Porsche anuncia recall de 1.500 veículos no mundo todo

Acesse:http://epocanegocios.globo.com/Informacao/Acao/noticia/2012/07/porsche-anuncia-recall-de-1500-veiculos-no-mundo-todo.html

Porsche (Foto: Getty Images)

A Porsche anunciou nesta quarta-feira (18/07)  a necessidade de um recall mundial de 1.500 veículos por um possível defeito no sistema de turboalimentação, nos modelos Panamera Turbo S e Cayenne Turbo, de 2011 e 2012.

O sistema de turbo alimentação dos veículos afetados deverá ser trocado por problemas de qualidade, segundo a empresa.

Na Alemanha, onde está localizada a sede da fabricante de automóveis esportivos de luxo, 229 veículos foram afetados. Já nos Estados Unidos o número de carros que devem participar do recall é é de 270. EF

Curiosidades na internet

“A Era do Gelo 4” bate “Homem Aranha” nas bilheterias dos EUA

Acesse:http://www.pbacontece.com.br/Portal/categorias/destaques/item/2278-a-era-do-gelo-4-bate-homem-aranha-fica-em-primeiro-lugar-nos-eua

"A Era do Gelo 4" bate "Homem Aranha" nas bilheterias dos EUA

“A Era do Gelo 4” ficou entre os filmes mais rentáveis do fim de semana nos EUA, tendo arrecadado US$ 46 milhões em três dias.

Embora os números iniciais de sexta (13/07) não tenham sido tão bons, o resultado ficou de acordo com o que a Fox esperava. O quarto segmento da animação fez praticamente o mesmo que o primeiro filme, que estreou com US$ 46,3 milhões em 2002 – sem os ingressos mais caros do formato 3D.

Orçado em cerca de US$ 95 milhões, “A Era do Gelo 4” ultrapassou US$ 250 milhões internacionalmente; a contagem mundial do filme é de US$ 385 milhões até domingo.

Líder folgado no fim de semana anterior, o mais recente “Homem-Aranha”, novo filme da franquia com Andrew Garfield no papel de Peter Parker, caiu para o segundo lugar com vendas de US$ 35 milhões, de acordo com estimativas dos estúdios neste domingo (15/06).

O filme do super-herói arrecadou US$ 140 milhões nos seis primeiros dias de exibição, iniciados à meia noite da véspera do feriado de 4 de julho, dia da independência nos Estados Unidos.

“Ted”, comédia sobre um homem e seu urso de pelúcia boca suja e maconheiro, escorregou para a terceira posição com vendas locais de US$ 22,1 milhões de sexta-feira a domingo.

“Brave”, novo conto de fadas animado da Disney, recolheu US$ 10,7 milhões em ingressos no mercado norte-americano na quarta colocação.

CONFIRA O TRAILER OFICIAL:

Curiosidades na internet

Samsung vence Apple nos tribunais: Juiz diz que Galaxy Tab “não é tão fixe”

Acesse:http://www.ptjornal.com/201207099461/geral/tecnologia-ciencia/samsung-vence-apple-nos-tribunais-juiz-diz-que-galaxy-tab-nao-e-tao-fixe.html

Sul-coreana derrota a norte-americana num processo que envolvia os tablets das duas empresas. Apple acusava Samsung de copiar o iPad, mas juiz afirma que o Galaxy Tab “não é tão fixe”.

Parece mentira mas foram mesmo estas as palavras utilizadas por um juiz britânico, que deu esta segunda-feira razão à Samsung num processo com a Apple.Recorde-se que a empresa liderada por Tim Cook acusava a Samsung de copiar as linhas do iPad, com os seus tablets da série Galaxy Tab. Agora, numa decisão tornada pública esta semana, Colin Birss, juiz que acompanhou o caso, deu razão à sul-coreana, afirmando que o design do seu tablet não se parece com o aparelho da Apple.

