Principais novidades do Brasil Game Show 2013

Acesse:http://www.mundodastribos.com/principais-novidades-do-brasil-game-show-2013.html

Saiba quais foram as novidades que mais chamaram as atenções dos visitantes da sexta edição da maior feira de games da América Latina, que aconteceu em São Paulo.
.
Entre os dias 25 e 29 de outubro, a cidadede São recebeu o Brasil Game Show 2013, sexta edição da maior feira de jogos eletrônicos da América Latina, que aconteceu no Expo Center Norte.

664156 principais novidades do brasil game show 2013 600x600 Principais novidades do Brasil Game Show 2013

Ao longo dos cinco dias de duração do evento, que reuniu centenas de milhares de fãs do mundo dos videogames e também da tecnologia, na capital paulista, foram mostrados vários jogos, consoles e acessórios que estarão em breve nas prateleiras das lojas de todo o país.

Uma das principais novidades do Brasil Game Show 2013 foi a confirmação, por parte da Microsoft, de que o Xbox One, nova geração do console da gigante da informática, com lançamento previsto para a segunda quinzena de novembro, será fabricado em território nacional, o que poderá contribuir para uma futura redução nos preços (ele chegará custando R$ 2.300,00).

Algo que também chamou a atenção dos gamers no Brasil Game Show 2013  foi a apresentação da “versão brasileira” do jogo Gran Turismo 6, que será lançada em dezembro, para PS3, trazendo conteúdo especial sobre o piloto Ayrton Senna, permitindo jogar com o tricampeão da Fórmula 1, falecido em 1994.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Após quase falir, Lego se reergue com apoio de videogames

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/09/1348796-apos-quase-falir-lego-se-reergue-com-apoio-de-videogames.shtml

“Brincar com Lego” pode significar montar bloquinhos coloridos de plástico ou jogar videogame, dependendo de quantos anos você tem.

Depois de encarar um momento financeiro dificílimo em 2001 –ano no qual a Lego quase pediu falência–, a companhia dinamarquesa decidiu diversificar.

Começou a produzir para nichos antes ignorados (como pacotes específicos para meninas, adultos e asiáticos) e investir pesado em games.

Videogames do Lego

 Ver em tamanho maior »

 
 
Divulgação

Anterior Próxima

Lego Batman

A retomada do lucro veio em 2005, não por acaso ano de lançamento de “Lego Star Wars: The Videogame”, um dos maiores sucessos da série, com mais de 7 milhões de cópias vendidas.

“Enquanto outras empresas da área batem cabeça sobre como entrar no meio digital, a Lego já entende sabiamente que as crianças de hoje não veem mais diferença entre o jogos eletrônicos e físicos”, diz Richard Gottlieb, presidente da Global Toy Experts, empresa de consultoria especializada no mercado de brinquedos.

Os games têm o mérito de resgatar o hábito de comprar pecinhas de plástico. A Lego mistura os dois universos: em alguns países, ao comprar o game, o jogador leva também uma caixa com peças.

“Isso acaba por criar uma vontade na criança, acostumada com Legos digitais, a montar os tijolinhos também na vida real”, diz Gottlieb.

“No caminho inverso, há pessoas mais velhas que sentem-se atraídas pelos games por causa do sentimento nostálgico, por terem tido contato com o Lego físico quando criança. Os games foram uma boa jogada porque atacam nas duas frentes”, completa.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Cidade mineira usa o Kinect, um sensor de videogame, para detectar assaltos

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/07/1303376-minas-usa-videogame-para-detectar-assaltos.shtml

Liderados por empresas e institutos de pesquisa, o Brasil desenvolve projetos que, apesar de embrionários e isolados, visam tornar as cidades mais inteligentes.

Lojistas na cidade de Uberaba (MG) contam com uma tecnologia chamada Agentto, que usa o detector de movimentos Kinect, da Microsoft, para identificar movimentações suspeitas e acionar a PM. Segundo a companhia, a Polícia Civil também receberá, a partir de julho, pedidos de socorro gerados pelo serviço.

