Microsoft quer que a navegação na web passe da tela para a parede

Acesse:http://olhardigital.uol.com.br/noticia/40632/40632

(Foto: Divulgação)
O laboratório de pesquisas da Microsoft criou um “navegador 3D” chamado SurroundWeb que faz o acesso à internet transbordar da tela para as paredes de uma sala.

A ideia por trás do SurroundWeb é a mesma do IllumiRoom, que a empresa apresentou no ano passado e que ampliava a experiência de jogo, fazendo com que elementos dos títulos saltassem para fora da tela (veja aqui).

No caso do SurroundWeb, o usuário pode optar por receber informações adicionais nas bordas; se estiver assistindo a uma corrida, por exemplo, o posicionamento de cada carro não precisa ficar na tela, pode ser projetado nas paredes. Também seria possível exibir dados de buscas vindos de sites como Wikipédia.

Curiosidades na internet

Dell anuncia o laptop Inspiron 11 com Windows 8.1

Acesse:http://www.baboo.com.br/hardware/dell-laptop-inspiron-11-com-windows-8-1/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=dell-laptop-inspiron-11-com-windows-8-1

A Dell anunciou recentemente o laptop Inspiron 11. Este modelo, que virá com o Windows 8.1 instalado, estará disponível em outubro custando a partir de US$ 349 com chip da AMD ou US$ 379 com chip Intel (Haswell).

Dell anuncia o laptop Inspiron 11 com Windows 8.1

Detalhes do laptop Inspiron 11

Este portátil possui tela sensível ao toque com 11.6 polegadas e protegida com Gorilla Glass. Ele também deve vir equipado com até 4 GB de memória RAM e disco rígido com 500 GB de capacidade para armazenamento.

A Dell afirma que o laptop Inspiron 11 com chip Intel terá uma duração de bateria de 8 horas ou mais. O novo portátil também terá portas USB 3.0, uma webcam e uma porta HDMI.

Mais detalhes sobre o portátil serão divulgados em breve.

Curiosidades na internet

Foto vazada na web mostra Lumia de 6 polegadas

Acesso:http://www.baboo.com.br/mobile/foto-vazada-na-web-mostra-lumia-de-6-polegadas/?utm_source=rss&utm_medium=rss&utm_campaign=foto-vazada-na-web-mostra-lumia-de-6-polegadas

Foto vazada na web mostra Lumia de 6 polegadas

De acordo com informações do Financial Times, a Nokia está produzindo um smartphone Lumia de 6 polegadas. E esses rumores se tornaram ainda mais reais depois que uma foto publicada pelo site ICTech mostra a suposta tela deste smartphone. Pelo que podemos ver, será um dispositivo bem grande.

Lumia de 6 polegadas

Informações do Financial Times revelaram que a Nokia estaria trabalhando em um dispositivo para concorrer com o Samsung Galaxy Note, mas que rodasse o Windows Phone 8. Aparentemente este smartphone será lançado no final deste ano.

Além disso, a Nokia testa algumas telas maiores para inserir em novos aparelhos Lumia, como o caso de uma nova tela de 6 polegadas.

A Nokia chegou a confirmar recentemente que o Windows Phone 8 contará com suporte para resolução 1080p com a atualização GDR3. E isso certamente abre portas para smartphones maiores, além de permitir mais colunas e “live tiles” para serem usados no sistema operacional.

Além disso, a atualização permitirá o uso de processadores com quatro núcleos da Qualcomm, que certamente será necessário para oferecer desempenho a estes dispositivos que rodam vídeos a 1080p.

Foto vazada na web mostra Lumia de 6 polegadas

Novos dispositivos da Nokia

A Nokia anunciou o lançamento de dois novos dispositivos recentemente. OLumia 1020, que conta com uma câmera de 41 megapixels, e o Lumia 625, direcionado mais para mercados emergentes, como o do Brasil.

