A corrida de US$ 3 trilhões: Big Techs valem cada vez mais na bolsa dos EUA

O “clube” das empresas avaliadas em mais de US$ 1 trilhão está começando a ficar lotado. A Microsoft agora vale um pouquinho mais do que a Apple, tornando a gigante de software liderada por Satya Nadella a empresa mais valiosa do mundo. Ambas as empresas valem cerca de US$ 2,5 trilhões, cada. A Alphabet, proprietária do Google, vale um pouco menos de US$ 2 trilhões, enquanto a Amazon está avaliada em US$ 1,7 trilhão. E não se esqueça da Tesla: a gigante dos carros elétricos de Elon Musk recentemente ultrapassou a marca de US$ 1 trilhão e, desde então, se valorizou e, atualmente, já vale mais de US$ 1,25 trilhão. Essas cinco empresas, juntas, valem quase US$ 10 trilhões.

A corrida de US$ 3 trilhões: Big Techs valem cada vez mais na bolsa dos EUA