No Rio, a IBM ajudou a montar o COR (Centro de Coordenação) para identificar ou antecipar desastres naturais. A central reúne informações de 30 órgãos da prefeitura e 500 câmeras espalhadas pela cidade.

Uma equipe de 400 funcionários analisa todas essas informações, com o auxílio de softwares, e alerta simultaneamente PM (Polícia Militar), bombeiros e Defesa Civil sobre as ocorrências.

Outro projeto da IBM, em Porto Alegre, é um sistema de monitoramento da iluminação pública. Ele permite identificar quais das 85 mil lâmpadas da cidade estão próximas do fim da vida útil.
Sabendo disso, a equipe de manutenção pode atuar estrategicamente, sem ter de atender chamado s isolados.

Os mesmos sensores, integrados a essas lâmpadas, também identificam quando não há ninguém passando e reduzem a potência delas, propiciando economia de energia. O mesmo é feito por outras empresas na cidade americana de Dubuque (Iowa) e na espanhola Santander.

“Em cada cidade, a IBM tem um projeto diferente. A ideia primária é buscar resolver o problema que cada cidade tem”, diz Antônio Carlos Dias, diretor da divisão de cidades inteligentes da empresa no Brasil.

Já o Cesar (Centro de Estudos de Sistemas Avançados de Recife) desenvolve medidores de luz inteligentes para consumidores privados.

Além de mostrar o consumo em tempo real, o aparelho em desenvolvimento também pretende se integrar a computadores conectados à internet –será possível programar o horário de desligamento, por exemplo.

O Cesar também prevê a criação de um sistema inteligente para carros que coleta e mapeia informações como trânsito e buracos na rua, identificados por acelerômetros integrados aos veículos.

Já em Barueri (SP), a Eletropaulo anunciou que irá investir R$ 70 milhões até 2015 em medidores inteligentes de energia para 2.100 famílias de baixa renda para reduzir o consumo. (lucas agrela)

Curiosidades na internet

Xbox One da Microsoft será lançado em novembro e vai custar US$499

Acesse:http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/xbox-one-da-microsoft-sera-lancado-em-novembro-e-vai-custar-us-499-20130610.html

LOS ANGELES, 10 Jun (Reuters) – A Microsoft Corp disse nesta segunda-feira que seu novo console Xbox One será lançado em novembro e custará 499 dólares nos Estados Unidos, um preço mais alto do que a maioria dos jogadores esperava.

O preço é maior em relação ao atual console, o Xbox 360, mas inclui um sensor de movimento Kinect para o jogos sem uso das mãos.

A Microsoft anunciou o Xbox One em maio, como o mais recente movimento em sua rivalidade com a Nintendo Co Ltd e Sony Corp no setor de videogames, avaliado em 65 bilhões de dólares anuais.

Em um evento chamativo na feira Electronic Entertainment Expo (E3), em Los Angeles, a Microsoft disse que o console será vendido em 21 países, incluindo o Reino Unido, a 429 libras.

O anúncio do preço ocorreu com alguns lamentos da plateia, em grande parte grandes entusiastas dos jogos, que esperava por um preço mais barato.

O Xbox One de 8 gigabytes é mais caro do que o modelo de 8GB do novo console da Nintendo, Wii U, a 300 dólares. A Sony poderá detalhar os preços de seu novo PlayStation 4 em uma apresentação na E3, ainda nesta segunda-feira.

A Microsoft também anunciou títulos de jogos exclusivos para o novo console, incluindo uma edição para o Xbox do “Minecraft” e um novo jogo “Halo”, que será lançado em 2014.

Yusuf Mehdi, executivo da divisão de entretenimento interativo da Microsoft, não definiu as metas de vendas para o novo Xbox, apesar de seu console existente atualmente ser o mais vendido no mercado dos Estados Unidos.

“Não temos nada de novo para anunciar que não seja o preço”, disse Mehdi em uma entrevista.

