Como Hollywood fez o mundo acreditar que as Pirâmides do Egito foram construídas por escravizados


Registro das Pirâmides de Gizé, obrigatório nos arredores da cidade do Cairo, no Egito

Nem por ETs, nem por pessoas escravizadas: as pirâmides do Egito foram construídas com a mão de obra assalariada de trabalhadores locais; e é para isso que apontam as evidências históricas, arqueológicas e linguísticas.

Mas, ao contrário do que mostram documentos, diversas produções cinematográficas de Hollywood fomentam, há décadas, o imaginário equivocado de que as tais obras arquitetônicas jamais poderiam ter sido erguidas por africanos livres.

Afinal, quem construiu as pirâmides do Egito?

Por volta de 1990, uma série de túmulos humildes para trabalhadores das pirâmides foram encontrados a uma distância surpreendentemente curta das tumbas dos faraós. 

Por si só, isso já é uma das provas de que aquelas pessoas não eram escravizadas, pois, se o fossem, jamais teriam sido sepultadas tão perto dos soberanos.

Lá dentro, os arqueólogos descobriram todos os bens incluídos para que os trabalhadores das pirâmides pudessem seguir pela passagem para a vida após a morte. Tal benesse também não seria concedida caso eles fossem escravizados…

Como Hollywood fez o mundo acreditar que as Pirâmides do Egito foram construídas por escravizados