O Lumia 1020 traz uma tela de 4.5” AMOLED com Gorilla Glass 3, o Lumia 1020 conta com um processador dual-core Snapdragon S4 de 1.5Ghz, 2GB de RAM, 32GB de memória interna e 7GB de armazenamento no SkyDrive. Já o Lumia 625 conta com processador Qualcomm Snapdragon dual-core de 1,2 GHz, câmera de 5 megapixels na parte de trás que grava em 1080p e tem flash, câmera frontal, 512MB de memória RAM e 8GB de armazenamento interno com suporte para até 64GB via cartão SD e 7GB de Skydrive. Além disso, ele traz bateria de 2000 mAh e conexão 4G compatível com a frequência brasileira.

Curiosidades na internet

É oficial: Instagram agora tem vídeos, com filtros e tudo

Acesse:http://tecnologia.br.msn.com/fotos/e-oficial-instagram-agora-tem-videos-com-filtros-e-tudo

É oficial: Instagram agora tem vídeos, com filtros e tudo
É oficial: Instagram agora tem vídeos, com filtros e tudo - 1 (© Divulgação)
Confirmando rumores, o Facebook acaba de anunciar que o Instagram terá suporte a vídeos.

Há algumas diferenças em relação ao Vine: são vídeos de até 15 segundos, que podem ser editados e receber filtros. A função se integra ao app atual do Instagram para iOS e Android. O Instagram ganha vídeo ainda hoje no iOS e Android – basta atualizar o app. Os vídeos também estarão disponíveis através da interface web.

Veja como funciona nas próximas páginas.

Continue lendo…clique aqui…

Curiosidades na internet

Lata de energético ganha capacidade de armazenar arquivos

Acesse:http://www.techmestre.com/lata-de-energetico-ganha-capacidade-de-armazenar-arquivos.html

Bebida da Coca-Cola oferece armazenamento de conteúdos em página na web.

A bebida energética Gladiator resolveu inovar em uma ação publicitária. A novidade permite aos consumidores usarem a página do produto na web para armazenar arquivos.

A funcionalidade é possibilitada através de uma área determinada da lata, a qual deve ser posicionada de frente a uma webcam. Em seguida é necessário efetuar login na conta do Facebook, tendo acesso a um servidor online para armazenar os conteúdos que desejar. O download pode ser feito da mesma forma.

A novidade foi apresentada no México. Ainda não há informações sobre sua chegada em outras regiões.

Lata de energético Gladiator funciona como pen-drive
Assista o vídeo abaixo:

 
Curiosidades na internet

Procon-SP lista 71 novos sites não recomendados para compras na web

Acesse:http://g1.globo.com/economia/noticia/2013/04/procon-sp-lista-71-novos-sites-nao-recomendados-para-compras-na-web.html

Listagem já soma 275 endereços que devem ser evitados desde 2011.
Há informações com nome da empresa, CNPJ ou CPF.

A Fundação Procon-SP divulgou nesta segunda-feira (22) lista com novos 71 sites não recomendados para compras na internet. Com isso, a listagem do órgão com endereços eletrônicos que devem ser evitados pelo consumidor já soma 275 desde 2011.

A lista está disponível na página do Procon, no link “Evite esses sites” (acesse aqui). Há o endereço eletrônico em ordem alfabética, razão social da empresa e número do  CNPJ ou CPF, além da condição de “fora do ar” ou “no ar”.

A Fundação Procon informa que recebeu reclamações desses sites por irregularidades na prática de comércio eletrônico, principalmente por falta de entrega do produto adquirido pelo consumidor, sem resposta deles para a solução do problema.

“Esses fornecedores virtuais não são localizados, inclusive no rastreamento feito no banco de dados de órgãos como Junta Comercial, Receita Federal e Registro BR, responsável pelo registro de domínios no Brasil,  o que inviabiliza a solução do problema apresentado pelo consumidor”, diz, em nota, Paulo Arthur Góes, diretor-executivo do Procon-SP.

O diretor salienta que é preocupante a proliferação desses endereços eletrônicos mal- intencionados, que em alguns casos continuam no ar, lesando o consumidor. “Denunciamos os casos ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC) e ao Comitê Gestor da Internet (CGI), que controla o registro de domínios no Brasil, mas o mais importante é que o consumidor consulte essa lista antes de fechar uma compra pela internet”, salienta, na nota.