Copyright Thomson Reuters 2011

Curiosidades na internet

Veja os melhores protótipos que unem diversos videogames em um só console

Acesse:http://www.techtudo.com.br/jogos/noticia/2013/05/veja-os-melhores-prototipos-que-unem-diversos-videogames-em-um-so-console.html

O americano Ben Heck fez uma modificação que consegue unir o PlayStation 3, o Xbox 360 e o Wii U em um único console. No entanto, na internet existem outros aparelhos e hacks de videogames novos e mais clássicos. Confira abaixo alguns protótipos que unem mais de um console em um único produto.

Ben Heck junta videogames diferentes em um único aparelho (Foto: Reprodução/TheBenHeckShow)Ben Heck junta videogames diferentes em um único aparelho (Foto: Reprodução/TheBenHeckShow)

Super Genintari

Aparelho criado para rodar como um Atari 2600, um NES, um SNES e um Mega Drive (Sega Genesis) ao mesmo tempo, tudo o que o Super Genintari precisa é de um cabo AV para conectar na televisão. O projeto do aparelho foi criado em 2002, com uma caixa com as dimensões de 14″ x 10″ x 5″ e é feito de acrílico de bronze, transparente, com acabamentos baseados no jogo Pac-Man.

Que tal um aparelho único para jogar clássicos? Genintari tem essa utilidade (Foto: Reprodução/Hack a Day)Que tal um aparelho único para jogar clássicos? Genintari tem essa utilidade (Foto: Reprodução/Hack a Day)

O console permite jogar Super Mario World e Sonic no mesmo aparelho e é ideal para fãs nostálgicos de jogos retrôs.

Mashup de Game Cube com Nintendo 64, feito por Hailrazer

Em 2012, um rapaz resolveu unir dois de seus videogames prediletos da Nintendo. Com um adaptador que encaixa na base do Game Cube, ele conseguiu colocar os circuitos, encaixes para quatro controles e cartuchos do Nintendo 64.

Que tal unir seus consoles favoritos da Nintendo? (Foto: Reprodução/Heilrazer)Que tal unir seus consoles favoritos da Nintendo? (Foto: Reprodução/Heilrazer)

Ou seja, com esse aparelho, você consegue jogar tanto os clássicos do último aparelho de cartuchos da Big N quanto os jogos do primeiro aparelho que funcionava com mini DVDs. Um vídeo foi postado no YouTube sobre a criação do aparelho. Você pode comprá-lo por US$ 850, um preço salgado, mas você levará dois videogames em um.


Game Boy Reloaded

Que tal jogar todos os games de Game Boy Classic, Game Boy Color e Game Boy Advance em um único aparelho? Ou jogar games de NES e SNES? O Game Boy Reloaded foi um aparelho construído para jogar ROMs de todos esses consoles.

O Game Boy de todos os Game Boys, o Reloaded (Foto: Reprodução/YouTube)O Game Boy de todos os Game Boys, o Reloaded (Foto: Reprodução/YouTube)

O aparelho é muito parecido com o Game Boy Classic, mas na cor preta e com botões verdes. Ele tem todos os botões de um NES e funciona bem com jogos dos portáteis. O videogame está à venda no eBay por 300 euros. É possível visualizar um vídeo no YouTube com o console em ação com diversos jogos.


Knight Raizer, um PlayStation 2 Portable

O usuário Raizer04 considera que os games de PS2 são mais atraentes do que os que existem no PSP. Sendo assim. ele resolveu montar seu próprio aparelho portátil de PlayStation 2, chamado Knight Raizer.

Que tal jogar PS2 em um aparelho portátil? (Foto: Reprodução/YouTube)Que tal jogar PS2 em um aparelho portátil? (Foto: Reprodução/YouTube)

O hacker não conseguiu fazer um controle nas laterais e uma tela como o PSP, mas conseguiu encaixar todos os comandos do controle Dual Shock na parte inferior do aparelho. Na traseira, junto com a bateria, há até um cooler para resfriar o portátil. A ideia foi desenvolvida em 2010.

Por que esse console está nesta lista? O motivo é que ele foi construído a partir do hardware de um PlayStation 2 Slim. Ou seja, ele também roda os games do PSOne, reunindo dois videogames em um único portátil.

Unity, um console para dominar todos

Chamado originalmente de Dubbed Alpha Omega, o Unity é um aparelho criado para funcionar com jogos de 20 consoles. O produto funciona com games do Sega SMS, Nintendo NES, Mattel Intellivision, Nintendo Game Cube, Amiga CD32, Philips CD-i, Playstation 2, Playstation 1 e outros.

O controle gigante do Unity (Foto: Reprodução/YouTube)O controle gigante do Unity (Foto: Reprodução/YouTube)

Para finalizar o projeto, foram necessárias 3,5 mil horas de trabalho dedicado. Ela pesa cerca de 20 quilos e conta com 300 metros de cabos.Foram gastas 700 libras esterlinas para a produção da Unity e, para tristeza de muitos gamers, só existe uma unidade do superconsole, que provavelmente não será vendido.

Curiosidades na internet

Nintendo deve ter prejuízo inesperado por problemas de sucessor do Wii

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/1222787-nintendo-deve-ter-prejuizo-inesperado-por-problemas-de-sucessor-do-wii.shtml

 A fabricante japonesa de videogames Nintendo reduziu sua projeção de receita e previu um segundo ano consecutivo de prejuízo anual, em meio à perda de ímpeto nas vendas de seu novo console Wii U.

A companhia previu prejuízo líquido de 20 bilhões de ienes (US$ 220 milhões) no ano fiscal que se encerra em março, revertendo sua projeção anterior de lucro no mesmo valor e ficando abaixo da estimativa de lucro de 12,1 bilhões de ienes segundo consenso de 19 analistas.

Kevork Djansezian – 5.jun.12/AFP
Shigeru Miyamoto, diretor de desenvolvimento criativo da Nintendo, durante lançamento do console Wii U
Shigeru Miyamoto, diretor de desenvolvimento criativo da Nintendo, durante lançamento do console Wii U

“Foi uma surpresa um tanto negativa”, disse Yasuo Sakuma, diretor de carteira da Bayview Asset Management.

A Nintendo, que nasceu fabricando baralhos no final do século 19, vinha contando com o Wii U, sucessor do Wii lançado seis anos atrás, para reanimar seu desempenho, diante da concorrência intensificada por parte da Apple e outras fabricantes de tablets.

A projeção de vendas do Wii U no ano até 31 de março foi reduzida a 4 milhões de consoles, ante estimativa prévia de 5,5 milhões de unidades, sendo que a empresa também reduziu as projeções de venda para os portáteis 3DS e o Wii original.

A Nintendo reduziu sua projeção de vendas do 3DS a 15 milhões de unidades, contra 17,5 milhões anteriormente, enquanto para o DS reduziu as 2,5 milhões de unidades previstas em outubro a 2,3 milhões.

A projeção rebaixada da Nintendo surge em um momento de queda acentuada do iene ante outras moedas nos dois últimos meses, o que representa vantagem para uma companhia que vende 70% de seus produtos no exterior.

O presidente da Nintendo, Satoru Iwata, afirmou que o desenvolvimento de software para o Wi U não tinha avançado de acordo com os planos, mas acrescentou que a companhia espera sair do vermelho no próximo ano fiscal, que começa em 1º de abril, com lucro operacional de mais de 100 bilhões de ienes.

Analistas dizem que a mudança nos hábitos de uso de videogames pode forçar a empresa a buscar lucros com suas séries de jogos como Super Mario em aparelhos produzidos por outras companhias.

A Nintendo lançou o Wii U em novembro, seu primeiro console em 16 anos a ter um título exclusivo da série Super Mario. O aparelho também vem com um controlador “Gamepad”, com funções semelhantes às de um tablet.

Outro recurso é uma rede social chamada “Miiverse”, para acompanhar a estratégia online de rivais como a Sony.

Curiosidades na internet

Sensores de gestos para computador devem rivalizar com teclado e mouse

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/1170254-sensores-de-gestos-para-computador-devem-rivalizar-com-teclado-e-mouse.shtml

Interfaces mudam, processadores vêm e vão, mas o teclado e seu fiel escudeiro, o mouse, fazem parte do computador há, pelo menos, 30 anos. Agora, eles podem se encontrar diante de uma dura competição, graças a duas tecnologias de sensores de gestos que reduzem drasticamente a porção de digitação e de cliques necessários para controlar parte dos computadores.

