Viajantes devem tomar vacina contra a febre amarela antes das férias

Acesse:http://noticias.r7.com/saude/viajantes-devem-tomar-vacina-contra-a-febre-amarela-antes-das-ferias-18122013

Vacina deve ser tomada pelo menos dez dias antes da viagem

Turista deve tomar vacina contra febre amarelaABr

A Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo faz um alerta aos paulistas que desejam viajar neste final de ano e no período de férias: dependendo do destino, é necessário tomar a vacina contra a febre amarela. Trata-se de doença infecciosa viral aguda, transmitida por mosquitos e que pode levar à morte.

Os sintomas mais comuns são febre alta, calafrios, vômitos, dores no corpo, pele e olhos amarelados, sangramentos, fezes cor de “borra de café” e diminuição da urina. Nas áreas silvestres de algumas regiões e estados brasileiros, como Minas Gerais, Bahia, Paraná, Rio Grande de sul e parte do Estado de São Paulo, o risco de contágio pela febre amarela é maior. Por isso a prevenção é fundamental para evitar a doença.

OMS divulga nova determinação sobre vacina contra febre amarela

Alguns países também exigem um certificado internacional obrigatório de imunização contra a febre amarela para permitir a entrada de turistas. A vacina é indicada a partir dos nove meses de idade e o ideal é que seja tomada até dez dias antes da viagem. O produto é contraindicado para crianças menores de seis meses, pessoas em tratamento para câncer, HIV e gestantes (com exceção se houver alto risco de exposição).

Helena Sato, diretora de imunização da Secretaria, reforça que “a vacinação é a única medida eficaz para evitar a infecção, e está disponível gratuitamente em postos de saúde. É muito importante que as pessoas que vão as regiões de risco e os moradores desses locais ainda não imunizados recebam uma dose da vacina”.

A lista completa de postos que oferecem gratuitamente a vacina está disponível no site do Centro de Vigilância Epidemiológica da Secretaria (www.cve.saude.sp.gov.br).

Britânica recebe conta de R$ 70 mil por usar Facebook durante viagem

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/britanica-recebe-conta-de-r-70-mil-por-usar-facebook-durante-viagem/37688

(Foto: Reprodução)
Internet durante uma viagem internacional pode ser útil, mas pode sair bem caro. A britânica Helen Christie, de 40 anos, descobriu isso da pior forma possível. Ela utilizou seu smartphone em roaming para acessar o Facebook enquanto viajava e, quando voltou, descobriu que precisaria pagar 19.656 libras esterlinas, equivalente a cerca de R$ 70 mil.
.
Christie assinou um plano de 6 libras (R$ 22) por dia para uso de internet, mas o custo ficou em 2,7 mil libras (R$ 9,9 mil) diárias. A operadora Orange alega que o valor absurdo se deu porque ela havia desmarcado uma opção que limita o gasto de dados em até 42 libras (R$ 154) por dia.”Eu achei este valor uma afronta. Todas minhas férias custaram £ 700 [cerca de R$ 2.500]. As táticas usadas pelas operadoras são assustadoras. As pessoas não percebem o que essas companhias estão fazendo”, afirma ela em entrevista ao The Mirror.

Ao ser contatada pela imprensa local, a operadora decidiu rever a situação de Christie e decidiu cobrar um pouco menos. Pelo “caráter excepcional das circunstâncias”, a Orange cobrará apenas 875 libras (R$ 3,2 mil) pelo serviço prestado, mas Helen ainda não está satisfeita e irá protestar o valor na justiça.

Curiosidades na internet

TOYOTA DESENVOLVE CARROS QUE INTERAGEM COM A PAISAGEM

Acesse:http://noticias.seuhistory.com/toyota-desenvolve-carros-que-interagem-com-paisagem

A Toyota, através de seu centro europeu para o desenvolvimento de novos produtos, conseguiu desenhar um poderoso sistema de realidade aumentada capaz de ser instalado nos vidros/janelas laterais, no do teto ou no para-brisas de um automóvel. Apesar de funcionar nos centros urbanos, a nova função pode acentuar a beleza de uma longa viagem pelas estradas de um caminho rural.