Curiosidades na internet

McAfee patenteia tecnologia que detecta e bloqueia todo conteúdo pirata na web

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/antivirus/McAfee-patenteou-uma-tecnologia-que-detecta-e-bloqueia-conteudo-pirata-na-web/

Google pirata

A empresa de segurança McAfee patenteou uma nova tecnologia que visa impedir o público de acessar filmes e músicas online que sejam pirateados. O sistema é capaz de detectar e bloquear o acesso a conteúdos ilegais de qualquer site. Quem trouxe a notícia à tona foi o site TorrentFreak.

A tecnologia de bloqueio de conteúdo pode ser integrada à barra de ferramentas do SiteAdvisor, da própria McAfee e, essencialmente, cria uma espécie de lista negra que compila os endereços de sites com conteúdo pirata espalhados pela web. Assim, ele oferece aos usuários sugestões alternativas para comprar legalmente o conteúdo que ele está procurando.

Patente McAfee anti piratariaImagem: Reprodução / TorrentFreak

Com essa atitude, a empresa sem dúvidas se tornará a “melhor amiga” dos detentores de direitos autorais do mundo, já que eles tentam há anos e a todo custo dificultar a vida de usuários que acessam conteúdo ilegal online. De acordo com a McAfee, há muitas razões para os consumidores e as empresas se preocuparem com o download de conteúdo ilegal, que vão desde os riscos legais até ameaças de malware e vírus.

“Um dos principais motivos de preocupação é a possível violação de um direito de propriedade intelectual e as potenciais ramificações de custos associados a essa violação. A segunda grande preocupação poderia se relacionar a potenciais ameaças causadas por algumas distribuições não autorizadas. Por exemplo, não é incomum que uma distribuição não autorizada de material na Internet inclua conteúdo nocivo”, explicou a empresa de segurança ao TorrentFreak.

Apesar da patente divulgada pelo site, ainda não se sabe se existem planos concretos e datados para a implantação do novo sistema, mas a opção mais provável é que ele seja adicionado aos produtos de segurança já existentes no portfólio da McAfee.

Curiosidades na internet

Nova ferramenta rastreia quem fala mal do trabalho no Twitter

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/03/nova-ferramenta-rastreia-quem-fala-mal-do-trabalho-no-twitter.html

Se você é uma daquelas pessoas que adora falar mal do trabalho no Twitter, uma nova ferramenta online vai estimulá-lo a fazer isso com ainda mais frequência: é o Fire Me! O aplicativo rastreia tuítes de usuários que reclamam de seus empregos e chefes na web.

 

FireMe oferece lista com termos em tempo real (Foto: Aline Jesus/TechTudo)
FireMe! oferece uma lista com termos em tempo real (Foto: TechTudo/Aline Jesus)

O sistema funciona, à princípio, em inglês e categoriza os tuítes em quatro áreas: haters (maus empregados), horrible bosses (chefes intragáveis), sexual intercourses (o chefe que se…) e os “potential killers” (assassinos em potencial). Obviamente, tudo com muito bom humor. Os tuítes são divididos pelos termos utilizados nas mensagens.

Desenvolvido por alemães, o FireMe! é um site que exibe este conteúdo online com uma diagramação bem simples. Além disso, ele oferece opções extras, como um ranking com os que mais falam, verificação da sua conta no Twitter, possíveis desempregados e uma opção para mudar o idioma do serviço para o português do Brasil.

Software exibe histórico de tuitadas de qualquer usuário (Foto: Aline Jesus/TechTudo)Software exibe histórico de tuitadas de qualquer usuário (Foto: Aline Jesus/TechTudo)

Na verificação da conta, você pode ver tudo o que já falou mal de seu chefe ou emprego e ter uma noção de “quão perto você está de ser demitido”. Esta ferramenta, porém, parece ser uma ótima aliada também para os próprios chefes, que podem simplesmente colocar o login do Twitter do usuário no site e ver tudo o que eles já falaram sobre seu emprego.

