Fóssil de ‘cobra de quatro patas’ não é cobra, mas um lagarto antigo, revela novo estudo

A identidade de um animal antigo vem gerando controvérsia na comunidade científica: descoberto em julho de 2015 no Brasil, o fóssil do “Tetrapodophis amplectus” foi originalmente classificado como uma “cobra de quatro patas”, que seria uma espécie de elo perdido na evolução dos animais. Porém um segundo estudo, publicado recentemente pela Universidade de Toronto-Mississauga (UTM), no Canadá, afirma que se trata, na verdade, de um tipo muito antigo de lagarto…

https://olhardigital.com.br/2022/01/05/ciencia-e-espaco/cobra-de-quatro-patas-nao-e-cobra-mas-um-lagarto-antigo-revela-novo-estudo/