i-Real: o futuro dos veículos pessoais chegou! Veja o vídeo e surpreenda-se

Acesse:http://noticias.seuhistory.com/i-real-o-futuro-dos-veiculos-pessoais-chegou-veja-o-video-e-surpreenda-se

O i-Real está aqui e com ele a Toyota inaugura uma nova era no caminho de um mundo menos tóxico e poluído. O i-Real tem uma proposta ambiciosa que, segundo seus criadores, pode ser a chave para um futuro livre das emissões tóxicas causadas pelo transporte urbano. Pequeno, moderno e eficiente, o i-Real parte da ideia do transporte para apenas uma pessoa, a partir da interação do movimento do piloto. Graças ao seu desenho ergométrico, o motorista pode manobrar, virando para a esquerda ou direta, com uma simples inclinação de seu próprio corpo.

O carro <http://seuhistory.com/programas/louco-por-carros.html> é movido a eletricidade, sua bateria garante uma autonomia de até 30 quilômetros e pode ser carregada em qualquer tomada. O veículo foi programado para duas opções de condução: o modo urbano e o de distâncias maiores. Na primeira, pode chegar a 6 km/h, ao adotar a posição vertical, reduzindo a distância entre os eixos para movimentar-se em zonas de pedestres. Na segunda opção, o carro toma uma posição horizontal, com mais estabilidade. Nesse modo, o automóvel carro pode alcançar até 30km/h.
Um poderoso sistema de sensores monitora constantemente o movimento de pessoas e outros veículos ao redor do i-Real. Utilizando um moderno sistema de alerta visual e sonoro, ele mantém o motorista; informado sobre todo e qualquer movimento a sua volta.

Curidades na internet

China projeta o carro voador e o apresenta na Feira de Automóveis de Pequim [Vídeo]

Acesse:http://noticias.seuhistory.com/china-projeta-o-carro-voador-e-o-apresenta-na-feira-de-automoveis-de-pequim-video

Carro voador da Volkswagen | Notícias | The History Channel
A Volkswagen da China acaba de bater um marco no People’s Car Project,  projeto que tem como objetivo conhecer a fundo as ambições do maior mercado automobilístico do planeta. Trata-se do Hover Car, resultado de um conceito surgido entre as mais de 120 mil propostas enviadas para o PCP.
O protótipo desenvolvido pela fábrica alemã contempla um design de forma achatada, confeccionado em fibra de carbono, que flutua no ar e desliza por trilhos magnéticos. Além disso, o Hover conta apenas com uma marcha.
O modelo futurista é equipado com um avançado sistema de prevenção de colisões, que avalia constantemente o fluxo do trânsito, tanto de outros veículos, como o de pedestres. Sozinho, ativa os freios de emergência, reduz a velocidade e faz manobras. Tudo isso sem a necessidade de intervenção do motorista.
O carro encantou o público ao ser apresentado na última Feira do Automóvel de Pequim. Ao que parece, o futuro de carros deslizando nas metrópoles pelo ar já chegou. Pelo menos, na China.

Assista ao vídeo, e surpreenda-se

Curiosidades na internet

O primeiro dirigível Aeroscraft saiu do chão

Acesse:http://www.tecmundo.com.br/veiculos/44544-o-primeiro-dirigivel-aeroscraft-saiu-do-chao.htm

Modelo da empresa Aeros teve seu primeiro teste de voo registrado, mas ainda precisa de um lançamento definitivo

O primeiro dirigível Aeroscraft saiu do chão(Fonte da imagem: Reprodução/Aeros)

Após anos em desenvolvimento, o primeiro Aeroscraft, um modelo híbrido de dirigível e avião construído pela empresa Aeros, começa a levantar voo e se tornar realidade.

Desde 1937, com o acidente do Hindenburg, dirigíveis desapareceram dos céus e deixaram de ser uma opção de transporte aéreo, seja na área comercial, turística ou de carga.

Porém, o novo Aeroscraft traz inovações em tecnologia que aumentam a segurança e a viabilidade desse modelo de estrutura aerodinâmica. Em um futuro não muito distante, esses veículos poderão ser vistos novamente no ar e não serem obras de ficção.