Curiosidades na internet

Catfish: série mostra casos de pessoas que se apaixonam por perfis falsos na web

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/series-e-tv/Catfish-serie-mostra-casos-de-pessoas-que-se-apaixonam-por-perfis-falsos-na-web/

catfish mtv

Uma das séries de maior audiência da MTV americana acompanha desde 2007 as histórias de pessoas que se apaixonaram por perfis falsos na web e, somente no encontro cara a cara, descobriram a verdade. A série, intitulada ‘Catfish’ (que significa na gíria em inglês ‘pessoas que foram enganadas por outras na internet’), acaba de chegar à MTV brasileira. As informações são do jornal A Folha de S. Paulo.

A ideia para a série surgiu depois que Nev Schulman sofreu uma grande decepção amorosa ao conhecer pessoalmente a mulher com quem se relacionava pela internet, que era alguém completamente diferente das fotos e informações que ele recebia. Na época, toda a trajetória de Schulman foi filmada por seu irmão e virou um filme.

Com base na ideia do filme, surgiu a série ‘Catfish’, que conta com a apresentação do próprio Schulman, que recebe relatos de pessoas que estão vivendo um relacionamento virtual. Com a ajuda do cineasta Max, o apresentador investiga as mensagens e imagens para descobrir quem realmente está do outro lado da tela. Muitos apaixonados virtuais, na maioria das vezes, poderiam ter feito uma investigação sozinhos sobre a pessoa, mas preferiram acreditar em seus candidatos. ‘Catfish’ vai ao ar às segundas-feiras, às 22 horas, na MTV Brasil.

Curiosidades na internet

Facebook anuncia novo feed mais visual

Acesse:http://blogs.estadao.com.br/radar-tecnologico/2013/03/07/facebook-anuncia-novo-feed-mais-visual/

Anna Carolina Papp e Mariana Congo

Mark Zuckerberg: mais de 50% do feed de notícias hoje são fotos e conteúdos visuais (Foto: Reuters/Robert Galbraith)

O Facebook anunciou nesta quinta-feira, 7, um novo visual para o seu feed de notícias, que valoriza as fotos e o conteúdo visual publicado na rede social, além de oferecer diferentes abas de filtros. O objetivo, segundo a empresa, é permitir aos usuários mais controle sobre o que se deseja ver. Com as mudanças, o Facebook unifica sua aparência no celular, no tablet e na web.

O evento aconteceu na sede da empresa em Menlo Park, na Califórnia (Estados Unidos).

Mark Zuckerberg, fundador da rede social, falou sobre a importância da ferramenta para empresa, e explicou que, ao longo dos anos, o conteúdo compartilhado foi se tornando cada vez mais visual. “Mais de 50% do feed de notícias hoje são fotos e conteúdos visuais”, disse.

Com as novidades anunciadas hoje, as fotos compartilhadas na rede social ganharam tamanho maior. Além disso, uma notícia compartilhada, por exemplo, também ganha mais destaque no tamanho, além de vir acompanhada da marca da empresa que produziu o conteúdo.

Antes e depois: à direita, a nova aparência para fotos

As fotos do perfil do usuário e de páginas de empresas também foram aumentadas. Além disso, quando uma solicitação de amizade aceita aparecer no feed, será mostrada não apenas a foto do perfil, mas também a imagem de capa do usuário ou serviço.

Filtros

Outra novidade é a possibilidade de visualizar feeds diferentes por meio de diferentes abas, cada uma com um filtro. Em uma barra na parte superior direita, o usuário poderá escolher qual tipo de conteúdo quer ver.

“Todos os amigos”, por exemplo, mostra todo o conteúdo que os amigos estão compartilhando. A aba “Fotos” mostra um feed de notícias apenas com fotos de os amigos e páginas que o usuário curtiu. Já “Música” traz atualizações com publicações sobre músicas e bandas curtidas pelo usuário. Na aba “Seguindo”, será possível acompanhar as publicações mais recentes sobre as páginas e pessoas que o usuário segue.

Há ainda outras opções de filtro, como games, lugares e ordem cronológica, uma vez que atualmente o Facebook disponibiliza as publicações que considera mais importantes para o usuário com base no comportamento no site, não necessariamente na ordem cronológica.

