Lulu, aplicativo para mulheres darem nota aos homens, chega ao Brasil

Acesse:http://www.techtudo.com.br/noticias/noticia/2013/11/lulu-o-app-que-da-notas-aos-rapazes-de-seu-ciclo-e-lancado-no-brasil.html

O aplicativo Lulu, disponível para Android e iOS, chegou para dar suporte a um tópico sempre presente em banheiros públicos ou salões de cabelos: o comportamento masculino. O app que tem como objetivo construir um banco coletivo de notas sobre a performance de amigos, relações trivias ou amores, já fez a cabeça de um milhão de americanas, desde fevereiro e, agora, pode ser baixado gratuitamente em território nacional.
lulu (Foto: Divulgação/Google Play)Lulu é um aplicativo para iOS e Android que tem como tema os relacionamentos e o comportamento masculino (Foto: Divulgação/Google Play)

Restrito ao acesso de mulheres, as interessadas não terão grandes dificuldades em entrar para o clube. Basta baixá-lo no smartphone e permitir o acesso à conta de Facebook. Com isso, poderão selecionar o homem que desejam avaliar e, ainda, terão acesso às análises já feitas pelas demais.

O último passo é responder uma relação de perguntas ligadas ao comportamento do homem em determinadas situações. Hashtags também podem ser adicionadas para filtrar, agregar ou retirar o valor ao foco de análise. São elas: #copomeiocheio, #nãoébabaca, #filhinhodamamãe, entre outras que não fogem muito do gênero.

A rede, entretanto, não está diretamente vinculada a conta do Facebook e todas as usuárias terão seu anonimato garantido.

Os rapazes incomodados com a exposição também não estão desprotegidos. Quem deseja retirar o perfil da rede, basta entrar no site oficial do app ou, simplesmente, baixá-lo, já que o sistema identifica o gênero de sua conta, pelo Facebook, e já o apaga.

Para a criadora e CEO do app, Alexandra Chong, o objetivo do site é a troca de informações de um jeito bem feminino, sem qualquer menção a vinganças. “Meu intuito sempre foi criar um espaço privado discreto para as meninas falarem sobre as questões mais importantes em suas vidas: suas relações”, revelou Chong ao site Mashable

Curiosidades na internet