou um acordo para aumentar sua fatia na Telco, holding que controla a Telecom Italia, no que poderia garantir à empresa ser a maior acionista da Telecom Italia.

A Telefónica é uma empresa espanhola, enquanto a Telecom Italia é obviamente de capital italiano. Ainda assim, o país mais afetado pela negociação seria definitivamente o Brasil. Isso porque a Telefónica controla as operações da Vivo, enquanto a Telecom Italia controla a TIM Brasil.

Como já explicamos aqui, o acordo deve passar por uma complexa análise antitruste no Brasil antes de ser aprovado. As regras do setor de telecomunicações no nosso país não permitem a um grupo ter o controle de duas empresas que atuam na mesma região.

Qual a solução?

A Telefónica tem algumas opções para solucionar esse problema, se realmente finalizar o acordo com a Telecom Italia.

Telefonica

A primeira e óbvia seria unificar as bases de clientes das duas empresas em um único espectro (em outras palavras, se tornariam uma operadora só). O problema dessa solução é que isso poderia representar uma grande queda na qualidade do serviço, já que a base de clientes que hoje usa faixas de duas operadoras seria “afunilada” na frequência de apenas uma. Sendo assim, seria muito difícil que o governo federal aprovasse a negociação nesses termos.

Outra possível solução seria a venda da TIM Brasil para outra empresa. Ela poderia ser desmembrada e vendida em partes para Claro, Oi e até a própria Vivo. A venda da TIM Brasil seria benéfica para as três operadoras, o que poderia elevar a rentabilidade de seus serviços e trazer melhorias na qualidade e infraestrutura.

GVT e Vodafone entram na história

Existe uma terceira saída, que pode causar uma mudança bem mais radical no mercado de Telecom no Brasil: a compra da TIM e da GVT, juntas, para alguma nova operadora começar a atuar no país.

Os rumores de que a GVT estaria a venda já circulam há cerca de um ano. Contudo, o grupo francês Vivendi, que comprou em 2009 a até então nacional GVT, não conseguiu uma oferta próxima dos € 7 bilhões que gostariam para fechar negócio.

A GVT possui serviços de TV, internet e telefone fixo no Brasil, mas não atua como operadora móvel – um mercado bastante fechado e difícil de entrar para competir com as quatro grandes. Mas unificando os serviços de TIM e GVT, bem como sua base de clientes, uma nova operadora poderia começar suas operações no Brasil já como uma gigante. E a maior candidata é a britânica Vodafone.

Vodafone

Vodafone já teve outras oportunidades de investir em grandes operações no Brasil. Os britânicos foram sondados pela Anatel em leilões de faixas de frequência, mas a empresa nunca se interessou no passado. Contudo, recentemente, a Vodafone fechou uma das maiores negociações da história, com a venda da sua participação da Verizon Wireless para a operadora americana Verizon, pelo valor de impressionantes US$ 130 bilhões.

Com dinheiro sobrando caixa, os rumores são de que a empresa pode oferecer cerca de US$ 20 bilhões por TIM e GVT – 10 bilhões por cada uma. Essa ideia certamente agrada ao governo federal, que há tempos gostaria de ver uma nova concorrente no mercado de telecom brasileiro, com a esperança de que a qualidade dos serviços melhorasse.

Seja qual for o caminho tomado, a verdade é que muito provavelmente o setor de telecomunicações no Brasil está prestes a sofrer grandes mudanças. Resta saber quais serão.

Curiosidades na internet

Oi e Portugal Telecom anunciam fusão

Acesse:http://corporate.canaltech.com.br/noticia/oi/Oi-e-Portugal-Telecom-anunciam-fusao/

Oi / PT Telecom

 A brasileira Oi e a operadora portuguesa Portugal Telecom assinaram um memorando de entendimentos que, na prática, sinaliza a fusão entre as duas companhias, que deverá criar uma empresa chamada CorpCo.