Zuckerberg comparou a nova plataforma a um jornal, com suas diferentes seções e editorias para contemplar diferentes interesses de público. Para a empresa, as abas do novo feed de notícias permitam que o usuário tenha uma experiência similar, vendo as atualizações da categoria que deseja. “Estamos tentando dar a todos o melhor jornal pessoal do mundo”, disse ele durante o evento, que durou cerca de 30 minutos.

Lista de espera

O novo feed de notícias estará disponível para os usuários ao longo das próximas semanas, nas versões para web, smartphones e tablets (primeiro para iPhone e iPad e, depois, para Android). Quem visitar o site www.facebook.com/newsfeed pode entrar em uma lista de espera para testar o serviço primeiro.

O vídeo (em inglês) mostra detalhes sobre o projeto:

Curiosidades na internet

Kim Dotcom lança Mega e promete muitos serviços gratuitos na web

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/01/kim-dotcom-lanca-mega-e-promete-muitos-servicos-gratuitos-na-web.html

Acabou o mistério. Neste domingo (20), foi lançado o Mega, novo site de Kim Dotcom, fundador do extinto Megaupload, com serviços premium e muitos outros gratuitos. O portal entrou em serviço às 6h48 (horário local, 15h48 do sábado em Brasília), exatamente um ano após as forças de segurança da Nova Zelândia invadirem a mansão de Dotcom em Auckland, obedecendo a um comando do FBI.

Novo Mega, site de Kim Dotcom, promete revolucionar armazenamento em nuvem (Foto: Reprodução / Mega)Mega, site de Kim Dotcom, promete revolucionar o
armazenamento em nuvem (Foto: Reprodução)

Com 50GB iniciais de armazenamento online grátis, o Mega vai muito além dos 5GB gratuitos oferecidos pelo Drive (Google), ou dos 7GB do SkyDrive (Microsoft). O Dropbox, outro concorrente, oferece apenas 2GB. O Mega conta ainda com três opções de assinatura mensal: Pro I, por €9,99 (para 500GB), Pro II, por €19,99 (para 2TB), e Pro III por €29,99 (para até 4TB). Em reais os valores são R$ 27, R$ 54 e R$ 81.

Parecido com os concorrentes no modelo de negócio, o Mega chama a atenção em vários outros aspectos e promete revolucionar o setor de nuvem. Sua interface é simples e oferece uma ferramenta de arrastar e soltar para fazer o upload de arquivos. Extremamente rápidos, o upload e o download são processados diretamente na plataforma online do Mega, pelo próprio site, sem o uso de softwares adicionais.

É possível ainda compartilhar pastas inteiras, gerar links de download e enviar para os contatos, entre outras ações, em poucos cliques, num simples gerenciador de nuvem.

Ainda em versão beta, o Mega tem muito a melhorar. Na lista de atualizações pós-lançamento se encontram ambições como acesso móvel, ferramentas de processamento de texto e planilhas estilo Office, mensagens instantâneas, calendário e muito mais. Está previsto também para o Mega o suporte a outras línguas além do inglês.

Mais seguro e mais rápido

Baseado em criptografia, o serviço ficou também mais seguro e à prova de disputas de por direitos autorais. O objetivo é não repetir os erros do Megaupload.com, fechado em janeiro de 2012 pelo governo americano, numa caça às bruxas contra a pirataria digital.

O usuário terá seus arquivos criptografados de forma local antes que sejam enviados aos servidores do serviço. Isso quer dizer que o Mega não é responsável pelo que armazena já que não sabe do que se tratam os pacotes enviados pelos usuários – sejam eles fotos e arquivos pessoais ou músicas, filmes, livros ou conteúdo protegido por direitos autorais.

Mas como o Mega não sabe? Simples: o Mega não tem a chave necessária para “descriptografar” os arquivos. Apenas o dono, que enviou os pacotes, tem o acesso. Ao Mega restam apenas pastas trancadas, e cabe ao usuário controlar o acesso a elas.

