Governo de SP descarta risco de desabastecimento de oxigênio e anuncia instalação de usina

Colaboradora: Renata Gama

Ambev vai instalar usina em Ribeirão Preto para envasar 125 cilindros por dia. Gestão estadual se reuniu com empresas nesta segunda (22). No sábado (20), pacientes foram transferidos de UPA na Zona Leste da capital paulista após problemas no fornecimento do produto.

Governo de SP mobiliza iniciativa privada para a produção e distribuição de oxigênio

O governo de São Paulo anunciou nesta segunda-feira (22) a instalação de uma usina de oxigênio em Ribeirão Preto, no interior do estado, para abastecer as unidades de saúde.

A usina será montada pela empresa Ambev e deverá ficar pronta em até dez dias. No local, será feito o envase de 125 cilindros por dia.

Em coletiva no início da tarde, o vice governador de São Paulo, Rodrigo Garcia, disse que a gestão estadual mobiliza a inciativa privada para ampliar a produção e distribuição de oxigênio no estado.

Ainda de acordo com a gestão estadual, fornecedores garantiram o abastecimento do produto em reunião com o governador João Doria (PSDB) na manhã desta segunda (22).

As negociações visam atender os hospitais da rede estadual, municipal, entidades filantrópicas e também da rede particular…

https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2021/03/22/governo-de-sp-nega-risco-de-desabastecimento-de-oxigenio-e-anuncia-instalacao-de-usina.ghtml