O Galaxy Tab “não é tão fixe” quanto o iPad, sublinhou o juiz, acrescentando ainda que lhe que falta a simplicidade do modelo em si, característica dos produtos da Apple.

Mesmo depois de tomada a decisão, a marca da maçã não pretende desistir. Um responsável da empresa diz mesmo que “a cópia integral do design é errada e a propriedade industrial das marcas deve e tem de ser protegida”, refere.

Contudo, e olhando para o que tem sido a história das empresas fabricantes de tablets e smartphones, a guerra das patentes nos tribunais promete durar. Nos finais de junho, a Apple conseguiu que um tribunal norte-americano proibisse a Samsung de vender o novo Galaxy Tab 10.1 nos Estados Unido.

Resta agora aguardar pelas cenas dos próximos episódios.

Curiosidades na internet

Google: carros sem motorista serão modo de transporte dominante

O presidente do Google, Eric Schmidt, falou com a imprensa sobre durante a conferência Allen & Co.. Foto: ReutersO presidente do Google, Eric Schmidt, falou com a imprensa sobre durante a conferência Allen & Co. Foto: Reuters

O presidente do Google, Eric Schmidt, afirmou durante a conferência da empresa de investimentos Allen & Co., que acontece até sábado nos Estados Unidos, que os carros sem motorista “devem se tornar o modo predominante de transporte em nosso tempo”. O executivo afirmou que o carro desenvolvido pelo Google ainda enfrenta desafios, mas que a companhia já conversa com todos os fabricantes globais de automóveis.

“O principal problema hoje é que ele roda dentro do limite de velocidade, e ninguem dirige dentro do limite de velocidade”, afirmou Schmidt, dizendo que esse é um dos motivos pelo qual o carro ainda não está pronto para entrar em produção.

Schmidt revelou detalhes sobre o funcionamento do carro: os usuários digitarão o endereço de destino em um sistema mais avançado do Google Maps, que sempre haverá uma pessoa sentada no banco do motorista, em frente a um grande botão vermelho de desligar. O carro funcionaria de modo semelhante ao piloto automático de aviões, sempre com um ser humano em espera para emergências.

O carro sem motorista do Google usa câmeras de vídeo montadas no teto, sensores de radar e uma mira a laser para enxergar outros carros e obstáculos no trânsito. Segundo a companhia, o veículo já rodou milhares de quilômetros em testes. O estado americano de Nevada já concedeu uma licença para que o Google a faça testes do seu veículo sem motorista em vias públicas. O veículo usado no teste tem uma placa especial, com fundo vermelho e um símbolo de infinito.

A conferência em que Shcmidt falou sobre o carro existe há 30 anos e é organizada pela empresa de investimentos Allen & Co, tem consistentemente atraído executivos poderosos dos setores de mídia e tecnologia

Curiosidades na internet

Vendido a US$ 199, tablet Nexus 7, do Google, custa US$ 159 para fabricar

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/1118719-vendido-a-us-199-tablet-nexus-7-do-google-custa-us-159-para-fabricar.shtml

Os materiais usados na versão de 8 Gbytes do tablet Nexus 7, recém-lançado pelo Google, custam, somados, US$ 152, segundo um estudo da IHS iSuppli, citado pelo site “AllThingsD”.

O preço de varejo que o Google sugere para o tablet nos Estados Unidos é de US$ 199, US$ 47 a mais do que esse valor. Considerando também o preço da mão-de-obra, o tablet custa US$ 7,50 a mais para fabricar: US$ 159.

Divulgação
O tablet Nexus 7
O tablet Nexus 7

O valor de fabricação da versão de 16 Gbytes, que tem preço sugerido de US$ 249 –US$ 50 a mais do que o da versão com espaço interno menor–, é de US$ 166,75 no total.

O Kindle Fire, tablet de 8 Gbytes da Amazon que é o concorrente mais direto do Nexus 7, é fabricado a um custo total (com mão-de-obra) de US$ 139,80 e vendido a US$ 199.

Curiosidades na internet