Conheça os carros de ‘Velozes e furiosos 6’, que estreia nesta sexta

Acesse:http://jornalavozdopovoencruzilhada-bahia.blogspot.com.br/2013/05/conheca-os-carros-de-velozes-e-furiosos.html#!/2013/05/conheca-os-carros-de-velozes-e-furiosos.html

Sexto filme da franquia estreia nesta sexta (24).
Ford Escort 74 e Dodge Charger Daytona 69 são destaque.

Ford Escort RS2000 1974 Velozes e Furiosos (Foto: Divulgação)Ford Escort RS2000 1974 Velozes e Furiosos (Foto: Divulgação)
.
O sexto filme da franquia “Velozes e Furiosos” tem estreia mundial nesta sexta-feira (24) e retoma a receita de mesclar carros clássicos e outros recentes, muitas vezes personalizados.
.
Entre as estreias desta sequência, que começa em uma praia na Espanha, estão o Ford Escort RS2000 1974, Dodge Charger Daytona 1969 e o Subaru Impreza WRX 2009.
Ford Escort RS2000 1974 Velozes e Furiosos (Foto: Divulgação)Escort RS2000 marcou o último ano da primeira
geração do modelo (Foto: Divulgação)
.
Ford Escort RS2000 1974
.
O Ford Escort surgiu pela primeira vez no mundo automotivo em 1968, na Inglaterra, como substituto do Anglia, em atividade desde a década de 40. Somente a 1ª geração do modelo, que foi até 1974, vendeu mais de 2 milhões de unidades produzidas.
.
Tecnicamente, o Escort de primeira geração se destacava por usar tração traseira, câmbio manual de quatro marchas e ser o 1º compacto da Ford a usar uma direção do tipo pinhão e cremalheira. A versão RS1800 (de Rally Sport) ganhou fama pelo bom desempenho em provas de rali, em especial pela vitória, com o piloto finlandês Hannu Olavi Mikkola, na World Cup Rally de 1970, que ia de Londres ao México.
.
Já o RS2000 1974, um dos protagonistas da 6ª edição de “Velozes e Furiosos“, foi uma oferta ainda mais apimentada do RS1600 e marcou o último ano da primeira geração.
.
No Brasil, o Escort chegou em 1983, já na sua terceira geração – seguindo até 2003, na quinta geração.
.
Charger Daytona 1969
Dodge Charger Daytona 1969 Velozes e Furiosos (Foto: Divulgação)Dodge Charger Daytona 1969 (Foto: Divulgação)
.
No “Velozes e Furiosos 6”, o protagonista Dominic “Dom” Toretto, interpretado pelo ator Vin Diesel, troca seu Dodge Charger 1970 por um Charger Daytona 1969. A história do esportivo começa nas pistas: naquele ano, a Nascar (equivalente a Stock Car brasileira) decidiu que todo modelo que corresse na categoria deveria estar disponível também para o público. Com essa meta, a Dodge criou a versão Daytona do já lendário Charger.
.
Dodge Charger Daytona 1969 Velozes e Furiosos (Foto: Divulgação)Dodge Charger Daytona 1969 (Foto: Divulgação)
.
Após sair do túnel de vento – equipamento usado para aprimorar a aerodinâmica – o Charger Daytona ganhou um apêndice frontal, que adicionou 46 cm ao comprimento total do veículo.
.
Resolvida a questão do downforce, a traseira do carro ainda era instável. Daí surge o enorme aerofólio de 58 cm de altura, que rendeu ao Charger Daytona o apelido de “wing car” (“carro alado”).
.
Apenas 503 unidades do Charger Daytona foram produzidas, equipadas com um bloco 7.2 V8 de 375 cv (440 Magnum) ou um 7.0 V8 de 425 cv (426 Hemi). Em 1971, após domínio completo do Charger Daytona nas pistas, a Nascar mudou o regulamento da competição e o baniu das corridas.
.
Subaru Impreza WRX
Os carros japoneses têm grande participação na franquia “Velozes e furiosos”. O maior representante nipônico neste sexto capítulo é o Subaru WRX 2009, que nesta versão tem um motor 2.0 turbo de 265 cv, câmbio manual de cinco marchas e a habitual tração integral.
.
O mítico nome Impreza surgiu em 1992, no Japão, e, aos poucos, foi ganhando uma legião de fãs ao redor do mundo. Na primeira geração, o modelo era oferecido nas versões sedã e perua – na segunda e atual, o hatch aposentou a perua.
Suburu Impreza WRX 2009 (Foto: Divulgação)
Suburu Impreza WRX 2009 (Foto: divulgação)
.
Curiosidades na internet