Facebook lançará serviço de leitura de notícias, diz jornal

Acesse:http://www1.folha.uol.com.br/tec/2013/06/1299002-brasileiros-desenvolvem-membrana-3d-para-ipad.shtml

O Facebook tem em mãos um projeto para lançar seu próprio aglutinador de conteúdos noticiosos, similar ao aplicativo Flipboard, com o objetivo de gerar mais tráfego em sua rede social, informou o “The Wall Street Journal”.

A informação, não confirmada pela empresa, detalhou que o novo serviço está há mais de um ano em desenvolvimento, leva o nome de Reader e está sendo supervisado diretamente por Mark Zuckerberg, cofundador e executivo-chefe do Facebook.

Divulgação/Flipboard.com
Mulher utiliza Flipboard em tablet
Mulher utiliza Flipboard em tablet

Da mesma forma que o

 o objetivo do Reader seria permitir que o usuário concentrasse em uma só ferramenta os links de internet de seu interesse que reproduziriam seus conteúdos noticiosos em um formato visual e dinâmico, como em uma publicação paginada.

O jornal desconhece a possível data de lançamento do produto, inclusive se isto acontecerá, mas destacou que se trata de um “sinal” que a empresa está tentando fazer com que os usuários passem mais tempo na rede social através de seus celulares, para que “vejam mais anúncios”.

No início de 2013, Zuckerberg apresentou o novo design do serviço de atualizações de conteúdos publicados no Facebook, em um evento no qual manifestou sua intenção de transformar a rede social “no melhor jornal personalizado do mundo”.

Curiosidades na internet

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.