Por meio do rastreamento preciso dos movimentos das mãos, o protótipo fixado ao pulso do projeto Digits, desenvolvido por uma equipe de pesquisa da Microsoft em Cambridge (Reino Unido), permite que os gestos sejam comunicados em tempo real com qualquer dispositivo conectado.

Um conjunto de LEDs incrustados em uma munhequeira de plástico se projeta numa luz infravermelha de retorno na parte de fora dos dedos dos usuários. O laser ilumina a mão transversalmente a fim de realçar a orientação dos dedos. Uma câmera, então, lê os reflexos, e um software desenvolve um modelo de movimento de mãos que é aprimorado para cada centésimo de centímetro.

David Kim, líder do projeto, diz que o Digits nasceu do desejo por uma tecnologia mais precisa do que o sensor de games da companhia, o Kinect, feito para o Xbox 360. A intenção era rastrear o movimento sem vincular o usuário a quaisquer dispositivos em particular. “Temos usado tecnologias que são pequenas e que usam menos energia”, afirma ele. “Isso não deve interferir na atividade diária, e nós queremos possibilitar a interação contínua”, prossegue.

TUDO NO PUNHO

O dispositivo é do tamanho de duas bolas de pingue-pongue juntas, e atualmente precisa ser vinculado a um computador. Mas Kim planeja diminuir isso para o tamanho de um relógio de pulso –e fazê-lo funcionar por wireless. Em uma demonstração na semana passada durante um simpósio de interface de software e tecnologia de usuários em Cambridge, Massachusetts (EUA), o sistema foi apresentado controlando videogames, smartphones e computadores.

O sistema Digits não é o primeiro dispositivo desse tipo. O sensor Leap Motion, da companhia homônima de San Francisco, funciona em um desktop lendo um número de gestos diferentes enquanto usuários navegam suas mãos por ele. A companhia ainda não divulgou detalhes sobre como o sensor funciona.

Digits é “realmente uma ótima amostra de trabalho”, afirma Thad Starner, do Instituto de Tecnologia da Geórgia, em Atlanta, que também está na liderança tecnológica do Project Glass, do Google.

Ele ainda está nos seus estágios incipientes, diz Starner, que vem usando um computador portátil por quase 20 anos. No entanto, ele está entusiasmado com o potencial de interfaces de controle sensitivas e precisas denominadas “heads-up displays”, como o Google Glass –que parece um par de óculos sem lentes, e permite aos usuários ver dados sem a necessidade de movimentar a cabeça– ou melhor, o seu próprio traje criado sob medida para ele mesmo.

 
Foto captada com o Google Glass por um dos fotógrafos selecionados para o Google+ Photographer’s Conference

SIMBIOSE DE HOMEM E MÁQUINA

“Você pode imaginar o uso de dispositivos com movimentos sutis, realmente”, diz Starner.

“Eu costumava usar [o Google Glass] em sala de aula para elencar as anotações enquanto ensinava”, continua. O dispositivo de Starner fornecia informação em um display diante do seu olho esquerdo. Durante uma entrevista por telefone com a “New Scientist”, um software de reconhecimento de voz “ouvindo” a conversa listou os e-mails que ele trocara com a revista no passado.

Depois, o sistema puxou uma tese estudantil sobre interação rápida com dispositivos eletrônicos em seu campo de visão, considerada relevante para a discussão.
Starner diz que o real poder do Digits vai estar em reconhecimento contínuo – a habilidade para não apenas identificar comandos autônomos, como pressionar o polegar e listar alfabeticamente para saltar a uma faixa no seu iPod, mas para interpretar movimentos de mão em sequência.

A adição de computadores portáteis ao arsenal de interfaces humano-computacionais representa uma “simbiose de homem e máquina que nunca foi vista antes”, diz Starner. “Dar acesso a dados em uma fração de segundo faz de você mais poderoso, a ter mais controle sobre a sua vida. Isso está nos levando a um estágio onde usamos sistemas sem pensar”, finaliza.

Curiosidades na internet