Graças ao desenvolvimento do estudo de aumento da realidade do Window to the World, que pretende transformar uma simples janela de vidro em um objeto tecnológico interativo, capaz de fornecer informação, entretenimento e assistência ao motorista e passageiros. Desta forma, podemos imaginar uma criança viajando tranquilamente no banco de trás, desenhando no vidro da janela do carro diretamente com o dedo; ou maximizando uma parte da paisagem com um efeito lupa; fazendo um zoom sobre uma casa que observou a distância.

Outro passageiro pode estar viajando a seu lado e utilizer sua janela para calcular a distância entre o carro e qualquer objeto encontrado na paisagem. Ao escurecer, ambos se distraem observando as estrelas e constelações através do vidro do teto. Toda esta viagem de sonhos está bastante adiantada e em pouco tempo, disponível para muitos.

Curisiodades na internet

Avião movido à energia solar tenta quebrar recordes

Acesse:http://www.techmestre.com/aviao-movido-a-energia-solar-tenta-quebrar-recordes.html

Missão é atravessar os Estados Unidos utilizando seu sistema que aproveita energias renováveis.

Um avião sustentável foi desenvolvido para tentar bater um recorde mundial: atravessar os Estados Unidos utilizando seu sistema que aproveita energias renováveis. O Solar Impulse HB SIA é uma aeronave que utiliza a energia solar, contando com 11.628 painéis fotovoltaicos que captam a energia.
.
A primeira parte do objetivo foi concluída com sucesso, já que o avião foi de San Francisco a Phoenix. A aeronave tem a missão de chegar em Nova York ao final do percurso. Mas esta não é a primeira viagem feita pelo Solar Impulse HB SAI. Ele já conseguiu fazer um voo intercontinental entre Espanha e Marrocos. Assista:
.
 
Curiosidades na internet

Turismo espacial deve se popularizar entre milionários nos próximos anos

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/turismo/2013/05/1273954-turismo-espacial-deve-se-popularizar-entre-milionarios-nos-proximos-anos.shtml

Ir ao espaço deixará definitivamente, nos próximos anos, de ser uma odisseia de ficção científica para se tornar um plano de férias de milionários dispostos a pagar quantias estratosféricas para realizar uma espécie de cruzeiro à Lua com vista para Terra.

Após os astronautas de carreira, serão os turistas os próximos a desfrutar da falta de gravidade, dos menus desidratados e da paisagem terráquea à distância com a única missão de viver uma experiência inesquecível.

O preço da passagem será, por enquanto, acessível para poucos: a tarifa mais barata custa cerca de US$ 95 mil por pessoa.

A exploração comercial através do investimento privado passou a ser a grande alternativa para financiar os programas espaciais, que até agora se alimentavam dos custosos programas públicos pagos pelas grandes economias mundiais.

Com a descoberta da demanda por esse tipo de turismo e após especialistas perceberem que a manutenção de alguns veículos espaciais tinha deixado de ser boa economicamente – o que fez com que as naves Endeavour e Discovery fossem tiradas de circulação e agora estejam expostas em museus dos EUA -, alguns empresários resolveram optar por esse tipo de passeio orbital.

As viagens para fora da Terra poderão ser feitas pela nave SpaceShipTwo (SS2), da Virgin Galactic, empresa do britânico Richard Branson, pela cápsula Dragon Space X, do fundador do Pay Pal, Elon Musk, pelo veículo New Shepard, da companhia Blue Origin, do criador da Amazon, Jeff Bezos, e pelo Lynx, da XCOR Aerospace, fundada por Jeff Greason, ex-Intel.

O SS2 ultrapassou nesta semana a barreira do som em um voo de teste que saiu da Califórnia, nos Estados Unidos. Segundo declarou Branson, sua aeronave, com capacidade para seis passageiros e dois pilotos, estará pronta para realizar uma viagem espacial no fim de 2013.

     
Vista aérea do Spaceport America, aeroporto espacial localizado no Novo México (EUA), que será usado pela empresa Virgin Galactic para levar turistas ao espaço
Vista aérea do Spaceport America, aeroporto espacial localizado no Novo México (EUA), que será usado pela empresa Virgin Galactic para levar turistas ao espaço; primeira viagem pode acontecer no final deste ano

“Este é seu primeiro passo para ser um astronauta”, diz a página de venda de passagens para o SS2, que oferece lugares por US$ 200 mil para participar desta viagem suborbital, incluindo traje espacial e a experiência da falta de gravidade.

Artistas como Ashton Kutcher, Tom Hanks, Angelina Jolie e Katie Perry são alguns que fizeram um depósito de US$ 20 mil para garantir um lugar no SS2, que é o protótipo mais avançado de todos os que concorrem para colocar os turistas em órbita.

A XCOR tenta se diferenciar de seus concorrentes prometendo “algo realmente de astronauta” que consiste em pôr o viajante na cabine do Lynx pelo módico preço de US$ 95 mil para um voo que alcançará 100 quilômetros de altitude durante pouco mais de 4 minutos, apesar de o veículo não estar pronto até o final de 2014.

A XCOR calcula que, nos próximos dez anos, haverá 20 Lynx operacionais. Como o setor é carente de mão de obra, a companhia busca funcionários. Somente a Blue Origin tem quase 30 ofertas de emprego por dia em seu site.

Os pioneiros em transformar o espaço em uma atração turística foram os fundadores da empresa Space Adventures, que entre 2001 e 2009 levaram sete pessoas até a ISS a bordo da nave Soyuz, entre eles Dennis Tito, o primeiro turista espacial, que passou uma semana fora do planeta.

Ao contrário de seus rivais, a Space Adventures não fabrica seus próprios veículos e fechou um acordo com a Tatu Aerospace para utilizar seu protótipo de viagens, ainda em desenvolvimento, e oferecer pacotes turísticos por US$ 102 mil.

A companhia projeta um cruzeiro para dar a volta na Lua, que será realizado com tecnologia russa, mas não foram dados muitos detalhes a respeito. Já a empresa britânica Excalibur Almaz e a americana Golden Spike afirmam que seus turistas poderão pisar a superfície lunar, como Neil Armstrong em 1969.

A SpaceX quer ir mais à frente e mira Marte. Sua cápsula Dragon é a escolhida pelo projeto Mars One para enviar terráqueos ao planeta vermelho em uma viagem sem retorno.

O recrutamento começou em 22 de abril pela internet. Em apenas dois dias, já houve 33 mil solicitações de pessoas dispostas a deixar para trás para sempre a Terra.

A Mars One se propôs a estabelecer o primeiro assentamento no planeta vizinho em 2023 e bancar os custos da missão com publicidade.

O projeto será televisionado, como um “Big Brother”, do princípio ao fim, desde o processo de seleção dos participantes até a viagem e as posteriores crônicas marcianas.

Curiosidades na internet

Clientes do Itaú poderão realizar saques sem cartão, apenas com a biometria

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/seguranca/Clientes-do-Itau-poderao-realizar-saques-sem-cartao-apenas-com-a-biometria/

Itaú

O banco Itaú anunciou nesta quinta-feira (20) a introdução de equipamentos de leitura biométrica em caixas eletrônicos, permitindo que seus clientes realizem saques sem precisar dos seus cartões. O valor dos saques a partir da leitura de digitais será limitado e será necessária a realização de um cadastro prévio para utilizar a ferramenta.

Os sistemas de leitura biométrica permitem a identificação de pessoas e clientes a partir do reconhecimento de impressões digitais e características na íris. No caso dos sistemas instalados para as transações bancárias, o leitor não reconhece apenas as digitais, mas também o fluxo sanguíneo nos dedos e na mão do cliente.

Nas operações bancárias, o uso da biometria torna o processo mais ágil e mais seguro, fazendo com que o uso do cartão seja necessário apenas para a identificação inicial do cliente. Depois de identificada a conta e o cliente, ele poderá efetuar todas as operações apenas com o reconhecimento de sua digital, ou seja, sua digital será a sua senha.

Caixa eletrônico Itaú biometriaReprodução: IT Web

“Com estes novos procedimentos, nossos clientes passam a acessar seus dados e informações de forma mais rápida e segura, por meio de uma das mais modernas tecnologias do gênero no mundo’, afirmou Luiz Veloso, diretor de produtos para Pessoa Física do Itaú Unibanco. “E essa possibilidade de saque sem cartão confere bastante conveniência, principalmente agora na época das férias, para os clientes que estão em viagem, como em praias”.

O banco espera que até o final do próximo ano todos os caixas eletrônicos do Itaú estejam equipados com os leitores biométricos. E na última semana, o banco Bradesco também anunciou o uso da tecnologia de biometria em seus caixas eletrônicos, possibilitando que os clientes efetuem saques sem o uso de cartões de débito.

Curiosidades na internet

Paredes de vídeo: GE lança display de 180 graus e de 12 metros de altura

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/audio-e-video/Paredes-de-video-GE-lanca-display-de-180-graus-e-de-12-metros-de-altura/Displays gigantes

Televisores de 80 polegadas são um pouco demais para você? E que tal uma tela de 180 graus dando voltas na sua sala de estar? A GE (General Electric) lançou uma parede de vídeo interativa de 12 metros de altura e com ângulo de 178 graus no seu Customer Experience Center (CEC), em Toronto, Canadá. As informações são do Extreme Tech.

O painel, produzido pela Prysm, utiliza a tecnologia Laser Phosphor Display (LPD) e um laser de 405nm – semelhante ao usado nos leitores de Blu-Ray -, que é capaz de modular a projeção sob uma camada fina de fósforo, proporcionando um ângulo de visão de 178 graus.

O objetivo do display gigante é permitir que os visitantes do centro tecnológico da GE façam uma tour interativa no ambiente de criação e desenvolvimento de novos produtos e tecnologias da empresa, com o auxílio de um iPad e um aplicativo exclusivo.

A parede foi construída com várias telas LPD de 320×240 que, juntas, formam a imagem ampla e em alta definição proposta pelas duas empresas. E cada display que compõe a parede utiliza seu próprio sistema de projeção por laser, processador e camada de fósforo, garantindo assim um sistema de projeção de imagens mais apurado.

O sistema consome menos energia elétrica do que um projetor retroiluminado de tamanho semelhante e a tecnologia da Prysm também tem suporte para diversos formatos e espessuras de tela.

Deck de Realidade

A Universidade de Stony Brook, Nova York, Estados Unidos, também possui um televisor de cair o queixo.  O projeto de pesquisa planeja criar um ‘Deck de Realidade’, que terá resolução de 1,5 bilhão de pixels distribuídos entre mais de 416 telas. A plataforma custa US$ 2 milhões (cerca de R$ 4 milhões).

Displays gigantesReprodução: Extreme Tech

O Deck é composto por quatro paredes de vídeo e permite que os visitantes entrem em uma ‘viagem’ imersiva por cidades e até projetos arquitetônicos em alta-definição. As paredes de vídeo da sala também são equipadas com uma tecnologia que é capaz de mudar as imagens com base no movimento do visitante.

Curiosidades na internet

Avião revolucionário deverá fazer voo tripulado em 2013

Acesse:http://www.techtudo.com.br/curiosidades/noticia/2012/07/aviao-revolucionario-devera-fazer-voo-tripulado-em-2013.html

Em 23 de outubro de 1906, pela primeira vez, o homem voou com um aparelho mais pesado que o ar e que se projetava à atmosfera por meios próprios. Foi o voo bem sucedido de Santos Dumont e seu 14-Bis em Paris. E, para comemorar o Dia da Aviação, o TechTudo destacou alguns dos projetos revolucionários do setor para as próximas décadas.

Já se passaram 106 anos e, hoje, aviões de tecido com motores de 50 cavalos de potência são curiosidades para museus. A engenharia aeronáutica investe em tecnologias que devem moldar de maneira definitiva o formato, o combustível, os componentes e toda a estrutura das aeronaves do futuro.

A colheitadeira voadora

No interior das asas giram paletas que dão sustentação e velocidade ao avião (Foto: Reprodução)No interior das asas giram paletas que dão
sustentação e velocidade ao avião
(Foto: Reprodução)

O design básico dos aviões não mudou muito nesses pouco mais de cem anos. Basicamente, um cilindro cruzado por asas resume o desenho de um avião comum.

Mas há um projeto que promete acabar com esse paradigma. É o FanWing: um avião em que o motor é central, na fuselagem.

Sem hélice ou turbina, a propulsão do avião vem do movimento das paletas de um grande ventilador, dispostas na transversal, no interior das asas. Difícil de entender? Imagine as asas como uma enorme, e leve, colheitadeira.

Marinha norte-americana testa avião autônomo

Avião não-tripulado pode roubar a cena em diversas aplicações (Foto: Reprodução)Avião não-tripulado pode roubar a cena
em diversas aplicações (Foto: Reprodução)

O drone, um avião autônomo, é uma meta exaustivamente perseguida pelas forças aéreas do mundo todo. A ideia é poupar custos em todas as frentes: energético, de material e humano. A marinha dos Estados Unidos é uma das forças dessa vanguarda com seu X-47B. O avião não-tripulado foi concebido para missões de reconhecimento e até de combate.

No futuro, as tecnologias desenvolvidas para uso militar podem acabar em aviões civis. São aeronaves não-tripuladas de monitoramento de condições ambientais, voo e resgate em locais de difícil acesso ou que tenham sido cenários de desastres nucleares, na difusão de agrotóxicos em plantações e no policiamento de grandes cidades. Tudo a custos mais baixos, menor consumo de energia e sem o risco para vidas humanas.

Airbus pode ter avião transparente em 2050

Avião transparente oferecerá visões deslumbrantes (Foto: Reprodução)Avião transparente oferecerá
visões deslumbrantes (Foto: Reprodução)

Quem gosta de voar e disputa a janelinha terá uma boa notícia: a Airbus estima que em 2050 terá um modelo de aeronave transparente.

A ideia é deslumbrar os passageiros com os visuais de um voo em grande altitudes, projetar informações nas paredes transparentes.

Assim será promovido um novo tipo de interação entre aeronave, passageiro e a viagem.

Nasa patrocina projeto de avião que gira 90 graus em pleno voo

Com asas longas, o avião fica mais fácil de manobrar (Foto: Reprodução)Com asas longas, o avião fica mais
fácil de manobrar (Foto: Reprodução)

A ideia é criar um novo tipo de design de aeronave que permita a um mesmo avião viajar com velocidades maiores que a da propagação do som e, também, a frações dessa velocidade. Tudo privilegiando economia e eficiência.

Aí nasce SBiDir-FW, pensado por técnicos da Universidade de Miami. Em resumo, o projeto prevê um avião que mude sua relação de comprimento por largura quando necessário.

Com as asas curtas, ele teria menos arrasto, e atingiria velocidade supersônicas. Com a posição onde as asas superam o comprimento, o avião seria mais manobrável e fácil de decolar e pousar.

Aviões elétricos podem ser o futuro

Parece mais um submarino albino e com asas, mas é o VoltAir: o avião elétrico (Foto: Divulgação)Parece mais um submarino albino e com asas,
mas é o VoltAir: o avião elétrico (Foto: Divulgação)

O grande problema de se fazer um avião voar com eletricidade é a limitada quantidade de energia que pode ser armazenada em baterias. Mas, no futuro, tecnologias mais evoluídas podem resolver o problema gerando eletricidade a partir de fontes inusitadas.

Essa é a proposta do conceito VoltAir, da European Aeronautic Defence and Space Company.  A estimativa da companhia é que baterias de altíssima capacidade, motores elétricos mais eficientes e um conjunto de sistemas que recuperem e gerem energia a partir de fenômenos naturais estejam desenvolvidos o suficiente para que um avião como o VoltAir seja possível em 2035.

Curiosidades na internet