Sabor de primavera: conheça os vinhos de notas florais

Há quem ame a primavera também pelos bons vinhos da estação. Os amantes da bebida e apreciadores de notas florais gostam da época para se deliciar com as safras florais. Pensando nisso, Claudia conversou com a sommelier Rita Ibanez e com Andreia Berhault, educadora em vinhos e fundadora da escola virtual Red Submarine, para contarem os detalhes da produção de vinhos florais e orientarem sobre as uvas mais procuradas pelos apreciadores da bebida.  “Em vinhos mais jovens, notas florais são bastante comuns.

Esses não passam por barricas de carvalho, porque essas dão notas mais amanteigadas na bebida. O processo de produção que mais favorece esses aromas é a fermentação em tanques de aço inox”, explica a sommelier. O tipo de uva também tem grande influência, de acordo com a especialista.

“Existem uvas que trazem esses aromas florais de forma muito mais evidente, como a torrontés – uva que produz ótimos vinhos brancos na Argentina –, e a gewurztraminer – uva usada para vinhos brancos na Alemanha, Austrália e França, que normalmente tem um dulçor bem característico”, diz.

Andreia lembra que os vinhos produzidos com a uva moscatel apresentam aromas e sabores florais (flor de laranjeira e madressilva), cítricos (limão siciliano e laranja) e frutados (uvas, peras e maçãs verdes). “A sugestão para a primavera não poderia ser diferente: os espumantes moscatel da Indicação de Procedência (IP) Farroupilha. Eles são frescos, saborosos, por vezes, levemente adocicados. Harmonizam muito bem quando servidos de 6° a 8°C junto a frutas da estação. Excelentes, por exemplo, para aproveitar um brunch no sábado!”, aconselha a educadora. Outra espécie de uva branca que merece atenção é a riesling, cultivada em climas frios como, por exemplo, na região de Mosel, na Alemanha.

Seus vinhos possuem delicados aromas de jasmim, limão e frutas verdes, acentuados por uma alta acidez. Por isso, a dica é harmonizá-los com carne de porco, como leitão à pururuca, por exemplo. “Se você estiver buscando rieslings alemães secos, procure pela palavra ‘trocken’ no rótulo. Ela significa ‘seco’, em alemão.

Ainda assim, pode acontecer de o vinho ser ligeiramente adocicado. Se isso acontecer, adicione um pouco de molho de laranja no leitão, que a harmonização vai ficar espetacular!”, indica Andreia. Rita também recomenda investir em vinhos de safra mais jovem. “Assim, as chances de se encontrar notas florais aumentam. E eles são ótimos para se deliciar com entradinhas, saladas e outros pratos mais leves”, diz.

*As informações e valores dos produtos se referem ao momento de publicação desta matéria.

Sabor de primavera: conheça os vinhos de notas florais

Deixe um comentário

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.