Tal medida de segurança sugere que, mesmo cooperando com a lei ou mediante ações judiciais, a empresa pouco possa fazer quando forem solicitados os dados dos usuários. Diferente de serviços rivais, o Mega não tem conhecimento dos arquivos, não consegue abri-los e, mesmo que os entregue para autoridades, haverá dificuldade para decifrá-los.

Múltiplos datacenters

A criptografia dos arquivos interfere também na velocidade de acesso ao que já foi enviado ao Mega. Antes, serviços como o Megaupload operavam com datadcenters gigantes, que costumavam ser caros. Graças à criptografia, é possível conectar um grande número de parceiros de hospedagem em todo o mundo, sem se preocupar com violações de privacidade. “Nossos servidores vão estar mais perto de nossos clientes e a transferência de dados será mais rápida”, defende o Mega, na nova página do serviço.

Novo Mega, site de Kim Dotcom, lança novo modelo de armazenamento grátis em nuvem (Foto: Reprodução / Mega)Novo Mega, site de Kim Dotcom, lança novo modelo de armazenamento grátis em nuvem (Foto: Reprodução / Mega)

A Instra Corporation, uma investidora do Mega que fornece hospedagem, disse em um comunicado que está preparada para suportar os acessos diante da forte demanda. Brian Clarkson, CEO da Instra, disse que, durante a fase de lançamento, a empresa dará o apoio técnico necessário no dia a dia as operações, até que o serviço se estabilize.

Curiosidades na internet

[Vídeo] O que é Computação na Nuvem?

Acesse:http://canaltech.com.br/o-que-e/computacao-na-nuvem/Video-O-que-e-Computacao-na-Nuvem/

Computação na nuvem

Com certeza você já ouviu falar sobre Cloud Computing, ou simplesmente Computação na nuvem. Mas você sabe como ela funciona e quais são as suas vantagens?

Hoje tudo pode ser feito pela Internet, sem necessidade de instalar nada em seu computador. Quando você acessa sua conta do Google ou do Facebook, por exemplo, tem acesso a diversos serviços armazenados na nuvem. A grande vantagem é ter acessibilidade a qualquer tipo de software, dados ou plataformas utilizando apenas a web.

Para entender melhor os detalhes a respeito do funcionamento dessa tecnologia que está em alta, confira esse vídeo explicativo do Canaltech. E aqui, você vê uma série de reportagens relacionadas à computação em nuvem.

Curiosidades na internet

Cachorro dançarino consegue mais de 1 milhão de views no YouTube

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2012/12/cachorro-dancarino-consegue-mais-de-1-milhao-de-views-no-youtube.html

O cãozinho Sloopy é o novo hit do YouTube. O vídeo entitulado “Sloopy The Dancing Chihuahua” (Sloopy, o chihuahua dançarino), enviado para o site pelo usuário Devin Contreras no último dia 22 de novembro, já superou a impressionante marca de um milhão de visualizações – em menos de uma semana no ar.

Cão dançarino virou febre na web (Foto: Reprodução/YouTube)Cão dançarino virou febre na web
(Foto: Reprodução/YouTube)

A razão para isso é bem simples: Sloopy dá um show de dança na gravação. O vídeo, com quase um minuto de duração, mostra o cachorrinho “fazendo passinhos” enquanto uma trilha sonora latina é reproduzida. Devin Contreras, na descrição do vídeo, explica que o motivo para a “dança”, na verdade, não foi a música.

“Meu chihuahua Sloopy, depois da refeição de Ação de Graças, começou a dançar tentando alcançar o prato de peru na bancada. Ele ficou dançando, então coloquei o Miami Sound Machine e deixei ele aproveitar! Confiram”, escreveu.

Nos comentários, que já são mais de 700, muitas pessoas ficaram encantadas com o bichinho. O usuário “Beakbuddies”, por exemplo, pediu que Sloopy participe do programa de dança “Dancing with the Stars!”, muito famoso nos Estados Unidos, enquanto “achange2012″ escreveu: “Espero que você tenha dado um pouco de peru para o Sloopy”.