A CorpCo será uma holding que controlará as ações tanto da Oi quanto da Portugal Telecom, criando assim uma operadora multinacional que já nasce com 100 milhões de clientes e presença em países que, somados, totalizam 260 milhões de habitantes.

Contudo, o comunicado divulgado pela Oi garante a continuidade das marcas comerciais Oi e Portugal Telecom, o que significa que não veremos mudanças de nomes por aqui.

Números da Oi

A Oi detém hoje, segundo dados da Teleco, 41,2% do mercado brasileiro de telefonia fixa. Na telefonia celular, a fatia é de 18,6%, ficando em quarto lugar atrás de Vivo, TIM e Claro. Na banda larga, o marketshare é de 29,2% e, na TV por assinatura, de 5,2%.

Apesar de possuir uma participação grande no mercado brasileiro, a companhia possui uma dívida líquida de quase R$ 30 bilhões.

A Portugal Telecom

A PT Telecom, em 2010, comprou 22,4% das ações da Oi em uma negociação de R$ 8,4 bilhões. Anteriormente, a empresa possuía também participação na Vivo, mas vendeu sua fatia para a espanhola Telefónica, hoje dona da marca.

Sobre a fusão

Com a fusão, PT Telecom e Oi devem criar uma das 20 maiores empresas mundiais de telecomunicações, com receitas de cerca de R$ 40 bilhões.

A união deve gerar “sinergias” de R$ 5,5 bilhões. Em outras palavras, as empresas devem cortar funções e departamentos que atualmente existem nas duas empresas, e provavelmente muitos funcionários deverão ser demitidos.

A CorpCo terá ações listadas no segmento Novo Mercado da BM&FBovespa, na bolsa de Nova York e na NYSE Euronext Lisbon. A Oi será uma subsidiária integral da CorpCo, que vai incorporar a Portugal Telecom.

Curiosidades  na internet

Anatel diz que irá multar operadoras por qualidade da banda larga móvel

Acesse:http://g1.globo.com/economia/negocios/noticia/2013/05/anatel-diz-que-ira-multar-operadoras-por-qualidade-da-banda-larga-movel.html

Presidente diz que valor só será conhecido após processo administrativo.
Vivo, Oi, TIM e Claro não cumpriram meta de 98% nas conexões.

O presidente da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), João Rezende, disse nesta sexta-feira (17) que as operadoras Oi, Vivo, Claro e TIM serão multadas por conta do descumprimento da meta de sucesso nas conexões de banda larga móvel de seus clientes.

“As empresas estão abaixo da média e serão punidas”, disse Rezende. Entretanto, ele não soube informar o valor da multa, que só será conhecida ao final do processo administrativo que já foi aberto na agência.

Dois relatórios já divulgados pela agência mostram que as quatro empresas não conseguiram cumprir a meta de 98% de sucesso nos acessos à banda larga móvel, valida desde setembro de 2012. A multa a que se refere o presidente da Anatel se deve ao desempenho apurado entre setembro e dezembro de 2012. O desempenho das operadoras é hoje de cerca de 95% e sucesso nas conexões.

Relatório
O acesso à rede de dados (internet) se manteve como principal problema da telefonia móvel no país entre os meses de novembro e janeiro, aponta o novo relatório de monitoramento divulgado nesta sexta-feira (17) pela Anatel.

De acordo com o documento, a taxa média de sucesso no acesso à rede de dados móvel no país, entre novembro de 2012 e janeiro 2013, foi de 95%, abaixo da meta de 98% estipulada pela Anatel às operadoras.

Portanto, assim como no trimestre anterior (agosto a outubro de 2012), alvo do primeiro relatório da Anatel de acompanhamento do setor, nenhuma das quatro grandes empresas de telefonia celular do país – Oi, Vivo, TIM e Claro -, conseguiu cumprir a meta de sucesso no acesso à rede de internet móvel.

O pior resultado foi apresentado pela Vivo, com taxa média de acesso de cerca de 92% – as outras três tiveram resultado de cerca de 95% ou mais.

O descumprimento da meta evidencia que a rede das empresas não suportava, pelo menos até janeiro, a demanda dos clientes por acesso à rede de internet móvel.

Como no relatório anterior, a Anatel avaliou outros três indicadores de qualidade dos serviços prestados pelas quatro empresas: acesso à rede de voz (sucesso nas tentativas de fazer chamadas), queda de chamadas e queda de conexões de internet móvel. Nestes três quesitos, as quatro operadoras estão dentro das metas.

Curiosidades na internet

TIM lança 4G sem aumentar o preço dos planos

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/04/tim-lanca-4g-sem-aumentar-o-preco-dos-planos.html

A TIM conseguiu concluir as instalações da tecnologia 4G em tempo para a Copa das Confederações e anunciou na última terça-feira (30), último dia para as operadoras lançarem o 4G, que a entrega da rede LTE não irá influenciar no preço dos planos atuais da companhia. Desta forma, os usuários pós-pago poderão utilizar os serviços de dados com maior velocidade sem precisar pagar mais nada por isso.

TIM lança seu plano de internet 4G em algumas cidades brasileiras  (Foto: Divulgação)TIM lança seu plano de internet 4G em algumas cidades brasileiras (Foto: Divulgação)

No entanto, para que a nova tecnologia possa ser utilizada, os clientes interessados precisarão ter um chip novo e um aparelho que suporte o 4G. O chip custará R$ 10, porém quem adquirir um smartphone ou modem 4G através dos pontos de comercialização da empresa ganhará o novo SIMCard de graça.

Quanto aos aparelhos, são poucos os que suportam o 4G no Brasil, por enquanto. Como solução, a TIM informou que suas lojas serão abastecidas com seis modelos já preparados para receber o novo sinal. Entre eles o Motorola RAZR HD, o LG Optimus G, o BlackBerry Z10 e o Samsung Galaxy S4. Este último também lançado nesta última terça-feira (30) no Brasil.

Já para quem deseja utilizar o 4G em computadores, a TIM declara que vai ofertar dois planos com franquias diferentes e o modem específico com condições de parcelamento do dispositivo em até 12 vezes sem juros. O primeiro plano para consumo de até 3GB sai por R$ 89,90, e o segundo por R$ 129,90 com o valor do modem incluído e pagos pelo período de um ano.

Para utilizar a rede 4G pela operadora, o usuário deverá se enquadrar em alguns requisitos (Foto: Reprodução/TIM)Para utilizar a rede 4G pela operadora, o usuário deverá se enquadrar em alguns requisitos (Foto: Reprodução/TIM)

A iniciativa da TIM é resultado de uma parceria com a Oi que prevê o compartilhamento da rede entre as duas e, como consequência, a redução de custos na implantação e manutenção da infraestrutura. Cada uma ficou responsável por implantar a tecnologia em uma parte do conjunto de cidades que deveriam receber o 4G durante duas fases em 2013.

Recife, Salvador, Fortaleza, Brasília, Belo Horizonte e Rio de Janeiro, como sediarão os jogos da Copa das Confederações deste ano, são as primeiras a receber o sinal da quarta geração de telefonia móvel. Mas até o final do ano Curitiba, Manaus, Porto Alegre, Cuiabá, Natal e São Paulo também deverão receber a cobertura e ficarem prontas para a Copa do Mundo 2014.

Curiosidades na internet

Vivo lança serviço de Internet 4G em sete capitais brasileiras

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/04/vivo-lanca-servico-de-internet-4g-em-sete-capitais-brasileiras.html

A Vivo lançou seus planos de internet 4G em uma coletiva realizada nesta terça-feira (30), em São Paulo. A cobertura estará disponível inicialmente em São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Savador, Recife, Fortaleza e Brasília, e começa a operar a partir de hoje. A empresa disponibilizou um site com informações sobre cobertura de cada cidade.

Aprenda a diferença entre 3G e 4G

4G da Vivo chega em sete capitais brasileiras (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)4G da Vivo chega em sete capitais brasileiras (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)

Os valores dos planos variam de cidade para cidade. No Rio de Janeiro, os planos em smartphones iniciam com 60 minutos e 2 GB de franquia de Internet, custando R$ 149, e chegam a um top de 1200 minutos com 6 GB de franquina de Internet, custando R$ 569. As cidades localizadas em Minas Gerais e Rio Grande do Sul seguem a mesma tarifa.

4G da Vivo também está disponível para tablets e notebooks (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)4G da Vivo também está disponível para tablets e notebooks (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)

O preço do pacote 4G muda também dependendo do aparelho que o usuário tem. O serviço está disponível, além de nos celulares, para tablets e notebooks, e para o desktop, em forma de modem USB, assim como já acontecia com o 3G.

Casa 4G é a internet da Vivo direto no computador via modem (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)Casa 4G é a internet da Vivo direto no computador via modem (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)

As operadoras têm até o fim desta terça-feira (30) para fazer a cobertura de pelo menos 50% da área dos seis municípios que vão sediar a Copa das Confederações em junho (Rio de Janeiro, Recife, Belo Horizonte, Fortaleza, Brasília e Salvador). Ou seja, o 4G da Vivo já estará disponível em diversos locais ainda hoje.

Teste de velocidade com o modem 4G da Vivo (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)Teste de velocidade com o modem 4G da Vivo (Foto: Rodrigo Bastos/TechTudo)

A conexão 4G, porém, não é mais inédita no Brasil. A Claro havia lançado seu serviço no início do mês de maio nas cidades-sedes e em São Paulo, Curitiba e Porto Alegre. Já a Oi começou a operar sua rede 4G no Rio de Janeiro em parceria com a TIM, e pretende aumentar a cobertura para outras regiões em maio.

Curiosidades na internet

TIMmusic: operadora lança novo serviço de download de músicas

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/tim/TIMmusic-operadora-lanca-novo-servico-de-download-de-musicas/

Agora, alguns clientes da TIM poderão ter acesso a um acervo musical por meio de um novo serviço lançado pela operadora, o TIMmusic. O recurso está restrito a usuários de alguns smartphones Android, que poderão acessar entre 5 e 10 milhões de músicas.

A novidade nasceu de uma parceria da operadora com a empresa norte-americana ‘Muve Music’ e deve estar disponível nos próximos dias. Os clientes poderão baixar músicas e playlists perante uma cobrança, que é diferente em cada caso. Clientes de planos pré-pagos vão pagar R$ 0,50 por dia para baixar e ouvir quantas músicas quiserem durante o período, enquanto os clientes de planos pós-pagos pagam um valor fixo de R$ 9,90 a cada mês.

A interface do TIMmusic é simples e não há necessidade de cadastro para acessar o serviço, já que a identificação do usuário é feita pelo SIM card. Inicialmente, apenas clientes que possuem os seguintes smartphones poderão acessar o serviço:

  • Samsung Galaxy SIII Mini
  • Samsung Galaxy SII Lite
  • Samsung Galaxy Pocket
  • Samsung Galaxy SIII
  • Samsung Galaxy Y
  • Samsung Galaxy Ace
  • Samsung Galaxy Y Duos
  • Motoroal Razr i

A operadora pretende expandir o TIMmusic para outros aparelhos em breve, inclusive para tablets. “E já estamos desenvolvendo uma versão para o sistema iOS, da Apple, embora não haja prazo definido. Entretanto, não há planos para portá-lo para Windows Phone ou BlackBerry”, explica o diretor de marketing da TIM, Roger Solé.

TIMmusic

Curiosidades na internet