Um gigante nos céus

O Aeroscraft combina elementos de uma aeronave mais leve que o ar com os de um avião. Feito de alumínio e fibra de carbono, ele comporta cerca de 396.000 m³ de hélio, estancados em enormes bexigas, o que neutraliza aproximadamente 60% do seu peso. Isto é impressionante se considerarmos as dimensões do veículo: 50 m de altura, 74 m de largura e 197 m de comprimento.

Graças a uma série de motores, o modelo pode alcançar voo como um avião. Ele poderá transportar cargas e passageiros e ir a lugares que aeronaves comuns são incapazes de chegar. Como não precisa de pistas de pouso e decolagem, o Aeroscraft pode ir a lugares remotos que não são acessíveis a aviões convencionais.

O primeiro dirigível Aeroscraft saiu do chão(Fonte da imagem: Reprodução/Aeros)

Novos modelos de veículos aerodinâmicos são uma tendência para o futuro da indústria de transporte, bem como para o turismo de passageiros. Com a estrutura do Aeroscraft, imensas cargas poderão ser transportadas ao redor do mundo com maior facilidade, sem a necessidade de desmontar peças muito grandes.

Além disso, acredita-se no potencial da aeronave para realizar um novo tipo de viagem, em que esses dirigíveis híbridos funcionem como gigantescos cruzeiros das alturas. Uma ideia capaz de deixar muita gente com vertigem.

Falta ainda, porém, um lançamento em definitivo do veículo. O voo realizado no último domingo ainda continha amarras de segurança para conter a estrutura. Mas ninguém duvida que a nave saia do chão. Um voo completo do Aeroscraft deve acontecer ainda nos próximos dias.

 

Curiosidades na internet

Ásia constrói cidades inteligentes ‘do zero’ ao custo de US$ 102 bilhões

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/07/1303359-asia-constroi-cidades-inteligentes-do-zero-ao-custo-de-us-102-bi.shtml

As cidades de Songdo, na Coreia do Sul, e de Masdar, nos Emirados Árabes, estão sendo construídas do zero com base nos conceitos de “smart city”.

Songdo era um território de 6 km² à beira-mar, localizado a 65 km de Seul. O governo sul-coreano decidiu investir cerca de US$ 80 bilhões para criar um município inteligente que tem a pretensão de tornar-se um modelo para outras cidades.

Divulgação
Songdo é cidade planejada, do zero, como uma smart city
Songdo é cidade planejada, do zero, como uma smart city

Praticamente tudo está conectado à internet. Até mesmo garrafas de refrigerante terão sensores wi-fi e computarão desconto nos impostos de moradores que jogarem o produto no cesto de reciclagem correto.

Para atingir a meta de ser uma cidade sem trânsito, as ruas possuem sensores no asfalto que analisam o tempo de deslocamento de veículos em engarrafamentos. Sensores também estão presentes em postes de iluminação pública para diminuir a intensidade das luzes quando não há ninguém passando.

Masdar, em Abu Dhabi

 Ver em tamanho maior »

Divulgação

AnteriorPróxima

Abu Dhabi constrói a cidade de Masdar para ser exclusiva para pedestres

Já Masdar é erguida no deserto árabe, no emirado de Abu Dhabi. Em parceria com o MIT, o instituto de ciência e tecnologia local desenvolveu painéis de energia solar que ficam no topo dos prédios e serão usados para armazenar e gerar toda a eletricidade necessária para a cidade.

Além disso, carros e ônibus elétricos circularão no subsolo, já que o município foi projetado para ser exclusivo para pedestres. O governo de Abu Dhabi investiu US$ 22 bilhões, e Masdar deverá ser concluída em 2025.

Curiosidades na internet

O carro da Volvo que estaciona sozinho é magia pura

Acesse:http://tecnologia.br.msn.com/mercado/o-carro-da-volvo-que-estaciona-sozinho-%C3%A9-magia-pura

Veículo da empresa sueca usa sensores para encontrar uma vaga no estacionamento e parar nela sozinho.

Divulgação

Divulgação

Carros que estacionam sozinhos não são novidade, mas a Volvo levou o conceito um passo – ou melhor, quilômetros – à frente. Este novo conceito de veículo consegue encontrar um lugar vazio no estacionamento e, depois, estacionar sozinho.

Basta deixar seu carro na entrada do estacionamento, e como um manobrista automático, ele cuida do resto.

O veículo usa uma combinação de tecnologias para navegar pelo estacionamento e encontrar um lugar vazio. Para monitorar e evitar outros veículos e pedestres, ele tem câmeras e sensores. E tudo é ativado a partir de um celular: assim, você informa ao seu veículo para ir se estacionar sozinho, e para solicitar que venha buscar você.

No entanto, ele requer transmissores embutidos na superfície do estacionamento para ajudar o veículo a se orientar em cada curva. E infelizmente, não há prazo para a nova tecnologia se tornar uma opção real para os consumidores.

A Volvo vai demonstrar o conceito de veículo na próxima semana. Espero que isso seja um passo a mais para dispensar o manobrista – e para não perder tempo dentro do estacionamento.

Veja o vídeo.

Curiosidades na internet

Faróis do futuro serão capazes de tornar a chuva invisível para os motoristas

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/veiculos/Semaforos-do-futuro-serao-capaz-de-tornar-a-chuva-invisivel-para-os-motoristas/

Carro na chuva

A chuva costuma ser um dos principais inimigos dos motoristas que circulam pelas ruas das grandes cidades, fazendo com que, muitas vezes, a visibilidade seja comprometida. Uma nova tecnologia co-desenvolvida pela Intel, em parceria com pesquisadores da Carnegie Mellon University, nos Estados Unidos, promete conceder aos faróis do futuro recursos para tornar a chuva invisível e evitar acidentes devido à péssima visibilidade nas vias.

Os pesquisadores planejam faróis para os veículos do futuro que não utilizem mais as lâmpadas convencionais, mas usem uma espécie de projetor. Com a nova tecnologia, uma câmera será instalada logo abaixo do projetor presente nos faróis, registrando sempre as gotas de água que atingem os feixes de luz dos faróis. As informações da câmera são enviadas a uma central de processamento que identifica os pingos de chuva e faz um cálculo próximo sobre em qual direção as gotas de chuva deverão atingir os faróis.

Depois de captadas todas as informações sobre o direcionamento da chuva, o projetor apaga os bits de sua projeção que atingiriam os pingos d’água. O resultado é uma luz que brilha forte na frente do carro no escuro e não destaca a chuva. A introdução de um projetor, de uma câmera e de uma unidade de processamento poderá tornar os faróis ainda mais caros do que os equipados com lâmpadas convencionais.

A Intel afirma que a tecnologia ainda precisa ser aprimorada e que nós não devemos ver o recurso empregado em carros novos pelo menos ao longo da próxima década. Confira abaixo um vídeo, em inglês, produzido pelo CNET sobre a tecnologia:

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Moveo: moto elétrica dobrável pode ser carregada como uma mala de rodinhas

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/veiculos/Moveo-moto-eletrica-dobravel-que-pode-ser-carregada-como-uma-mala-de-rodinhas/

MOVEO

A superlotação de veículos nas cidades e a falta de estacionamento são um dos grandes problemas para quem vive em metrópoles. E depois de um período de cinco anos de desenvolvimento, a Antro – grupo húngaro sem fins lucrativos – apresentou a primeira scooter elétrica e dobrável do mundo, que pode ser carregada como se fosse uma mala de rodinhas, a Moveo.

Segundo o Technabob, a Moveo é feita de fibra de carbono, pesa 25 quilogramas, atinge velocidade máxima de 45 quilômetros por hora e o melhor de tudo, você pode guardá-la até embaixo da sua mesa do escritório. Com uma carga completa de bateria, a pequena moto é capaz de rodar até 35 quilômetros sem precisar de ‘abastecimento’ – a bateria leva apenas uma hora para ser recarregada.

Moveo

MoveoFotos: Divulgação

Por enquanto, a Moveo é apenas um protótipo e seus criadores buscam fundos para iniciar sua produção e comercialização. Além disso, a Antro estima que quando a moto estiver disponível no mercado, ela poderá ser adquirida por um valor estimado entre US$ 3.100 e US$ 4.600 (R$ 6.068 e R$ 9 mil, respectivamente).

Curiosidades na internet