Confira o vídeo abaixo:

 

Curiosidades na internet

Crianças nas redes sociais: perigo para toda a família

Acesse:http://canaltech.com.br/noticia/comportamento/Criancas-nas-redes-sociais-perigo-para-toda-a-familia/

Meninas no notebook

Uma lei federal americana destinada a proteger a privacidade de crianças nas redes sociais pode, inconsequentemente, levá-las a revelar muito sobre suas vidas no Facebook. Um novo estudo mostra exemplos do quanto é difícil regular as vidas digitais de menores na web. Saiu no jornal americano The New York Times.

O Facebook proíbe crianças menores de 13 anos de fazerem parte da rede, devido ao Ato de Proteção de Privacidade de Crianças Online, ou Coppa, que requer que empresas web exijam o consentimento dos pais que desejam permitir que crianças abaixo da idade estipulada criem uma conta ou façam parte de uma rede social. Para contornar a proibição, as crianças geralmente mentem suas idades – e os pais, algumas vezes, as ajudam a mentir, mas ficam de olho no que elas postam, tornando-se seus amigos no Facebook.

De acordo com dados do Consumer Reports, existem mais de cinco milhões de crianças abaixo de 13 anos no Facebook.

Deixar crianças controlando seus perfis na rede social pode trazer algumas consequências indesejáveis. O estudo, conduzido por cientistas da computação do Instituto Politécnico da Universidade de Nova York, encontrou em uma determinada escola uma pequena porção de estudantes que mentem suas idades só para conseguir criar uma conta no Facebook. O problema é que uma simples mentira pode ajudar completos estranhos a coletar dados importantes sobre a vida de um jovem e de seus colegas, colocando a privacidade de todos eles em risco.

O estudo também ilustra o paradoxo entre as leis de proteção a crianças e o que de fato acontece. Os achados mostram que os pais destas crianças se preocupam com sua privacidade e segurança, mas parecem não entender a gravidade dos riscos a que seus filhos e colegas de classe podem ser submetidos.

O Facebook afirma, há muito tempo, que é difícil descobrir cada adolescente que mente sua idade, mas tenta proteger a privacidade de menores: quem tiver de 13 a 18 anos na rede, terá, automaticamente, suas fotos e atualizações de status liberadas apenas para amigos. No entanto, este sistema pode ser facilmente burlado se a criança se fizer passar por um adulto de 20 anos, por exemplo.

O professor de ciências da computação Keith W. Ross é um dos autores do estudo e explica que pessoas mal intencionadas podem associar sobrenomes de crianças aos de seus pais, descobrindo dados como endereço e telefone. E diz que a lei Coppa, embora tente proteger essas crianças, acaba servindo de incentivo para que elas mintam suas idades, o que torna o controle nas redes sociais ainda mais difícil.

“Em um mundo sem a lei Coppa, a maioria dos garotos e garotas seria honesta ao criar contas. Eles seriam então tratados como menores, até completarem 18 anos”, ressalta o professor. “Mostramos que no mundo sem Coppa, a pessoa mal intencionada encontraria bem menos jovens estudantes, e aqueles que encontrasse teriam pouquíssimas informações a exibir”.

O modo como as crianças se comportam online é um dos assuntos que mais aborrecem os pais. Algumas pesquisas independentes mostram que os pais se preocupam com o que seus filhos escrevem na rede e como isso poderia prejudicá-los no futuro. Um estudo recente realizado pelo Pew Internet Center mostrou que a maioria dos pais, além de se preocupar, tentava ajudar seus filhos a a gerenciar o conteúdo de suas informações digitais. E metade dos pais já conversou com os filhos a respeito de algo que postaram na rede.

Ainda segundo o estudo do professor Ross, os adolescentes parecem ser mais preocupados com sua privacidade que as crianças. Eles controlam com mais afinco quem é que vê suas informações na rede e dão mais atenção a medidas de segurança.

Já um outro estudo realizado pelo Family Online Safety Institute indicou que quatro em cada cinco adolescentes já ajustaram suas configurações de privacidade em suas contas na web, incluindo a do Facebook. Dois terços restringiram acesso a suas fotos e postagens na rede.

Curiosidades na internet

%d bloggers like this: